Órgãos de tubos do concelho de Elvas [8]

De acordo com as informações de que dispomos, os órgãos de tubos existentes no concelho são os seguintes:

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

[ dos Terceiros ]

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

Igreja de Nossa Senhora das Almas

[ de São Lourenço das Almas ]

Igreja de Nossa Senhora das Almas

Igreja de Nossa Senhora das Almas

Igreja de Nossa Senhora das Dores

Igreja de Nossa Senhora das Dores

Igreja de Nossa Senhora das Dores

Igreja Matriz de Alcáçovas

[ Igreja Paroquial ] [ Santa Maria ]

Igreja Matriz de Alcáçovas

Igreja Matriz de Alcáçovas

Igreja de São Domingos

[ do antigo Convento de São Domingos ]

Igreja de São Domingos

Igreja de São Domingos

órgão J. H. Hulenkampf ? construído no século XVIII; desmontagem, inventariação e proposta de restauro pela Oficina e Escola de Organaria, de Esmoriz, em 1996, opus 19.

Igreja do Senhor Jesus da Piedade

[ Santuário do Senhor Jesus da Piedade ]

Igreja do Senhor Jesus da Piedade

Igreja do Senhor Jesus da Piedade

Antiga [ Catedral ] de Elvas

[ Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Assunção ]

Antiga Sé Catedral de Elvas

Antiga Catedral de Elvas

coro altoórgão histórico da autoria de D. Pascoal Caetano Oldovini (Oldoni, Oldovino ou Olduvini), 1763, [ II ; 8 (3+5) ]; restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, em 2016, opus 68.

órgão positivo histórico [ I; 4(0+1) ] da autoria de D. Pascoal Caetano Oldovini (Oldoni, Oldovino ou Olduvini), construído em 1758, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria em 2015, opus 66.

Linhas.pt noticiava a 26 fevereiro 2016:

Um recital comemorativo marca a conclusão da obra de conservação e restauro do órgão da Igreja de Nossa Senhora da Assunção, antiga de Elvas, na próxima sexta-feira, 4 de Março, pelas 21 horas.

O concerto inaugural deste majestoso órgão, restaurado após quase 80 anos sem tocar, conta com a presença do Arcebispo de Évora, D. José Alves; do presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha; da directora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, entre outras entidades.

O recital conta com apresentação de Rui Vieira Nery, sendo que no órgão vai estar João Vaz, conceituado músico que tem tocado em vários órgãos no país, e marca o regresso da música à de Elvas por este instrumento musical, sendo que será um espectáculo único e inesquecível.

Esta é uma organização da Câmara Municipal de Elvas, Direcção Regional de Cultura do Alentejo e Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Assunção.

Este foi um investimento na ordem dos 150 mil euros, financiado através de um contrato de financiamento a projectos de património cultural (Conservação e Restauro dos órgãos Históricos), promovidos pela autoridade de gestão do INALENTEJO, e que incluiu o restauro da caixa, assim como o tratamento da superfície da estrutura, que apresentava peças muito danificadas, e das disjunções, para que fosse possível que o órgão voltasse a tocar e a ficar funcional.

 

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *