Reguengos de Monsaraz e o seu folclore

Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz
Folclore em Reguengos de Monsaraz

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Região: Alentejo – Alto Alentejo
  • Distrito: Évora
  • Concelho: Reguengos de Monsaraz

02 grupos

  • Grupo Folclórico da Freguesia de Monsaraz
  • Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz
Grupo Folclórico da Freguesia de Monsaraz

O Grupo Coral de Monsaraz foi fundado em 1975. Encontrava-se sob a égide da Casa do Povo de Monsaraz e os seus elementos não utilizavam um traje etnográfico, mas sim um fardamento estilizado.

Em 1983, devido a alguma desorganização, o grupo extinguiu-se. Voltou a ressurgir num segundo momento, cessando a atividade, mais uma vez, em 1996.

Em 2002 foi refundado com o nome de Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz, envergando traje domingueiro. Desde então, tem-se pautado por uma organização diferente dos grupos anteriores.

O seu reportório é composto por temas do cancioneiro alentejano, como: A triste pomba coitada; Abre-te campa sagrada; Alentejo Alentejo; Meu lírio roxo; Linda jovem era pastora; Moreninha alentejana; Ó meu lindo Guadiana; Primavera és tão linda; Rosa mãe; Monsaraz velhas muralhas, entre outros.

Grupo Folclórico da Freguesia de Monsaraz

Grupo Folclórico da Freguesia de Monsaraz

Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz

Na década de 1940, as atuações pelas ruas da vila e no largo principal de Reguengos de Monsaraz provocavam alguns confrontos entre os cantadores. Após a fundação da casa do povo, Manuel Morgado Murteira, funcionário da Caixa de Crédito Agrícola, conseguiu unir os elementos dos dois grupos corais e formar um só, que foi integrado na Casa do povo de Reguengos.

Assim nasceu, a 19 de março de 1945, o Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz, composto por 28 elementos.

O grupo é o fruto de uma tradição ancestral. Iniciou um processo de renovação no início de 2016, contando desde essa altura e até ao momento com o apoio do músico Pedro Mestre, atual ensaiador. O grupo tem registado com agrado a entrada de novos elementos, contando atualmente com 25 cantadores.

Durante a sua já longa existência, o grupo coral teve como ensaiadores António Tomás Marcão, António Baltasar, Manuel Jacinto Cartaxo, Joaquim António Couto, António Nogueira Lopes, José Brás Isidoro, José Joaquim Morais e, atualmente, Pedro Mestre e José Torcato.

Após a classificação do Cante Alentejano como Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO em 2014, o grupo renovou-se e surgiu com uma nova imagem, novo traje e novas vozes, tendo duplicado o número de elementos.

Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz

Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *