Tiago Amado Gomes, cantor, de Torres Novas
Músicos naturais do Concelho de Torres Novas

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

Pedro Andrade

Pedro Andrade, eufónio, de Torres Novas

Pedro Andrade, eufónio, de Torres Novas

Pedro Rocha

Pedro Rocha, compositor, de Torres Novas

Pedro Rocha, compositor, de Torres Novas

Tiago Amado Gomes

Tiago Amado Gomes, cantor, de Torres Novas

Tiago Amado Gomes, barítono, de Torres Novas

BANDAS FILARMÓNICAS

Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense

A Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense, com sede na Rua Professor Matos Branco, nº 52, em Meia Via, Torres Novas, foi fundada em 19 de março de 1896 e, reconhecida como instituição de Utilidade Pública em 1993. Paralelamente à música, outras atividades se têm desenvolvido na SFEM. Tem Escola de Música, Coro e Teatro.

Foram levadas à cena peças de renome como «Promessa» de Bernardo Santareno, «O Duelo» igualmente de Bernardo Santareno, «Desculpa ó Caetano» de José Pedro Diniz, «Casa de Bernarda Alba» de Garcia Lorca, «O Tartufo» de Moliére, «O Quiosque» de Fernando Gomes, «A Estalajadeira» de Carlo Goldoni e«O Despertar da Primavera» de Frank Wedekind

Armindo Pereira da Silva exerceu as funções de formador e regente com empenho e persistência reconhecida pelo estatuto de sócio benemérito nº 1, que lhe foi atribuído em Assembleia Geral. Realizou intercâmbio cultural, em Vila de Carvalho, Covilhã, Miranda do Douro, Ovar e Campo (Caldas da Rainha), Sesimbra e Louriçal do Campo. Representou o concelho de Torres Novas nas comemorações dos 850 anos do tratado de Zamora, em Espanha, no ano de 1993. Em 1996, foi comemorado o 1º centenário da banda, tendo o concerto de aniversário sido marcado pela homenagem e despedida do maestro Armindo Pereira que dirigiu a banda durante 20 anos.

Em 1996, o músico Edgar Nogueira (Sargento músico – tuba – na Banda da Armada), assumiu a regência da Banda, onde permaneceu até 2002. Em 1996 e integrado no 1º Centenário da SFEM, teve lugar o INATEATREL I – 1º Encontro de Teatro Amador do distrito de Santarém, que se realizou em Meia Via, com dez grupos de teatro de todo o distrito, durante dois dias.

A 22 de fevereiro de 1997, a SFEM, em cerimónia presidida pelo Ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho, recebeu a medalha de mérito cultural da República Portuguesa. A 3 de outubro de 1998, a banda, conjuntamente com o “Choral Phydellius”, procederam a uma receção musical, ao “comboio da Liberdade”, onde viajava o Presidente da República e outras individualidades oficiais, na estação da C.P. de Riachos com uma peça de “Canto do Livre” de Fernando Lopes-Graça.

SFEM

Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense, de Torres Novas

Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense, de Torres Novas

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *