Órgãos de tubos do concelho de Sabrosa [3]

De acordo com as informações disponíveis, existem órgãos de tubos nas seguintes igrejas do Concelho:

Igreja Matriz de São Martinho de Anta

[ Igreja Paroquial ]

Igreja Matriz de São Martinho de Anta

Igreja Matriz de São Martinho de Anta

De planta poligonal, a Igreja Paroquial de São Martinho de Anta ostenta fachada principal delimitada por pilastras com cimalhas adinteladas, com linha da empena recortada, portal principal rasgado ao centro e encimado por janela que ilumina o coro e sobrepujada por nicho. Tem torre sineira à esquerda. No interior, tem cobertura da nave com tecto em caixotões retangulares; coro alto; arco triunfal em granito abre para a capela-mor com retábulo. Na nave, tem retábulos colaterais, sendo o da esquerda (séc. XVII/XVIII) de tipo plano, de quatro colunas torcidas, decorado com parras, e de dois arcos a ligá-las; o da direita, da primeira metade do séc. XVIII, apresenta nicho central para abrigar a escultura de Cristo crucificado, com decoração de ornatos diversos e tarjas curvas com acantos. As paredes são revestidas com silhar de azulejos modernos.

Fonte: Monumentos

Órgão da igreja matriz de São Martinho de Anta

“Um sonho tornado realidade”. Foram estas as palavras que Tadeu Filipe, organista, proferiu para transmitir a importância e o valor que o novo órgão de tubos representa para a paróquia de São Martinho de Anta, concelho de Sabrosa. – noticiava “A Voz de Trás-os-Montes”, a 04 de Julho de 2019.

Depois de vários anos a sonhar com a sua aquisição, foi agora finalmente possível trazer um órgão “real” para a igreja, de forma a ser um incentivo para toda a comunidade da vila. “É um órgão que terá como principal função sonorizar as eucaristias”, começou por dizer, adiantando que o mesmo trará uma nova dimensão não só religiosa, mas também cultural a todo o concelho.

Igreja Matriz de Provesende

[ Igreja Paroquial ] [ São João Batista ]

Igreja Matriz de Provesende

Igreja Matriz de Provesende

Construída em 1720, a Igreja Matriz de Provesende é um templo de estilo maneirista com rica decoração barroca em talha dourada. Possui um altar-mor e quatro altares laterais em talha dourada.  A igreja atual foi construída no local da anterior que era muito mais pequena. A construção (cantaria e coberturas) é maneirista (1721 a 1756), e a decoração interior é barroca (1757-1795), apresentando nas suas talhas e pintura do tecto, traços joaninos, josefinos e rococó. No remate cimeiro do altar-mor, junto a decorações rococó ostenta as insígnias dum arcebispo – infante (barrete e coroa), que remetem para D. Gaspar de Bragança (Lisboa, 8 outubro 1716 – Braga, 18 janeiro 1789), filho ilegítimo de D. João V (irmão natural de D. José I) que foi Arcebispo Primaz de Braga (1758 – 1789). Este mesmo arcebispo ordenou a construção da Casa do Pároco. A igreja pela sua monumentalidade e decoração está considerada como uma das joias do património religioso do Douro Vinhateiro.

No coro alto está localizado um órgão de tubos ibérico construído pelo Pe. Manuel Lourenço da Conceição (?), 1731(?), restaurado em 1800/30 por Manuel Sá Couto (?).

Fonte: CMS

Igreja Matriz de Sabrosa

[ Igreja Paroquial ]

Igreja Matriz de Sabrosa

Igreja Matriz de Sabrosa

Datada do século XVIII, em estilo barroco, a Igreja Matriz de Sabrosa foi erigida no lugar onde terá existido a Capela pertencente à Casa de Fernão Magalhães, demolida no século XVII. Esta mesma capela foi mencionada no testamento que o navegador fez antes da sua viagem de circum-navegação marítima. Destaca-se a torre sineira volumosa construída sobre o pano central da fachada frontal. A torre sineira mostra no terceiro registo as ventanas dos sinos e é terminada por um varandim com pináculos nos cantos e um coruchéu.

Fonte: CMS

Órgão no coro alto

Órgão da Igreja Matriz de Provesende

Órgão da Igreja Matriz de Provesende