Artigos

João Paias, percussionista, de Lagoa (Faro)
Músicos naturais de Lagoa

Projeto em desenvolvimento

João Paias nasceu em 1994, em Estômbar, no concelho de Lagoa (Algarve). Iniciou o percurso escolar no ensino básico nas escolas da freguesia onde nasceu, tendo depois concluído o ensino secundário no Curso Profissional de Instrumentista de Sopros e Percussão, na vertente de Percussão, na Escola Secundária em Lagoa.

A nível universitário concluiu a Licenciatura em Música – Percussão, Ramo de Interpretação, na Universidade de Évora, no ano de 2017.

Frequenta o Mestrado em Ensino da Música – Ramo Percussão, na Escola Superior de Música de Lisboa.

O seu percurso na música iniciou-se no Piano, aos 8 anos de idade, instrumento que estudou durante cerca de 3 anos.

Aos 14 anos iniciou a aprendizagem da bateria, instrumento que motivava o seu interesse desde tenra idade. No curso profissional consolidou a sua vocação na área da percussão, que engloba uma grande diversidade de instrumentos, sendo de sua eleição a marimba.

No âmbito do curso profissional participou em inúmeras audições e, mais tarde, integrou a Orquestra de Sopros do Algarve, com a qual realizou diversas apresentações, incluindo espetáculos com alguns interpretes nacionais como, por exemplo, Cuca Roseta.

Participou na sétima edição do Concurso de Música Anatólio Falé – Cidade de Lagos, realizada em 2012, no qual obteve o 1.º lugar, no 4.º escalão.

Participou em diversas edições do Festival Internacional de Percussão – Cidade de Portimão e, nas últimas duas edições realizadas, colaborou na organização do mesmo.

Leia AQUI a biografia completa.

João Paias, percussionista, de Lagoa (Faro)

João Paias, percussionista, de Lagoa (Faro)

7º Festival Internacional de Guitarra de Lagoa
Festivais de Música em Lagoa (Algarve)

Festivais, encontros e ciclos de música no Concelho

Festival de Música al-Mutamid

Organizado pela Ibérica Eventos e Espetáculos, o Festival de Música al-Mutamid é um evento que se realiza em Santiago do Cacém, Lagoa, Vila Real de Santo António, Loulé, Albufeira, Silves, Lagos e Olhão, com 22ª edição agendada para fevereiro/março de 2022.

Pretende recordar o rei poeta Al-Mutamid, filho e sucessor do rei de Sevilha Al-Mutadid. Muhammad Ibn Abbad (Al-Mutamid) nasceu em Beja (1040) e foi nomeado governador de Silves com apenas 12 anos, tendo aí passado uma juventude refinada.

O Festival resgata e divulga a música e a poesia que durante séculos inundou bazares, medinas e palácios, mas também responder a uma oferta turística dotada de peso cultural, complemento das ofertas tradicionais, dando a conhecer povoações e outros lugares de interesse que, por diversas razões, estão ligadas à civilização andaluza.

Festival de Música Sacra de Lagoa – Algarve

Sítio: www.lagoa.info
Tel. (+00 351) 282 380 053

O Festival de Música Sacra de Lagoa – Algarve é um evento onde a música se apresenta como um meio de comunicação e de educação cultural, artística, religiosa e espiritual. É organizado pela associação Ideias do Levante, em parceria com o Município de Lagoa. A primeira edição em 2021 decorre durante os meses de outubro e novembro de 2021. O Festival tem o intuito de promover o património artístico religioso do concelho de Lagoa, descentralizar os locais de concerto pelo concelho, dar a conhecer/promover espaços religiosos, artistas, instrumentos e obras de compositores portugueses e estrangeiros.

Segundo Roberto Estorninho (presidente da direção da Ideias do Levante), o evento pretende reunir vários projetos em torno da música sacra que a associação tem vindo a desenvolver desde 1995, nos vários espaços religiosos do concelho de Lagoa e promover um intercâmbio entre instituições, investigadores/historiadores, artistas/músicos e público.

Ideias do Levante é uma associação cultural, fundada em 1995, com sede em Lagoa (Algarve, Portugal) e extensão em Portimão (Espaço Portas do Sol), com atividade em torno da formação, produção e promoção cultural, através de projetos regulares e pontuais, não só, na área das artes performativas, audiovisuais e literárias, como também, na área da saúde e do bem-estar.

Sítio: www.ideiasdolevante.info
Tel. (+00 351) 282 380 053

Festival de Música Sacra de Lagoa – Algarve

Festival de Piano Cidade de Lagoa

Em 2021, Festival de Piano Cidade de Lagoa (2ª edição) decorreu de 5 a 27 de Junho e teve cinco concertos e duas classes de aperfeiçoamento. As iniciativas realizaram-se no Auditório Municipal de Lagoa Carlos do Carmo e no Sítio das Fontes, em Estômbar. A II edição teve a direção artística do pianista Jeferson de Mello, sendo que a direção executiva foi assumida pela associação Artis XXI, que tutela o Conservatório de Artes de Lagoa, e a produção esteve a cargo de Elsa Mathei.

Festival de Piano Cidade de Lagoa

Festival de Piano Cidade de Lagoa

Sítio: www.artis21.pt
Correio eletrónico: festival.piano@artis21.pt
Tlm. (+00 351) 928 059 612

Festival Internacional de Guitarra de Lagoa

Sítio: www.festivalguitarralagoa.pt

O Festival Internacional de Guitarra é um meio promocional de excelência para a cidade de Lagoa, nomeadamente no que se refere ao seu património paisagístico, monumental e turístico e ambiental, mas também tem permitido dinamizar a sua atividade social e económica. Teve em 2021 a sua oitava edição.

7º Festival Internacional de Guitarra de Lagoa

7º Festival Internacional de Guitarra de Lagoa

Festival Internacional de Música do Algarve

O Festival Internacional de Música do Algarve é um festival de música erudita que em 2019 realizou a 34ª edição, apresentando 14 concertos na região do Algarve (Loulé, Lagos, São Brás de Alportel, Faro, Silves, Tavira, Portimão, Lagoa).

Rancho Folclórico do Calvário
Folclore em Lagoa (Faro)

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Região: Algarve
  • Distrito: Faro
Rancho Folclórico do Calvário

O Rancho Folclórico do Calvário nasceu na freguesia de Estômbar, concelho de Lagoa. Graças ao grande património cultural oriundo da região, tornou-se imprescindível a existência de um movimento de matriz cultural que assumisse a responsabilidade de um passado de tradições e o transmitisse às gerações futuras.

Em 1964, após uma tradicional brincadeira carnavalesca, um grupo de elementos considerou que se deviam preservar as tradições da terra.

Teve então início um trabalho de pesquisa e recolha junto da população idosa, surgindo o Rancho Folclórico do Calvário.

A sensibilização cresceu, o trabalho de recolha não parou, tendo sido feita uma reconstituição das vestes tradicionais algarvias, desde a serra ao litoral, camponeses e pescadores.

O Rancho é membro efetivo da Federação do Folclore Português.

Rancho Folclórico do Calvário

Rancho Folclórico do Calvário