Banda Filarmónica Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro
Filarmónicas de Mogadouro

Bandas de Música, História e Atividades no Concelho

Banda Filarmónica Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro

Fundada em 1864 com o nome Sociedade Recreativa Mogadourense, a Banda Filarmónica Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro teve como 1º regente o Sr. Lecombe, de origem francesa. Entre 1904 e 1930 a Banda esteve inativa, sendo o Capitão Cruz, Presidente da Câmara de então, o responsável pelo seu ressurgimento. Ao longo da sua existência teve vários regentes, com destaque para Francisco Cavadas, que conseguiu dar-lhe expressão e relevo no contexto social. Mais tarde foi resgatada de outros períodos de inatividade pela mão de Pedro Guimarães (Presidente da Casa do Povo), em 1981, e da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro, reorganizando os recursos humanos e materiais.

Banda Filarmónica Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro

Banda Filarmónica Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro

A aquisição de novo instrumental, com o apoio da Câmara Municipal, e o não menos importante acordo celebrado com o regente Ismael Ferreira fazem de 1996 um ano crucial na história da banda que desde então tem vindo a crescer ao nível quantitativo e qualitativo, enriquecendo festas e romarias um pouco por todo o país. Atualmente está a cargo do Maestro Igor Careca a direção de um grupo com mais de 50 músicos efetivos, formados na sua totalidade pela escola de música da banda. É focada também no crescimento e desenvolvimento pessoal das camadas jovens.

Em 2013 a Banda Filarmónica da A.H.B.V. de Mogadouro editou o seu primeiro CD. Já este ano participou num concurso de Bandas Filarmónicas em Macedo de Cavaleiros, no qual obteve o 1º Prémio.