Artigos

Banda da Academia das Artes de Ribeira de Pena
Filarmónicas de Ribeira de Pena

Banda Filarmónica da Academia das Artes de Ribeira de Pena

Banda da Academia das Artes de Ribeira de Pena

A Banda Filarmónica da Academia de Artes de Ribeira de Pena tem a direção artística de Nuno Osório.

No dia 28 de julho de 2018, os alunos da Academia de Artes de Ribeira de Pena subiram ao palco do Auditório Municipal, pela primeira vez a solo, para apresentarem a sua audição de final de ano.

No decorrer do espetáculo, também se apresentaram diferentes grupos de câmara que puderam demonstrar as diversas valências e conjugações instrumentais e a autonomia que os alunos já começam a dominar. No final, ouviu-se a classe conjunto completa – a Banda Filarmónica de Ribeira de Pena – que surpreendeu a plateia e a todos deixou com a perspetiva de novas apresentações.

Banda da Academia das Artes de Ribeira de Pena

Banda da Academia das Artes de Ribeira de Pena

Antes do findar da tarde, o corpo docente entregou o certificado de avaliação relativo ao primeiro ano do curso de música e, depois de satisfeitas as expectativas de avaliação, ainda houve tempo para um lanche convívio organizado pelos encarregados de educação.

A Academia de Artes e Ciência é parte integrante do projeto – Aprender dá Gosto – apoiado pelo NORTE 2020, instrumento financeiro de desenvolvimento regional do Norte de Portugal, gerido pela CCDR-N, que neste quadro tem verbas alocadas aos domínios educação e aprendizagem ao longo da vida.

A 22 de dezembro de 2018, a Banda apresentou, no Auditório Municipal, um concerto de Natal.

Coreto de Ribeira de Pena
Coretos de Ribeira de Pena

Equipamentos no Concelho

Coreto de Ribeira de Pena

Coreto de Ribeira de Pena, ft AJF

Localização

Rua Sá Carneiro
4870 Ribeira de Pena

Nuno Osório, homenageado em Ribeira de Pena
Músicos naturais do Concelho de Ribeira de Pena

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

Nuno Osório, natural de Lamego, maestro da Banda da Academia das Artes de Ribeira de Pena, recebeu uma homenagem por parte do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, no âmbito da sua obra musical “O Patrulheiro” da GNR, apresentada pela Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana, no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Nuno Osório é licenciado em Composição pela Escola Superior de Música e Artes e Espetáculo (ESMAE) e Mestre em Direção de Orquestra pela Universidade de Aveiro (DECA). Também faz parte da Banda de Música da Guarda Nacional Republicana. Na Academia das Artes ribeirapenense leciona a disciplina de percussão/bateria e dirige a classe de conjunto.

Com ampla experiência na área da música para banda, o maestro e compositor Nuno Osório recebe, em conjunto com os restantes professores, os alunos de Ribeira de Pena que semanalmente frequentam as aulas aos sábados no Auditório Municipal.

Nuno Osório, homenageado em Ribeira de Pena

Nuno Osório, homenageado em Ribeira de Pena

Igreja Matriz de Ribeira de Pena

Órgãos de tubos do concelho de Ribeira de Pena [1]

De acordo com as informações disponíveis, existem órgãos de tubos nas seguintes igrejas do Concelho:

Igreja Matriz de Ribeira de Pena

Igreja Matriz de Ribeira de Pena

Igreja Matriz de Ribeira de Pena

A Igreja Matriz de Ribeira de Pena é um interessante e grandioso exemplar da arquitetura barroca, já com sinais emergentes do rocaille. A sua edificação aconteceu na segunda metade século XVIII, sendo consagrada a S. Salvador. Rodeada por um muro protetor e antecedida por um adro, a Igreja Matriz possui uma imponente e movimentada frontaria, demarcada em três corpos por pilastras longas e volumosas. O pano central é rasgado por um aparatoso portal de linhas rocaille, ladeado por pilastras reentrantes, sobre as quais se desenvolve um dinâmico frontão recortado e interrompido. O centro do portal apresenta uma composição de linhas curvas e concheadas, de cariz geométrico e fitomórfico. O portal é sobrepujado por um nicho moldurado por linhas curvas sinuosas, abrigando sobre um pedestal uma grande imagem de Cristo Salvador. Flanqueiam-no duas janelas gradeadas compridas, terminadas por frontão triangular anguloso. A cimalha tem uma molduração ressaltada, encimada por empena de linhas ondeadas, marcadas ao centro por pilastras terminadas em urnas pinaculares, ladeando uma cruz latina. Os corpos laterais, de menores dimensões, correspondem às duas torres sineiras, que se elevam a grande altura. Acima da cimalha estão colocados dois relógios, sobre os quais se abrem as ventanas com sinos. Os ângulos das torres são marcados por pilastras em pedra, prolongando-se em pináculos terminais, e a cobertura destas é feita por uma achatada cúpula bolbosa. Concorrendo para desmaterializar a fachada está o revestimento de azulejos parietais azuis e brancos, contrastando vivamente com as poderosas cantarias estruturantes. O interior é amplo, sendo envolvido por um jogo de estruturas em talha dourada e revestimentos cerâmicos de estilo barroco. De mencionar uma bonita escultura quinhentista de madeira representando a Virgem com o Menino.

Fonte: Infopédia

Órgão da igreja matriz de Ribeira de Pena

Órgão da igreja matriz de Ribeira de Pena

A Igreja Paroquial do Divino Salvador de Ribeira de Pena possui um órgão de autor desconhecido do século XX montado em 2010 por António Simões.

De acordo com comentário do organeiro António Simões, o órgão foi inaugurado no dia 10 de junho, por Edite Rocha.

Segundo o Diário Atual, de 14 junho 2012, as celebrações seriam presididas pelo Bispo de Vila Real, D. Amândio Tomás, e teriam início pelas 11 horas com a bênção do equipamento musical seguida da Eucaristia. A partir das 16 horas, decorreria um concerto com a participação da organista Edite Rocha.

Este órgão adquirido em 2010, e proveniente da igreja Protestante de Aagtekerke (Holanda), foi adequado às condições arquitetónicas e acústicas do templo, cujos trabalhos de instalação duraram cerca de dois anos. O novo instrumento pesa cerca de 5.000 kg e tem 1184 tubos novos.

Com a entrada em funcionamento deste equipamento musical na Igreja de Salvador, a Câmara Municipal de Ribeira de Pena, associa-se a este momento importante para a paróquia e comunidade em geral e felicita todos os intervenientes que possibilitaram a sua vinda para a Igreja do Salvador.