Artigos

As nossas gentes - Rancho Folclórico de Sarnadas de Ródão
Folclore em Vila Velha de Ródão

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Região: Beira Baixa (Beira Interior Sul)
  • Distrito: Castelo Branco
  • Concelho: Vila Velha de Ródão
As nossas gentes – Rancho Folclórico de Sarnadas de Ródão

As nossas gentes – Rancho Folclórico de Sarnadas de Ródão foi fundado em 1983, por iniciativa de um grupo de freiras que residiam na altura na aldeia. Anos mais tarde o grupo tornou-se parte integrante da ADRACS.

Durante os anos em que esteve em atividade levou o bom nome da  aldeia de norte a sul de Portugal. Os trajes eram todos baseados no traje que os antepassados usavam para irem aos bailes. Começavam a usar este traje no dia 20 de janeiro por ser o dia de S. Sebastião, o padroeiro, depois usavam todos os domingos que se seguiam até ao dia de Carnaval. O Grupo desintegrar-se-ia.

Passados muitos anos o rancho voltou ao ativo (2011). Inicialmente a ideia foi apenas reunir os antigos membros do rancho para uma única atuação na festa em honra do nosso padroeiro S. Sebastião, para reviver o passado. Esta atuação foi muito bem sucedida e recebida por parte da população, o que se tornou um incentivo a dar continuidade ao rancho já com novos membros.

Os trajes inicialmente foram os mesmos usados pelo antigo rancho, mas atendendo à responsabilidade na defesa e representação da terra, o Grupo decidiu iniciar um trabalho de recolha etnográfica pelas gentes mais antigas de Sarnadas de Ródão, afim de recolher de forma mais fidedigna possível, o que era o trajar, as modas, os costumes os jeitos e vivências representadas.

A aldeia tem características de vida serrana, dada a sua situação geográfica, o que dá às danças uma mistura dos ritmos vindos da beira serra como também danças de outros ritmos mais vivos que derivam da influência sofrida na população que outrora migrava para a zona Ribatejo e Alentejo. Esta influência enriqueceu o património etnográfico originando um folclore vivo com variadas melodias e ritmos.

As nossas gentes - Rancho Folclórico de Sarnadas de Ródão

As nossas gentes – Rancho Folclórico de Sarnadas de Ródão

Associação Filarmónica Retaxense
Filarmónicas de Vila Velha de Ródão

Bandas de Música, História e Atividades no Concelho

Associação Filarmónica Retaxense

A Associação Filarmónica Retaxense, de Vila Velha de Ródão, foi fundada em 1921, numa noite de S. João. O seu primeiro maestro foi o Padre Domingos. Tem mantido e desenvolvido a cultura musical na região. Sofreu um interregno de vinte anos, de 1959 a 1979, devido, sobretudo à falta de elementos, provocada pelo movimento de emigração.

em participado em diversos os festivais, com especial relevo para o promovido pela R.T.P. no Porto em representação do Distrito de Castelo Branco no âmbito do projeto “Bandas em Concerto”, depois de ser selecionada em concurso a nível distrital e na final nacional do Concurso “FESTIMÚSICA” promovido pelo INATEL, representado o distrito de Castelo Branco na Aula Magna em Lisboa.

Desenvolve a sua atividade em festejos religiosos e populares e tem atuado em concertos de carácter social e humanitário. Tem participado em cumprimentos e receções oficiais e atuado em intercâmbios com congéneres, como participante e como promotora de encontros de bandas.

Uma das metas prioritárias é o ensino da música e a sua divulgação. A constituição da sua Escola da Música em 1987 é disso um excelente exemplo, não só para a formação dos seus futuros executantes, como também para a consecução dos seus objetivos de índole cultural. Nos dias de hoje a Filarmónica Retaxense possui uma Escola de Música com cerca de 3o alunos, com idades entre os 6 e os 40 anos, tendo um Professor para cada disciplina de instrumento e teóricas. No âmbito da disciplina de Classe de Conjunto, a Filarmónica Retaxense possui também uma Orquestra Juvenil, formada pelos alunos que constituem a Escola de Música.

A sede da Filarmónica Retaxense foi inaugurada em 30 de outubro de 1999. Até então ocupava, para ensaios e concertos oferecidos à população, a sede da Junta de Freguesia de Retaxo. Os ensaios da Banda têm lugar no Auditório da Sede Social.

Ao longo dos tempos e desde a sua constituição, a Filarmónica foi dirigida pelos Maestros Padre Domingos., Padre David, Júlio, Jóia, Gomes,  Jaime, Lourenço, José Filipe, José Maria Portalete, Joaquim Cabral, Alberto, Joaquim Carmona, Jorge Correia, Pedro Ladeira, José Belinha, e atualmente o Maestro Bruno Cândido quem tem a seu cargo a direção musical da Banda e a direção pedagógica da Escola de Música.

Associação Filarmónica Retaxense

Associação Filarmónica Retaxense