Amílcar Vasques-Dias, compositor e pianista, de Monção
Músicos do Concelho de Monção

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

  • Alberto Lages (clarinetista)
  • Amílcar Vasques-Dias (compositor, 1945)
Amílcar Vasques-Dias

Amílcar Vasques-Dias nasceu em Badim, Monção.

Efectuou estudos superiores de Piano e de Composição nos Conservatórios de Música do Porto e de Braga. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian e da Secretaria de Estado da Cultura para o Curso Superior de Composição Instrumental e Electroacústica no Conservatório Real de Haia, na Holanda, onde foi aluno de Louis Andriessen, Peter Schat e Jan van Vlijmen.

Destaca-se a formação que fez com o compositor Karlheinz Stockhausen na Holanda, com Iannis Xenakis, em Aix-en-Provence, França e com Cândido Lima, em Portugal, considerando estes compositores/professores os que mais o ‘influenciaram’ na sua formação de compositor. Conheceu Fernando Lopes-Graça a quem deu a conhecer a sua obra. É a partir deste convívio que começa a dar mais atenção à música tradicional portuguesa manifestando-se a sua influência em algumas das suas peças.

Na Holanda desenvolveu actividade artística e pedagógica como pianista e como compositor durante 14 anos.

Como pianista, interpreta a sua música e utiliza a improvisação como meio de expressão tendo realizado concertos em Portugal e em outros países da Europa e da América. Como compositor, tem recebido encomendas de várias instituições públicas e privadas holandesas e portuguesas no âmbito da música de câmara instrumental e vocal, ou electroacústica, orquestra sinfónica, orquestra de metais, coro a cappella e acompanhado, obras multimédia, e música para filme e teatro.

A sua música tem sido tocada em Portugal e em outros países da Europa e da América, nomeadamente em festivais de música contemporânea.

Clique AQUI para ler a biografia completa.

Amílcar Vasques-Dias, compositor e pianista, de Monção

Amílcar Vasques-Dias, compositor e pianista, de Monção

Alberto Lages

Alberto César Carreira Lages, nasceu em Tangil, Monção, onde iniciou os estudos musicais com o pai António Lages, maestro da filarmónica local.

Em 1988 ingressou na Banda da Região Militar Norte no Porto. Mais tarde, após a conclusão do Curso de Formação de Sargentos, foi colocado na Banda Sinfónica do Exército sediada em Queluz – Sintra.

Ingressou na Escola de Música do Conservatório Nacional em Lisboa concluindo o curso de clarinete na classe de Manuel Jerónimo com a mais elevada classificação.

Em 1999 finaliza a licenciatura em Música na Escola Superior de Música de Lisboa na classe de clarinete de Manuel Jerónimo e música de câmara de Olga Prats. Finalizou em 2013 a Licenciatura em Direção de Orquestra de Sopros na Escola Superior Música de Lisboa sob a orientação do maestro Alberto Roque trabalhando ainda com Vasco Pierce Azevedo e Paulo Lourenço.

Estudou Direção de Orquestra com o maestro Jean Sébastien-Béreau.

Clique AQUI para ler a biografia completa.

Alberto Lages

Amílcar Vasques-Dias, compositor e pianista, de Monção