Banda de Vilela, Paredes
Filarmónicas de Paredes

História, bandas de música e atividades no Concelho.

[ No que se refere às filarmónicas, o projeto Musorbis está apenas a começar, sendo previsível que até ao final do ano todas as bandas possam estar na plataforma. O processo pode ser acelerado com a cooperação dos interessados no que se refere a historiais e fotografias em falta. ]

  • Banda de Vilela
  • Banda Filarmónica de Cête
  • Banda Musical de Baltar
Banda de Vilela

A Banda Filarmónica da Associação Recreativa e Musical de Vilela nasceu à sombra da Igreja, como forma de solenizar as cerimónias litúrgicas. Foi fundada em 1860 pelo Padre José Machado e por Bernardino Magalhães que foi o seu primeiro contramestre, tendo como regente o Padre Cardoso, pároco da freguesia vizinha de Duas Igrejas. A Banda tem dado concertos pelas mais diversas regiões do País e no estrangeiro, e tem participado em vários certames e concursos.

Banda de Vilela

Banda de Vilela, Paredes

Banda de Vilela, Paredes, em concerto

ARMV

Banda de Vilela, Paredes

Banda de Vilela, Paredes, em arruada

Banda de Vilela

Monumento à Banda de Vilela

Monumento à Banda de Vilela

O ano de 2008 foi particularmente pleno de atividade musical. Além das tradicionais romarias, a Banda efetuou duas gravações de CD – Simplesmente Nosso e The Submerged City, sendo o segundo gravado para a conhecida editora holandesa Molennar.

Na história mais recente, passaram pela direção artística maestros como: Capitão Pereira de Sousa, Maestro António Lopes – Diretor da então Orquestra Sinfónica Portuguesa, 1º Sargento Músico Daniel Silva, Prof. António Gomes, Prof. Miguel de Oliveira, João Gomes, 1º Sargento Músico Manuel de Abreu Neto, 1º Sargento Músico Armindo Nunes, entre outros.

Monumento à Banda de Vilela

Monumento à Banda de Vilela

Monumento à Banda de Vilela

Banda Filarmónica de Cête

A Associação de Cultura Musical Cetense foi fundada em 1835, embora com outra denominação. Até 1842 não existem quaisquer elementos que nos indiquem o nome do(s) regente(s). A partir dessa data e até 1854, a Banda passou a ser regida por Bandeira, seguindo-se em 1870 o maestro Pedro Romualdo e em 1879 Gabriel da Bouça. Depois (durante dois anos) foi a vez de Bernardino Manete assumir a regência, sendo substituído por José de Sousa Pinheiro, que desempenhou o cargo até 1908.

Banda de Música de Cete

Banda de Música de Cête

Banda de Música de Cête

Nos anos seguintes verificou-se um período de grande desenvolvimento sob a regência de Emídio Nogueira, que se manteve no cargo até 1950. Sucedeu-lhe, nos dois anos seguintes, o Primeiro Sargento Rocha. Em seguida, Emídio Moreira Barbosa (afilhado de Emídio Nogueira), foi maestro até ao ano de 1962.

Entre 1962 e 1985 foi a vez de António Rodrigues, formado regente pelo Conservatório de Música do Porto. De seguida, o cargo de regente foi ocupado por João Teixeira, dedicando-se bastante a esta coletividade no campo da aprendizagem. Em 1990 passou a vez ao seu filho José Comércio Teixeira, contribuindo muito para o seu nível e popularidade. Em 2013, José Pedro Pereira assumiu o cargo de maestro, após 10 anos como flautista nesta instituição. Luís Leite assumiu a regência da Banda de Música de Cête em 2017.

Banda Musical de Baltar

A Banda Musical de Baltar foi fundada em 1860 por habitantes da freguesia. Em meados dos anos 30, Alcino Coelho de Sousa assumiu a direção da Banda, que foi extinta vinte anos depois. Em 1989, Fernando de Freitas Nogueira reergueu a Banda de Baltar. As comemorações dos 157 anos da Associação Cultural e Musical de Baltar assinalaram-se em 2017 e ficaram marcadas pela bênção das novas instalações localizadas na antiga Escola Primária de Baltar. A Banda de Baltar é, atualmente, constituída por 61 elementos com direção musical do maestro Benjamim Vieira. A direção da Associação Cultural e Musical de Baltar está a cargo de Delfim Amadeu Santos.

BMB

Monumento à Banda de Vilela

Monumento à Banda de Vilela

FOI NOTÍCIA

A 30 de abril de 2019, o portal do Município de Paredes noticiou que o Parque José Guilherme acolheria no dia 1 de maio, dois concertos das bandas filarmónicas de Baltar e Vilela, iniciativa do Município no âmbito das comemorações dos 45 anos do 25 de Abril e do Dia do Trabalhador. A atuação da Banda Filarmónica de Baltar está agendada para as 10h00. Segue-se a atuação musical da Banda de Vilela, pelas 11h00. O momento musical das comemorações dos 25 de Abril, em Paredes, esteve a cargo da Banda Filarmónica de Cête.

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *