Estremoz Património Cultural Imaterial

António Augusto Sim Sim, chocalheiro, de Estremoz, créditos Diário Campanário
Património Cultural Imaterial de Estremoz

A arte chocalheira

A arte chocalheira é uma arte portuguesa que compreende a arte e ofício do fabrico e manutenção dos chocalhos artesanais. O método de fabricação do chocalho é Património Imaterial da Humanidade desde 2015, mas corre risco de deixar de existir.

Os chocalhos artesanais são primordialmente usados no pescoço dos animais no campo por forma a que os pastores saibam onde se encontra o gado, minimizando a perda ou descaminho de animais, há também hoje quem os procure como adorno decorativo.

António Augusto Sim Sim, mormente conhecido por Galila, é um dos últimos artesãos desta arte, que mantém a herança de família do fabrico artesanal de chocalhos em Estremoz na Casa Galileu, há três gerações. Esta casa conta mais de cem anos de existência aberta ao público.

Fonte: Diário Campanário, 18 maio 2021

António Augusto Sim Sim, chocalheiro, de Estremoz, créditos Diário Campanário

António Augusto Sim Sim, chocalheiro, de Estremoz, créditos Diário Campanário