Catarina Spínola, maestrina, de Santa Cruz da Graciosa
Músicos naturais de Santa Cruz da Graciosa

Figuras musicais relevantes no Concelho

  • Catarina Espínola (maestrina)
Catarina Espínola

Natural de Santa Cruz da Graciosa, Catarina Espínola nasceu a 10 de agosto de 1992, tendo iniciado os estudos musicais, com apenas 7 anos, na Filarmónica Recreio dos Artistas. Mais tarde, ingressou a Academia Musical da Ilha Graciosa, onde completou o Curso Suplementar de Música, na área de Canto Lírico. Em 2013 terminou a Licenciatura em Música na Universidade de Évora, sob a orientação de Liliana Bizineche. Em 2014 terminou a Pós-Graduação em Ensino da Música na mesma universidade.

No ano de 2015 deu início ao seu trabalho de docente nas áreas de Formação Musical e Educação Musical na Escola Básica e Secundária da Graciosa. No mesmo ano iniciou também as suas funções como Maestrina no Coro da Matriz de Santa Cruz da Graciosa. Catarina Espínola frequentou, no ano de 2014, o Curso de Direção de Orquestra, na cidade da Covilhã, com o maestro Luís Clemente, onde dirigiu a Orquestra Sinfónica da Covilhã. Mais tarde, em 2016, frequentou também o Curso de Direção de Banda, ministrada pelo Maestro da Banda Militar da Marinha, Délio Gonçalves.

Terminou o Mestrado em Ensino da Música na Universidade Católica do Porto, em 2017, ano que ficou marcado também pela estreia do Coro Juvenil da Matriz de Santa Cruz da Graciosa, onde é diretora artística e maestrina. É professora efetiva do quadro da Escola Básica e Secundária da Graciosa. É maestrina do Coro da Matriz de Santa Cruz da Graciosa, Coro Juvenil da Matriz de Santa Cruz da Graciosa e, agora, também maestrina da Sociedade Filarmónica União Praiense. Pela primeira vez na sua história, a banda filarmónica mais antiga da Graciosa, fundada a 12 de maio de 1889, vai ser dirigida por uma mulher. José Berto Magalhães, António Melo e Luís Aguiar dirigiram a SFUP. A partir de agora a Graciosa tem duas maestrinas nas suas filarmónicas.

Catarina Spínola, maestrina, de Santa Cruz da Graciosa

Catarina Spínola, maestrina, de Santa Cruz da Graciosa