Artigos

Grupo de Cantares de Podence
Folclore em Macedo de Cavaleiros

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Região: Trás-os-Montes e Alto Douro (Trás-os-Montes)
  • Distrito: Bragança
  • Concelho: Macedo de Cavaleiros

02 grupos

  • Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Macedo de Cavaleiros
  • Grupo de Caretos de Podence
Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Macedo de Cavaleiros

Em 1977, o então Grupo Coral da Paróquia de S. Pedro, de Macedo de Cavaleiros, que tinha como atividade exclusiva a animação litúrgica, no que era acompanhada por um órgão já gasto, sentindo a necessidade de adquirir um outro que melhor pudesse desempenhar as suas funções, encontrou no Teatro a aposta ideal para a angariação de fundos que lhe permitisse concretizar tal desejo. Mais tarde a atividade foi estendida também ao folclore.

Os trajes e adereços usados são essencialmente trajes de trabalho já que o concelho de Macedo de Cavaleiros, também antigamente conhecido pelo concelho da foice, era essencialmente um concelho onde a agricultura era a sua atividade principal. Para além destes, de notar ainda os trajes mais ricos – gente rica e abastada. De salientar ainda, pela sua singularidade e espetacularidade, os trajes dos “Caretos de Podence”.

As danças e cantares recolhidas e exibidas fazem parte dos tradicionais jogos de roda que, em alturas festivas, sobretudo na Páscoa e Pascoela, e depois de um período de recolhimento que era a Quaresma, eram dançadas nos largos fronteiriços da antiga vila, depois de os sinos tocarem, no sábado de aleluia e após a Queima do Judas.

Há ainda outras, recolhidas em algumas aldeias do concelho, relacionadas com o trabalho agrícola, nomeadamente a apanha da azeitona, segadas, malhadas e outros que, quando acabavam e apesar do cansaço dos seus intervenientes, transpiravam a alegria, dançando e cantando.

Outras ainda eram cantadas nos longos serões e fiadeiros, transmitidas de geração em geração, ou nas festas cíclicas vividas em cada estação do ano.

GCRCPMC

Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Macedo de Cavaleiros

Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Macedo de Cavaleiros

Grupo de Cantares de Podence

Em 1985, os Caretos de Podence organizaram-se e transformaram o grupo numa associação cultural, com o objetivo principal de preservar estes eventos tradicionais. Como símbolo da cultura do nordeste transmontano estes mascarados têm sido convidados a participar em vários acontecimentos culturais e recreativos ao longo do país, sobretudo quando é possível integrar a animação de rua.

A associação, liderada por António Carneiro, tem sido uma verdadeira embaixatriz desta tradição das festividades de Inverno e a grande responsável pela recuperação de uma tradição milenar. Em conjunto com a autarquia de Macedo de Cavaleiros tudo tem feito para preservar esta tradição e para dela fazer património mundial.

Em Portugal, este Grupo tem percorrido o país de norte a sul nos mais diversos acontecimentos culturais e recreativos, sendo ainda tema de investigação na área da Antropologia Cultural e Social, participando também nos mais diversos programas televisivos da atualidade. Conta também com algumas atuações a nível internacional.

Enquadram-se em qualquer festividade ou animação cultural de preferência animação de rua ou “Parade” com parte instrumental. Está-se perante um grupo que faz a diferença em termos de originalidade, alegria, cor, e sedução pelo mistério num clima verdadeiramente fantástico apresentando uma coreografia fora do vulgar.

GCP

Grupo de Cantares de Podence

Grupo de Cantares de Podence

Roberto Leal, cantor, de Macedo de Cavaleiros
Músicos naturais do Concelho de Macedo de Cavaleiros

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

  • Roberto Leal (cantor, 1951-2019)

Roberto Leal

Roberto Leal, cantor, de Macedo de Cavaleiros

Roberto Leal, cantor, de Macedo de Cavaleiros