Artigos

Grupo de Bombos Bate Latas, de Alvações do Tenha (Vilarinho dos Freires)
Grupos de Bombos do Peso da Régua

Bombos, Zés Pereira, grupos e eventos de percussão tradicional no Concelho

Os grupos de bombos, também conhecidos por Zés Pereiras, são agrupamentos de percussão tradicional com presença habitual nas romarias e festas de aldeia, em peditórios para a festa e em despiques de vários grupos, em eventos de de recriação histórica (feiras medievais) e outros.

Fontes: Tocá Rufar, portais municipais, páginas dos grupos

  • Grupo de Bombos Bate Latas, de Alvações do Tenha (Vilarinho dos Freires)
  • Botabaixo (Vilarinho do Freires)
  • Os Filoxera (Peso da Régua)
Grupo de Bombos Bate Latas, de Alvações do Tenha (Vilarinho dos Freires)

Grupo de Bombos Bate Latas, de Alvações do Tenha (Vilarinho dos Freires)

Grupo Folclórico de Loureiro
Folclore no Peso da Régua

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Região: Trás-os-Montes e Alto Douro – Alto Douro
  • Distrito: Vila Real
  • Concelho: Peso da Régua

02 grupos

  • Rancho Folclórico da Casa do Povo de Godim
  • Rancho Folclórico de Loureiro
Rancho Folclórico de Loureiro

A ideia de preservar o folclore na freguesia de Loureiro surgiu através da preparação das tradicionais festas da Senhora da Serra do Marão para o ano de 1978, onde foi incutido o gosto pelas tradições aos jovens da freguesia. O Rancho Folclórico de Loureiro tem como objetivos, a prospeção, recolha e divulgação das tradições das gentes da Freguesia e da Região. As danças e os cantares tentam retratar a beleza, a par da simplicidade, do povo de Loureiro.

Grupo Folclórico de Loureiro

Grupo Folclórico de Loureiro

Banda Juvenil Salesiana de Poiares
Filarmónicas do Peso da Régua

Bandas de Música, História e Atividades no Concelho

Banda Juvenil Salesiana de Poiares

Na sequência de vários acontecimentos, nomeadamente guerras e grandes fluxos migratórios, a Banda de Poiares interrompeu a sua atividade por um longo período. Toda a história desta nova filarmónica começou em 2004, quando o Colégio Salesiano concorreu ao “Programa Escolhas 2ª Geração”, cujo principal objetivo era a inclusão social de crianças e jovens de meios mais desfavorecidos.

Os Salesianos, de modo especial o Pe. José Aníbal Mendonça, fundador da Banda Juvenil Salesiana de Poiares, agarraram esta grande oportunidade para dinamizarem algumas atividades que fossem significativas para a valorização das crianças e jovens, da própria freguesia e suas vizinhas. Dessas atividades a que, à partida, reuniu maiores atenções, porque também requeria uma boa parte do financiamento, foi a da música.

A presença do Colégio Salesiano de Poiares permitiu garantir solidez organizativa a esta iniciativa, estruturas adequadas e “matéria-prima” entre os seus alunos para ter os instrumentistas necessários à sua constituição. Esta banda surge assim como concretizadora de um grande desejo e como recuperadora de uma mais-valia para a sua freguesia, Poiares, uma vez que possibilitou recuperar a tradição da antiga filarmónica, que aí existiu durante muitos anos.

BJSP

Banda Juvenil Salesiana de Poiares

Banda Juvenil Salesiana de Poiares, Peso da Régua