Grupo de Cantares de Podence
Folclore em Macedo de Cavaleiros

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Região: Trás-os-Montes e Alto Douro (Trás-os-Montes)
  • Distrito: Bragança
  • Concelho: Macedo de Cavaleiros

02 grupos

  • Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Macedo de Cavaleiros
  • Grupo de Caretos de Podence
Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Macedo de Cavaleiros

GCRCPMC

Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Macedo de Cavaleiros

Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Macedo de Cavaleiros

Grupo de Cantares de Podence

Em 1985, os Caretos de Podence organizaram-se e transformaram o grupo numa associação cultural, com o objetivo principal de preservar estes eventos tradicionais. Como símbolo da cultura do nordeste transmontano estes mascarados têm sido convidados a participar em vários acontecimentos culturais e recreativos ao longo do país, sobretudo quando é possível integrar a animação de rua.

A associação, liderada por António Carneiro, tem sido uma verdadeira embaixatriz desta tradição das festividades de Inverno e a grande responsável pela recuperação de uma tradição milenar. Em conjunto com a autarquia de Macedo de Cavaleiros tudo tem feito para preservar esta tradição e para dela fazer património mundial.

Em Portugal, este Grupo tem percorrido o país de norte a sul nos mais diversos acontecimentos culturais e recreativos, sendo ainda tema de investigação na área da Antropologia Cultural e Social, participando também nos mais diversos programas televisivos da atualidade. Conta também com algumas atuações a nível internacional.

Enquadram-se em qualquer festividade ou animação cultural de preferência animação de rua ou “Parade” com parte instrumental. Está-se perante um grupo que faz a diferença em termos de originalidade, alegria, cor, e sedução pelo mistério num clima verdadeiramente fantástico apresentando uma coreografia fora do vulgar.

GCP

Grupo de Cantares de Podence

Grupo de Cantares de Podence

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *