Guilhermina por Augustus John, 1923

MÚSICA PARA OS OLHOS

Elementos de Iconografia Musical do Porto

Casa da Música

Azulejos da Casa da Musica, Porto

Azulejos da Casa da Musica

Azulejos da Casa da Musica, Porto

Museu Nacional Soares dos Reis

Prato, Coimbra (?), sécs. XVIII-XIX, MNSR.

Prato, Coimbra (?), sécs. XVIII-XIX, MNSR.

Prato de Coimbra (?), sécs. XVIII-XIX, do Museu Nacional Soares dos Reis.

Tambores

Augusto Roquemont, Procissão em Guimarães

Augusto Roquemont, Procissão em Guimarães

Augusto Roquemont (Genebra, 1804 – Porto, 1852), Procissão [em Guimarães] (pormenor) uma das obras da exposição permanente do Museu Nacional Soares dos Reis (créditos: Sónia Duarte)

Tocador de flauta

Tocador de flauta, séc. XIII, Museu Nacional Soares dos Reis

Tocador de flauta, séc. XVIII

Tocador de flauta, séc. XVIII, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto

Ainda no Museu Nacional Soares dos Reis encontra-se Daphnis e Chloé, óleo sobre tela, 114 x 74 cm, pintura de Henrique Pousão, pintor português que nasceu em Vila Viçosa, em 1859, e morreu em Vila Viçosa, no ano de 1884.

Coliseu do Porto

Entrada do Coliseu do Porto

Entrada do Coliseu do Porto

Lira e canto à entrada do Coliseu do Porto

Igreja do Bonfim

Rei David tocando harpa, órgão da igreja do Bonfim, Porto

Rei David tocando harpa

Rei David tocando harpa, órgão da igreja do Bonfim, Porto

São Bento da Vitória

Rei David tocando harpa, Igreja de São Bento da Vitória

Rei David tocando harpa, Igreja de São Bento da Vitória

António Carneiro (1872-1930)
Órgão do Coro Alto da Igreja de São Bento da Vitória, Porto, 1924

Órgão do Coro Alto da Igreja de São Bento da Vitória, Porto, 1924

Órgão do coro alto da Igreja de São Bento da Vitória, Porto, 1924, óleo sobre tela, 55 x 40 cm.

Guilhermina Suggia, violoncelista portuense

Guilhermina Suggia tocando violoncelo

Guilhermina Suggia, violoncelista, por Augustus John

Madame Suggia, por Augustus John

“Madame Suggia”, um dos melhores quadros do mestre inglês Augustus John (1878-1961), está exposto na Tate Gallery, em Londres. O violoncelo é o famoso Montagnana oferecido à portuguesa por lorde Edward Hudson, seu noivo, que também encomendou o quadro. Hudson cancelou a encomenda quando Suggia quebrou o noivado, mas Augustus decidiu, mesmo assim, terminá-lo.

Guilhermina Suggia tocando violoncelo

Guilhermina por Augustus John, 1923

Guilhermina Suggia por Augustus John, 1923

A violoncelista portuense Guilhermina Suggia, por Augustus Edwin John, óleo sobre tela, 102 x 77 cm, datada de 1923

Grande violoncelista portuguesa de ascendência italiana, Guilhermina Augusta Xavier de Medim Suggia nasceu em 27 de junho de 1885, na freguesia de S. Nicolau, no Porto e morreu a 30 de julho de 1950, na sua casa da Rua da Alegria, 665, também no Porto. Suggia revelou uma tendência prematura para a música e tem como primeiro professor de violoncelo o pai, Augusto Suggia, que reconheceu na filha o imenso talento musical que viria a confirmar-se numa notável carreira internacional. Visando distinguir o melhor aluno do Curso Superior de Violoncelo do Conservatório de Música do Porto, foi instituído por vontade testamentária da violoncelista o Prémio Guilhermina Suggia, atribuído pela primeira vez em 1953. Guilhermina Suggia tem ruas com o seu nome em Lisboa, Porto, Cacém, Loures e Ermesinde e monumentos no Porto e Matosinhos.

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *