Marcos Romão dos Reis Júnior, maestro, de Loures
Acervo Documental do Maestro Marcos Romão dos Reis Jr.

A documentação foi doada à Câmara Municipal de Loures em dezembro de 2000, pelo filho do Maestro – Raúl da Mata Reis. Foi elaborado um inventário para celebração de protocolo e, em maio de 2001, passou a ser parte integrante do acervo documental do Centro de Documentação Anselmo Braamcamp Freire – Museu Municipal de Loures.

Caraterização do espólio:
Tipologias documentais muito diversas.
Documentos pessoais – 2 caixas
Partituras impressas – 3 caixas
Partituras e partes manuscritas – 2 caixas
Folhetos e cartazes – 4 caixas
Periódicos – 11 títulos
Monografias – 187 títulos

Divisão por tipologia documental e por temática:
Apontamentos – Acústica
Harmonia
Teoria da Música
História da Música e dos Instrumentos
Testes e exercícios /alunos
Atuações de Marcos Romão (clarinetista e maestro)
Várias Interpretações da sua obra
Cursos ministrados/ audições de alunos / Júri
Fotografias

Divulgação:
Exposição “Intemporalidades sonoras – O Maestro Marcos Romão dos Reis Júnior”, Esteve patente ao público no Museu Municipal de Loures, até 26 de julho de 2018

Todos os documentos se encontram acessíveis aos utilizadores presenciais no Centro de Documentação Anselmo Braamcamp Freire do Museu Municipal de Loures

Pode também consultar AQUI.

Descrição Bibliográfica de Partituras do Maestro Marcos Romão dos Reis Jr.

1. Para um desfile militar: marcha militar. 1971. 17 páginas. Cópia

2. Pequena suite para quinteto de sopro, partitura. 31 de dezembro 1961. 33 páginas.
Duração 10 minutos. Com uma dedicatória: ao meu amigo Luiz … Boulton, com muita consideração e estima. 1 original e 1 cópia.
a. Composição musical composta por: nº1 Romance (andantino contabile), para
flauta, oboé, clarinete, trompa, fagote; nº2 Fugato (allegro gracioso), para
flauta, oboé, clarinete, trompa, fagote; nº3 Bercuse (expressivo) para flauta,
oboé, clarinete, trompa, fagote; nº4 Rondó (allegro), para flauta, oboé,
clarinete, trompa, fagote.

3. Pequena suite para quinteto de sopro.
Partitura para Fagote: nº1 Romance (andantino contabile); nº2 Fugato (allegro gracioso)
Partitura para Trompa em fá: nº1 Romance (andantino contabile); nº2 Fugato (allegro gracioso); nº3 Bercuse (expressivo); nº4 Rondó (allegro)
Partitura para Flauta: nº1 Romance (andantino contabile); nº2 Fugato (allegro gracioso)
Partitura para Oboé: nº1 Romance (andantino contabile); nº2 Fugato (allegro gracioso); nº3 Bercuse (expressivo); nº4 Rondó (allegro)
Partitura para Clarinete: nº1 Romance (andantino contabile); nº4 Rondó (allegro)

4. Trio para clarinetes (adaptação), partitura. 6 páginas. Original

5. Trio para clarinetes (adaptação), partitura. 10 páginas. Original

6. Gratidão: marcha. 3 páginas. Original
a. Dedicada à banda da minha terra e ao meu primeiro mestre Alfredo Dias, a
quem devo respectivamente o s meus primeiros passos na música e o início da
minha …

7. Sonatina para quinteto de sopro. Novembro de 1979
Flauta; oboé; clarinete; trompa
1º andamento: Allegro gracioso. 16 páginas
2º andamento: andantino contabile. 11 páginas
3º andamento: allegro com spirito. 16 páginas
Encadernado.

8. Sonatina para quinteto de sopro. Cópia
Flauta, 4 páginas; oboé, 5 páginas; clarinete, 4 páginas ; trompa (Fá), 4 páginas

9. Sonatina para quinteto de sopro. 8 páginas
Fagote. Allegro gracioso, andantino contabile, allegro com spirito.

10. Fuga em mi Maior. 1945. 4 páginas
Andantino
À excelente intérprete destas duas fugas oferece, reconhecido, o autor.

11. Fuga em mi Maior. 1945. 4 páginas
Andantino

12. Fuga em mi Maior (andantino). 1945. 4 páginas

13. Fuga em fá menor. 1945. 4 páginas

14. Fuga. 4 páginas. 18 de junho de 1954
Nota: 6 horas de trabalho

15. Oração da criança: coro religioso. Letra do Exmo. Sr. Dr. Ferreira da Cunha, música de
Marcos Romão dos Reis, maio de 1940. 16 páginas.
Contém a letra
Vagaroso – 3º M inferior
Partitura para coro religioso: voz; alto; barítono; tenor; soprano; coro religioso
1 e 2 clarinetes
Primeira composição do Maestro marcos Romão dos reis com letra de Ferreirada Cunha
seu amigo pessoal, provavelmente elemento da direção dos BVL.

16. Trio para clarinetes (adaptação). [s.d.]. 12 páginas
Allegretto

17. Marcha para fanfarra especialmente composta para o centenário dos marinheiros da
Armada. [s.d.]. 10 páginas.
Centenário do Corpo dos Marinheiros

18. Marcha militar (com fanfarra de clarins). [s.d.]. 6 páginas
Corpo de Marinheiros da Armada.

19. Marcha militar nº 2 (com fanfarra de clarins). [s.d.]. 4 páginas
Dia 2 ás 10.15. Corpo de Marinheiros da Armada

20. Marcha militar para banda e fanfarra de clarins. cópia
Contem: nº1 – banda – fanfarra de clarins em mi. 10 páginas
Ericeira a 29.09.1954
Nº2 – Lisboa 18.10.1954, revista em 1973. 11 páginas
Nº3 – Lisboa 12.02.1955. 11 páginas
Nº4 – maio de 1954. Na folha final tem a data de 1957. 16 páginas

21. Infante D. Henrique: marcha solene. 1950. 42 páginas.
Mais uma cópia

22. Suite nº1. Marcha miniatura para metais e percussão. Allegro. 9 páginas

23. Suite nº1. Pequena Valsa para madeiras e percussão.

24. Pequena obra para quinteto de sopro (adapatação).
Contem Partitura para:
Trompa. Allegro vivo. 4 p.
Clarinete. Allegro vivo. 7 p.
Flauta. Allegro vivo. 4 p.
Oboé. Allegro vivo. 4 p.
Fagote. Allegro vivo. 4 p.

25. Quinteto de sopro (adaptação do 24º dueto para clarinetes). Allegro vivo. 10 p.
Contem: Flauta, oboé, clarinete, trompa e fagote.

26. Allegro com grazia. 14 p.

27. As escolas do grupo 2 desfilando. 8 p.

28. Temas (sujeitos) para Fuga. 1 p.

29. Divertimento sobre motivos de sabor popular.
Allegreto.
Contem partituras para: Flauta dó, flautim solo; 1ª trompas; 1º trompete;
1º fliscorne; sax-soprano; 1º clarinete solo; requinta; pratos e bombo; pandeirotriângulo e caixa; timbales; tuba si b; com baixo mi b; 1º bombardino dó; 1º
trombone c

30. Divertimento sobre motivos de sabor popular.
Allegreto.
Contem partituras para: Flauta; 1º requinta; 2º requinta; 1º clarinete; 2º clarinete;
clarinete baixo; 1º sax-alto; 2º sax-alto; 2º sax-tenor; sax-barítono; 1º fagote; 2º fagote;
contrafagote; 2º oboé; corne ingês II – allegro com grazia; 1º fliscorne; 2º fliscorne; 1º
trompete; 2º trompete; 3º trompete; 1º trompa fá; 2º trompa fá; 3º trompa fá; 1º
trombone; 2º trombone; 3º trombone; 1º bombardino; 2ºbombardino; contra-baixo dó;
timbales; pandeiro triângulo, caixa; saxofone baixo.
Nota: falta o II andamento.

31. Divertimento sobre motivos de sabor popular.
Allegreto, adaptação para filarmónicas por José Alberto Belo Cunha. 1992. Cópia
Partitura distribuída pela federação Portuguesa das Coletividades de Cultura e Recreio a todas Bandas do país, solicitando a sua execução no dia mundial da música de 1992.

32. Três improvisos para clarinete solo em si b. Constituem uma obra. Março de 1989.
Dedicatória: Para o I Concurso Nacional de Clarinete, organizado pelo conservatório
Regional de Setúbal.
1º Improviso – Lembrando a Valsa. 4 páginas
2º Improviso – Em ar de passeio. 4 páginas
3º Improviso – Brincando. 4 páginas

33. Três improvisos para clarinete solo em si b e pequeno conjunto de instrumentos de
sopro.
1º Lembrando a Valsa. 8 páginas
2º Em ar de passeio. 4 páginas
3º Brincando. 4 páginas

34. Três improvisos para clarinete solo em si b e pequeno conjunto de instrumentos de
sopro. Fevereiro de 12

36 páginas. Encadernada
Nota: Esta obra foi-me solicitada pela Direção do Conservatório Regional de Setúbal em 1989, para fazer parte do I Concurso Nacional de Clarinete organizada por aquele conservatório. Na sua primeira versão era somente para clarinete solo, mas recentemente fiz uma segunda versão, a actual, juntando-se-lhe um pequeno conjunto de instrumentos de sopro.

É uma versão que alguns instrumentistas da Banda da Armada, sob a Direcção do seu Chefe, 1º Tenente Araújo pereira, vão executar. Trata-se de improvisos mais ou menos pensados, dado que os três obedecem aproximadamente à forma A.B.A., e o seu conteúdo resume-se assim: o primeiro tenta sugerir uma valsa, o segundo um passeio e o terceiro uma brincadeira.

Neste último introduzi-lhe duas cadências, as quais põem mais em evidência a capacidade técnica de solista.
Apraz-me dizer que tenho imenso prazer na execução desta obra, em primeira audição por instrumentalistas da banda da Armada, a qual tive o privilégio de dirigir durante muitos anos, e também do gosto que me dá ter sido professor, no Conservatório, embora por pouco tempo, do solista principal, 1º sargento músico Rui Menino.
1º Lembrando a Valsa.
2º Em ar de passeio.
3º Brincando.
35. Três improvisos para clarinete solo.
1º fagote – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 4 páginas;
1ª trompa – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 4 páginas;
2º fagote – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 4 páginas;
2º clarinete – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 3 páginas;
1º clarinete – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 4 páginas;
2º oboé – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 3 páginas;
Flauta e flautim – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 3 páginas;
1º oboé – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 3 páginas;
Clarinete solo – Lembrando a Valsa. Em ar de passeio. Brincando. 7 páginas.

36. Pequena fantasia popular (para banda). Setembro de 1990. 26 páginas.
1º, 2º e 3º andamento.

37. Pequena fantasia popular (para banda). Setembro de 1990. 45 páginas. Contem uma dedicatória “Com abraço de muita estima para o capitão e maestro Agostinho … e para …conjunto …, a Banda da Força Aérea

38. Pequena fantasia popular.
Contem partitura para: 1º e 2º Bombardinos; Contrabaixo dó – tuba; Timbales Caixa; Pratos e Bombo; 1º Tenor; 2º Tenor; Flautim; Flauta; 1º Oboé; 2º Oboé; 1º e 2ª Requintas; 1º clarinetes; 2º Clarinetes; 3º Clarinetes; Clarinete Baixo; Soprano; 2º Sax alto; Sax Baritono; 1º e 2º fagotes; 1º Fliscornes; 2º Fliscornes; 1º Trompetes; 2ª Trompetes; 3ª Trompetes; 1º e 2º Trompas; 3ª Trompas; 1º Trombone; 2º Trombones.
Todas têm o carimbo da Banda de Música da Força Aérea.

39. Marcha, andante e rondó
Partitura para: 1º trombone. 12 páginas
Tuba (em dó). 6 páginas
1º Trompete. 6 páginas
Trompa. 8 páginas
Andante. 2º Trombone 4 páginas (a 3ª encontra-se rasgada)
Rondó. 2º Trompete. 6 páginas
Partitura para 2º trombone

40. Divertimento nº3. Maio de 1993. 50 páginas.
Allegro moderato.
Contem uma dedicatória para o Maestro – capitão João Monteiro da Silva e sua Banda
da Força Aérea, com um abraço de amizade.

41. Divertimento nº3. 17 páginas.
Allegro moderato.

42. Divertimento nº2 (condutor). 10 páginas.

43. Divertimento para quarteto de saxofones. 1 página.

44. Três miniaturas para quarteto de clarinetes em si b. Allegro moderato, andante com
moto, allegro “scherzando”. Setembro de 1988. 17 páginas.
Clarinete baixo; 1º Clarinete; 2º Clarinete; 3º Clarinete.
Contem uma dedicatória para o Saiote e seu “Ensemble” com …e amizade.

45. Três folhas soltas para banda. (tendo como passado alguns motivos de sabor popular).
Outubro de 1989. 82 Páginas
I- Allegro animato; II- Andante com moto; III- Allegro festivo
Contem uma dedicatória para o Tenente Araújo pereira e sua Banda da Armada, com
um abraço de amizade e consideração.
Mais uma cópia sem a dedicatória

46. Três folhas soltas para banda. (tendo como passado alguns motivos de sabor popular).
Outubro de 1989. Condutor em si b
I- Allegro animato; II- Andante em moto; III- Allegro festivo

47. Sonatina para trio de clarinetes (adapt.). 21 páginas.
I – Andante semplice
II – Allegretto em grazia (ma bem marcato)
III – Allegro scherzando
Contem as partituras para: 1º Clarinete. 13 páginas
2º Clarinete. 12 páginas
3º Clarinete. 14 páginas

48. Sonatina para trio de. 26 páginas.
1º Andamento – Andante semplice – Oboé; Trombone e Violoncelos
2º Andamento – Grazia ma bem marcato – Corne Inglês, Trombone e Violoncelo
3º Andamento – Allegretto scherzando – Oboé, Trombone e Violoncelo
Dedicatória “composta a pedido do Emídio Coutinho para ser executada por ele e seus filhos.”

49. Sonatina para trio de Oboé, Clarinete e Fagote. 8 páginas
1º andamento, allegro vivo

50. Recordando um Festival de Bandas (Marcha).
Contem partituras para: Clarinete Baixo; Sax Tenor; Sax Barítono; Requinta; 1º Sax
Tenor; 2º Oboé; 1º Oboé; Flautim e Flauta; 2º Fliscorne; 1º Fliscorne; 2º Trompete B; 2º
Trompete A; 1º trompete B; 1º Trompete A; 2º Bombardino; 2º Sax Alto; 1º Sax Alto; 3ª
Trompa Fá; 2º Trompa Fá; 1º Trompa Fá; 3º Trombone; 2º Trombone; 1º Trombone; 3º
Clarinete; 2º Clarinete; 1º Clarinete B; 1º Clarinete A; 1º Bombardino; Contra Baixo Dó;
Bateria; Sax Soprano;

51. Sinfonieta para Banda.
Contem partitura para: 1º Clarinete A; 2º Clarinete A; 3º Clarinete C; CLte Baixo; 1º Sax
Alto; 2º Sax Alto; 1º sax Tenor; Sax barítono; Requinta; Corne-Inglês; 1º Oboé; 2º Oboé; Flautim; Flautas; 2º Fagote; 1º Fliscorne; 2º Fliscorne; 1ºs Trompetes; 1ª e 2ª Trompas
Fá; 3ª e 4ª Trompas Fá; 1º Trombone; 3ªs Trombones; 2º Bombardino; C. Baixos Dó;
Bombo e Pratos; Caixa de triângulos; 2ª Trompa.
Nota: todas separadas

52. Sinfonieta para Banda. Nº 646. Outubro de 1982.
I – Allegro moderato. 24 p.
II – Andante com moto. 9 p.
III – Scherzando. 21 p.
IV – Rondó. 26 p.

53. A ver a banda passar. Suite nº1. Setembro de 1996. 16 páginas

54. Hino da Restauração: 1º de dezembro de 1640. Piano. Música de E. R. Monteiro de
Almeida, versos de F. D. d’Almeida e Araujo. 4 páginas

55. Romanza para Trompa e quarteto de sopro. Allegreto. Cópia. 23 páginas

56. Três pequenas peças para conjunto de metais. Junho de 1977. 34 páginas. Com uma dedicatória “Dedicados com o maior prazer ao Grupo de Metais de Lisboa, da direcção de professores Exmo. Sr. Coutinho.
1º Tempo de marcha – para Trompete, Trompa, Trombone e Tuba
2º Andante – para Trompete, Trompa, dois Trombones e Tuba
3º Rondó – para Trompete, Trompa, dois Trombones e Tuba

57. Sonatina para trio de. Outubro de 1986. 21 páginas. Cópia
Dedicatória: Para a família Coutinho com um abraço de muita amizade.
1º Andamento – Andante semplice, Ob.; Tr.; Viol.
2º Andamento – Allegretto em grazia (ma bem marcato); Ob.; Tr.; Viol.
3º Andamento – Allegro scherzando; Ob.; Tr.; Viol.

58. Três “Intermezzos” para Quinteto de Sopro. Marcos Romão dos Reis Jr. Edição e Revisão de João Pereira. Maio de 1977.
1ª audição: Seixal, 23 de abril de 1998.
Dedicatórias: “Obras que consagro a toda a minha família”
“Com a maior consideração e amizada para o autor desta magnífica obra. O Chefe da Banda da Armada José Araújo pereira, CTEN, 31 de maio de 1999.”
Contem: Intermezzo (tempo de valsa), “pensando nos mais idosos, nomeadamente nos meus cunhados Júlia e Herlander, brilhantes dançarinos de outros tempos”.
Intermezzo (Allegro Moderato) “Dedicado aos menos jovens”
Intermezzo (Allegro Vivo) “Destinado aos mais jovens”
Uma partitura. 24 páginas; Clarinete. 8 p.; Trompa. 8 p.; Fagote. 8 p.; Flauta. 8 p. ; Oboé. 8 p.

59. Abertura em Sol. Abril de 1971. 70 páginas.

60. Abertura para banda. Andante com moto. Setembro de 1976.

61. Homenagem ao Maestro marcos Romão. Marcha por Marco Lourenço. Ericeira 1993. Cópia. 25 páginas.

62. Três pequenas peças para banda. Nº 213. Outubro de 1978. Com uma dedicatória “Para a Banda da Armada e seu chefe Tem. Baltazar”.
1º Tempo de marcha. 18 p.
2º Vivo. 30 p.
3º Moderato. 42 p.

63. Fantasia Romântica. Partitura para Banda. Fevereiro de 1988. 60 p.
Andante apassionato
Allegreto gracioso
Allegreto Scherzando

64. Três movimentos para sopro e percussão. Abril de 1980. 54 p.
1º Movimento – Allegro deciso (metais e percussão)
2º Movimento – Andantino Contabile (madeiras)
3º Movimento – Allegro em spirito (madeiras, metais e percussão
Dedicatória à Banda de Música da TAP, Teatro Municipal de S. Luiz, 1981.
Nota: esta …foi tocada em 1ª audição …. Com muito agrado teve de …do concerto do autor que recebeu as felicitações da assistência e do …. Que a dirigiu. (Assinatura ilegível). Acompanha a partitura uma folha manuscrita do maestro Marcos Romão.

65. Três movimentos para sopro e percussão (em si b).
1º Movimento – Allegro deciso (metais e percussão)
2º Movimento – Andantino Contabile (madeiras)
3º Movimento – Allegro em spirito (madeiras, metais e percussão

66. 3 partituras com a indicação Paço do Lumiar DGAFA, 13 de outubro de 1981 a 15 de
outubro de 1981. Agostinho Diniz da Cunha Caineta.
Acervo musical depositado no Museu Municipal de Loures (seleção)

Batuta

Nº Inventário: MML016782
Descrição: Batuta de Regência Madeira nobre -feitio liso e polido- com três montagens de prata (?). Tem estojo em madeira forrado de veludo encarnado. Montagem do meio, gravação de motivo floral e cithara; montagem do cabo com motivo floral e as iniciais MJC.

Doação de 24 de setembro de 2008, de Jorge Valente

Banjo

N.º de Inventário: MML016777
Datação:
Descrição: Instrumento híbrido ( Banjo/Banjolim) com afinação Mi, Lá, Ré, Sol; quatro ordens de cordas metálicas, duplas; caixa de ressonância semelhante a uma pandeireta, com tampo de pele, preso a um caixilho metálico por 30 parafusos; braço de madeira com 17 trastos metálicos; cabeça em voluta onde se prendem as cordas num carrilhão mecânico metálico em forma de leque, com oito cravelhas; estojo em pano, duas palhetas. Datado, eventualmente, de fins século XIX.

Doação de 24 de setembro de 2008, de Jorge Valente

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *