Filarmónica do Crato
Músicos do Concelho do Crato
Filarmónica do Crato

Em 2009, foi descoberto um livro de atas da Santa Casa de Misericórdia do Crato de 10 de agosto de 1844 que “declarou sobre juramento do Ex.mo Administrador deste Concelho do Crato José da Gama Caldeira Castel-Branco em que pedia em nome da Ex.ma Sociedade Armónica que se lhe arrendasse a enfermaria dos homens do extinto hospital, tendo em vista a distracção deste povo”.

1 de janeiro de 1874 tinha sido a data adotada em Assembleia Geral no dia 26 de janeiro de 2008, baseada na anotação feita pelo Sr. Prof. Manuel Subtil, no seu livro “Vale do Peso História e Tradição“ ao referir-se à atuação da Filarmónica, em Vale do Peso, nos anos 80 do século XIX; e, por outro lado, uma carta redigida, em 1953, pelo Sr. Amaro Emídio (Emílio?), então com 84 anos, a José Vicente Serrano, onde expressava a sua enorme saudade dos tempos de músico da Filarmónica e da qual “o seu falecido pai, Amaro José Pais Rente, fora maestro até 1874 “.

Durante largos anos, a existência duma fotografia obtida no Paço da Vila do Crato, pelo último fidalgo da sua História, D. Luís Cordeiro Godinho, e a data nela registada 1896, era vulgarmente adotada como a data da fundação desta Instituição. A atividade musical da Filarmónica foi interrompida no eclodir da 1ª Grande Guerra e só, em 1931, seria reiniciada com a denominação de Banda Municipal do Crato, graças à empenhada ação do então Presidente da Câmara, António Botto Aleixo, apreciador confesso da boa música. A denominação de Filarmónica do Crato passou a vigorar em 1983, quando a sua Direção, presidida por José Joaquim da Conceição Lopes (“Zé Foguete”), em época das comemorações do então centenário, viu aprovada, em Assembleia-Geral, a alteração desejada.

A FC atuou em Espanha, França (Furnay-Ardenas) e Ilha do Pico (Açores). O atual maestro, Humberto João Oliveira Damas é neto do saudoso músico, Miguel Damas. Tem Escola de Música e o novo auditório foi inaugurado em 1989, pelo então Presidente da República, Mário Soares.

FC

Filarmónica do Crato

Filarmónica do Crato

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *