Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília
Filarmónicas de Alvaiázere

Bandas de Música, História e Atividades no Concelho

Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília

Fundada por escritura notarial a 11 de Outubro de 1923, a Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília é a mais antiga instituição cultural do concelho de Alvaiázere. Ao longo destes 92 anos tem passado por dificuldades, chegando mesmo a interromper as suas atividades. Catorze anos após a fundação surgiu o primeiro período menos bom da sua vida, chegando mesmo à inatividade. No entanto, ainda antes do final da década de 40, a Filarmónica conseguiu de novo organizar-se, reiniciando as suas atuações em 1948.

​Em 1956, o Governador Civil de Leiria aprovou os estatutos da Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília que se mantiveram em vigor quase meio século. Neste período atingiu um lugar de destaque entre as suas congéneres da região, conquistando nas festas da Rainha Santa, em Coimbra, um 2º lugar entre várias das melhores Bandas do país. Depois deste período de apogeu, nos anos 60 a Filarmónica volta a viver um período de dificuldades. A emigração e a guerra colonial contribuíram decisivamente para a sangria da população Alvaiazerense e, consequentemente, para o declínio da instituição. Na década de 1970, a Filarmónica beneficiou de um novo alento com o regresso de muitos naturais das ex-colónias, assim como dos países de emigração, mantendo-se sempre em atividades até ao presente.

Em 1998, por ocasião do seu 75º aniversário, a Câmara Municipal de Alvaiázere atribuiu-lhe a medalha de Ouro do Concelho como reconhecimento pelos serviços prestados em prol da cultura. Em 2003 a CMA cedeu à Filarmónica a escola Adães Bermudes e promoveu a realização das obras necessárias à ampliação e adaptação do edifício concretizando-se assim, a aspiração de ter sede própria.

Dotada de novos estatutos em 2002, a Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília é uma instituição cheia de vitalidade estando esta bem patente na sua Banda maioritariamente constituída por jovens. Salienta-se igualmente pela positiva a Escola de Música frequentada tanto por crianças como adultos que encontraram nesta instituição uma ligação à música e à cultura. Mais recentemente, surgiu a Orquestra Ligeira constituída essencialmente por músicos formados na escola de música da instituição.

Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília

Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília

O maestro Fernando Gomes, antigo clarinetista na Filarmónica Alvaiazerense, é desde 2016 o responsável pela Banda, Escola de Música e Orquestra Ligeira.