Coretos de Santa Maria da Feira

Coreto de Souto
Coreto de Sanfins
Coreto de Caldas de São Jorge
Coreto do Vale

Caldas de São Jorge

Na área envolvente às Termas

Coreto das Caldas de São Jorge, Santa Maria da Feira

Coreto das Caldas de São Jorge, Santa Maria da Feira, créditos António José Ferreira

Coreto e ilha

Coreto das Caldas de São Jorge, Santa Maria da Feira, créditos António José Ferreira

Coreto das Caldas de São Jorge, Santa Maria da Feira, créditos António José Ferreira

FOI NOTÍCIA

No portal da Universidade de Aveiro

A Banda Marcial do Vale colaborou com o projeto de Ana Margarida Cardoso, estudante de doutoramento da Universidade de Aveiro e membro do INET-md, dando nova vida aos coretos do concelho de Santa Maria da Feira. Ao longo do mês de setembro de 2020, o recém-formado Quinteto de Sopros do Vale, da mesma banda, interpretaria obras de compositores portugueses como Frederico de Freitas, José dos Santos Pinto ou Joly Braga Santos em concertos comentados pela investigadora.

A obras a interpretar foram compostas para o Quinteto Nacional de Sopros, grupo de música de câmara da antiga Emissora Nacional que se manteve ativo entre 1950 e 1976 (aproximadamente). Este grupo foi fundado por Luiz Boulton (flautista, 1908-1994), e integrava os músicos José dos Santos Pinto (oboísta, 1917-2014), Carlos Saraiva (clarinetista, 1910-2001), Ângelo Pestana (fagotista, 1919-2002) e Adácio Pestana (trompista, 1925-2004). O projeto traz a público obras que foram pouco interpretadas após o fim da atividade do grupo de entre as quais se inclui uma provável primeira audição do manuscrito de Santos Pinto, uma vez que se desconhecem apresentações públicas do mesmo.

O Quinteto de Sopros do Vale é constituído por cinco jovens músicos da Banda Marcial do Vale, designadamente, Sara Silva (flauta), Beatriz Oliveira (oboé), Mariana Cardoso (clarinete), Cristiano Pinho (trompa) e Beatriz Cunha (fagote). O Quinteto realizaria quatro concertos, com a interpretação de obras de compositores portugueses como Frederico de Freitas, José dos Santos Pinto ou Joly Braga Santos.

O projeto “Descobrir a História e a Música nos coretos de Santa Maria da Feira” contou com o apoio do Município de Santa Maria da Feira, no âmbito do Programa de Apoio à Cultura, e do INET-md, sendo uma das ressonâncias do projeto “A nossa música, o nosso mundo: bandas filarmónicas, associações musicais e comunidades locais (1880-2018)” (PTDC/CPC-MMU/5720/2014) desenvolvido neste instituto.