Músicos naturais do concelho de Albufeira

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

Gonçalo Pescada

Gonçalo Pescada, acordeão, de Albufeira

Gonçalo Pescada, acordeão, de Albufeira

João Frade

João Frade, acordeão, de Albufeira

João Frade, acordeão, de Albufeira, Sul Informação

Rui Mourinho

Rui Mourinho, guitarra, de Albufeira

Rui Mourinho, guitarra, de Albufeira, foto Região Sul

BANDAS FILARMÓNICAS

Banda da Sociedade Musical e Recreio Popular de Paderne

A Banda da SMRPP é uma das mais antigas do sul do país. Fundada em 1 de maio de 1859, era Presidente da Direção e Maestro da então denominada “Distracção Philarmónica Padernense”, António de Sousa Ramos. Nos primeiros cinco ou seis anos foi regente Carlos César Pinto que além de farmacêutico era professor do ensino primário. Entre 1866 e 1873 foram regentes o maestro Bruno e, mais tarde, um filho deste. Seguiu-se o Padre António do Espirito Santo Ramos, irmão do grande poeta lírico João de Deus, o padre José Sebastião Neto (que viria a ser cardeal patriarca de Lisboa.)

De 1873 a 1898 foi regente António dos Santos Silva, pai do então diretor do jornal “A Avezinha” (jornal de Paderne). Em 1898 a Banda conheceu um curto período de inatividade, que viria a repetir-se em 1905. Depois, foi dirigida pelo Padre João de Sena Neto, sendo o nome alterado para “Sociedade Filarmónica União Restaurada”. Em 1918 e durante anos em que a Banda atingiu maior projeção, foi dirigida por Francisco Acácio. Foi ainda nesta época que o nome foi alterado para o atual “Sociedade Musical e Recreio Popular de Paderne”.

Atualmente a Banda Filarmónica tem no seu seio vários agrupamentos: orquestra juvenil, grupo coral, bandinha popular e saxyband. Composta por 30 executantes amadores, a Banda é  regida por Marco António Guerreiro. A SMRPP tem a funcionar uma escola de música.

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *