Auditório Municipal de Gaia
Auditórios de Gaia

Salas de espetáculo do Concelho em destaque

Canelas

Auditório Maestro Cesário Costa

Auditório Maestro Cesário Costa, Canelas, Gaia

Auditório Maestro Cesário Costa, Canelas, Gaia

O Auditório Maestro Cesário Costa é, desde 18 de junho de 2021, uma realidade na freguesia de Canelas, em Vila Nova de Gaia. Num investimento a rondar os 930 mil euros, a Câmara Municipal de Gaia apostou na construção deste novo equipamento para servir a população, quer do ponto de vista de serviços de apoio à comunidade, quer no contexto do desenvolvimento de atividades culturais.

Canelas que, de acordo com os censos de 2011, tem 13.459 habitantes, não dispunha, ainda, de um espaço público para albergar serviços de apoio à população ou de infraestruturas que permitam desenvolver atividades de caráter cultural de apoio às diversas coletividades existentes. Este novo espaço conta, ainda, com uma sala comunitária apta à realização de exposições, conferências e diferentes eventos culturais e sociais, apoiados por bastidores técnicos, copa, sanitários e arrumos de equipamentos e mobiliário, privilegiando a interação da vivência do espaço interior com o espaço exterior. A intervenção incluiu, também, os arranjos exteriores na envolvente ao edifício, com requalificação de passeios e jardins da avenida Alves de Oliveira.

Auditório Maestro Cesário Costa

Auditório Maestro Cesário Costa, Canelas, Gaia

Auditório Maestro Cesário Costa, Canelas, Gaia

Grijó

25 de abril foi mais do que a celebração da Liberdade para a União de Freguesias de Grijó e Sermonde. Depois de meses de um trabalho árduo, foi inaugurado o novo auditório da freguesia, uma referência local e concelhia. “O novo auditório Maestro José Gomes é “uma obra que em tempos de pandemia se projetou para ser a Casa da Cultura, do Associativismo, do encontro da comunidade com a Arte, um espaço único, necessário e essencial para que continuemos no caminho do progresso e do desenvolvimento das nossas populações”, explicou César Rodrigues, presidente a União de Freguesias.

O novo espaço, com capacidade para cerca de 230 pessoas (com acessos para pessoas de mobilidade reduzida), não resultou de uma construção de raiz. Localizada no Espaço Mais Grijó, a infraestrutura nasce de um protocolo de cedência a título não oneroso com os gestores do espaço, o que permitiu viabilizar o projeto e diminuir os custos, tendo contado com o apoio da Câmara Municipal de Gaia.

“Esta é uma obra que servirá o Concelho de Vila Nova de Gaia e todos os Gaienses, não existem fronteiras, nem limites desde que as portas de entrada desta sala se abriram”, concluiu César Rodrigues, deixando uma justa homenagem ao profissional que deu nome a este novo espaço: o Maestro José Gomes, presente na cerimónia, juntamente com a sua família.

“Na hora de decidir o nome a atribuir a este auditório, foi unânime a vontade que fosse a de um filho da terra, alguém que marcasse a história deste povo e que estivesse ligado à arte de ensinar a música”, justificou o presidente da união de freguesias.

Auditório Maestro José Gomes

Auditório Maestro José Gomes

Auditório Maestro José Gomes

Gulpilhares

Auditório de Gulpilhares

Auditório de Gulpilhares

Auditório de Gulpilhares, Vila Nova de Gaia

Auditório de Gulpilhares

Auditório de Gulpilhares

Auditório de Gulpilhares, Vila Nova de Gaia

Valadares

O Cine-Teatro Eduardo Brazão foi inaugurado em 12 de fevereiro de 1928 com um espetáculo pela célebre Companhia de Teatro de Amélia Rey Colaço – Robles Monteiro, tendo, durante décadas, constituído um importante pólo de difusão cultural e de lazer da região.

Cine-Teatro Eduardo Brazão, Valadares, créditos O Gaiense

Cine-Teatro Eduardo Brazão, Valadares, créditos O Gaiense

A sua construção ficou a dever-se a Alexandre Marta da Cruz, seu fundador, homem notável, chegado a Valadares em 1921, oriundo de África, grande impulsionador do desenvolvimento local.

O evoluir dos tempos provocou a lenta degradação do “Eduardo Brazão” até que a Câmara de Municipal de Gaia, exercendo o “direito de preferência”, adquiriu o espaço em setembro de 1992, primeiro passo para a sua requalificação entregue ao arquiteto Joaquim Massena, acompanhado pelo Escultor José Rodrigues e pelo Pintor José Emídio.

Cine-Teatro Eduardo Brazão

Cine-Teatro Eduardo Brazão

A 19 de maio de 2007 deu-se a inauguração do requalificado e ampliado Cine-Teatro Eduardo Brazão, tendo a parte cultural integrado um espetáculo com a presença de Carlos do Carmo.

Rua Prof. Amadeu Santos – Valadares
4405-510 Vila Nova de Gaia

Vila Nova de Gaia

O Auditório Municipal de Gaia (AMG) é um dos espaços nobres da atividade cultural do Município de Vila Nova de Gaia, localizado na rua de Moçambique, formando com a Biblioteca Pública Municipal um complexo cultural.

O Auditório abriu ao público no dia 13 de Junho de 1997. A Orquestra Gulbenkian, sob a direção do maestro Max Rabinovitsj, realizou o concerto de abertura, interpretando obras de Ludwig Van Beethoven e Franz Joseph Hayden.

Decorridos 20 anos o AMG sofreu um intervenção estética e técnica, que o requalificou, passando a constituir uma referência na zona envolvente. A reabertura ao público aconteceu no dia 9 de setembro de 2018 com um concerto com a participação do músico gaiense Rui Massena, com o projeto Rui Massena  Band.

Auditório Municipal de Gaia

Auditório Municipal de Gaia

Fontes: CMG

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *