Tag Archive for: música em Tondela

Cavaquinhos de Vilar de Besteiros
Cavaquinhos de Tondela

Grupos de cavaquinhos no Concelho

Cavaquinhos de Vilar de Besteiros

Os Cavaquinhos de Vilar de Besteiros são um grupo de pessoas de diversas idades, praticamente todas naturais ou residentes em Vilar de Besteiros que partilham o mesmo gosto pela música tradicional portuguesa. O grupo tem por principal objetivo a divulgação de um tipo de música que o identifica como povo, mas que caiu no esquecimento das gerações mais novas. Participou em convívios, festas e emissões de rádio, designadamente na Emissora das Beiras. Em 2012, preparava a edição do primeiro CD.

Vilar de Besteiros é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Tondela. Integrou até 1836 o município de Besteiros, entretanto extinto.

Cavaquinhos de Vilar de Besteiros

Cavaquinhos de Vilar de Besteiros

Rancho Folclórico "As Capuchas"
Folclore em Tondela

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

02 grupos

  • Rancho Folclórico As Capuchas
  • Rancho Folclórico de Parada de Gonta
Rancho Folclórico “As Capuchas”

O Rancho Folclórico As Capuchas grupo teve o seu início a partir de uma festa de Natal animada com participação de crianças. Os alunos do então 2º ciclo ensaiaram com as suas professoras danças e cantares tradicionais da sua terra, que começavam já a diluir-se no tempo e na memória dos mais velhos. Ao vê-los dançar os avós e outras pessoas mais idosas reviveram emocionadas os bailaricos romarias da sua juventude, sugerindo a formação de um Rancho Folclórico. Nasceu, desta forma, a ideia da formação de um grupo recolhesse e preservasse as tradições, costumes e usos destas gentes serranas, cando o enriquecimento cultural, artístico e recreativo aos seus elementos e populações.

O rancho tem participado todos os anos em festivais e encontros de folclore nacionais e internacionais, por todo o país, em especial na zona centro. Destaca-se a atuação no Festival Internacional de Trouxemil/ Coimbra, no Palace Hotel da Curia e na Romaria da Senhora da Guia na Urgueira, concelho de Águeda. Todos os anos o grupo canta as Janeiras de porta em porta, tendo já participado em encontros de cantares de janeiras.

Muitos dos elementos jovens do grupo frequentaram a Escola de Música do Rancho para aprenderem a tocar um instrumento musical.
Anualmente «As Capuchas» organizam um Festival de Folclore com a participação de cinco grupos, proporcionando às gentes serranas uma festa que não deixa morrer as tradições e valoriza as suas raízes.

Rancho Folclórico "As Capuchas"

Rancho Folclórico “As Capuchas”

Morada: Lugar da Vila
3475-072 São João do Monte

Sociedade Filarmónica Tondelense
Filarmónicas de Tondela

Bandas de Música, História e Atividades no Concelho

Sociedade Filarmónica Tondelense

A Filarmónica Tondelense terá nascido há mais de um século pois, de acordo com notícia publicada no jornal “Atalaia de Besteiros”, de 9 de novembro de 1890.

Sociedade Filarmónica Tondelense

Sociedade Filarmónica Tondelense

Músicos do Concelho de Tondela

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

  • Samuel Úria (músico, 1979)

Samuel Úria, músico português, nasceu em Tondela, a 18 de setembro de 1979. Líder dos Samuel Úria & As Velhas Glórias, celebrizou-se nos últimos anos pelos seus trabalhos a solo. Participa no supergrupo da FlorCaveira “Os Ninivitas”. Desde 2013, é um dos rostos e vozes do colectivo XNC, com Tiago Guillul, Alex D’Alva Teixeira, Martim Torres e outros.

O EP Em Bruto e o álbum Nem Lhe Tocava captaram a atenção da imprensa, com a crítica a ser consensual na consideração de Samuel Úria como um dos mais importantes escritores de canções da atualidade. No dia 10 de junho de 2009, Úria escreveu e gravou, num só dia, um disco inteiro em sua casa. A composição e registo das músicas foi filmada e transmitida em direto pela internet, enquanto os espectadores forneciam sugestões via email. O resultado foi o disco “A Descondecoração de Samuel Úria”, lançado um ano depois. Surge na longa-metragem O Que Há De Novo No Amor? representando-se a si próprio, dando um concerto onde toca duas canções suas Barbarella e Barba Rala e Não Arrastes o Meu Caixão.

Editou em 2013 o seu 3º LP, intitulado Grande Medo do Pequeno Mundo. Destacam-se neste disco as participações de cantores como Manel Cruz, Márcia, António Zambujo ou Gonçalo Gonçalves. Ganhou, em 2014, o prémio para a melhor canção do ano da SPA, como o tema Lenço Enxuto. Apesar de ainda ser conotado à música alternativa e um fenómeno emergente das editoras indie portuguesas, a carreira de Samuel Uria passa pela escrita de canções e letras para nomes de primeira água da música lusa, como Ana Moura, António Zambujo, Clã ou Kátia Guerreiro. Em 2016, Samuel Úria lançou o álbum Carga de Ombro, produzido por Miguel Ferreira.

Fonte: Wikipédia (com adaptações)

Samuel Úria, músico, de Tondela

Samuel Úria, músico, de Tondela, créditos Time Out