Artigos

Igreja do Carmo, Lagos
Órgãos de tubos do concelho Lagos [3]

De acordo com as informações de que dispomos, os órgãos de tubos existentes no Concelho são os seguintes:

Igreja Matriz de Santa Maria

[ Nossa Senhora da Assunção ]

Igreja de Santa Maria, Lagos

Igreja Matriz de Santa Maria, Lagos

Construída no início do século XVI como Igreja da Misericórdia, a Igreja de Santa Maria foi instituída igreja paroquial após o terramoto de 1755. Trata-se de uma igreja de nave única que possui um portal principal de estilo renascentista, formado por duas colunas dóricas ladeadas pelas figuras de São Pedro e São Paulo. No que respeita à ornamentação interior, destacam-se os conjuntos de imagens de Nossa Senhora da Assunção, de São Gonçalo de Lagos, de Nossa Senhora do Carmo e de Nossa Senhora da Piedade, todas de estilo rococó, à semelhança das duas imagens do Senhor crucificado.

Fonte: VisitAlgarve

Igreja do Carmo

Igreja do Carmo, Lagos

Igreja do Carmo, Lagos

Em 1554, a Ordem do Carmo fundou em Lagos o seu segundo convento feminino. O edifício, que ficaria bastante destruído com o terramoto de 1755, foi restaurado pelo então Bispo do Algarve, Frei Lourenço de Santa Maria e manteve a sua utilização até à extinção das ordens religiosas em 1833, data em que passou para a posse da Câmara Municipal de Lagos. Durante o século XX, o convento e a igreja tiveram diversas utilizações, o que, juntamente com o sismo de 1969, contribuiu para a degradação deste importante monumento. Entre 2005 e 2008, esta igreja de estilo barroco foi restaurada. Trata-se de um templo de nave única, cobertura abobadada e capela-mor retangular, com uma cúpula rematada por um lanternim. No interior da igreja o destaque vai para os altares em talha dourada e os painéis de azulejos da sacristia.

Igreja Matriz de São Sebastião

[ Igreja Paroquial ] [ Nossa Senhora da Conceição ]

Igreja de São Sebastião, Lagos

Igreja de São Sebastião, Lagos

A Igreja de São Sebastião de Lagos é um edifício religioso do século XV que possui três naves separadas por arcos plenos. Na fachada apresenta um portal datado de 1612, formado por duas colunas dóricas com caneluras. No interior ressaltam o retábulo da capela-mor, exemplar do século XIX mas com tribuna barroca, o retábulo da Capela do Santíssimo, do século XVIII, e um valioso conjunto de imagens, entre as quais a do Senhor crucificado, do século XVI, e a de Nossa Senhora da Glória, em estilo barroco. Outro motivo de interesse é a Capela dos Ossos.