Fernando Lopes-Graça, compositor, de Tomar
Músicos naturais do Concelho de Tomar

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

Fernando Lopes-Graça

Fernando Lopes-Graça, compositor, de Tomar

Fernando Lopes-Graça, compositor, de Tomar

Miriam Macaia

Miriam Macaia, violinista, de Tomar

Miriam Macaia, violinista, de Tomar

Luís Madureira

Luís Madureira, tenor, de Tomar

Luís Madureira, tenor, de Tomar

Luís Madureira

“O tenor que ensina famosos a colocarem a voz” é o título de um artigo no jornal Sábado (Vida) de 03 de março de 2019. Luís Madureira é um nome familiar para apresentadores, cantores e actores: Simone é uma das alunas-celebridade. A carreira do tenor e professor de canto começou como menino de coro em Tomar. Na igreja de São João Batista, em Tomar, o menino de coro começava a dar nas vistas em meados dos anos 60. Era Luís Madureira: a sua voz de tenor (aguda) recebia frequentes elogios e encaminhava-o para solista. Em 1972, deixava a pacata terra-natal para estudar no conservatório em Lisboa. Prosseguia viagem pelas capitais da música, dispersando-se por vários géneros: do barroco aos musicais de época de Hollywood – cantava quase tudo.

Três décadas depois, Luís Madureira irrompia pelo palco do teatro D. Maria II no histórico musical de Filipe La Féria, Passa por Mim no Rossio (1991). Interpretava uma diva e faria amizade com uma à séria: Simone. Ainda hoje são amigos, com a cantora contralto (voz grave) a ter aulas de canto com ele aos domingos. Mas há mais: apresentadores, cantores e actores recorrem a ele para aulas de voz. Nos bastidores da TV e do teatro, o nome do tenor já é uma referência.

Fonte: Sábado, Raquel Lito