Banda Filarmónica de Odemira

Filarmónicas de Odemira

Bandas de Música, história e atividades no Concelho

Banda Filarmónica de Odemira

A Banda Filarmónica de Odemira, bem como a sua Escola de Música, foram fundadas a 15 de dezembro de 1989, nas instalações da Junta de Freguesia de Santa Maria. Em 1990, Odemira viu sair à rua a sua “Banda Filarmónica”. Devido à grande afluência de jovens interessados na música, a banda foi instalada na sede da antiga Sociedade Recreativa, existente em Odemira.

Cerca de quatro anos mais tarde e devido a um certo grau de degradação das instalações e também a necessidade de um espaço maior, o então Presidente da Câmara Municipal conseguiu estabelecer um acordo com a Direcção Geral de Saúde de Beja do qual resultou a autorização para efetuar obras na velha Casa do Povo para a Banda se instalar, onde ainda é a sua sede. A Banda fez numerosas  atuações, incluindo festivais (Festival Internacional de Bandas Filarmónicas da Sociedade Filarmónica União Arrentelense, Festival de Bandas do Litoral Alentejano e o Jubileu dos Músicos, em Fátima.

A Banda Filarmónica de Odemira conseguiu renovar o seu instrumental contando com o apoio do Ministério da Cultura, nomeadamente no Programa de Apoio a Filarmónicas Alentejanas. Organiza anualmente um encontro de Bandas, no ano de 2001 decorreu a sua 4ª. Edição, integrada nas comemorações do 12º. A Escola de Música funciona na sede da Banda Filarmónica, sita do Edifício da Casa do Povo, em Odemira. Daniel Batista é maestro da Banda Filarmónica, desde 2013.

BFO

Banda Filarmónica de Odemira

Banda Filarmónica de Odemira

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *