Igreja Matriz do Cartaxo
Órgãos de tubos do concelho do Cartaxo [3]

De acordo com as informações disponíveis, existem órgãos de tubos nas seguintes igrejas do Concelho:

Igreja Matriz do Cartaxo

[ Igreja Paroquial ] [ São João Baptista ]

Igreja Matriz do Cartaxo

Igreja Matriz do Cartaxo

A Igreja Matriz do Cartaxo tem como orago São João Baptista e é uma reconstrução do século XVII. O edifício original foi edificado no século XIV e sagrado em 1329 por D. Ambrósio Pereira Brandão, bispo de Ressiona. A sua torre foi demolida pelo sismo de 23 de abril de 1909. No interior, existe uma ampla nave única. O teto, de madeira, desdobra-se em três planos. As paredes são revestidas a azulejos, representando cenas da vida de São João Baptista. O altar-mor é decorado à base de talha dourada. A Igreja Matriz situa-se no Largo de São João Baptista.

Fonte: CMC

Órgão em 2000

Órgão da Igreja Matriz do Cartaxo, 2000

Órgão da Igreja Matriz do Cartaxo, 2000

Igreja Matriz de Pontével

[ Igreja Paroquial ] [ Nossa Senhora da Purificação ]

Igreja Matriz de Pontével

Igreja Matriz de Pontével

Dedicada a Nossa Senhora da Purificação, a Igreja Matriz de Pontével é anterior à fundação da nacionalidade, sendo imóvel classificado de Interesse Público desde 1984. Foi reconstruída inúmeras vezes, tendo a última ocorrido no século XVII. A sua torre sineira apresenta três sinos em bronze, decorados com uma cercadura minuciosamente trabalhada. São também notáveis os seus azulejos dos finais do século XVI, princípios do século XVII, os túmulos de personalidades que marcaram a história da freguesia e a pia batismal, classificada em 1933 como peça de Interesse Público. É um templo de uma só nave, em cujo teto se encontra o brasão da Ordem de Malta.

Fonte: CMC

Órgão positivo de armário em 2000

Órgão da Igreja Matriz de Pontével

Órgão da Igreja Matriz de Pontével

Igreja Matriz de Valada

[ Igreja Paroquial ] [ Nossa Senhora da Expectação ]

Igreja Matriz de Valada

Igreja Matriz de Valada

​Embora date provavelmente de 1211, a Igreja Matriz de Valada só foi sagrada em 1528, pelo bispo de Rossiona, D. Ambrósio Pereira Brandão. Situada junto ao rio Tejo, a Igreja foi sofrendo ao longo do tempo várias remodelações, que alteraram a sua estrutura original. A última remodelação ocorreu em 1901. A Igreja possui uma fachada de empena angular, com uma torre sineira, exibindo uma arquitetura religiosa maneirista. É um templo de uma só nave, com teto de madeira, que preserva ainda uma pia batismal quinhentista, sem base nem fuste. As paredes da nave estão decoradas com azulejos de padrão oitocentista. Tem como padroeira Nossa Senhora do Ó, também conhecida por Nossa Senhora da Expectação.

Fonte: CMC