Artigos

Músicos das Lajes das Flores

Projeto em desenvolvimento

José Corvelo, barítono, nasceu no concelho das Lajes das Flores, Ilha das Flores, Açores.

É licenciado, com elevada classificação, pela Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo onde integrou a classe de José de Oliveira Lopes. Foi-lhe atribuído o prémio Eng. António de Almeida pela Fundação com o mesmo nome.

A sua formação iniciou-se no Conservatório Regional de Ponta Delgada onde estudou Canto com Imaculada Pacheco, estudando também Flauta Transversal, piano e guitarra clássica, frequentando depois o Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, na classe de Luísa Alcobía Leal.

Participou em classes de aperfeiçoamento com Oliveira Lopes, Fernanda Correia, Rudolf Knoll, Lamara Tchekónia, Liliana Bizineche, Ambra Vespasiani, Ettore Nova, Enza Ferrari e Jorge Vaz de Carvalho.

Apresenta-se frequentemente em recitais com os pianistas Luís Magalhães, Carla Seixas, Pedro Ludgero e João Queirós, a percussionista Elisabeth Davis, o acordeonista Pedro Santos e com o guitarrista Artur Caldeira. Participou com o pianista Adriano Jordão, nos programas comemorativos do centenário da morte de Verdi, da estação de televisão SIC. Colaborou com o Grupo Música Nova, sob a direção de Cândido Lima.

Tem-se apresentado em várias salas do País, entre as quais: Coliseu dos RecreiosTeatro Nacional de São Carlos, Teatro S.Luíz, Teatro da Trindade, Teatro Camões, Centro de Artes Modernas da Fundação Calouste Gulbenkian e Aula Magna em Lisboa; Coliseu do PortoRivoli Teatro, Teatro Nacional de São João, Casa da Música e Fundação Eng. António de Almeida no Porto; Casa das Artes em Famalicão; Teatro Angrense em Angra do Heroísmo; Teatro Aveirense em Aveiro; Teatro Viriato em Viseu; Estúdio Fénix em Fafe; Teatro Lethes em Faro; Auditório Municipal Eunice Muñoz em Oeiras; Centro de Artes e Espectáculos na Figueira da Foz.

José Corvelo foi solista nas seguintes obras: “Magnificat em Sol” e “Magnificat em Dó” de G.Ph. Telemann, “Come Ye Sons of Art” de H. Purcell “Magnificat BWV 243” e “Paixão Segundo S. João” de J.S.Bach, “Messias” de Haendel, “Missa de Natal Checa” de J.J.Ryba, “Stabat Mater” de J.Haydn, “Requiem”, “Krönungs-Messe” e “Litaniae Lauretanae K.109” de Mozart, “Sinfonia nº 9” de Beethoven “Missa em Sol Maior” de Schubert, “Requiem” de Faurè, “Stabat Mater” de Rossini, “Carmina Burana” de Carl Orff, “O Encoberto” de Maria de Lourdes Martins, “O lobo Diogo e o mosquito Valentim” (Diogo), editado em DVD e transmitido pela Antena 2 e “A Floresta” (Anão) de Eurico Carrapatoso, (estreia absoluta) “La Serva Padrona”(Uberto) e “La Contadina Astuta” (Don Tabarrano) de Pergolesi, “The Little Sweep” (Black Bob/Tom) de Britten, “A Donzela Guerreira” (D.Duardos/Pai de D.Marcos) de Maria de Lourdes Martins (estreia absoluta), “Os Fugitivos” (Alfredo) de J.Eduardo Rocha (estreia absoluta), “Hin und Zurück” (médico) de Hindemith, “The Bear” (Smirnov) de W.Walton, “A Raposinha Matreira” (Padre) de Leos Janacek, “La Donna di genio volubile” (Don Salustio) de Marcos Portugal, “Medea” (Capo delle Guardie) de L.Cherubini “Le Nozze di Figaro” (Antonio/Il conte di Almaviva/Figaro) e “Don Giovanni” (Leporello) de Mozart, “Il barbiere di Siviglia” (Fiorello/Don Basilio/Bartolo) de Rossini, “Rigoletto” (Monterone) e “La Traviata” (Marquis d’Obigny/Barone Douphol) de Verdi, “Don Pasquale” (Notaro/Don Pasquale) de Donizetti, “Carmen” (Morales) de Bizet, “La Bohème” (Benoit/Alcindoro), “Madama Butterfly” (Lo Zio Bonzo) e “Tosca” (Sciarrone/ Scarpia) de Puccini.

Clique AQUI para ler a biografia completa

José Corvelo, barítono, natural das Lajes das Flores

José Corvelo, barítono, natural das Lajes das Flores, créditos Agne Sukure

Grupo Folclórico e Etnográfico da Associação Cultural Lajense
Folclore nas Lajes das Flores

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

Grupo Folclórico e Etnográfico da Associação Cultural Lajense

Fundada em 1997, a Associação Cultural Lajense é uma instituição local que promove a cultura e possui um grupo etnográfio de folclore. O Grupo Folclórico e Etnográfico da Associação Cultural Lajense foi fundado por Esmeralda Lourenço, Hélia Nunes, Eugénia Lima e António Francisco Nunes. É constituída por cerca de 28 elementos divididos por bailarinos tocadores e cantadores. Costuma realizar, anualmente, entre 3 e 10 atuações.

Grupo Folclórico e Etnográfico da Associação Cultural Lajense

Grupo Folclórico e Etnográfico da Associação Cultural Lajense

Filarmónica União Operária e Cultural de Nossa Senhora dos Remédios, Lajes das Flores
Filarmónicas das Lajes das Flores

(Ilha das Flores, Açores)

Bandas Filarmónicas, História e Atividades no Concelho

Filarmónica União Operária e Cultural de Nossa Senhora dos Remédios

Em 1953, a população da freguesia da Fajãzinha, criou a sua Banda de Música, facto para o qual muito contribuiu o empenho do Pároco Pe. António Joaquim de Freitas, e de Afonso Rodrigues Duarte. Desde essa data e até 1967, a Filarmónica desenvolveu regularmente a sua atividade, tendo o surto migratório obrigado à cessação da sua atividade, retomada em 1983.

A Banda é constituída por cerca de 35 elementos, provenientes de várias freguesias da Ilha. Em 2014, vários elementos da filarmónica propuseram a criação de um quarteto de saxofones e um quinteto de metais, tendo estes efetuado diversas atuações pela da ilha. Em 2009, gravou um CD através de Emiliano Toste (Volume 7 das Bandas Filarmónicas dos Açores). Em 2015, acompanhou cerca de 25 procissões, fez 5 concertos e participou em 4 desfiles.

Do seu currículo constam deslocações a outras ilhas do Arquipélago para participar em eventos de índole variada. Em 1989, deslocou-se à ilha Graciosa, tendo participado nos festejos de Nossa Senhora da Luz e, em 1997, deslocou-se à Terceira, a fim de atuar nas Festas Concelhias da Praia da Vitória. Em 1999, rumou aos Estados Unidos da América, Fall River, onde participou nas Grandes Festas do Divino Espírito Santo da Nova Inglaterra. Em 2001, efetuou uma viagem ao Continente Português, tendo realizado atuações em Marrazes, Pombal, Vermoil e Termas de Monte Real. Também realizou visitas à vizinha ilha do Corvo, a fim de participar em eventos culturais de natureza religiosa e profana.

FUOCNSR

Filarmónica União Operária e Cultural de Nossa Senhora dos Remédios, Lajes das Flores

Filarmónica União Operária e Cultural de Nossa Senhora dos Remédios, Lajes das Flores