Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense (Música Velha)
Filarmónicas de Grândola

Bandas de Música, História e Atividades no Concelho

Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense (Música Velha)

A Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense, também conhecida por Música Velha, foi fundada em  1912, sendo  a mais antiga do Concelho de Grândola. Com os primeiros Estatutos redigidos por um operário corticeiro a SMFOG é a única coletividade do Concelho vocacionada para a cultura e a educação musical, tendo por fim a promoção e o desenvolvimento cultural e recreativo dos seus associados, de modo a enriquecer a sua formação humana integral.

Ao nível cultural esta coletividade atinge um dos seus pontos mais altos nas décadas de 50 e 60 com a criação de uma biblioteca, um grupo de teatro e o cineclube, bem como a organização de colóquios, conferencias e exposições.

Grandes nomes da cultura portuguesa passaram por esta coletividade, nomeadamente, Alves Redol, Manuel da Fonseca, Antunes da Silva, Romeu Correia, Manuel Cabanas, Maestro Lopes Graça, Carlos Paredes, entre outros.

José Afonso, convidado a participar nos festejos do 52º Aniversário da coletividade (1964), ficou de tal modo impressionado com o ambiente fraterno e solidário da mesma que três dias depois escreveu, em homenagem à SMFOG, a primeira versão do poema “Grândola Vila Morena”. José Afonso regressa a Grândola para participar em vários eventos organizados pela SMFOG.

Destaque importante para a participação da Banda na “Fette Casteur”, Concerto para a Comunidade Portuguesa, realizado em França, na localidade de Ville Antony-Paris, no ano de 1980, a deslocação a Espanha, em 1987, às cidades de Vigo, Corunha e Santiago de Compostela, para participar em festas de homenagem a José Afonso, e a deslocação à Hungria em 2007 para participar no Festival Internacional “Entre Províncias”.

Como atividades periódicas destacam-se a realização anual do Encontro de Bandas Civis, as audições da Escola de Música e Banda Juvenil, os Concertos de Natal, Ano Novo e Aniversário, a participação na cerimónia do hastear da Bandeira no dia do Concelho e no 25 de Abril, para além da representação em festas, romarias e procissões.

A SMFOG foi condecorada com o Diploma de Alto Significado Coletivo e a Medalha de Prata da então Federação Portuguesa das Coletividades de Cultura e Recreio, com o Diploma de Mérito Associativo, por ocasição do 100º Aniversário, atribuído pela Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura Recreio e Desporto, agraciada com o Diploma de Reconhecimento Público por Serviços Prestados, atribuído pela Região de Turismo de Setúbal – Costa Azul e com a Medalha de Ouro de Mérito Municipal, atribuída pela Câmara Municipal de Grândola.

Atualmente a SMFOG tem uma Escola de Música, na qual aprendem cerca de 40 alunos e uma Banda Juvenil com 31 elementos. A Banda conta com 48 elementos residentes e está sob a direção musical do Maestro Luís Filipe de Araújo e Silva, que é também o Diretor Pedagógico da Escola de Música.

Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense (Música Velha)

Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense (Música Velha)