Órgãos de tubos do concelho da Batalha [1]

De acordo com as informações de que dispomos, os órgãos de tubos existentes no Concelho são os seguintes:

Igreja Matriz de Reguengo do Fetal

[ Igreja Paroquial ] [ Nossa Senhora dos Remédios ]

Igreja Matriz de Reguengo do Fetal

Igreja Matriz de Reguengo do Fetal

Terá sido na sequência da construção da atual igreja paroquial que o orago da freguesia foi definitivamente estabelecido e dedicado a Nossa Senhora dos Remédios. Assim, o templo principal é uma edificação quinhentista, muito remodelada nos séculos posteriores, mas que conserva ainda alguns vestígios da arquitetura original, nomeadamente as molduras de arcos de cantaria nas paredes da igreja. A grande reforma terá ocorrido na centúria de Setecentos, mas o revivalismo de determinadas soluções arquitetónicas deixa adivinhar uma intervenção posterior, de cariz romântico, ocorrida, com certeza, no século XIX. Esta incidiu mais fortemente no interior da igreja, onde se pode observar a linguagem neogótica que presidiu à reforma do teto, cujos ornatos em estuque desenham uma cruzaria de ogivas, e os remates das capelas laterais, todas elas separadas da nave por arcos flamejantes. O retábulo-mor, de linguagem rocaille polícroma, é ladeado por duas colunas com capitéis coríntios que rematam em frontão contracurvado. Ao centro, a tribuna, de arco de volta perfeita, exibe uma tela com a representação de Nossa Senhora dos Remédios. A fachada principal, ladeada por duas torres sineiras, revela uma composição de inspiração barroca, sendo o portal principal encimado por uma janela de sacada com balaustrada e frontão. Em consequência do terramoto de 1969, a igreja sofreu fortes danos pelo que data dessa época a reorganização do terreiro fronteiro e da entrada a Sul.

Fonte: DGPC, Rosário Carvalho

Igreja do Mosteiro da Batalha

Órgão desaparecido

Manuel Benito Gomes, séc. XVIII (Tratado 2 de Geometria Practica, de Antonio Pedro de Mello)