Porto e as suas tunas

Tuna Universitária do Porto
Tunas do Porto

História, grupos e atividade tunística na cidade

  • TFFAUP – Tuna Feminina da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto
  • ARTuna
  • Associação Antigos Orfeonistas da Universidade do Porto
  • Atituna – Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto
  • Cancioneiro Universitário do Campo Alegre, Tuna da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. (C.U.C.A.)
  • Cantuna – Tuna Feminina da Escola Superior de Educação do Porto
  • Cientuna -Tuna Feminina de Ciências do Porto
  • Copotunia – Tuna Académica Instituto Superior Politécnico Portucalense
  • Desatuna – Tuna Feminina da Escola Superior de Artes e Design
  • Desportuna – Tuna Feminina da Faculdade de Desporto UP
  • Dolphituna – Tuna Feminina do Instituto Português de Administração e Marketing – IPAM
  • Lá Lá Pito – Adega Cooperativa Musical Recreativa Cultural, Grupo de Jantares
  • Levadas da Broca – Tuna Feminina da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto
  • Looney TunaTuna Académica da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto
  • Lusíadas
  • Oportuna – Tuna do Instituto Superior de Ciências da Saúde – Norte
  • Real Tuna Académica do Porto – ISLA
  • Sirigaitas – Tuna Feminina da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto
  • TAFEP – Tuna Académica da Faculdade de Economia da Universidade do Porto
  • Tuna Académica da Universidade Fernando Pessoa
  • Tuna Académica da Universidade Lusíada do Porto
  • Tuna Académica da Universidade Portucalense
  • Tuna Académica de Enfermagem do Porto
  • Tuna Académica do Instituto Superior de Engenharia do Porto – ISEP
  • Tuna da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
  • Tuna da Universidade Católica Portuguesa – Porto
  • Tuna de Contabilidade do Porto
  • Tuna de Engenharia da Universidade do Porto
  • Tuna de Farmácia do Porto
  • Tuna de Medicina Dentária do Porto
  • Tuna do Distrito Universitário do Porto
  • Tuna Feminina da Escola Superior de Enfermagem S. João – Porto
  • Tuna Feminina da Faculdade de Letras da Universidade do Porto
  • Tuna Feminina da Universidade Católica do Porto
  • Tuna Feminina da Universidade Fernando Pessoa
  • Tuna Feminina da Universidade Lusíada do Porto
  • Tuna Feminina da Universidade Portucalense
  • Tuna Feminina de Biomédicas – UP
  • Tuna Feminina de Economia do Porto
  • Tuna Feminina de Medicina do Porto
  • Tuna Feminina do ISCAP
  • Tuna Feminina do ISEP
  • Tuna Feminina do Orfeão Universitário do Porto
  • Tuna TS – Tuna de Tecnologias da Saúde do Porto
  • Tuna Universitária do Porto
  • Tuna Veterana do Porto
  • TUNAFE – Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Porto
  • Tunaite – Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto
  • TUSA – Tuna Academia da ESTGF/IPP
Tuna Universitária do Porto

Tuna Universitária do Porto

Tunas e festivais

Em 1987 e Orfeão Universitário do Porto comemorava o seu 75º aniversário. Do programa de comemorações fizeram parte algumas novidades para a cidade do Porto, como a I Bienal de Canto Coral do Porto e o Iº Festival Internacional de Tunas Universitárias – “Cidade do Porto”, I FITU.

Embora o Porto tivesse uma tradição tunante centenária, o fenómeno das Tunas Universitárias estava nessa altura adormecido, quer na Cidade Invicta, quer no resto do país. Para que a iniciativa tivesse êxito, o OUP apostou em três grandes vertentes, que desde então demarcam o FITU: a qualidade (da sonoplastia, cenografia e tunas participantes), a originalidade e a inovação.

O mais antigo e mais prestigiado Festival de Tunas do país, o FITU, desde sempre apresentado pelos Jograis, jamais parou de crescer sendo hoje realizado em quatro dias de rondas e serenatas pelas salas de espetáculo, estabelecimentos de ensino, bares e ruas do Porto. A parte competitiva consiste na atuação das tunas durante dois dias, geralmente na sexta e sábado da primeira semana de novembro, para um público fiel que esgota a bilheteira do Coliseu do Porto.

Graças ao sucesso crescente da Tuna Universitária do Porto e do FITU, muitas outras tunas e festivais apareceram em Portugal. Por isso, o OUP assume e orgulha-se de ter sido o grande impulsionador da explosão das tunas universitárias e respetivos festivais.

O FITU é também um privilegiado ponto de encontro de estudantes universitários de diferentes universidades, países e culturas. Ao longo das suas edições contou com tunas de Portugal, Espanha, México, Porto Rico, Perú, Colômbia e Holanda. Este encontro proporciona um grande intercâmbio cultural, traduzido, de entre outras formas, pela divulgação de diferentes formas de abordar a música popular.

Para que momentos musicais, de reconhecida qualidade, não se percam, o Orfeão Universitário do Porto lançou o primeiro trabalho discográfico de tunas gravado ao vivo em Portugal. Este CD, de nome “VII FITU Festival Internacional de Tunas Universitárias – Cidade do Porto “, é como o próprio nome indica uma recolha dos melhores temas interpretados pelas diversas tunas na sétima edição do Festival.

A nona edição do FITU integrou o “I Conclave Tunae” que reuniu, no auditório da Universidade do Porto, representantes de 60 tunas que debateram este novo fenómeno cultural. Os dez anos do festival foram comemorados com a edição do álbum “FITU, uma década, uma história”, onde se inclui o melhor que se ouviu no FITU.

Em 2001 comemorou-se o 15ª aniversário, e pela primeira vez o festival foi transmitido pela RTP Internacional. Em 2002 o festival inseriu-se nas comemorações do 90º aniversário do Orfeão Universitário do Porto, apresentando novamente à cidade as melhores tunas do Mundo.

Em 2016 comemorou-se a trigésima edição do FITU.

Festival Internacional de Tunas da Universidade Portucalense

Em 2016 decorreu o XX Festival Internacional de Tunas da Universidade Portucalense, a 11 e 12 de março, com sete tunas a concurso e as atuações das Tunas Académica, Feminina e Veterana da UPT e da Tuna Universitária do Porto.

Fontes: www.portugaltunas.com, redes sociais e pesquisa em motores de busca