Artigos

Sociedade Filarmónica União Maçaense, de Mação
Filarmónicas de Mação

Bandas de Música, História e Atividades no Concelho

Sociedade Filarmónica União Maçaense

A Sociedade Filarmónica União Maçaense (SFUM) foi fundada em 1862 por um grupo de maçaenses com instrumentos adquiridos por subscrição pública. A 8 de janeiro de 1906 teve o seu alvará do Governo Civil de Santarém como “Sociedade União Maçaense”. Pode ler-se nos seus Estatutos que a SFUM tem como fins, o estudo, ensino, execução e divulgação da música nas suas inúmeras vertentes, podendo alargar o âmbito dos seus fins a qualquer atividade cultural ou recreativa.

Participa, desde sempre e muito ativamente, no acompanhamento de arraiais, solenidades religiosas e festas populares. Marca também presença em concursos de bandas civis e encontros de bandas. Promove regularmente diversas atividades musicais, destacando-se o encontro de Bandas Civis no segundo fim de semana de setembro.

A formação Musical dos mais jovens foi sempre uma das grandes apostas da SFUM. Atualmente através de um protocolo estabelecido com a Firmação (Conservatório de Música de Mação: pólo da Associação de Cultura Canto Firme de Tomar) alguns dos Músicos da SFUM e da Escola de Música tem acesso ao ensino de música oficial proporcionado pelo conservatório, tendo o apoio da Câmara Municipal de Mação.

Em 2012 a associação celebrou 150 anos, tendo organizado varias atividades para celebrar este importante acontecimento, que terminou com o lançamento do livro “Viagem à Roda da Banda de Mação”, obra de Carlos Gueifão. Recentemente foram criados grupos de ensemble de metais, madeiras e percussão com o objetivo de diversificar a oferta musical e motivar os músicos.

SFUM

Sociedade Filarmónica União Maçaense, de Mação

Sociedade Filarmónica União Maçaense, de Mação

Órgãos de tubos do concelho de Mação [1]

De acordo com as informações disponíveis, existem órgãos de tubos nas seguintes igrejas do Concelho:

Igreja Matriz de Mação

[ Igreja Paroquial ] [ Nossa Senhora da Conceição ]

Igreja Matriz de Mação

Igreja Matriz de Mação

Foi a rainha Santa Isabel quem concedeu o primeiro foral à povoação de Mação, sendo o diploma renovado por D. Pedro I em 1355, sendo a vila nesta época sede de concelho. A Igreja Matriz de Mação terá sido edificada na época em que o concelho de Mação se formou, embora atualmente não restem vestígios do templo medieval. O edifício que serve de sede de paróquia foi edificado nos finais do século XVI, por ordem de Filipe I, tendo sido gravada no tímpano do portal principal a data 1597, aludindo certamente ao ano em que foi concluída a fábrica de obras. O templo apresenta um modelo maneirista de planta retangular, sendo de destacar as dimensões da sua estrutura. A fachada é marcada pela disposição da torre sineira, edificada do lado esquerdo destacada da linha do frontispício, e o portal, rasgado ao centro do pano murário, de moldura retangular rematado por frontão com aletas. Ao corpo da igreja, junto ao espaço da cabeceira, foram adossadas duas sacristias de diferentes dimensões, uma em cada fachada lateral. O interior divide-se em três naves cobertas por teto de madeira, divididas em cinco tramos, cujos arcos assentam sobre colunas toscanas. Ao fundo foi edificado o coro alto. Parte dos panos murários foram decorados com painéis de azulejos de padrão polícromos, datados de 1644, que enquadram composições com temas cristológicos e marianos. O arco triunfal assenta sobre duas pilastras toscanas, abrindo para o espaço da capela-mor, coberto por abóbada de berço. Aqui foi edificado o retábulo-mor, de talha dourada em estilo nacional. No frontal do altar-mor foi pintada uma reprodução da Última Ceia de Domenico Ghirlandaio, executada em 1931 pelo pintor italiano Leopoldo Battistini.

Fonte: DGPC, Catarina Oliveira

Enquadramento do órgão e coro alto

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Montra

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Consola

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Manúbrios do lado direito

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Manúbrios do lado esquerdo

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Pormenor da portada esquerda

Órgão da Igreja Matriz de Mação

Órgão da Igreja Matriz de Mação