Gondomar e os seus festivais

Gondo Sax Fest
Festivais de Música em Gondomar

Ciclos, cursos, concursos, jornadas, temporadas, encontros e festivais de música no Concelho

Gondo Sax Fest

Organizado pela Banda Musical de Gondomar e Câmara Municipal de Gondomar, o Gondo Sax Fest – Festival Internacional de Saxofones de Gondomar (16-19 de junho de 2022) inclui classes de aperfeiçoamento, workshops, concertos e orquestra de saxofones.

Gondo Sax Fest

Gondo Sax Fest

Concurso Internacional de Música Gondomar

A primeira edição do Concurso Internacional de Música de Gondomar ocorreu em 2018, e foi dedicada à classe de percussão. Em 2019 o concurso foi dedicado à classe de Flauta Transversal. Após um interregno de dois anos, devido à pandemia do Covid-19 é retomado o Concurso em 2022 novamente dedicado à classe de Percussão. É uma organização da Banda Musical de Gondomar em parceria com a Câmara Municipal de Gondomar. O concurso está aberto a todos os percussionistas, de qualquer nacionalidade, e está organizado em quatro categorias divididas em diferentes faixas etárias. O concurso tem como presidente do júri o percussionista André Dias.

Saiba mais AQUI.

Concurso Internacional de Música Gondomar 2022

Concurso Internacional de Música Gondomar 2022

Festival de Música Moderna

O Festival de Música Moderna Portuguesa de Gondomar tem como grande objetivo dar a conhecer os novos talentos da música moderna dando-lhes a oportunidade de apresentarem publicamente os seus projetos. O programa da XX edição contempla 12 bandas e decorre a cada sábado de agosto, no Largo do Souto. Esta iniciativa é co-organizada pela Câmara Municipal de Gondomar e a Associação Festival de Gondomar.

Festival Internacional de Música de Plectro

A revolução operada na em Portugal pela OPGBAC – Associação Cultural de Plectro no que diz respeito à música de corda beliscada é algo incontornável. O Festival Internacional de Música de Plectro é uma das nossas maiores apostas, pois permite ao público ter contacto com o que de melhor se faz a nível mundial nesta área.

No primeiro ano do Festival Internacional de Música de Plectro (2012), foi possível trazer a Portugal talvez o mais reputado grupo de música de plectro barroca, o Artemandoline Barroque Ensemble, que teve uma assistência a rondar as 500 pessoas.

A segunda edição do Festival, em 2013, realizou-se durante todos os fins-de-semana do mês de outubro. Sempre aos domingos, em 4 auditórios do Município da Maia, que receberam 4 reputados grupos de renome mundial.

Em 2016, com a Associação sediada em Rio Tinto, realizou-se o Festival Internacional de Plectro “Concelho de Gondomar”, que se realizou entre 8 e 10 de Julho em diversos espaços do município de Gondomar, com concertos, oficinas, classes de aperfeiçoamento e conferências.

A sua 4ª edição teve lugar em Gondomar a 23 de setembro de 2017, e esteve repleta de novidades que permitiram adequar o FIMP à dinâmica cultura de Gondomar. Porque o FIMP tem um potencial enorme devido às características singulares que o diferenciam, sendo o único festival de Música de Plectro do País, associou-se à marca “Gondomar é D’ouro”. Ao associar o FIMP a uma marca forte e reconhecida internacionalmente como a de Gondomar, a Associação acredita fazer de Gondomar também a Capital da Música de Plectro.

Associação Cultural de Plectro

Associação Cultural de Plectro

Festival Internacional de Órgão e Música Sacra (FIOMS)

Sítio: fioms.pt

O Festival Internacional de Órgão e Música Sacra (FIOMS) surgiu em linha com os grandes festivais internacionais de órgão realizados no Porto até 2015, com o objetivo de preservar, promover e valorizar o vasto e rico património organístico da Diocese e Área Metropolitana do Porto, estimular o interesse das populações pela Música Sacra vocal e de órgão e incentivar o despertar de novos talentos através da criação e implementação de uma proposta de oferta cultural para a região que seja regular, bem articulada e sustentável.

A edição de 2021 contemplou os concelhos do Porto ( do Porto; igrejas da Lapa, Nossa Senhora da Conceição,  São Lourenço, Misericórdia, Venerável Ordem Terceira de São Francisco, São Francisco, Cedofeita, Clérigos, Carmelitas, São Bento da Vitória, Trindade, São João Novo, Santo Ildefonso, Capela das Almas), Maia (Salão Nobre da Câmara Municipal da Maia, Mosteiro do Divino Salvador de Moreira, igrejas de Nossa Senhora da Maia, São Tiago de Milheirós, São Faustino, Silva Escura), Gondomar (igreja de São Cosme, Foz do Sousa, matriz de Rio Tinto), Valongo (igrejas de São Martinho do Campo, matriz de Valongo, santuário de Santa Rita de Cássia).