Artigos

Festival Internacional de Música de Gaia
Festivais em Vila Nova de Gaia

Ciclos, encontros, jornadas, temporadas, cursos, concursos e festivais de música e dança no Concelho

Festival Internacional de Música de Gaia

Sítio: www.conservatoriodegaia.org

Iniciativa da Fundação Conservatório Regional de Gaia em parceria com a Câmara Municipal de Gaia, o Festival Internacional de Música de Gaia é um festival de música erudita com 28ª edição em 2022.

Festival Internacional de Música de Gaia

Festival Internacional de Música de Gaia

DDD – Festival Dias da Dança

O DDD – Festival Dias da Dança parte da vontade de ligação que se pode estabelecer, através da dança, entre as cidades do Porto, Matosinhos e Gaia. Realizado anualmente em torno do Dia Mundial da Dança, o DDD desenvolve, desde 2016, uma programação que atesta a diversidade estética e temática da Dança Contemporânea e que promove a deambulação entre diversas salas de apresentação e o espaço público destas três cidades que compõem a Frente Atlântica. O maior festival internacional de dança contemporânea em Portugal é organizado pelo Departamento de Artes Performativas da Ágora – Cultura e Desporto E.M. / Câmara Municipal do Porto, coorganizado pela Câmara Municipal de Matosinhos e pela Câmara Municipal de Gaia. Conta com o BPI e a Fundação “la Caixa” como mecenas e com o Alto Patrocínio do Presidente da República. Entre os parceiros de programação do DDD encontram-se diversas instituições como o Teatro Nacional São João, balleteatro, Serralves, Coliseu Porto Ageas, Palácio do Bolhão, mala voadora e RAMPA.

Concurso Nacional Cidade de Gaia

O Concurso Nacional Cidade de Gaia é um evento de competição musical nas categorias de canto, guitarra e piano, organizado pela Academia de Música de Vilar de Paraíso.

Concurso Nacional Cidade de Gaia

Concurso Nacional Cidade de Gaia

PORTINGALOISE – Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas

Sítio: portingaloise.pt

PORTINGALOISE – Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas é um festival que conjuga criação, formação e divulgação de trabalhos relacionados com o património coreográfico europeu do século XV ao século XIX. É promovido pela @kalecompanhia em parceria com Portingaloise Associação Cultural e Artística e celebra, em 2022, a 8ª Edição. Conta com a direção artística de Catarina Costa e Silva. O Festival centra-se nas criações originais do Ensemble Portingaloise e é composto por um Ciclo de Primavera e Ciclo de Verão. O destaque para 2022 será a componente formativa e criativa, com a nova criação Assembleia dançante.

PORTINGALOISE - Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas

PORTINGALOISE – Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas

Meo Marés Vivas

Sítio: maresvivas.meo.pt

O Meo Marés Vivas é maior festival de música do Norte do país, em Vila Nova de Gaia, com artistas de topo. Em 2022 está agendado para od dias de 15 a 17 de julho.

Meo Marés Vivas, Vila Nova de Gaia

Meo Marés Vivas, Vila Nova de Gaia

Orfeão da Madalena, Vila Nova de Gaia
Coros de Vila Nova de Gaia

Agrupamentos vocais e atividades corais no Concelho

10 grupos identificados

  • Coro do Mosteiro de Grijó
  • Coro Génesis
  • CIJOV – Coral Infanto Juvenil do Orfeão de Valadares
  • Coro Nossa Senhora da Esperança – Sandim
  • Coro Polifónico da Associação Musical de Pedroso
  • Coro S. Pedro da Afurada
  • Orfeão da Madalena
  • Orfeão de Grijó
  • Orfeão de Valadares
  • Projeto Coral Independente
  • ProVocal Ensemble
CIJOV – Coral Infanto Juvenil do Orfeão de Valadares

O CIJOV – Coral Infanto Juvenil do Orfeão de Valadares é o coro do Orfeão de Valadares dos 5 aos 25 anos.

Tlm. (+00 351) 913 225 842
Correio eletrónico: maestro.josemarques@gmail.com

Coro do Mosteiro de Grijó

Avenida do Mosteiro de Grijó
Apartado 1042, 4415-983 Grijó
Tlm. (+00 351) 938 227 835
Sítio: www.coromosteirogrijo.com

O Coro do Mosteiro de Grijó iniciou as as atividades em 1989. Procura dar a conhecer o vasto repertório da música sacra de acordo com a qualidade e a nobreza do espaço de que usa o nome. Apesar de amador, orienta o seu trabalho por critérios de rigor, procurando sempre a qualidade vocal e artística, bem expressa na escolha do repertório, composto por obras de consagrados autores tais como Palestrina, Victoria, Josquin Desprez, Hassler, Pachelbel, Arcadelt, Luca Marenzio, Croce, D. Pedro de Cristo, Baumann, Duruflé, Pitoni, Lopes Graça, Praetorius, Hilber, Schubert, Grieg, Aichinger, Vaughan Williams, Viadana, Liszt, Scarlatti, Frei Manuel Cardoso, Melgás, Gluck, Caldara, Jacobus Gallus, Bruckner, Mozart, Poulenc, Rheinberger, Casali, César Franck, Elgar, Rachmaninov, Charles Gounod, Berkeley, entre outros.

Executando música de diferentes períodos históricos, tem participado em iniciativas promovidas por várias entidades, organizando e realizando diversos concertos, sendo de destacar a participação, em 2007, no Festival Internacional de Música de Advento e de Natal realizado em Praga, na República Checa, os concertos realizados em  2009 nas cidades históricas de Bruges e Gand, na Bélgica, em 2105 em Santiago de Compostela e em 2016 na Cidade de Roma.

No âmbito das comemorações dos seus 25 anos executou, em 2014, com a Orquestra da Escola de Música de Perosinho “PER GAYA”, a Missa em Dó Maior, K167, “em honra da Santíssima Trindade”.

Em 1998 foi selecionado para participar na gravação do CD “Os melhores Coros Amadores da Região – Grande Porto”. Em 2000, no âmbito do Grande Jubileu, gravou, em CD, “As Sete Palavras de Cristo na Cruz” de Charles Gounod e em 2005 apresentou o CD “Magnificat”, com dezasseis peças de temática mariana.

Em 2003 foi cofundador da FENAMCOR, Federação Nacional Movimento Coral, e passou a ter o seu sítio na Internet www.coromosteirogrijo.com.

Coro Génesis

Tower Plaza I, Rotunda Eng. Edgar Cardoso, 23, 12º B
4400-676 Vila Nova de Gaia
Sítio: www.corogenesis.net
Correio eletrónico: corogenesis@corogenesis.net

Rua Cidade de Bolama, 38J 1ºD
Olivais
1800-079 Lisboa

O Coro Génesis é uma equipa de músicos profissionais fundada em 2005 e constituída por 8 cantores (4 vozes femininas e 4 vozes masculinas). Apresentam-se sempre acompanhados de um pianista ou de um agrupamento constituído por um quarteto de cordas (2 violinos, viola d’arco, e violoncelo), trompete e piano. Em certas circunstâncias, esta estrutura pode ser alterada. O Coro Génesis é hoje a referência em serviços de música na igreja em casamentos religiosos, sendo também muito requisitado para casamentos civis e concertos.

Coro Génesis, Vila Nova de Gaia

Coro Génesis, Vila Nova de Gaia, créditos Fábio Lopes

Coro Nossa Senhora da Esperança

Página: www.meloteca.com

O Coro Nossa Senhora da Esperança foi fundado a 6 de fevereiro de 2004, sendo dirigido actualmente pelo maestro professor José Moura, fazendo parte integrante da Associação Socorros Mútuos Nossa Senhora das Esperança de Sandim e freguesias circunvizinhas.

É formado por sócios e agregados familiares da Associação sendo constituído por 22 coralistas de ambos os sexos. Propõe-se divulgar e cultivar todas as formas de música coral e ao mesmo tempo proporcionar um espaço de convívio musical no qual promove o gosto de cantar e desenvolver a sensibilidade artística dos seus associados.

Tem subjacente também a finalidade projetar e divulgar a Associação nas suas várias vertentes sociais na área da saúde e na promoção da qualidade de vida dos seus associados e difundir o espírito mutualista na sua verdadeira essência social e humana. Tem vindo a realizar concertos em intercâmbio cultural/musical com outros grupos corais além de participar nas diversas atividades da Associação.

Coro Polifónico da Associação Musical de Pedroso

Av. Pedro Hispano
4415-296 Pedroso VNG
amp@amp-pedroso.com
Tel. (+00 351) 227 870 100
Tlm. (+00 351) 934 039 225
Sítio: www.amp-pedroso.com

O Coro Polifónico de Pedroso (CPP) iniciou a atividade em 1975, tornando-se rapidamente o centro dinamizador da cultura musical na freguesia de Pedroso, pela organização de imensos concertos corais e instrumentais, de entre os quais se destacam os concertos de Natal, no Mosteiro de Pedroso. 1980 assinala um marco importante na vida do coro: o nascimento da Associação Musical de Pedroso (AMP) que, com os devidos apoios no campo económico-formativo, tem dinamizado e impulsionado todas as atuações corais.

O coro promove e participa em intercâmbios com grupos congéneres, realizando concertos de norte a sul do país, ilhas e estrangeiro. Em colaboração com a Orquestra de Câmara de Pedroso (OCP), o CPP participa regularmente nos concertos de Ano Novo e Reis no Mosteiro de Pedroso, sendo ainda de destacar a gravação de “Glória em Ré Maior” de Vivaldi, em colaboração com a Orquestra Sinfónica do Porto, sob a orientação de António Baptista e supervisão do Maestro Silva Pereira.

Orfeão da Madalena

R. Orfeão 376
4405-726 Madalena
Correio eletrónico: orfeaomadalena@gmail.com

O Orfeão da Madalena, Vila Nova de Gaia, foi fundado a 1 de janeiro de 1927. Foi seu primeiro maestro Isolino de Sousa, que o dirigiu durante 30 anos.

Ostenta desde 1936 o Grau de Cavaleiro da Ordem de Benemerência e foi galardoado pela Ordem Militar de Malta com a Cruz da Ordem “Pro Merito Melitensi”. Recebeu do Papa João Paulo II, no ano de 1996, a Cruz de Mérito da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém. Foi distinguido pelo Presidente da República, General Marechal Carmona. Foi o coro escolhido para a Missa de Batismo do Príncipe Afonso da Casa de Bragança. Foi ainda galardoado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia com as Medalhas de Mérito Municipal classes Prata e Ouro e também pela Junta de Freguesia da Madalena com a Medalha de Honra.

Após um período intercalar com Manuel Hora na direcção artística, oportunidade em que o Orfeão da Madalena gravou e se fez ouvir através da Rádio Clube Português, seguiu-se o Maestro Manuel Gomes entre 1963 e 1969.

Numa atividade ininterrupta, tem-se dedicado à música coral. Com o Maestro José de Castro, diretor artístico entre 1969 e 2002, alcançou grande notoriedade no domínio Coral Sinfónico, abrangendo no seu repertório, vasto e selecionado, os mais importantes compositores nacionais e estrangeiros da Idade Média aos nossos dias.

Em constantes digressões por todo o país nomeadamente em colaboração com a Orquestra Sinfónica do Porto, Orquestra Sinfónica Regional do Norte, Orquestra de Câmara de Real Teatro Queluz, Orquestra de Câmara de Pedroso e Banda da Região Militar Norte, também de destacar os êxitos alcançados em Espanha, França, Inglaterra e País de Gales, designadamente em 1974 e 1975 no Festival Internacional de Llangollen, na Embaixada de Portugal em Londres e em 1992 em Toulouse.

Gravou o Hino Nacional para as escolas do distrito do Porto, assim como um CD (reeditado em 2010), obras para coro, solistas e orquestra Sinfónica de Mozart, Händel, Verdi e César de Morais.

Manteve uma Secção de Ópera sob a orientação do Maestro Gunther Arglebe e da Professora Annerose Gilek na importante fase inicial da Coral Sinfonia, sob a direção do Maestro José de Castro.

Entre 2002 e 2018 teve como regente a Maestrina Lígia Castro, tendo conquistado em 2008 o Galardão de Prata no 18º Festival de Música do Advento, em Praga, República Checa. A partir de Maio de 2018, assumiu a Regência e Direção Artística o Maestro Nuno Queirós tendo como pianista correpetidor Sofia Rodrigues.

Orfeão da Madalena, Vila Nova de Gaia

Orfeão da Madalena, Vila Nova de Gaia

Orfeão de Grijó

Sítio: www.tunaorfeaogrijo.pt
Correio eletrónico: geral@tunaorfeaogrijo.pt

A Tuna Orfeão de Grijó resulta da fusão de três grupos que praticamente desde o início do século reuniram muitos participantes e apaixonados da música – a Tuna 1º de Maio, a Tuna de 21 de Fevereiro e o Orfeão de Grijó. Tem desenvolvido uma intensa atividade na área da música, divulgando e fomentando a arte e apoiando os jovens na formação musical. Muitos grijoenses, e também muitos jovens provenientes de outras freguesias circunvizinhas, devem o gosto pela música e a sua formação à Tuna Orfeão. A coletividade  Deve-se ao Maestro Joaquim Teixeira, figura ímpar da cultura Grijoense, e á sua enorme dedicação à música, a junção destas agremiações e a elevada cultura musical das gentes da Vila.

A Tuna Orfeão de Grijó conta também com uma Orquestra Juvenil que é formada pelos jovens músicos da coletividade e por ex-alunos.

Orfeão de Valadares

Orfeão de Valadares foi fundado em 1927, dedicado em especial ao canto coral. Começando por ser um coral masculino, só muito mais tarde passou a constituir um grupo coral misto, na forma hoje mais divulgada. Por várias razões, a atividade coral esteve interrompida durante alguns anos, tendo sido retomada em 1997 sob a direção de Miguel Fernandes.

No ano de 2001, um grupo de amigos e coralistas, com alguns conhecimentos musicais e/ou experiência coral, tomou a iniciativa de fundar o Coro de Câmara do Orfeão de Valadares, constituído por 17 elementos. O seu reportório é composto por peças a capella, que vão desde o período renascentista ao contemporâneo, de autores portugueses e estrangeiros.

Projeto Coral Independente

Correio eletrónico: projetocoralindependente@gmail.com

Este projeto coral surgiu em 2020, de uma iniciativa estudantil gaiense. Os princípios básicos do projeto assentam essencialmente em proporcionar a novas gerações de coralistas a oportunidade de cantar num grupo onde haja tempo e liberdade para a seleção de repertório que vá de encontro aos gostos pessoais, bem como um investimento contínuo na aprendizagem, compromisso e sentido de comunidade em torno da música coral. Pretende-se ainda, sendo um projeto independente, que não esteja obrigatoriamente sincronizado com a calendarização de conservatórios ou escolas de música. O conta com mais de 30 coralistas com idades entre os 14 e 60 anos.

Projeto Coral Independente, Vila Nova de Gaia

Projeto Coral Independente, Vila Nova de Gaia

ProVocal Ensemble

Correio eletrónico: provocal.ensemble@gmail.com

O projeto ProVocal Ensemble surge da enorme vontade de um grupo de pessoas, amantes da música coral e vocal, em continuar a fazer música, face às diversas experiências vividas no Coro de Câmara da AMCP. O nome ProVocal pretende assim demonstrar que este é um projeto “para” e “a favor” da voz, utilizando-a para fazer música e partilhá-la. É também um jogo de palavras, porque acreditamos ser inerente a qualquer projeto musical o desejo de “provocar” sentimentos e sensações ao público. Tem a direção artística de César Freitas.

ProVocal Ensemble, Vila Nova de Gaia

ProVocal Ensemble, Vila Nova de Gaia

2º Encontro de Fanfarras de Valadares, Vila Nova de Gaia
Fanfarras de Vila Nova de Gaia

História e atividade de fanfarras do concelho

  • Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões
  • Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Valadares
  • Fanfarra Juventude da Madalena
Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões

A 17 de maio de 2008, com a euforia própria das grandes vitórias, o povo de Coimbrões, recebeu os atletas que se sagraram campeões Distritais da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto, ascendendo por mérito próprio à 3ª Divisão Nacional.

Acompanhados pela Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões e pelo grupo de Bombos dos Mareantes do Rio Douro, a comitiva vitoriosa, fez o trajeto entre a Estação das Devesas e o seu Estádio, em autocarro descapotável.

Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Valadares

No dia 10 de junho de 2016 decorreu o 2° Encontro de Fanfarras – Desfile Comandante Júlio Velhote, organizado pela Fanfarra dos B. V. de Valadares. Contou com a Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Valadares, Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de São Mamede de Infesta, Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Paredes, Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões, Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Sanfins do Douro e Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira.

2º Encontro de Fanfarras de Valadares, Vila Nova de Gaia

2º Encontro de Fanfarras de Valadares, Vila Nova de Gaia

Fanfarra Juventude da Madalena

A Fanfarra Juventude da Madalena é um conjunto dinâmico que procura honrar a terra que a viu nascer e o concelho a que pertence.

NOTA

Há referências a existência de fanfarra também nos Bombeiros Voluntários dos Carvalhos, sem sinais de atividade em 1921.

Prisma Rec
Estúdios em Vila Nova de Gaia

Estúdios de som, gravação e produção no Concelho

100 off-Records

R. de Serafim Rodrigues da Rocha, 176
4430-999 Vila Nova de Gaia
917 984 404

Aca – Estúdio de Gravação, Lda

Tv. Figueirinhas, 4
Grijó
227 644 308

Boom Studios, Lda

Via Jean Piaget, 84
4410-236 Borneiros VNG
225 106 712

Deadly Choir Studios

Vila Nova de Gaia
919 405 357

Prisma Rec

Av. da República, 2208
4430-196 Vila Nova de Gaia
936 678 426

Prisma Rec

Prisma Rec

Quarta Vaga Produções

R. Bela 304
4405-844 Ilha VNG
919 190 696
Sítio: www.quartavaga.pt

Produtora discográfica com estúdio fixo e móvel,  possui unidade de fabricação de CD.

RB22 – Estúdio de produção musical

R. Circular de Alheira D’Aquém
4415-197 Pedroso

Somnorte – Estúdios de Som S.A.

Rua do Parque 1º de Maio, 169
4430-166 Vila Nova de Gaia
223 717 421

Sparkle Studios

R. Plátanos, 131
4405-817 Vila Nova de Gaia
963 708 388

Bruno Godinho Luthier
Oficinas de instrumentos musicais em Vila Nova de Gaia

Construção artesanal, manutenção, transformação, reparação e restauro

António Monteiro Luthier

Grijó
Vila Nova de Gaia
Facebook: www.facebook.com/monteiroajp

António Monteiro Luthier

António Monteiro Luthier

Bruno Garcia Luthier

Alameda Enxomil 178 5º Esq.
4410-424 Arcozelo VNG
Tlm. (+00 351) 910 377 708

Luthier – Setup e manutenção de instrumentos musicais

Bruno Godinho Luthier

Construção de instrumentos de cordas, a especializar-se em violas de arco.

Bruno Godinho Luthier

Bruno Godinho Luthier

Guitarra Portuguesa Flor de Lis

Rua Nova do Curral, 132
4415-462 Grijó

Construção de instrumentos musicais de corda e loja de instrumentos

Facebook: www.facebook.com/guitarraportuguesaflordelis

Nelson Vaz

Facebook: facebook.com/luthier.nelsonvaz

Nelson Vaz, luthier, de Vila Nova de Gaia

Nelson Vaz, luthier, de Vila Nova de Gaia

Roland Portugal, S.A.
Lojas de música e instrumentos em Vila Nova de Gaia

Pesquisa, edição e publicação a 15 de outubro de 2021

AB Luthier Instrumentos Musicais

R. Belo Horizonte, 380, 3º esq
4430-027 Vila Nova de Gaia
Tlm. (+00 351) 938 214 384
Correio eletrónico: anima.bernardos@gmail.com

Américo Nogueira Lda

4410-511 Serzedo
Tel. (+00 351) 227 300 650
Sítio: www.americonogueira.com

Caius Music II

Rua 28 de Janeiro, 350 – Fracção CC11
Centro Empresarial Candal Park
4400-335 Vila Nova de Gaia
Tel. (+00 351) 226 080 610
Sítio: www.caiusmusic.pt

Ciência dos Sons – Serviços e Equipamentos Musicais, Lda.

R. Delfim Lima, 2262
4410-231 Lameirinho
Tel. (+00 351) 220 313 420

Eurotekmusic

Largo Santo António, 28
4415-539 Grijó
Tlm. (+00 351) 916 691 111
Sítio: eurotekmusic.com

Guitarra Portuguesa Flor de Lis

Rua Nova do Curral, 132
4415-462 Grijó
Tlm. (+00 351) 965 486 314
Facebook: www.facebook.com/guitarraportuguesaflordelis

Construção de instrumentos musicais de corda e loja de instrumentos

Guitarra Portuguesa Flor de Lis

Guitarra Portuguesa Flor de Lis

GaitaMaker

R. Estado da Índia, 696
4430-090 Vila Nova de Gaia
Tlm. (+00 351) 918 254 959

Percustudio

R. Luís Gomes de Almeida, 62
4430-451 Vila Nova de Gaia
Tlm. (+00 351) 919 994 106
Sítio: www.percustudio.com

Roland Portugal, S.A.

Edifício Tower Plaza
Rotunda Eng. Edgar Cardoso 23
4400-676 Vila Nova de Gaia
Tel. (+00 351) 226 080 060

Roland Portugal, S.A.

Roland Portugal, S.A.

Grupo de Cavaquinhos do S. Félix da Marinha (Vila Nova de Gaia)
Grupos de Cavaquinhos de Vila Nova de Gaia

Agrupamentos e atividades no Concelho

  • Cavaquinhos do Amor ARC Canidelense (Canidelo, Vila Nova de Gaia)
  • Grupo de Cavaquinhos da Academia Sénior de Gaia (Vila Nova de Gaia)
  • Grupo de Cavaquinhos de Santa Isabel (Canelas, Vila Nova de Gaia)
  • Grupo de Cavaquinhos do S. Félix da Marinha (Vila Nova de Gaia)
  • Grupo de Cavaquinhos Os Inseparáveis (Canelas, Vila Nova de Gaia)
  • Grupo de Cordas do Orfeão de Valadares (Vila Nova de Gaia)
  • Grupo de Cordas do Rancho Regional de Gulpilhares (Vila Nova de Gaia)
  • Sons D’Outrora (Centro Recreativo de Mafamude, Vila Nova de Gaia)
Sons D’Outrora

O grupo de Música Popular e Tradicional Portuguesa “Sons D’Outrora” está ligado ao Centro Recreativo de Mafamude, coletividade centenária de Vila Nova de Gaia. A sua génese remonta 2006. Começou por ser um grupo de cavaquinhos que interpretava músicas populares muito conhecidas, principalmente no Norte do país. No ano de 2007 o grupo integrou a “cantata/tocata” na representação da coletividade nas Marchas de S. João, cuja instituição foi a grande vencedora.

A evolução foi notória. Entraram novos elementos o que originou maior diversificação de instrumentos. Assim, entendeu-se por bem criar uma identidade própria, ficando com a atual designação, “Sons d’ Outrora”, a partir de 2010. Tem vindo a desenvolver a sua atividade em prol da recolha e divulgação da música popular e tradicional portuguesa. O grupo dedica-se não só à execução de temas populares, como também á sua recriação, interpretados com vozes harmoniosas, associados à simplicidade dos sons dos seus instrumentos.

É constituído por cerca de 18 elementos. Além de cavaquinhos, possui no seu instrumental, acordeão, violas, flautas, violino, bombo, reco-reco e ferrinhos. O repertório consiste em músicas populares/tradicionais bastante variadas, de todo o território nacional, algumas delas que eram cantadas na infância há 50 anos: “Olh’ó Velho”, “A Moleirinha”, “A Monda”, “Malmequer”, “Arrebita”, entre outras.

Sons D'Outrora (Centro Recreativo de Mafamude, Vila Nova de Gaia)

Sons D’Outrora (Centro Recreativo de Mafamude, Vila Nova de Gaia)

Grupo de Cavaquinhos da Academia Sénior de Gaia (Vila Nova de Gaia)

Grupo de Cavaquinhos da Academia Sénior de Gaia (Vila Nova de Gaia)

Grupo de Cavaquinhos do S. Félix da Marinha (Vila Nova de Gaia)

Grupo de Cavaquinhos do S. Félix da Marinha (Vila Nova de Gaia)

Cavaquinhos do Amor ARC Canidelense (Canidelo, Vila Nova de Gaia)

Cavaquinhos do Amor ARC Canidelense (Canidelo, Vila Nova de Gaia)

Associação Antiga Rasa
Grupos de Bombos de Vila Nova de Gaia

Bombos, Zés Pereira, grupos e eventos de percussão tradicional no Concelho

Os grupos bombos, também conhecidos por Zés Pereiras, são agrupamentos de percussão tradicional com presença habitual nas romarias e festas de aldeia, em peditórios para a festa e em despiques de vários grupos, em eventos de de recriação histórica (feiras medievais) e outros.

Fontes: Tocá Rufar, portais municipais, páginas dos grupos

  • Associação Antiga Rasa
  • Nova Comissão de São Gonçalo da Rasa
  • Grupo de Bombos dos Marinhantes
  • Os Mareantes do Rio Douro
Os Mareantes do Rio Douro

Desconhecendo-se ao certo a data da sua fundação, com cerca de 300 anos de existência, a Associação recreativa “Os Mareantes do Rio Douro”, tem de geração em geração mantido a tradição de Festeiros ao São Gonçalo, primeira festa do ano, a 10 de janeiro, percorrendo ruas da Cidade. O Grupo de Bombos abrilhanta diversas romarias e deslocou-se várias vezes ao estrangeiro. Criado em finais do séc. XVIII, é o mais antigo grupo de percussão do país.

Avenida Diogo Leite, 42-46
4400-111 Vila Nova de Gaia
Tel. (+00 351) 223752586

Associação Antiga Rasa

Associação Antiga Rasa

MachoLaTuna - Tuna Académica do Instituto Superior Politécnico Gaya
Tunas de Vila Nova de Gaia

Fonteswww.portugaltunas.com, redes sociais e pesquisa em motores de busca

  • Estudantina Académica de Gaya
  • Evatuna – Tuna Feminina do Instituto Superior Politécnico Gaya
  • MachoLaTuna – Tuna Académica do Instituto Superior Politécnico Gaya
  • Tunaget – Tuna Masculina do Instituto Piaget de Vila Nova de Gaia
  • Tunífica – Tuna Católica de Mafamude
  • Tuna Musical A Vencedora de Vilar de Andorinho
  • Tuna Académica de Oliveira do Douro
  • Tuna Musical de Santa Marinha
  • Tuna Musical União Oliveirense
  • Tuna Orfeão De Grijó
  • Tuna Pitagórica da União Académica de Avintes
MachoLaTuna - Tuna Académica do Instituto Superior Politécnico Gaya

MachoLaTuna – Tuna Académica do Instituto Superior Politécnico Gaya

Academia de Música de Vilar do Paraíso
Escolas de Música em Vila Nova de Gaia

Estabelecimentos do ensino de música no Concelho.

Em geral, as bandas filarmónicas também possuem a sua escola de música: veja ao fundo informação sobre as bandas de música do Concelho.

Academia de Artes da Banda Musical Leverense

Rua Cavada de Meias
4415- Lever
Correio eletrónico: academiamusicabml@gmail.com

Academia de Dança Gente Gira

R. Rechousa, 4410-222 Canelas
Tlm. (+00 351) 917 012 712
Correio eletrónico: adgentegira@hotmail.com

Academia de Música de Vilar do Paraíso

R. Cruzeiro, 49
4405-847 Vila Nova de Gaia
Tel. (+00 351) 227 110 249

Academia de Música de Vilar do Paraíso

Academia de Música de Vilar do Paraíso

Academia Musical Santa Maria de Sandim

Praceta Fernando Conceição Couto
4415-794 Sandim
Tel. (+00 351) 227 632 775
Correio eletrónico: amsmsandim@gmail.com

Academia Musical Santa Maria de Sandim

ACMA – Associação Cultural e Musical de Avintes

R. C Urbanização Pinhais Bastos, 150
4430-776 Avintes
Tel. (+00 351) 22 784 1763
Sítio: www.acmavintes.pt

AMA Carvalhos

Edifício Fernando Couto
Carvalhos
Av. Dr. Moreira Sousa, 1041, Loja 12
4415-284 Pedroso
Tlm. (+00 351) 936 023 576

Associação Musical de Pedroso

Av. Pedro Hispano, 35
4415-296 Pedroso
Tel. (+00 351) 227 870 100
Sítio: www.amp-pedroso.com
Correio eletrónico: amp@amp-pedroso.com

Associação Musical de Pedroso

Associação Musical de Pedroso

Cardo-Amarelo | Escola de Música Tradicional

R. Telhado
4400-321 Vila Nova de Gaia
Tlm. (+00 351) 912 332 530

Cardo-Amarelo | Escola de Música Tradicional

Cardo-Amarelo | Escola de Música Tradicional

AMAVA – Academia de Música e Artes de Vilar de Andorinho

R. São Lourenço, 1093
4430-533 Vila Nova de Gaia
Tel. (+00 351) 227 843 629

A AMAVA – Academia de Música e Artes de Vilar de Andorinho é um espaço de estudo e promoção artística, que tem como objetivo fomentar o conhecimento, inovação e promover o desenvolvimento da dinamização de iniciativas de apoio às atividades culturais e proporcionar a crianças, jovens e adultos o contacto e a aprendizagem de artes performativas como o teatro, a dança e a música. Recorre a programas e exames de escolas britânicas de referência mundial, como a ABRSM, numa vertente clássica, e a RockSchool, numa vertente pop-rock.

Escola de Música da Tuna Musical “A Vencedora”

Rua de Mariz, 185
4430-277 Vila Nova de Gaia
Tel. (+00 351) 223 174 727
tmvencedora.org

Com cerca de um século de existência, a Tuna Musical “A Vencedora”, situada na freguesia de Vilar de Andorinho, continua a desenvolver a sua atividade no campo cultural, social e recreativo.

Escola de Música Fermúsica

R. de Serafim Rodrigues da Rocha, 176
4400-023 Vila Nova de Gaia
Tel. (+00 351) 223 793 425

EMG – Estúdio de Música de Gaia

Centro Comercial D’Ouro
R. do Gen. Torres, 1220, Piso -1 Loja 45
4430-999 Vila Nova de Gaia
Tlm. (+00 351) 913 826 882

Escola de Música da Sociedade Filarmónica de Crestuma

Rua Central, 408
4415-581 Crestuma
Sítio: www.sfcrestuma.com

Escola de Música da Tuna Orfeão de Grijó

Rua da Tuna Orfeão de Grijó, nº 25
4415-540 Grijó – Vila Nova de Gaia
Tlm. (+00 351) 915 326 819
Tel. (+00 351) 227647987
Correio eletrónico: escolademusica.tog@gmail.com

Escola de Música de Perosinho

R. Colectividades, 117
4415-019 Perosinho
Tlm. (+00 351) 927 504 429

Escola de Música do Orfeão de Valadares

R. Prof. Amadeu Santos, 42
4405-594 Valadares
Tlm. (+00 351) 913 225 842
Correio eletrónico: emov.escolademusica@gmail.com

Fórum Cultural de Gulpilhares (Escola Oficial de Música)

R. Associações, 30
4405-918 Gulpilhares
Tel. (+00 351) 227 533 164
Sítio: forumcg.pt

Fundação Conservatório Regional de Gaia

R. Dom António Ferreira Gomes
4400-112 Vila Nova de Gaia
Tel. (+00 351) 223 712 213
Sítio: conservatoriodegaia.org

InTempo Studio

Espaço Comercial Aviadores
Centro Comercial Aviadores, Loja 65
4400-217 Vila Nova de Gaia
Tlm. (+00 351) 932 090 592

Musicflat

Av. Dr. Moreira Sousa, 774
4415-380 Pedroso
Tlm. (+00 351) 963 078 732

Nota Azul

R. Bolhão, 244
4430-340 Oliveira do Douro VNG
Tlm. (+00 351) 932 022 606
Correio eletrónico: notaazul2016@gmail.com

Aulas de guitarra clássica, folk, guitarra elétrica, baixo, bateria, teclado, violino e ukulele.

Clique AQUI para saber mais.

Orfeão da Madalena

R. Orfeão 376
4405-726 Madalena
Tel. (+00 351) 227 130 043