Vila Real de Santo António e o seu folclore

Grupo Etnográfico Santo António de Arenilha
Folclore em Vila Real de Santo António

Grupos Etnográficos, Tradições e Atividades no Concelho

  • Região: Algarve
  • Distrito: Faro
Grupo Etnográfico Santo António de Arenilha

O Grupo Etnográfico Santo António de Arenilha está integrado na Associação Cultural de Vila Real de Santo António e está filiado no INATEL com o n.º 3.960, tendo feito a sua primeira apresentação a 21 de Setembro de 1991. Conta com uma média de 80 atuações por ano e participa em diversos festivais, encontros e inúmeros eventos culturais.

O grupo é composto por 30 a 40 elementos, entre dançarinos, músicos e figurantes, que fazem reviver o folclore do Sotavento Algarvio dos anos 1940. Bailes de Roda, Balso Pulado, Rasteiro ou Marcado, Contradança, Baile Mandado e Corridinhos são as danças que enriquecem o seu vasto reportório.

O Grupo faz as suas apresentações em palco com dois trajes diferentes, podendo assim oferecer dois tipos de espetáculos: o Traje Típico Algarvio, e um outro traje que nos remete para as profissões exercidas no concelho, pelos seus antepassados, como o da ceifeira, do pescador da manta rota, da padeira, do sapateiro, da leiteira, do feitor, do arreeiro, do salineiro, da mulher do campo.

Organiza um Festival de Folclore (no penúltimo sábado do mês de agosto) em Vila Real de Santo António, com a participação de diversos Grupos de Folclore oriundos de vários pontos do país.

Para além de ter atuado em festivais de norte a sul de Portugal participou na Expo 98 e em programas de televisão como a Praça da Alegria e o Portugal No Coração da RTP.

O Grupo Etnográfico Santo António de Arenilha da Associação Cultural de Vila Real de Santo António tem um privilegiado currículo internacional com apresentações em França, Inglaterra, Suíça, Alemanha, Espanha, Dinamarca, Bélgica, Itália).

Grupo Etnográfico Santo António de Arenilha

Grupo Etnográfico Santo António de Arenilha

Fontes do Musorbis Folclore:

A “Lista dos Ranchos Folclóricos” disponível na Meloteca resulta de uma pesquisa aturada no Google e da nossa proximidade nas redes sociais. E no Musorbis foram revistos todos os historiais de grupos.