Igreja Matriz de Barcelos
Órgãos de tubos do Barcelos [9]

Barcelos é um concelho repleto de História, de tradições musicais e religiosas o que se refletiu na presença de um bom número de órgãos históricos. De Barcelos é natural Manuel dos Santos Fonseca, organeiro autodidata natural de Chorente, que terá restaurado cerca de uma vintena de órgãos, incluindo o da Igreja Matriz de São Pedro de Avintes, e construiu o da Igreja de Nossa Senhora dos Anjos, Porto. Acabaria por deixar de exercer a atividade.

Igreja da Misericórdia de Barcelos

A Igreja da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos possui órgão de tubos.

Igreja de Vilar de Frades

Igreja do Mosteiro de Vilar de Frades

Igreja do Mosteiro de Vilar de Frades

A Igreja do antigo mosteiro dos Lóios, também designada Igreja do Convento de São Salvador, possui um órgão histórico [ I; (14+16) ] de autor desconhecido, c. 1760, restauro da fachada pela Oficina e Escola de Organaria, de Esmoriz, em 2008, opus 52.

Igreja do Bom Jesus da Cruz

Igreja do Bom Jesus da Cruz

Igreja do Bom Jesus da Cruz

A Igreja do Senhor Bom Jesus da Cruz possui um órgão histórico de Calisto de Barros Pereira, construído em 1730.

Igreja de Barcelinhos

A Igreja Paroquial de Santo André Apóstolo de Barcelinhos possui órgão de tubos.

Igreja de Creixomil

A Igreja Paroquial de São Tiago de Creixomil possui órgão de tubos.

Igreja de Góios

A Igreja Paroquial de Santa Maria de Góios possui um órgão histórico de autor desconhecido, construído em 1790, restaurado por António Simões em 1992.

Igreja de Vila Cova

A Igreja Paroquial de Santa Maria de Vila Cova possui órgão de tubos.

Igreja Matriz de Barcelos

Igreja Matriz de Barcelos

Igreja Matriz de Barcelos

A Igreja Paroquial de Santa Maria Maior, Igreja Matriz de Barcelos, possui órgão histórico de tipo ibérico da autoria de Frei Manuel de São Bento, construído em 1727.