Artigos

Geração musical - Escola de Artes
Escolas de Música em Penamacor

Estabelecimentos do ensino de música no Concelho. Em geral, as bandas filarmónicas também possuem a sua escola de música: veja ao fundo informação sobre as bandas de música do Concelho.

Polo da Academia de Música e Dança do Fundão

No resultado de uma parceria com a Câmara Municipal de Penamacor, foi criado em 2003/2004, uma secção da Academia, oficializada no ano letivo 2004/2005.

Geração musical – Escola de Artes

Rua 25 de Abril
Penamacor

Geração musical - Escola de Artes

Geração musical – Escola de Artes

Rancho Folclórico de Penamacor
Folclore em Penamacor

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Região: Beira Baixa
  • Distrito: Castelo Branco

02 grupos

  • Rancho Folclórico de Aranhas
  • Rancho Folclórico de Penamacor
Rancho Folclórico de Penamacor

O Rancho Folclórico de Penamacor surgiu em 1980, fruto de um trabalho exaustivo levado a cabo pela Santa Casa da Misericórdia de Penamacor traduzido na recolha do património musical (danças e cantares) e no estudo do modus vivendis das suas gentes. Após longos meses de ensaio e confeção dos trajes tradicionais, apresentou-se em público a 9 de agosto de 1981.

A partir desta data, primeiro sob a direção da instituição que o criou e mais tarde, em 2002, por iniciativa de um grupo de elementos fundadores que o reorganizou e o constituiu como Associação Cultural, tem desempenhado um papel relevante na preservação e divulgação da cultura popular e tradicional desta vila beirã.

O trabalho empenhado dos seus elementos possibilitou a recuperação das tradições herdadas dos antepassados, permitindo a sua apresentação ao público seja ela através das danças e dos cantares ou mesmo de reconstituições cénicas que têm por fundo o ambiente social e laboral de Penamacor nos finais do séc. XIX e início do séc. XX.

Por ocasião das comemorações dos 25 anos lançou o seu primeiro trabalho discográfico, que reuniu grande parte do seu reportório constituído por cantigas e modas de trabalho, de romaria e de roda, interpretadas por bonitas vozes com acompanhamento dos tradicionais instrumentos musicais: acordeão, violas, pandeireta, reco reco, bombo e ferrinhos.

Desde 2006, o Rancho organiza o Encontro de Música Tradicional de Penamacor que reúne anualmente ranchos folclóricos e grupos de música popular e tradicional de várias regiões do país.

Rancho Folclórico de Penamacor

Rancho Folclórico de Penamacor

Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires

Filarmónicas de Penamacor

Bandas de Música, História e Atividades no Concelho

Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires

A Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires celebrou em 2028 o 110º aniversário. A TVEuropa noticiou que a Câmara Municipal de Penamacor apoia requalificação da sede da Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires, dado que para o presidente da autarquia “é uma associação que dignifica o concelho”. As comemorações dos 110 anos da Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires tiveram o ponto alto com um grande concerto a que assistiram centenas de pessoas. No concerto participaram cerca de 250 músicos de cinco bandas.

BFAJP

Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires

Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires

Depois de um grande desfile das cinco bandas de música e de um almoço convívio decorreu, no dia 8 de setembro, um concerto único que contou com a participação da Banda Municipal Alterense, Banda da Sociedade Filarmónica Fraternidade de S. João de Areias, da Banda da Sociedade Filarmónica Louriçal do Campo e da Banda a Sociedade Filarmónica União Maçaense, para além da Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires.

Durante as comemorações o Presidente da Câmara Municipal de Penamacor, António Luís Beites Soares, agradeceu o convite da Banda Filarmónica de Aldeia de João Pires para estar presente nas cerimónias do aniversário e indicou que era uma “obrigação” do executivo camarário apoiar a coletividade. António Luís Beites Soares referiu que o Município iria continuar a dar o seu apoio incondicional “porque é uma associação que dignifica o concelho. É uma banda com mais de quarenta elementos, mérito extraordinário do maestro e de todos os dirigentes”. O presidente do Município acrescentou ainda que as obras de requalificação da sede da coletividade, apoiadas pela Câmara, vão arrancar em breve.

As comemorações do aniversário da Banda tiveram início no dia 7 de setembro à noite, com a abertura do bar e com a atuação de Pedro Domingues (Coverkill), e prosseguiram no dia 8 de setembro integradas nas comemorações de Nossa Senhora da Graça, com arruada, Eucaristia e a tradicional Procissão. Para além do concerto as atividades do dia terminaram com a atuação de Micael Simões. No domingo, dia 9, voltou a atuar Pedro Domingues, com Coverkill. Uma iniciativa que teve o apoio da Câmara Municipal de Penamacor.

MÚSICA À VISTA

Sugestões para rotas musicoturísticas no Concelho de Penamacor

Largo Dr. Jaime Lopes Dias

Jaime Lopes Dias

Monumento a Jaime Lopes Dias, etnógrafo, em Penamacor

Monumento a Jaime Lopes Dias, etnógrafo, em Penamacor, créditos Pedro Medeiros

O monumento ao Dr. Jaime Lopes Dias situa-se no Largo Dr. Jaime Lopes Dias, freguesia de Vale de Nossa Senhora da Póvoa, concelho de Penamacor (GPS: 40.276635, -7.202037). Busto em bronze sobre pedestal de granito, foi promovido pela Junta de Freguesia Vale da Senhora da Póvoa e inaugurado em 1988. Busto moldado em bronze retrata o homenageado, seguindo a mimética do real.

Encontra-se sobre um pedestal de configuração cilíndrica, no qual contém a seguinte inscrição “HOMENAGEM AO / GRANDE BENEMERITO / JAIME DOS SANTOS / LOPES DIAS / ETNÓGRAFO / MEMBRO DA ACADEMIA / DAS CIENCIAS / ESCRITOR / N. 25 – 10- 1890 F. 2-10-1977”.

Jaime Lopes Dias (1890-1977) foi um notável etnógrafo nascido em Vale do Lobo, atualmente conhecido como Vale da Senhora da Póvoa, concelho de Penamacor. Recebeu formação académica em direito, na Universidade de Coimbra, e ao longo da sua vida profissional exerceu cargos públicos em várias instituições, tendo a par com estes cargos um marcante percurso nas áreas da etnografia, da arqueologia e da história, desenvolvendo um importante trabalho de investigação na área da etnologia que resultou na publicação de obras de referência a nível nacional.

Em Castelo Branco, a Biblioteca Municipal Dr. Jaime Lopes Dias homenageia o etnógrafo. O moderno edifício de pedra, vidro e madeira, possui uma biblioteca ampla e muito bem abastecida, bibliotecária responsável, com todos os tipos de leitura, publicações periódicas, áreas especialmente para crianças e idosos e é considerado pela Comunidade como um lugar de reunião e interação social. Tem também exposições e espaços diferentes, com lugares para a Internet acessar e integrado, desde 28 de junho de 2007, a rede nacional de bibliotecas de Portugal (RNBP).

Jaime Lopes Dias, etnógrafo, de Penamacor
Músicos naturais do Concelho de Penamacor

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

  • Jaime Lopes Dias (etnógrafo, 1890-1977)
Jaime Lopes Dias, etnógrafo, de Penamacor

Jaime Lopes Dias, etnógrafo, de Penamacor

Tem uma rua com o seu nome em Lisboa.