Artigos

Rancho Camponeses da Beira-ria
Folclore na Murtosa

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Rancho Camponeses da Beira-ria
Rancho Camponeses da Beira-ria

O Rancho Folclórico “Os Camponeses da Beira-Ria” de Bunheiro, Murtosa, fez a sua primeira apresentação em 29 de abril de 1979. O seu principal objetivo é recolher, preservar e divulgar os usos e costumes dos seus antepassados. Tem a seu cargo a Casa Museu Custódio Prato.

Avenida de S. Mateus, nº 267
3870-059 Bunheiro

Rancho Camponeses da Beira-ria

Rancho Camponeses da Beira-ria

Rancho Folclórico As Andorinhas de São Silvestre

O Rancho Folclórico As Andorinhas de São Silvestre é uma associação de natureza cultural e etnográfica sediada em Bunheiro, Murtosa.

Rancho Folclórico As Andorinhas de São Silvestre

Rancho Folclórico As Andorinhas de São Silvestre

Jonathan da Silva, percussionista, da Murtosa
Músicos naturais do Concelho da Murtosa

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

  • Carlos Conde (letrista, 1901-1981)
  • Jonathan da Silva (percussionista)
  • Paula Galhano (violinista)
Jonathan da Silva

Natural da Murtosa, o percussionista Jonathan da Silva licenciou-se em 2018 pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) onde estudou, com Manuel Campos, Miquel Bernat, Jeffery Davis, Nuno Simões e Fernando Llopis, entre outros. Durante a licenciatura estudou ao abrigo do programa ERASMUS na Hochshule für Musik Detmold (Alemanha) com professores como Peter Prommel, Fumito Nunoya, entre outros. Em 2020 concluiu o mestrado em ensino da música na ESMAE/ESE e o curso de especialização em Vibrafone no Conservatoire de Strasbourg, onde estudou com Emmanuel Séjourné, ao abrigo do apoio da Fundação GDA. Paralelamente, é professor de percussão e música de câmara no Conservatório de Música da Jobra – Branca.

Enquanto músico freelancer colaborou com agrupamentos como a Orquestra Clássica do Centro, Remix Ensemble, Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, a Orquestra Gulbenkian e o Drumming Grupo de Percussão. É timpaneiro da Orquestra Clássica do IPP e reforço da Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Filarmónica Portuguesa e Banda Sinfónica Portuguesa. Enquanto solista venceu o 1o prémio no Concurso Interno do Conservatório de Música de Aveiro de Calouste Gulbenkian e o 2o prémio no Concurso Internacional de Vibrafone do Tomarimbando e apresentou-se a solo com a Orquestra Filarmonia das Beiras. Jonathan da Silva é membro fundador dos projetos “NoMad Duo” com Ricardo Antão (eufónio), e “Apophenia”, com Jorge Lima (percussão).

Jonathan da Silva

Jonathan da Silva, percussionista, da Murtosa

Jonathan da Silva, percussionista, da Murtosa

Paula Galhano, violinista

Nascida na Murtosa, Distrito de Aveiro, Paula Galhano iniciou os estudos musicais aos 10 anos no Conservatório de Música de Aveiro na classe dos professores Pereira de Sousa e Duarte Neves. Em 1991 entrou na Universidade de Aveiro e completou a Licenciatura de Música (Violino) em 1996 na classe de Fernando Calazans, tendo sido bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. [ Saiba mais AQUI. ]

Paula Galhano

Paula Galhano, violino, da Murtosa

Paula Galhano, violino, da Murtosa

COROS

Coro da Murtosa

O Coro da Murtosa nasceu em 2004, ano em que gravou um CD, ainda não editado por motivos financeiros. Este ano, já sob direção da maestrina Mafalda Campos Leite, o grupo apresentou-se nas comemorações do 76º aniversário da elevação da Murtosa a concelho.

Igreja Matriz do Bunheiro
Órgãos de tubos do concelho da Murtosa [1]

De acordo com as informações disponíveis, existem órgãos de tubos nas seguintes igrejas do Concelho:

Igreja Matriz do Bunheiro

[ Igreja Paroquial ] [ São Mateus ]

Igreja Matriz do Bunheiro

Igreja Matriz do Bunheiro

“Igreja Matriz do Bunheiro” é um livro de Sara Vidal Maia, editado em 2008 pela Fábrica da Igreja de São Mateus do Bunheiro, resultado de um trabalho de “Seminário de Licenciatura em História de Arte — Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra”.

Órgão histórico construído por William Sweetland (1820-1910) em 1871, reconstruído por W. J. Burton de Winchester e reparado por Geo. Osmond of Tauton em 197? e montado pela Oficina e Escola de Organaria.

Daniel Oliveira ao órgão

Órgão da Igreja Matriz do Bunheiro (Daniel Bunheiro)

Órgão da Matriz do Bunheiro (Daniel Bunheiro)