Musopédia

A Dança Portuguesa A Gostar Dela Própria
A Dança Portuguesa A Gostar Dela Própria é um projeto criado pela Associação PédeXumbo – Associação para a Promoção da Música e da Dança – em parceria com Tiago Pereira, d’A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria (MPAGDP)
A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria
A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria é um projeto celebra 9 anos em 2020. Prepara uma "mudança bastante radical" da sede para Serpins (Lousã), onde pretende criar um centro cultural. "É uma mudança bastante radical e de certa forma política, largar Lisboa para o centro. Serpins faz sentido, é um sítio pequeno, central e bonito. O centro tem essa grande questão de ter práticas musicais bastante vivas e permanecem com mudanças”. A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria (MPGDP) foi criada em 16 de janeiro de 2011, e o que começou por ser um canal digital de música com partilha de gravações de artistas portugueses, profissionais e amadores, tornou-se numa plataforma nacional de divulgação de práticas culturais assentes na música e na transmissão oral.
A nossa música, o nosso mundo
A nossa música, o nosso mundo: Associações musicais, bandas filarmónicas e comunidades locais (1880-2018) é um projeto desenvolvido pelo INET-md/Universidade de Aveiro.
aberturas
Aberturas são peças musicais que fazem parte do repertório das bandas filarmónicas quando se apresentam em concerto, em coreto ou palco, com frequência arranjos e transcrições de peças sinfónicas ou operáticas.
ABFRAM
ABFRAM – Associação de Bandas Filarmónicas da Região Autónoma da Madeira é uma associação cultural de natureza filarmónica sediada na cidade do Funchal.
abóbada
abóbada – sistema de cobertura côncavo ou arqueado, usualmente construído em pedra aparelhada ou em tijolo. [ arquitetura ]
abside
abside – construção de planta semicircular, quadrangular ou poligonal, abobadada ou coberta de madeira, situada no topo de uma igreja. Concentrando-se no seu espaço o ponto nevrálgico da liturgia aí se situa, por norma, o altar-mor. [ arquitetura ]
absidíolo
absidíolocapela de menor dimensão relativamente à abside e contígua a ela, de planta semicircular, quadrangular ou poligonal que se abre para a nave ou para o transepto. [ arquitetura ]
Academia de Amadores de Música
Academia de Amadores de Música é uma associação cultural sem fins lucrativos portuguesa. Foi fundada Lisboa no ano de 1884. A Academia é reconhecida como associação de utilidade pública pelo estado português. Em 1984 foi galardoada com Ordem da Instrução Pública e com a Medalha de Mérito Cultural.
Academia de Artes Além-Tejo
A Academia de Artes Além-Tejo pretende desenvolver o intercâmbio cultural entre artistas dos Países, regiões e Comunidades de Língua Portuguesa no Mundo.
Academia de Música de Almada
A Academia de Música de Almada é uma escola de ensino artístico especializado da música com financiamento do Ministério da Educação para lecionar cursos oficiais de Música. Está sediada no Solar dos Zagallos, Largo António Piano Júnior 2815-761 Sobreda.
Academia de Música de Arouca
A atividade da Academia de Música de Arouca centra-se essencialmente na sua oferta formativa, adiante explicitada, a partir da qual surge a generalidade das outras atividades e eventos. A divulgação da atividade da escola cumpre vários objetivos, designadamente, dar a conhecer as aprendizagens realizadas e o desenvolvimento dos alunos, promover o enriquecimento cultural.
Academia de Música de Costa Cabral
Academia de Música de Costa Cabral (AMCC) foi fundada em setembro de 1995, pela D. Ana Maria Rodrigues Pereira Ferreira em colaboração com os seus filhos Francisco Pereira da Costa Ferreira e José Pereira da Costa Ferreira. Foi oficializada pelo Ministério da Educação em 2000, integrando a rede nacional de escolas do ensino artístico especializado da música.
Academia de Música de Costa Cabral
A Academia de Música de Costa Cabral (AMCC) foi fundada em 1995, pela D. Ana Maria Rodrigues Pereira Ferreira em colaboração com os filhos Francisco Ferreira e José Ferreira. Foi oficializada pelo Ministério da Educação em 2000, integrando a rede nacional de escolas do ensino artístico especializado da música.
Academia de Música de Espinho
Nas últimas décadas Espinho afirmou-se como uma cidade de referência no panorama musical português, em boa parte por acção da Academia de Música de Espinho (AME), fundada em 1960 por iniciativa de várias instituições e personalidades espinhenses, o então presidente da Câmara Municipal, o Eng. Manuel Baptista e o professor Mário Neves, seu primeiro Diretor Artístico.
Academia de Música de Lisboa
Fundada em 2004, a Acordarte – Academia de Música de Lisboa é uma escola de música do Ensino Artístico Especializado, integrada na rede do ensino particular e cooperativo, com a autorização de funcionamento definitiva concedida por despacho de 6 de junho de 2018 (Processo n.º 580), com autonomia pedagógica desde 2011, e Contrato-patrocínio do Ministério da Educação desde 1 de setembro de 2008. Com novas instalações, inauguradas em setembro de 2017, a Academia de Música de Lisboa tem vindo a afirmar-se no panorama musical português, sendo motivo de legítimo orgulho para quem nesta instituição estuda e leciona.
Academia de Música de Paços de Brandão
As origens da Academia de Música de Paços de Brandão (AMPB) remontam a 1870, data da fundação da Tuna, a “Estudantina”. Em 1970, com a comemoração do seu centenário, gerou-se um movimento de criação de uma Escola de Música, que veio a ser oficializada pela Inspeção Geral do Ensino Particular do Ministério da Educação em 1980.
Academia de Música de Santa Cecília
Academia de Música de Santa Cecília é uma escola de ensino integrado de música com um modelo de ensino que, pela sua estrutura e qualidade, potencia o prosseguimento de estudos a nível superior nas mais variadas áreas, musicais ou outras. É uma instituição particular fundada em 1964 pela Embaixatriz Vera Franco Nogueira, sem fins lucrativos e declarada de interesse público.
Academia de Música de Santa Maria da Feira
Academia de Música de Santa Maria da Feira, designada Academia de Música de Santa Maria ao tempo da sua fundação, foi formalmente criada a 21 de dezembro de 1955, data que corresponde à emissão do respetivo alvará de funcionamento. Foi fundada pela pianista e pedagoga Gilberta Paiva.
Academia de Música de São João da Madeira
Academia de Música de São João da Madeira nasceu em outubro de 1981, sob a direcção do Professor Augusto Pereira de Sousa. Instalada, inicialmente, na Escola Primária do Parque, foi transferida, em 1982, para a sede actual, na Quintã, rua Visconde, edifício que também já albergou Escola Primária.
Academia de Música de Vilar do Paraíso
Academia de Música de Vilar do Paraíso é uma escola de ensino vocacional artístico, fundada em 1979. Com autonomia pedagógica desde 2007, leciona cursos oficiais de música e de dança nos regimes integrado, articulado, supletivo e livre, desde o pré-escolar até ao nível secundário. Em 2003 criou ainda o curso livre de teatro musical, inédito em Portugal. No ano de 2015 iniciou o curso de jazz e música moderna no nível secundário, nos regimes livre e oficial. As preocupações dominantes são a qualidade do seu ensino nomeadamente a dinamização de vários grupos instrumentais, corais, de dança e de teatro.
Academia de Música de Vizela
O Projeto Educativo da Academia de Música da Sociedade Filarmónica Vizelense nasceu da necessidade de congregar esforços para o desenvolvimento das aptidões musicais dos alunos da área de influência do concelho de Vizela (incluindo áreas limítrofes).
Academia de Música Fernandes Fão
Idealizada em agosto de 1988, a Academia de Música Fernandes Fão (AMFF) funciona desde o ano letivo 1988/1989. Tem autonomia pedagógica, lecionando, em regime articulado e supletivo, os cursos básicos de música e secundário de música, no enquadramento do ensino artístico especializado, para além das iniciações musicais e cursos livres.
Academia de Música José Atalaya
Academia de Música José Atalaya é uma instituição reconhecida pela comunidade como um espaço culturalmente enriquecedor. Esta escola de música disponibiliza cursos do ensino básico e do ensino secundário reconhecidos pelo Ministério da Educação. A intervenção da Academia de Música José Atalaya passa também por iniciativas de sensibilização e divulgação musical, abertas à comunidade, e organizadas em parceria com a Câmara Municipal de Fafe. Atualmente a academia encontra-se nas instalações do Teatro-Cinema de Fafe.
Academia Musical dos Amigos das Crianças
Academia Musical dos Amigos das Crianças é uma escola de ensino especializado de Música com 65 anos de existência, com paralelismo e autonomia pedagógicas e tem com um Contrato de Patrocínio com o Ministério da Educação. As instalações da AMAC encontram-se na Rua D. Luís I, na zona de Santos, junto ao edifício sede da EDP.
Academia Nacional de Jovens
A Academia Nacional de Jovens é uma escola privada de Ensino artístico.
Academia Nacional Superior de Orquestra
Academia Nacional Superior de Orquestra (ANSO) abriu em outubro de 1992 e foi oficialmente reconhecida pelo Ministério da Educação em 15 de novembro de 1993 (Portaria n.º 1202/93). Esta instituição de ensino superior politécnico, particular e cooperativo, constitui uma das vertentes do projeto da AMEC / Metropolitana.
Academia Poiarense de Artes e Espectáculos
Sediada em Vila Nova de Poiares, a Academia Poiarense de Artes e Espectáculos tem como principais objetivos o ensino das artes e a promoção do meio artístico no Concelho.
Academia Tradicional do Minho
A Academia Tradicional do Minho, idealizada pela "Projet'Arte na Tradição" em parceria com a Sond' Art, tem por objetivo o ensino da música tradicional: Cavaquinho, Percussão, Viola, Braguesa, Concertina, Acordeão, Guitarra Portuguesa (Lisboa e Coimbra), Canto, Gaita de Foles e outros instrumentos.
Ação Cooperativista de Apoio-Artistas, Técnicos e Produtores
Nascido em 2020, em plena pandemia, a Ação Cooperativista de Apoio-Artistas, Técnicos e Produtores é um grupo informal, que pratica uma metodologia de trabalho colaborativa, não hierárquica, e que procura unir, valorizando a diversidade, os trabalhadores das artes e da cultura em Portugal.
Acesso Cultura
Acesso Cultura é uma associação com sede em Portugal que promove o acesso físico, intelectual e social à participação cultural.
acoplamento
acoplamento - "uma forma mecânica pela qual o que se toca num teclado tem o efeito de como se tocasse noutro ou noutros teclados, como se juntássemos vários num só. Quando nos referimos ao acoplamento de manuais e pedaleira, sucede que o que se toca no pedal junta os registos do manual principal ou de outros manuais." (José Alberto Rodrigues)
acordeão
acordeão é um aerofone de palheta livre dotado de fole e teclas. O acordeão “cromático” pode ter no lado direito botões ou teclas; a mão esquerda pressiona os botões chamados “baixos”. Pela ação dos braços e das mãos do acordeonista, o ar proveniente do fole faz vibrar as palhetas.
adossada
adossado - elemento arquitetónico encostado a outro elemento de maior superfície ou volume, como uma parede. [ Arquitetura ]
aduela
aduela – designação atribuída às pedras ou tijolos em forma de cunha que, dispostos radialmente, entram na organização de arcos e de abóbadas. [ arquitetura ]
Adufando
Adufando é um método de ensino do toque de adufe através da observação de imagens. Composto por 12 cantigas do concelho de Idanha-a-Nova, tem 72 fichas de trabalho (multidisciplinares) que têm uma infinidade de formas de utilização para além da música, ficando ao critério de cada professor a sua transformação em atividade.
adufe
Adufe é um instrumento de percussão de membrana dupla, em formato quadrangular, de influência árabe (duff). É tradicional de Monsanto e da Beira Baixa, onde é tocado exclusivamente por mulheres. Na região de Trás-os-Montes, o adufe tem a designação de pandeiro.
AFERAM
A AFERAM – Associação de Folclore e Etnografia da Região Autónoma da Madeira tem como objetivo fomentar boas relações entre os vários grupos associados e sensibilizar para formação nestas coletividades, enaltecendo, desse modo, a qualidade do folclore e defendendo o património cultural, designadamente: recolha, preservação e divulgação dos usos e costumes etnofolclóricos da Região.
Ai Braguesa
O "Ai Braguesa" é um quinteto que surgiu da necessidade de colocar a viola braguesa como instrumento de destaque num projeto de música de raiz tradicional.
aleta
aleta – elemento curvo, algumas vezes em forma de voluta, encostado aos ângulos retos de um coroamento ou remate arquitetónico, de um retábulo ou ainda de uma peça de mobiliário. [ arquitetura ]
almofariz
Almofariz, ou pilão, é uma instrumento de cozinha utilizada também como instrumento de percussão.
altar colateral
altar colateral – altar situado na nave, colocando-se encostado às paredes contíguas ao arco triunfal; pode apresentar uma colocação paralela à parede que o ampara, ou oblíqua. [ arquitetura ]
altar lateral
altar lateral – altar secundário situado nas paredes que constituem os alçados laterais das naves de uma igreja ou capela. [ arquitetura ]
altar-mor
altar-mor – altar principal de uma igreja ou capela, geralmente situado na capela-mor e colocado no seu eixo axial. [ arquitetura ]
Altice Forum Braga
O Altice Forum Braga é uma estrutura polivalente, vocacionada para a realização de feiras, exposições, congressos e outros eventos de carácter sócio-cultural, científico, recreativo e desportivo. Situado no centro de Braga e facilmente acessível, tem capacidade de acolher eventos de 20 a mais de 20 mil.
ambão
ambão - palavra latina ambo  que vem do grego, anabaino (subir), lugar elevado ou estante móvel digna de onde se proclama a Palavra de Deus. [ Liturgia ]
AMEC
A AMEC | Metropolitana é uma instituição cultural sem fins lucrativos constituída em março de 1992 com o objetivo de divulgar e ensinar a música clássica. É a entidade gestora de duas orquestras – a Orquestra Metropolitana de Lisboa e a Orquestra Académica Metropolitana – e de três estabelecimentos de ensino – a Academia Nacional Superior de Orquestra (ensino superior), o Conservatório de Música da Metropolitana (nível básico e secundário) e a Escola Profissional Metropolitana (ensino integrado).
Antologia da Música na Madeira
Antologia da Música na Madeira é uma coleção que deverá ter entre 20 e 30 livros que resulta de mais de quinze anos de investigação e cujos primeiros números sairão entre julho e dezembro de 2020.  A obra é editada pelo Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira com o apoio da Direcção Regional da Cultura (DRC).
Antonio Joaquim Fontanes
Antonio Joaquim Fontanes -organeiro português, filho de Joaquim António Peres Fontanes, que se ocupou especialmente de reparar instrumentos construídos pelo pai.
António Xavier Machado e Cerveira
António Xavier Machado e Cerveira - "O mais notável organeiro português e que maior quantidade de trabalho produziu. Era irmão consanguíneo do grande escultor Joaquim Machado de Castro e filho de outro organeiro e escultor em madeira, Manuel Machado Teixeira ou Manuel Machado Teixeira de Miranda." (Ernesto Vieira) Nasceu em 1 de setembro de 1756 em Tamengos, Anadia. Contruiu mais de 120 órgãos, três dos órgãos da Basílica de Mafra, bem como numerosos órgãos nos Açores, Lisboa e Vale do Tejo.
aparelhagem sonora
A aparelhagem sonora foi e é ainda um dos sinais da festa religiosa em honra do padroeiro, que inclui música ligeira e tradicional e, em muitas localidades, temas pedidos e dedicados a pessoas da terra.
APEM
A APEM, Associação Portuguesa de Educação Musical, é uma associação de caráter cultural e profissional, sem fins lucrativos e com estatuto de utilidade pública, que tem por objetivo o desenvolvimento e aperfeiçoamento da educação musical.
apito
Na Madeira, o apito podia assumir duas formas, sendo sempre feito em canavieira: a de um apito propriamente dito; ou a forma de uma flauta de bisel, com três ou quatro furos na extremidade inferior. Era essencialmente a acompanhar as Missas do Parto ou Reis que este grupo se juntava, podendo ainda tocar espontaneamente, quando se encontravam nos tempos livres.
arcada
arcada – sequência ritmada de arcos de sustentação de coberturas; galeria ou passagem formada por uma sucessão de arcos. [ arquitetura ]
arco triunfal
arco triunfal – vão em arco, normalmente de grande dimensão, que estabelece a ligação entre a nave e a capela-mor ou entre a nave e o transepto de um templo. [ arquitetura ]
arcossólio
arcossólio - arcossólio (do latim arcus, "arco", e solium, "sarcófago") nicho em arco (área recuada da parede). [ Arquitetura ]
Arquivo Nacional do Som
Arquivo Nacional do Som é uma estrutura técnica e tecnológica que permita arquivar, preservar e disponibilizar o património fonográfico português, recorrendo aos arquivos dispersos existentes, mas também a entidades públicas ou privadas que detenham registos áudios - como as associadas do Inatel - passíveis de serem registados e guardados. A equipa foi criada em fevereiro de 2019 e está a trabalhar desde março de 2019 no projeto com a dupla participação dos ministérios da Ciência e da Cultura. Posteriormente foi constituído o Conselho Consultivo, cuja estrutura - publicada em julho em Diário da República - compreende o etnomusicólogo António Tilly, o responsável pela Área de Conteúdos Rádio da Subdireção de Arquivo da RTP Eduardo Leite, o musicólogo Paulo Ferreira de Castro, a investigadora e diretora do Museu do Fado Sara Pereira e a professora catedrática de Etnomusicologia Salwa Castelo-Branco.
arquivolta
arquivolta - termo de origem latina - arco + volta, elemento arquitetónico decorativo utilizado em conjunto a emoldurar uma abertura em arco, referindo-se geralmente à sua aplicação em portais de entrada de igrejas ou catedrais em estilo românico ou gótico. [ Arquitetura ]
arruadas
Arruada é a atuação musical de uma banda filarmónica pelas artérias da localidade, fazendo a abertura solene da festa.
Artave
Criada em 1989, a Artave - Escola Profissional Artística do Vale do Ave, é uma instituição pioneira no Ensino Profissional Artístico. Apesar da sua juventude, a Artave revela-se como um modelo de sucesso no ensino da música em Portugal, com numerosos alunos apresentando resultados ao mais alto nível e com elevada representação de antigos alunos desenvolvendo carreiras profissionais de sucesso.
Arte chocalheira
Arte chocalheira é a arte tradicional da construção de chocalhos reconhecida em 2015 como Património Cultural Imaterial com Necessidade de Salvaguarda Urgente, título atribuído pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.
ArtEduca
ArtEduca – Conservatório de Música de Vila Nova de Famalicão é uma escola de música que foi criada por uma família de jovens músicos famalicenses juntamente com alguns amigos, que em fevereiro de 2005 colocavam a primeira pedra daquele que viria a ser um projeto vibrante, ambicioso, apaixonado e com uma missão muito particular: através da música construir pessoas mais felizes, capazes, confiantes e generosas.
ArtFeist
Gerida por Henrique Feist, a ArtFeist Produções Artísticas dedica-se à criação, direção e produção de espetáculos em diversos formatos: galas, concertos, teatro, conferências, musicais entre muitos outros. Concessionária do Auditório do Casino Estoril, com vasta experiência em espetáculos de digressão, apresenta soluções otimizadas para gestão de eventos, produção artística e cultural.
Associação CIOFF Portugal
A Associação CIOFF Portugal representa Portugal junto do CIOFF® e os seus membros constituem uma rede de festivais e grupos portugueses. Os Festivais CIOFF® promovem o intercâmbio cultural e a paz entre os povos. Neles participam grupos nacionais e pelo menos 5 grupos estrangeiros, que apresentam espetáculos de dança e música ao vivo, artesanato, oficinas, jogos tradicionais. Em Portugal, existem diversos festivais CIOFF® e festivais associados, que envolvem anualmente na sua organização mais de 1.000 voluntários.
Associação Cultural de Plectro
A Associação Cultural de Plectro que tomou a sigla OPGBAC, é uma associação fundada a 18 de novembro de 2010. É um projeto que tem como objetivo a dinamização e difusão da música de plectro no panorama musical nacional. Se no que diz respeito à Guitarra, tudo funciona dentro da normalidade com cursos superiores e conservatórios a lecionar o instrumento, nos restantes instrumentos de corda beliscada muito há por fazer.
Associação das Filarmónicas do Concelho de Leiria
A Associação das Filarmónicas do Concelho de Leiria é uma associação cultural de natureza filarmónica que tem como objetivo promover as filarmónicas e a atividade das bandas de música no Concelho.
Associação de Cultura Musical de Lousada
A Associação de Cultura Musical de Lousada é uma associação de natureza cultural e musical criada em 1975 por escritura pública no Cartório Notarial de Lousada, com a finalidade de organizar e dinamizar a banda de música de Lousada, existente desde o ano de 1855, conferindo-lhe a legalidade necessária através da criação de estatutos próprios.
Associação de Defesa do Folclore da Região de Turismo dos Templários
A Associação de Defesa do Folclore da Região de Turismo dos Templários, Floresta Central e Albufeiras é uma associação de natureza etnográfica, constituída a 3 de maio de 1988, sediada na Rua Serpa Pinto, na freguesia e concelho de Tomar.
Associação de Estruturas para a Dança Contemporânea
A REDE – Associação de Estruturas para a Dança Contemporânea é uma organização supra-associativa, que representa e defende os interesses da comunidade da dança contemporânea portuguesa.
Associação de Flautas de Bisel do Algarve
A Associação de Flautas de Bisel do Algarve é uma associação cultural que visa difundir e divulgar as potencialidades da flauta de bisel, facilitar o conhecimento geral e específico sobre o instrumento e estimular o interesse pelo mesmo através de atividades culturais e de formação.
Associação de Folclore e Etnografia de Guimarães
A Associação de Folclore e Etnografia de Guimarães é uma associação sem fins lucrativos que promove ações de formação, organiza colóquios, palestras, conferências e seminários sobre temas de interesse do folclore regional, e pugna pela preservação e autenticidade do folclore do concelho de Guimarães (Região Baixo Minho-Ave).
Associação de Folclore e Etnografia de Santo Tirso
Sediada na Rua do Fontanário, freguesia de Couto (Santa Cristina), no concelho de Santo Tirso, a AFEST - Associação de Folclore e Etnografia de Santo Tirso é uma associação de natureza etnográfica constituída a 28 de maio de 2003.
Associação de Músicos Artistas e Editores Independentes
A Associação de Músicos Artistas e Editores Independentes (AMAEI) é uma associação profissional fonográfica que reúne os produtores fonográficos independentes em Portugal, e tem por fim defender, unir, organizar e promover o sector da música independente nacional, em Portugal e no estrangeiro.
Associação de Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos
A Associação de Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos (APEFE) nasceu em 2017 para unir esforços entre os protagonistas do setor por forma a melhorar a oferta de espetáculos e festivais em Portugal e, por inerência, alavancar áreas vitais para o País, como a cultura, o turismo e a economia.
Associação Espetáculo - Agentes e Promotores Portugueses
Criada em 2021, a Associação Espetáculo – Agentes e Produtores Portugueses (AEAPP), reúne agentes e produtores portugueses, essencialmente da área da música mas abrangendo também agentes e produtores com intervenção noutras artes performativas. Surge em tempo de pandemia, num período particularmente difícil para todos os que se dedicam à atividade cultural.
Associação Folclórica da Região de Leiria
A Associação Folclórica da Região de Leiria - Alta Estremadura é uma organização sem fins lucrativos de natureza etnográfica, sediada na Calçada da fonte 2410-023 Barreira Leiria.
Associação Folefest
A Associação Folefest foi criada em 2013 com o objetivo primordial de promover e divulgar o acordeão de concerto em Portugal, através de diversos eventos, nomeadamente a organização de um Festival e Concurso de Acordeão realizado anualmente, o FOLEFEST.
Associação Musical de Évora
Associação Musical de Évora “Eborae Mvsica” tem por objetivo primordial a divulgação dos grandes mestres polifonistas da Escola de Música da de Évora. Estreou-se com a apresentação do Coro Polifónico, Coro Infantil e Cantores Solistas, em setembro de 1987, num concerto integrado no certame “Os Povos e as Artes”.
Associação para o Desenvolvimento das Atividades em Portugal de Circos, Divertimentos e Espectáculos
A Associação para o Desenvolvimento das Atividades em Portugal de Circos, Divertimentos e Espetáculos (ADAPCDE) tem principalmente âmbito nacional, abarcando pessoas singulares e coletivas ligadas às atividades de circo, diversões, espetáculos, restauração em especial a ocasional e outras praticadas em feiras, festas e romarias.
Associação Porta-Jazz
A Associação Porta-Jazz é uma associação sem fins lucrativos, gerida por músicos, que tem por objetivo promover o Jazz no Porto.
Associação Portuguesa da Viola d'arco
A Associação Portuguesa da Viola d'arco (APVdA) é uma organização sem fins lucrativos que tem como fim divulgar a viola d’arco, difundir e promover eventos e espetáculos de natureza artística, musical e afins, bem como apoiar, desenvolver e realizar ações pedagógicas, editoriais e de formação musical e artística relacionada com o instrumento.
Associação Portuguesa de Ciências Musicais
À Associação Portuguesa de Ciências Musicais sucedeu a Sociedade Portuguesa de Investigação Musical (SPIM), organização que congrega a nível nacional os musicólogos e investigadores em todos os domínios dos estudos musicais, como a história, a teoria, a análise, a iconografia, a psicologia, a pedagogia, a informática, a sociologia, a filosofia da música, a performance e a etnomusicologia.
Associação Portuguesa de Compositores
A Associação Portuguesa de Compositores (APC) tem como missão fomentar e desenvolver as condições, meios e circunstâncias necessárias à possibilidade de criação musical contemporânea, independentemente de corrente estética, faixa etária, regionalismo, estatuto social, académico ou económico.
Associação Portuguesa de Festivais de Música
A Associação Portuguesa de Festivais de Música (APORFEST) tem por missão defender os interesses e direitos de todos os associados, a nível nacional como internacional, contribuir para o desenvolvimento e profissionalização da área dos festivais de música em Portugal, promover o contacto, fornecer informação, dinamizar a formação e a investigação, poiar os interessados em prol do setor dos festivais de música.
Associação Portuguesa de Harpa
Sediada em Gaia, a Associação Portuguesa de Harpa é uma organização sem fins lucrativos que pretende-se, pela união de esforços e ideias, promover a divulgação da música pela Harpa, através de iniciativas várias.
Associação Portuguesa de Serviços Técnicos para Eventos
A Associação Portuguesa de Serviços Técnicos para Eventos (APSTE) representa e defende os interesses dos associados, fomentando a valorização, através da regulação do setor de serviços técnicos para eventos perante as autoridades competentes.
Associação Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos
Criada em 2017, a Associação Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos (APEFE) junta os principais promotores de espetáculos e festivais em Portugal. Nasceu para melhorar a oferta cultural do País e, ao mesmo tempo, para dar voz aos interesses do setor.
Associação Recreativa
As associações recreativas e culturais são organizações que desempenham um papel importantíssimo na cultura e na educação em Portugal, no que se refere à etnografia, filarmonia, canto coral, ensino da música, teatro, desporto e ocupação dos tempos livres. (AJF)  
associações culturais
As associações culturais desempenham no País um papel fundamental. Portugal tem atualmente 720 Bandas Filarmónicas, 1200 escolas de música, 50 orquestras ligeiras e 900 agrupamentos corais. Mais de 250 mil pessoas, maioritariamente jovens, praticam regularmente música em associações culturais.
Ateliê de Música
O Ateliê de Música é uma classe de conjunto de caráter prático, vocal ou instrumental, de música antiga ou contemporânea, dirigida por um mestre na sua área, que visa a aprendizagem, aprofundamento da dinâmica de grupo e apresentação ao público.
Ateliê de Ópera
O Ateliê de Ópera, dirigido por um especialista em Canto, existe em algumas escolas de música, como a EMNSC, com o intuito de despertar para a ópera os alunos do Curso Complementar de Canto. Trabalha a voz em conjunto com o corpo e movimento, possibilita uma postura correta, desbloqueio de tensões e respiração adequada. Os alunos progridem mais rapidamente na sua formação vocal para além de estabelecerem entre si uma dinâmica de grupo. Em resultado desse trabalho, apresenta espetáculos de ópera.
ateliê musical

O ateliê musical consiste, na no Conservatório Nacional, em aulas de caráter prático em que os alunos partem à descoberta dos instrumentos musicais existentes, vendo, ouvindo e experimentando um instrumento em cada aula, em vista da escolha futura do instrumento.

Ateneu Comercial do Porto
Ateneu Comercial do Porto foi fundado a 29 de agosto de 1869. Dotado de magníficas instalações, dispõe de um salão nobre, polivalente, biblioteca, restaurante, bufete, bar, sala de visitas, salas de jogos e sala de leitura, para além das salas D. Luís e Dr. Uva. Por aqui passaram figuras de grande prestígio nacional e internacional, no domínio das letras, artes plásticas e cénicas, música, política e ciência.
Auditório José Afonso
O Auditório José Afonso é um auditório ao ar livre, equipamento de caráter lúdico, vocacionado para artes do espetáculo, construído sob a forma de pórtico e localizado no Largo José Afonso, junto da Avenida Luísa Todi, Setúbal.
Auditório Municipal Augusto Cabrita
Auditório Municipal Augusto Cabrita assume-se como veículo dinamizador, promotor e difusor das artes visuais e das artes de palco no seio da sua comunidade local e num plano regional e nacional através da rede de teatro municipais, ArtemRede, da sua programação contínua e de co-produções.
Auditório Municipal de Albufeira
Construído com o objetivo de dotar a Cidade de um equipamento que possibilitasse potenciar a difusão da criação artística, o Auditório Municipal de Albufeira tem capacidade para 368 lugares, está equipado com material para receber congressos e conferências, bem como para a realização de espetáculos de âmbito diversificado: música, teatro, canto e cinema.
Auditório Municipal de Gaia
Auditório Municipal de Gaia (AMG) é um dos espaços nobres da atividade cultural do Município de Gaia. Abriu ao público a 13 de Junho de 1997. Decorridos 20 anos o AMG sofreu um intervenção estética e técnica, que o requalificou, passando a constituir uma referência na zona envolvente. A reabertura ao público aconteceu no dia 9 de setembro de 2018.
Auditório Municipal de Gondomar
Local privilegiado para a divulgação da cultura e das artes, o Auditório Municipal de Gondomar dispõe de um anfiteatro para 235 pessoas e de duas salas para exposições.
Auditório Municipal de Pombal
Local e instrumento para o desenvolvimento de ideias, emoções e sentimentos, o Auditório Municipal de Pombal está ao serviço da comunidade que serve, querendo assumir-se como “Uma janela aberta” para todos os públicos e faixas etárias.
Auditório Municipal de Portimão
Com mais de mil lugares sentados, o Auditório Municipal de Portimão é a maior e mais moderna estrutura coberta a sul do país. Este espaço cultural destaca-se pela sua originalidade estética e pelas suas potencialidades multifuncionais.
Auditório Municipal de Vila do Conde
A casa do Submosteiro, também denominada Solar dos Vasconcelos, foi construída por volta de 1770. Mesmo sendo imóvel de Interesse Público, em 1980 foi objeto de quase total demolição, tendo ficado de pé a fachada. O imóvel foi adquirido pela Câmara que o transformou num equipamento para exposições, cinema e vídeo, conferências, concertos e espetáculos de teatro e dança.
Auditório Municipal de Vila Nova de Cerveira
Auditório Municipal de Vila Nova de Cerveira foi desenhado para sediar grandes eventos, como festivais, concertos, espetáculos de dança. O projeto foi desenhado pelo arquiteto Christopher em formato semicircular, semelhante aos anfiteatros romanos, permitindo uma capacidade de 400 lugares. A capacidade pode ser aumentada para 900 lugares com o uso de assentos de cadeiras móveis.
Auditório Senhora da Boa Nova
Integrado no Centro Paroquial do Estoril, o Auditório Senhora da Boa Nova foi inaugurado em 2010, e é atualmente o maior Auditório do concelho de Cascais, com capacidade para 608 pessoas, das quais 21 com mobilidade condicionada. O espaço, um projeto acústico Martins da Silva, está preparado para receber todo o tipo de espetáculos; musicais, orquestras sinfónicas, concertos de música ligeira, bailados teatros e conferências. Equipado com os mais modernos meios audiovisuais e uma equipa técnica permanente, dispõe ainda de excelentes condições logísticas, nomeadamente um parque coberto com 150 lugares, 4 camarins com capacidade para mais de 50 artistas, 3 cabines de tradução, foyer e bar.
Aula Magna
Com uma lotação total de 1584 lugares a Aula Magna, da Reitoria da Universidade de Lisboa, é palco de centenas de eventos de natureza artística, científica e institucional,  afirmando-se como um espaço de referência para a realização de diferentes tipologias de eventos.
Aveiro_Síntese
Aveiro_Síntese é um evento musical promovido pela associação cultural Arte no Tempo com apoios da Direção Geral das Artes e do Município de Aveiro.
azulejo
azulejo – placa de cerâmica, com espessura variável, habitualmente de forma quadrangular, decorada e vidrada numa das suas faces, cuja função principal é a de revestir de um modo decorativo paredes, muros e também coberturas. [ arquitetura ]
azulejos enxaquetados
azulejos enxaquetados - agrupamento de azulejos a formar uma malha geométrica em xadrez utilizando elementos alternados de cores diferentes. Também aplicado em Portugal no século XVI até meados do século XVII. [ Arquitetura ]
bailarico
Bailarico é um género coreográfico e evento performativo. Apesar de ser ter verificado a prática do bailarico por toda a Estremadura e restantes territórios do Sul de Portugal, foi na região saloia que adquiriu maior expressão. (EMPXX)
baile
Baile designa uma reunião de pessoas para dançar, ao som de instrumentos ou agrupamentos instrumentais, promovida por coletividades diversas, em ambiente rural ou urbano.
baile mandado
Baile mandado é uma "prática performativa comum a alguns géneros coreográficos e danças em várias regiões do continente, da Madeira e dos Açores", que envolve um mandador que, declamando, orienta os dançarinos. (EMPXX)
bailinho
Bailinho, ou bailinho da Madeira, é dança típica mais conhecida da Ilha da Madeira, em trajes coloridos, acompanhada do tradicional brinquinho.
baixaria
Baixaria é a designação do conjunto de instrumentos de registo mais grave que nas filarmónicas têm papel de acompanhamento.
baladas
Balada é um termo usado desde a Época Medieval para designar uma canção para ser dançada, narrativa cantada ou composição simples com melodia cantável.
balaustrada
balaustradaconjunto de balaústres – pequenos elementos verticais, compostos por pedestal, fuste (de forma contracurvada e capitel – dispostos sequencialmente, de forma regular e espaçada, rematado por corrimão; elementos verticais de parapeito de um coro alto, por exemplo, localização de alguns órgãos de tubos. [ arquitetura ]
baldaquino
baldaquino – construção em pedra ou outro material, coberta e assente em colunas, destinada a nobilitar um espaço e/ou uma imagem; armação de madeira ou tecido, adossada à parede, sobre um altar, túmulo, trono. [ Arquitetura ]
balhos
Balho é o termo genérico nos Açores para um evento em que a dança desempenha um papel central (EMPXX).
Banda de Caçadores 5
A Banda de Caçadores 5 foi uma das bandas militares que precederam a Banda do Exército, constituída em 1988.
Banda de Infantaria 1
A Banda de Infantaria 1 foi uma das bandas militares que precederam a Bando do Exército, constituída em 1988.
Banda de Música
Banda de Música, também designada Banda Filarmónica ou Banda Musical, é um agrupamento de sopro (madeiras e metais) e percussão. O Regulamento para as Bandas de Música dos Regimentos de Infantaria e Batalhões do Exército, de 1870, refere já a expressão "Banda de Música".
Banda do Exército
A Banda do Exército é uma banda militar fundada em 1988 que teve na origem a extinta Banda da Região Militar de Lisboa.
Banda do Exército – Destacamento do Porto
A Banda do Exército – Destacamento do Porto foi criada como consequência das várias transformações e reestruturações levadas a cabo na estrutura do Exército Português, desde o início do séc. XIX até aos dias de hoje.
Banda Filarmónica
Uma banda filarmónica - banda de música, banda de concerto, conjunto de sopros, banda sinfónica, orquestra de sopros, banda de sopros -  é um conjunto que consiste em membros das famílias de sopros, metais e percussão. Pode incluir contrabaixo, sintetizador ou guitarra elétrica, música vocal e percussão corporal. O repertório de uma banda de concerto inclui composições de sopro originais, transcrições/arranjos de composições orquestrais, música ligeira e melodias populares.
Banda Musical
Banda Musical, também designada Banda Filarmónica ou Banda de Música, é um agrupamento instrumental de sopro (madeiras e metais) e percussão que desempenha um importante papel educativo e cultural.
Banda Sinfónica
Banda Sinfónica é um agrupamento musical ocidental composto por apenas instrumentos de sopro – metais e madeiras, e percussão, mas ocasionalmente cordofones – harpa e contrabaixo, com um número variado de instrumentos, grupos profissionais de 60 a 90 músicos.
Banda Sinfónica da PSP
A Banda Sinfónica da PSP (BSPSP) é uma banda militar oficializada a 28 de abril de 1981.
bandas militares
Uma banda militar é um agrupamento musical integrado numa instituição militar ou militarizada, com número variável de instrumentos de sopro e percussão, podendo incluir também instrumentos de corda.
bandola portuguesa
Bandola portuguesa é um cordofone com braço curto trastejado e corpo em forma de lágrima.
bandolim
Bandolim é um cordofone com quatro ordens de cordas duplas, sistema de cravelhas com chapa em leque e parafuso sem fim. A boca é redonda, decorada com embutidos. A cabeça termina em voluta. O bandolim é utilizado por tunas e outros grupos musicais.
bandurra
A bandurra, viola beiroa ou viola de Castelo branco, é um cordofone da região da Beira Baixa, pertencente à família das violas de Arame portuguesas. A atual afinação, definida pelo mestre Alísio Saraiva, foi convencionada em MI RÉ LÁ MI SI + RÉ (requintas). As requintas são duas cordas agudas e curtas que não são pisadas, sendo tocadas quase sempre soltas.
Barroco
Barroco – Estilo artístico ou categoria histórica, correspondente, em sentido lato, ao intervalo cronológico de 1580-1750, com origem em Itália (em Portugal o intervalo é definido pelo período decorrente entre as vésperas da Restauração e o Reinado de D. José I); caracteriza-se pela utilização de uma linguagem estética de matriz clássica, na qual o objeto artístico é trabalhado de acordo com uma intenção persuasiva, recorrendo à surpresa, ao movimento, à ilusão, aos efeitos cénicos e, ao mesmo tempo, à monumentalidade; são expressivas características deste estilo as formas curvas, agitadas, dinâmicas, bem como a síntese entre a arquitetura e as restantes artes, funcionando os aspetos decorativos como parte integrante do conjunto. [ Artes ]
Basílica
Basílica - título que honra um templo católico, por razões históricas, arquitetónicas e religiosas. Há quatro basílicas maiores, todas em Roma (São João de Latrão, Santa Maria a Maior e São Paulo Extramuros) e cerca de 1500 basílicas menores, algumas em Portugal (Mártires, Estrela, Fátima). São edifícios onde é expectável encontrar grandes órgãos. É o Papa quem atribui este título a uma igreja do mundo. Em Portugal, há diversas basílicas com órgão: Estrela e Mártires (Lisboa), Congregados e Bom Jesus do Monte (Braga), Mafra, Fátima... (António José Ferreira)
Bastidores D'Arte - Associação Cultural
Sediada no Seixal, Bastidores D'Arte - Associação Cultural é uma associação que inclui nas suas valências teatro, café-concerto, revista à portuguesa, espetáculos musicais, música temática, fado, escola de atores, formação vocal e instrumental, reuniões e congressos, entre outras.
Baú de Sons
Baú de Sons é uma oficina musical participativa do Museu do Fado em são trabalhados vários temas da história do Fado, de diferentes estilos e épocas, numa abordagem divertida e acessível ao público mais jovem (2021).
bilha
Bilha, bilha com abano, ou cântaro, é um instrumento tradicional que consiste numa bilha de barro ou um cântaro de latão percutido na sua abertura (boca) por um abano de palha ou uma alpercata. O executante segura a bilha debaixo do braço e bate na boca do utensílio produzindo um som grave que marca o compasso. Muito utilizado por grupos folclóricos em Portugal, este tipo de aerofone – é o ar que vibra – existe em vários países e continentes.
bisel
bisel (talhe a) – corte oblíquo de uma aresta. No baixo e médio relevos o talhe ou a escultura a bisel, por ser oblíquo ao suporte, propicia a nitidez dos motivos decorativos. [ Arquitetura ]
BJAC – Bandas Juvenis do Alentejo Central
BJAC – Bandas Juvenis do Alentejo Central, 4ª edição em 2019, é um curso intensivo que junta, durante uma semana, cerca de 70 jovens entre os 8 e os 14 anos, provenientes de Borba, Redondo e Alandroal, e que inclui três concertos nas terras das bandas.
Blitz
Blitz é um sítio português especializado em música e cultura popular, do grupo Impresa. Está presente no formato de revista com edições esporádicas. Entre novembro de 1984 e 24 de abril de 2006, assumiu o formato de jornal semanal.
bombo
Bombo é um bimembranofone de percussão tocado geralmente na posição vertical. É um dos instrumentos utilizados no programa das festas populares de Portugal.
Botar as Almas
Botar as Almas é uma tradição católica secular da Quaresma, comum a várias regiões de Portugal. Em Esposade, Matosinhos, este ritual consistia na reunião de um grupo de mulheres vestidas com roupas de tons escuros que se juntavam à noite, e iam pelas ruas rezando o terço, quando paravam entoavam cantigas em melodia fúnebre de forma a pedir a Deus pelas almas do purgatório para que pudessem ter a paz e ascender ao céu. No Lugar de Esposade esta tradição caiu em desuso por volta dos anos 30 do séc. XX.
Braga Capital do Bombo
Braga Capital do Bombo um fenómeno de iniciativas organizadas em Braga onde o Bombo está presente (festivais, CD, encontros, atuações, oficinas, formações. Braga é talvez a região de Portugal com mais grupos de percussão. Tem um dos maiores encontros de música popular em Portugal onde está bem presente a percussão. A maioria das festividades de Braga tem o bombo bem presente. Tem a maior escola de percussão tradicional do país. Tem também construtores de instrumentos de percussão tradicional. E um público único entusiástico.
braguinha
Braguinha é uma espécie de cavaquinho da Madeira, onde também é chamado “machête”. Cordofone dedilhado com 4 cordas de tripa, é utilizado pelos camponeses madeirenses para acompanhar o canto e a dança. Foi levado pelo madeirense João Fernandes para o Havai e encantou os seus habitantes que deram ao instrumento o nome de “ukulelé”, literalmente “pulga saltadora”.
brinco
O brinco era o termo vulgarmente usado na Madeira para definir outrora um conjunto de romeiros a tocar e a cantar a caminho e nos arraiais característicos da Ilha.
cabeceira
cabeceira – área situada na extremidade de um templo, geralmente do lado oposto à sua entrada, edificando-se a partir do topo da (s) nave (s) ou do transepto; corresponde ao espaço onde se situa a capela-mor ou abside, os absidíolos, o deambulatório e as capelas radiantes, quando existem. [ Arquitetura ]
cachorro
cachorro – pedra esculpida ou lisa na qual assenta uma cornija. [ Arquitetura ]
cadeiral
cadeiralconjunto de assentos, dispostos em uma ou mais filas nas paredes laterais da capela-mor, da nave central ou do coro alto de uma igreja. [ arquitetura ]
caixa
Caixa é um termo que designa uma instrumento musical tradicional, militar (ou outra) do tipo bimembranofone de percussão direta com baqueta constituído por caixa de madeira cilíndrica fechada por pele de animal esticada.
caixa do órgão
caixa do órgão - "não se resume a uma simples função estética, é o importante elemento que encerra e protege toda a mecânica do instrumento e a maioria do corpo sonoro (tubos), colaborando para a sonoridade do instrumento musical. O móvel que “guarda” o órgão permite criar um espaço protegido das correntes de ar, da humidade, do pó, das mudanças bruscas de temperatura e da incidência direta da luz solar. Apenas é fechada completamente pela parte de cima, impedindo que a sujidade caia sobre os tubos, e na parte inferior, quando nesta apenas estão os elementos da mecânica e não tubos ou caixas de eco. (José Alberto Rodrigues)
caixotões
caixotão – painel em reentrância colocado no interior do intradorso de uma cobertura ou vão, limitado por emolduramento, normalmente de forma regular, quadrada ou retangular, encontrando-se por vezes em forma poligonal, podendo ser pintado ou entalhado. [ Arquitetura ]
calvário
calvário - representação artística do local da crucificação de Jesus Cristo. [ Arte ]
campana
Campana é outro termo para designar o chocalho de Alcáçovas, instrumento de percussão munido de um só batente interno, com altura que varia entre 2 e 50 cm. Semelhante a uma sineta, o chocalho é suspenso no pescoço do gado, com a ajuda de uma correia em couro cravejada e trabalhada, com o intuito de localizar e dirigir o gado.
campanário
campanário - também designado torre sineira, é uma torre desenhada para conter sinos. É comum em edifícios religiosos mas também pode ocorrer na arquitetura civil. A utilização do termo campanário é predominante na arquitetura de edifícios religiosos, enquanto "torre sineira" predomina na arquitetura civil, mas também é utilizada na arquitetura religiosa. [ Arquitetura ]
cana
Cana, cana rachada, caninha, ou castanhola de cana rachada, é um instrumento tradicional português do tipo idiofone, tocado na região da Lezíria Ribatejana e outras regiões para acompanhar ritmos e danças.
cana verde
A cana verde é uma dança de pares especialmente associada ao Minho, sobretudo Alto Minho, e Douro Litoral, com métrica binária ou quaternária, dançada em roda ou quadrilha.
Canção de Coimbra
Canção de Coimbra é uma designação atribuída a um conjunto de práticas musicais, com canto e instrumentos, associadas em especial à Universidade de Coimbra.
canção de embalar
Canção de embalar é um género vocal tradicionalmente cantado a uma voz em andamento lento, em espaço doméstico, geralmente pelas mães, para adormecer crianças, embora haja exemplos tanto na música popular como na erudita.
canção de intervenção
Canção de intervenção designa música popular portuguesa com caráter de protesto, resistência e ação.
cancioneiro
Cancioneiro é um termo que designa um conjunto de poemas destinados ao canto, com ou sem partitura, em formato impresso ou em outro suporte, tradicionais ou eruditos, de diferentes épocas e regiões.
cancioneiro tradicional
"Ao longo do século XX, publicam-se cancioneiros com o objectivo de documentar a música tradicional. Com cobertura regional, figuram: Jaime Lopes Dias (1937), Gonçalo Sampaio (1940), Vergílio Pereira (1950, 1957, 1959), António Marvão (1955), António Mourinho (1984), José Alberto Sardinha (2000). Com abrangência nacional, refiram-se: Armando Leça (1922, 1942), Michel Giacometti e Fernando Lopes Graça (1981)." (Salwa El-Shawan Castelo-Branco e Jorge Freitas Branco)
Cancioneiro Tradicional Mirandês
Obra em dois de António Maria Mourinho e Francisco Serrano Sequeira Baptista, responsável pelo trabalho de recolha publicado no segundo volume, reeditada em 2021 pela DRCN. Reeditada quase quatro décadas após a primeira edição, os registos contidos na obra integram, ainda hoje, o reportório musical dos grupos de música popular tradicional da Terra de Miranda (música popular e religiosa, dança e coreografia, canções dos serões, dos fiadouros, das mondas, das ceifas, das trilhas, dos cardadores, de embalar).
caninha
Caninha, cana rachada, ou castanhola de cana rachada, é um instrumento tradicional português, um idiofone tocado na região da Lezíria Ribatejana e outras regiões para acompanhar ritmos e danças.
cantadores
O termo cantadores designa um grupo de indivíduos que canta em contexto amador, designadamente em grupos etnográficos.
Cantar às almas
O “Cantar às Almas” é uma tradição católica da Quaresma que foi comum a várias regiões de Portugal. Caído em desuso, o ritual é mantida por vários grupos etnográficos. Um grupo de homens e mulheres percorria a aldeia, durante várias noites, para cantar ou rezar a cada porta (consoante o solicitado) pelas almas dos que já partiram.
cantar dos Reis
O cantar dos reis, também chamado “reisadas”, é uma secular tradição portuguesa que acontece entre o Natal (25 de dezembro) e o dia de Reis (6 de janeiro), assumindo características diferenciadoras em certas regiões.
cantares ao desafio
Cantares ao desafio é uma prática oral poético-musical improvisatória que se observa especialmente no Alto Minho, Douro Litoral e Beira Alta em que dois cantores se desafiam e respondem de forma repentista.
cântaro
Cântaro ou bilha com abano, é um instrumento tradicional que consiste numa bilha de barro ou um cântaro de latão percutido na sua abertura (boca) por um abano de palha ou uma alpercata. O executante segura a bilha debaixo do braço e bate na boca do utensílio produzindo um som grave que marca o compasso. Muito utilizado por grupos folclóricos em Portugal, este tipo de aerofone – é o ar que vibra – existe em vários países e continentes.
cântico
Cântico é uma pequena composição musical cantada, religiosa ou litúrgica, monofónica ou polifónica, a capela ou com acompanhamento instrumental que pode ser de órgão ou mesmo banda filarmónica. Pode designar apenas a poesia destinada ao canto, como o Cântico dos Cânticos, da Bíblia. (AJF)
cantiga
Cantiga é um termo genérico que designa canção popular, rural ou urbana, ou poesia cantada.
cantilena
Cantilena é uma canção com melodia de curta duração e fórmula melódico-rítmica repetitiva.
canto ao desafio
A desgarrada, ou canto ao desafio, é um canto repentista que assume destaque e tem expressões diferenciadoras no Alto Minho. Sendo um dos ícones do património cultural imaterial da Região, a CIM Alto Minho pretende preservá-lo e exibi-lo como ícone diferenciador e identitário.
canto das almas
O canto das almas (cantar às almas, canto das almas ou encomendação das almas)  "é uma tradição popular católica secular, frequente em Portugal e Espanha desde, pelo menos, o século XVII, de onde se propagou ao Brasil. É característico da Quaresma, embora também fosse cantado no dia de finados (pão-por-Deus) e no ano-novo (em combinações diversas com janeiras e reisadas)". [Wikipédia]
canto do baldão
Canto do baldão é uma prática musical de desafio que surgiu em finais do século XIX nos concelhos de Ourique, Castro Verde e Odemira (Alentejo).
canto do presépio
Canto do presépio designa um presépio no Sotavento algarvio a prática de cantar em grupo (charola) ao Menino Jesus, acompanhado de pandeireta, ferrinhos e castanholas entre as janeiras (1 de Janeiro) e os reis (6 de Janeiro).
Canto Firme – Associação de Cultura
Canto Firme – Associação de Cultura é uma associação que comemora em 2020 o 40º aniversário da sua criação, em 1980, no seio da Sociedade Filarmónica Nabantina, em Tomar. A cada aniversário, a sede da Canto Firme em Tomar abre as portas para a “Festa da Música” convidando todos a entrar e perceber qual o dia-a-dia na formação, ensaios e interação entre todos os que ali se unem para aprender, ensinar e fazer música.
canto repentista
O canto repentista – no âmbito do qual se inclui o canto ao desafio ou desgarrada - existe em várias regiões do País, no Brasil e na Galiza, assumindo no Alto Minho características diferenciadoras: pode ter entre dois e quatro cantadores em simultâneo; utiliza linguagem de segundo sentido; admite o despique entre homens e mulheres; pode ter diferentes formas de rima.
CAOS - Associação Cultural da Quinta do Rei
A CAOS - Associação Cultural da Quinta do Rei é uma associação sem fins lucrativos que pretende promover a cultura e a arte em Leiria.
Capela
Capela - templo cristão secundário, geralmente de dimensões mais reduzidas e culto menos frequente do que a igreja. Na diocese, o templo mais importante é a catedral. Na paróquia, destaca-se a igreja matriz ou paroquial, onde se ministram a principal missa dominical e tem preponderância a celebração de outros sacramentos (batismo, penitência, unção dos doentes, matrimónio). A capela pode ser um local de  celebração e culto de pequenos grupos religiosos específicos ou comunidades (aldeias, seminários, colégios, prisões, conventos e mosteiros). (António José Ferreira)
capitel
capitel – peça superior de uma coluna, pilar ou pilastra formada por ábaco e cesto. [ arquitetura ]
Carnaval
Carnaval designa um festejo popular que descende da tradição do Entrudo, celebrado especialmente entre o domingo antes da quarta-feira de cinzas e a terça de Carnaval. Nos grandes carnavais, música e a dança ocupa um lugar importante, tendo a música brasileira ganho lugar de destaque nas grandes manifestações em Portugal das últimas décadas.
carracas
Carracas, ferranholas ou rascas são idiofones tradicionais de fricção utilizadas em Trás-os-Montes, onde acompanham o pandeiro.
carranca
carranca – cabeça, máscara, ou mascarão, do imaginário fantástico, esculpida em pedra, madeira ou metal, colocada como motivo decorativo em cimalhas, frisos, áticos, fontes, chafarizes, lavabos. [ arquitetura ]
Carrilhão Lvsitanvs
O Carrilhão Lvsitanvs é o maior carrilhão itinerante do mundo. É composto por 63 sinos, e pesa aproximadamente 12 toneladas. Novidade única em Portugal e na Península Ibérica, tem despertado grande interesse nos amantes da música.
Casa Bernardo Sassetti
A Casa Bernardo Sassetti é uma associação cultural sem fins lucrativos, criada em Setembro de 2012, que nasceu como resposta ao vazio deixado pelo desaparecimento prematuro do artista Bernardo Sassetti.
Casa da Cultura de Setúbal
A Casa da Cultura de Setúbal é um polo dinamizador da atividade artística desenvolvida no concelho, conciliando diferentes valências que se encontram ao serviço do movimento associativo e, principalmente, da população.
Casa da Música (Porto)
Casa da Música é uma sala de concertos localizada no Porto, em Portugal. Foi projetada pelo arquitecto holandês Rem Koolhaas, como parte do evento Porto Capital Europeia da Cultura em 2001 (Porto 2001), no entanto, a construção só ficou concluída em 2005, transformando-se imediatamente num ícone da cidade.
Casa das Artes (Porto)
Projetada em 1981 pelo Arquiteto Souto Moura, a Casa das Artes foi construída entre 1988 e 1991 nos jardins da casa de Allen e distinguida com o Prémio Secil.  O edifício constitui a primeira obra de grande notoriedade de Eduardo Souto Moura. Obra silenciosa e discreta, é quase invisível ao lado da obra de Marques da Silva (1869-1947) e constrói um dos limites do singular jardim.
Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão
Inaugurada a 1 de junho de 2001, a Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão é um teatro municipal que faz parte da Rede Nacional de Teatros e Cineteatros e é um centro de animação cultural e social da cidade.
Casa de Mateus
Situada na freguesia de Mateus, concelho e distrito de Vila Real, a Casa de Mateus foi mandada construir na primeira metade do século XVIII pelo 3º Morgado de Mateus, António José Botelho Mourão. O projeto deste palácio foi presumivelmente desenhado pelo arquiteto Nicolau Nasoni. O Palácio é constituído pela casa principal, pelos jardins, a adega e uma capela.
Casa de Ópera do Cabo Espichel
Casa de Ópera do Cabo Espichel, edifício ao qual se tem dedicado a temporada de música, foi construído em 1770, durante uma das mais importantes renovações do Santuário, ordenada por D. José. O espaço serviu durante muitos anos de apoio aos festejos do Cabo, aos quais se juntavam sírios de toda a região de Lisboa.
Casa do Artista
A Casa do Artista, na Estrada da Pontinha n.º 7, em Carnide, é uma instituição particular de solidariedade social criada para acolhimento de artistas idosos (atores e músicos). Foi fundada em 11 de setembro de 1999 pelos atores Armando Cortez, Carmen Dolores, Manuela Maria, Pedro Solnado e outros.
Casa-Museu Amália Rodrigues
Situada no nº 193 da Rua de S. Bento, em Lisboa, a Casa-Museu Amália Rodrigues foi inaugurada em 2001, cumprindo aquele que era um dos desejos de Amália: abrir a sua casa ao público e partilhar, com este, o seu lado mais pessoal e íntimo.
castanholas
Castanholas são um idiofone de madeira constituído por duas partes côncavas que batem uma na outra. É usado no Algarve, no canto das janeiras, pelas “charolas”. Os pauliteiros de Miranda do Douro e Mogadouro (Trás-os-Montes e Alto Douro) utilizam castanholas de forma oblonga nas suas danças e em alternância com os paulitos. As castanholas são muito usadas em outras regiões de Portugal, designadamente o Alentejo, Estremadura, Douro Litoral, a acompanhar cantares alegres e festivos.
castanholas da Tabua
Castanholas da Tabua designa um idiofone de madeira tradicional da Ilha da Madeira, especialmente de Ribeira Brava (freguesia da Tabua). “As castanholas da Tabua eram tocadas na época natalícia a caminho das missas do parto e do galo, e por altura das festas e romarias nos meses de verão, é na Tabua, freguesia pertencente ao concelho da Ribeira Brava, e em algumas zonas próximas, que estes instrumentos musicais possuem maior tradição.
castanholas de cabeça de cão
Castanholas de cabeça de cão designa um idiofone de madeira tradicional da Ilha da Madeira (concelhos de Ribeira Brava e Ponta do Sol) com forma de cabeça de cão. As castanholas podiam ter outras formas (como cabeça de galinha).
cavaquinho
O cavaquinho é um cordofone popular de pequenas dimensões, utilizado no acompanhamento do repertório tradicional português, no Minho e Douro Litoral, mas também no Algarve, onde é muito utilizado pelas charolas, no canto das janeiras.
cega-rega
A cega-rega é um idiofone popular de madeira que imita o som da cigarra, constituído por uma roda de transmissão acionada por uma manivela com um cabo.
Celebrar a Música
No âmbito das comemorações do Dia Nacional das Bandas Filarmónicas (1 de setembro), desde 2016 a Câmara Municipal de Mafra promove a iniciativa "Celebrar a Música". Com um festival de bandas, juntamente com a Orquestra Sinfónica existente no concelho, celebra o associativismo cultural e o papel destes agrupamentos na salvaguarda, preservação e divulgação do património artístico e cultural, nomeadamente na formação cultural dos cidadãos.
cenóbios
cenóbio - habitação de monges (chamados cenobitas) que vivem em comunidade.
Centro Cultural de Belém
CCB (Centro Cultural de Belém) é um centro cultural que se localiza na praça do Império, freguesia de Belém, na cidade e Distrito de Lisboa, em Portugal. Foi concebido originalmente para acolher a sede da presidência portuguesa da Comunidade Europeia e posteriormente para desenvolver actividade cultural.
Centro Cultural de Cascais
Reconstruído segundo projeto do arquiteto Jorge Silva a partir das chamadas “Casas Cor-de-Rosa da Gandarinha” e de linhas inspiradas no antigo convento, o Centro Cultural de Cascais foi inaugurado no ano 2000. Na capela mais recente foi criado um auditório que recebe pequenos concertos de música, performances, conferências, seminários exposições.
Centro Cultural e Congressos Caldas da Rainha
Centro Cultural e Congressos Caldas da Rainha (CCC), é um espaço na cidade de Caldas da Rainha, destinado às atividades culturais e à realização de congressos. A sua construção iniciou-se em 2006 e foi inaugurado a 15 de maio de 2008.
Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo
Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo localiza-se em MadreDeus, no Alto das Covas, na cidade de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, nos Açores. Foi inaugurado em abril de 2003.
Centro Cultural e de Congressos de Aveiro
Centro Cultural e de Congressos de Aveiro é parte de um edifício emblemático da arquitectura industrial aveirense. Desde a sua abertura, em 1995, passaram por este espaço grandes eventos: congressos nacionais e internacionais, reuniões de trabalho e incentivo, debates, exposições, concertos e peças de teatro.
Centro Cultural Penedo da Saudade
O Centro Cultural Penedo da Saudade integra-se no projeto cultural do Instituto Politécnico de Coimbra e pretende ser uma fonte de cultura mais acessível à comunidade interna desta Instituição e reforçar o elo de ligação com a comunidade externa.
Centro Cultural Vila Flor
Instalado no Palácio Vila Flor, edifício do século XVIII, em Guimarães, o Centro Cultural Vila Flor é um espaço de referência no panorama cultural nacional. Um equipamento localizado em pleno coração histórico de uma cidade Património Mundial da Unesco, num verdadeiro sinal da excelência de uma cidade onde a cultura existe e está aberta a todos os públicos. Foi inaugurado em 2005.
Centro de Artes do Espetáculo de Portalegre
Centro de Artes do Espetáculo de Portalegre (CAEP), conta com uma programação cultural diversificada, nas áreas da Dança, Teatro, Música e Multidisciplinar, dirigidos para públicos nacionais e internacionais.
Centro de Congressos do Arade
Centro de Congressos do Arade é um projeto arquitetónico de Miguel Arruda, com uma área total de 9000 m2, dividida em dois blocos e dotado de altas tecnologias essenciais aos grandes espetáculos de dimensão internacional, uma antiga fábrica de conservas de peixe, junto à foz do rio Arade (Lagoa), que renasceu como complexo multifuncional.
Centro de Cultura Musical
Centro de Cultura Musical é um Conservatório Regional de Música que serve toda a região do médio Ave, em particular os concelhos de Santo Tirso e Vila Nova de Famalicão, onde tem instalações. Com uma população escolar que ultrapassa o meio milhar, o CCM tem sede no Colégio das Caldinhas desde a sua fundação em 1979, sendo actualmente o único Conservatório de Música privado no Norte do país que goza de Autonomia Pedagógica para todos os níveis de ensino. Ao longo dos anos tem concretizado projectos de actividades artísticas e musicais, dando um importante contributo para o desenvolvimento do gosto musical e para a formação de músicos, em acção conjunta com a ARTAVE – Escola Profissional Artística do Vale do Ave.
cercadura
cercadura – em azulejaria refere-se a uma moldura simples constituída por uma série de azulejos justapostos sendo o motivo decorativo limitado por dois bordos. [ Arquitetura ]
cerimónias oficiais
As cerimónias oficiais e comemorações autárquicas são um dos contextos de atuação das bandas filarmónicas.
chamarrita
Chamarrita é uma dança tradicional originária do arquipélago dos Açores e da Ilha da Madeira, que foi levada por colonos para o Brasil, na segunda metade do século XVIII.
chanfro
chanfro - ou chanfradura - técnica pela qual se executa corte numa aresta de um corpo sólido, normalmente a 45º caso ambas as peças façam um ângulo de 90º entre si. [ Arquitetura ]
charamba
Charamba é uma dança popular do folclore açoriano e madeirense, ou uma cantiga popular da da Madeira, geralmente improvisada por homens e acompanhada a viola de arame.
charanga
Charanga ou fanfarra é um agrupamento instrumental constituído essencialmente por instrumentos de percussão e alguns de sopro (metais), que executa marchas em festividades religiosas, sobretudo, acompanhando procissões.
charola
Charola designa um presépio no Sotavento algarvio e também um grupo que canta ao Menino, acompanhado de pandeireta, ferrinhos e castanholas entre as janeiras (1 de Janeiro) e os reis (6 de Janeiro).
chicote
Chicote designa musicalmente um instrumento tradicional de percussão, constituído por duas pequenas tábuas de madeira que batem uma contra a outra, lembrando a sua sonoridade o estalar de um chicote.
chim-chim
Chim-chim é um instrumento musical do tipo idiofone constituído por pequenos pratos metálicos em tamanhos variados, utilizados na Beira Baixa e outras regiões de Portugal.
chincalho
O chincalho é um idiofone que se apresenta em formatos bastante variados, constituído basicamente por chapas metálicas que batem entre si quando o executante movimenta o instrumento.
chinoiserie
chinoiserie - técnica decorativa que se vulgarizou em Portugal no século XVII e "consistia em realizar um charão sobre um suporte previamente esmaltado a verde, vermelho ou preto, procurando assemelhar-se ao efeito das lacas orientais, cuja composição permanecia desconhecida. Os motivos dourados, por vezes contornados a negro para criar um efeito de profundidade, com inspiração asiática, dependiam da fantasia do artista, que reproduzia figuras ocidentais em quadros de contexto ocidental, onde dominavam as cenas campestres, com casas, animais e plantas, onde estavam presentes personagens com trajes de época. (José Alberto Rodrigues)
chocalho
O chocalho é campainha colocada pelos pastores ao pescoço das ovelhas, cabras ou vacas, podendo também ser utilizado como instrumento musical.
chocalho de Alcáçovas
O chocalho de Alcáçovas é um instrumento de percussão munido de um só batente interno, com altura que varia entre 2 e 50 cm. Também definido como sino, ou campana, o chocalho é habitualmente suspenso no pescoço do gado, com a ajuda de uma correia em couro cravejada e trabalhada, com o intuito de localizar e dirigir o gado.
chocalhofone
Chocalhofone designa um instrumento percussão de altura definida construído com chocalhos Pardalinho, de Alcáçovas, Viana do Alentejo, a propósito da candidatura a património imaterial da UNESCO. Contou com a supervisão do maestro e compositor Christopher Bochmann que para ele compôs uma obra, estreada em 2015 na Igreja Matriz de Alcáçovas.
chotiça
Chotiça é uma dança popular portuguesa de compasso binário, proveniente da Europa Central (da schotische).
chotice
Chotice, chotiça, xotiça, ou xotice é um género coreográfico que consiste numa adaptação da scottiche, dança originária da Baviera, Alemanha, na primeira metade do século XIX e espalhada por vários países.
chula
Chula é um género coreográfico associado ao Noroeste Português, dança de pares em métrica binária ou quaternária com variantes regionais.
chula rabela
Chula rabela é, segundo César das Neves, uma dança “característica da província do Douro”, cuja coreografia consiste em duas filas de homens, ou até apenas dois homens, que se aproximam e recuam, dando saltos e reviravoltas, acompanhadas com estalinhos dos dedos e de vez em quando põem-se de cócoras. “No tempo das vindimas, a pisa da uva é geralmente feita ao compasso desta chula, que um rabequista contratado e um cantador e às vezes também uma cantadeira para os desafios, desempenham apalancados nos tonéis ou à beira dos lagares. Os instrumentos indispensáveis para uma festa chuleira são: rebeca, viola, ferrinhos e tambor, podendo-se-lhe agregar indistintamente todos os demais de corda ou de sopro”.  
Ciclo de Música "Guitarras"
Iniciado em 2016, ano da inauguração da Casa da Música Francisco Alves Gato, o Ciclo de Música "Guitarras" torna este instrumento, que outras vezes é de acompanhamento, o protagonista de diversos concertos, com sonoridade lusitana.
cimalha
cimalha - parte superior da cornija. [ Arquitetura ]  
Cinco Minutos de Jazz
Cinco Minutos de Jazz é a designação de um programa da autoria de José Duarte que se tornou símbolo da divulgação do Jazz em Portugal.
Cine-Teatro Carlos Manuel
Construído em 1945 sob projeto de Manuel Joaquim Norte Júnior, o então Cine-Teatro Carlos Manuel foi, durante muitos anos, o único cinema de Sintra. Reconhecendo o valor do edifício e a necessidade de uma nova sala para a vila de Sintra que pudesse abrigar, entre outros, eventos do já prestigiado Festival de Sintra, a Câmara adquiriu o imóvel em 1987 e promoveu a sua reconversão.
Cineteatro António Lamoso
Cineteatro António Lamoso, em Santa Maria da Feira, é um agente de criação e produção artística transdisciplinar e um espaço potenciador e difusor da dimensão criativa. Pretende-se que mantenha ação permanente na construção de hábitos de consumo de bens culturais assim como na construção, captação e fidelização de públicos, com particular responsabilidade na formação de valores estéticos às gerações futuras.
Cineteatro Constantino Nery
Cineteatro Constantino Nery - Teatro Municipal representa um instrumento de grande importância na prossecução das políticas de desenvolvimento cultural definidas pela Câmara Municipal constituindo um espaço privilegiado de promoção e difusão de atividades culturais e artísticas.
CIOFF
O CIOFF® (Conselho Internacional de Organizações de Festivais de Folclore e Artes Tradicionais) é Parceiro Oficial da UNESCO, acreditado para o Comité de PCI. Criado em 1970, a missão do CIOFF® é salvaguardar, promover e difundir a cultura tradicional e o folclore.
Círculo de Cultura Musical
Círculo de Cultura Musical é a designação de uma sociedade de concertos fundada por Elisa de Sousa Pedroso em 1934 para proporcionar séries de concertos de música erudita.
Círculo Portuense de Ópera
O Círculo Portuense de Ópera é a designação de uma instituição criada no Porto em 1966 para institucionalizar "uma vida operística profissional no Norte do País, descentralizada a partir do Porto".
cisterciense
cisterciense - da Ordem de Cister, ou Ordem Cisterciense, ordem religiosa monástica católica beneditina reformada. Aos seus membros religiosos de clausura monástica dá-se o nome de monges cistercienses, ou monges brancos, como ficaram conhecidos devido à cor do seu hábito.
Cistermúsica
Cistermúsica - Festival de Música de Alcobaça, um dos mais prestigiados e consolidados festivais do género no país, foi fundado em 1992. Conta com um percurso de mais de 25 anos a marcar o calendário cultural da música clássica e dança. Ao longo dos anos, o festival foi crescendo, tornando-se um relevante evento cultural da região Centro e uma incontestável referência nacional.
classes de alto aperfeiçoamento
Classes de alto aperfeiçoamento, também designadas classes de aperfeiçoamento, classes magistrais (masterclasses em Inglês) são formações práticas na arte da interpretação vocal ou instrumental, outras áreas musicais, como a Composição, com mestres reconhecidos na sua arte.
classes de aperfeiçoamento
Classes de aperfeiçoamento, também designadas classes de alto aperfeiçoamento, classes magistrais (masterclasses em Inglês) são formações práticas na arte da interpretação vocal ou instrumental, ou em outras áreas da música, com mestres reconhecidos na sua arte.
classes de conjunto
As classes de conjunto, vocais ou instrumentais, são uma ferramenta importante para a aprendizagem e performação musical. Proporcionam uma prática profissionalizante e um desenvolvimento da disciplina em grupo. Além disso, são uma das imagens de qualidade da escola, com apresentações anuais em determinadas salas de espetáculo.
classes magistrais
Classes magistrais, também designadas classes de aperfeiçoamento, classes de alto aperfeiçoamento (masterclasses em Inglês) são formações práticas na arte da interpretação vocal ou instrumental, (outras áreas musicais, como a Composição), com mestres reconhecidos na sua arte.
claustro
claustro - parte da arquitetura religiosa de mosteiros, conventos, catedrais e abadias que consiste em quatro corredores a formar um quadrilátero, por norma com um jardim no meio. [ Arquitetura ]
clavas
Também chamadas “pauzinhos”, as clavas são um idiofone de madeira. Existem em Portugal, Brasil e muitos países, com nomes, materiais e timbres diferentes.
Clean Feed
Clean Feed é uma editora portuguesa especializada em Jazz, sediada em Lisboa.
cogulho
cogulho - também chamado colchete ou cogoilo - pequeno elemento decorativo em pedra representando folhas estilizadas, de uso comum na arquitetura gótica. [ Arquitetura ]
Coliseu do Porto
O Coliseu do Porto é uma grande sala de espetáculos do Porto, situada na Rua Passos Manuel, sucedendo ao Salão Jardim Passos Manuel (1908), o primeiro salão polivalente da cidade.
Coliseu dos Recreios
O Coliseu dos Recreios é uma grande sala de espetáculos situada em Lisboa, na Rua das Portas de Santo Antão em Lisboa, projetada por François Goulard, em finais do século XIX.
Coliseu Micaelense
Coliseu Micaelense é uma sala de espetáculos que se localiza na cidade e concelho de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos Açores.
coluna
coluna – suporte de forma normalmente cilíndrica que serve para sustentação. É constituído por três partes: base, fuste e capitel. [ Arquitetura ]
coluna torsa
coluna torsacoluna cujo fuste é torcido em espiral. [ Arquitetura ]
colunas salomónicas
coluna salomónica - coluna torsa - coluna em forma helicoidal característica da arquitetura barroca. [ Arquitetura ]
colunata
colunata – sequência ritmada de colunas que suportam um entablamento ou uma série de arcos. [ arquitetura ]
colunelos
colunelo - ou coluneta - coluna de diâmetro reduzido, delgada, que pode estar adossada a outros elementos, como uma parede, um pilar, jamba de um portal. [ Arquitetura ]
Comissão Diocesana de Liturgia
As comissões diocesanas de Liturgia e música sacra são instituições de apoio à liturgia e música sacra na diocese. Foram criadas na maioria em resposta ao Tra le Sollecitudini, de Pio X, código jurídico de música sacra datado em 1903.
Companhia Portuguesa de Ópera
Sediada no Teatro da Trindade, em Lisboa, a Companhia Portuguesa de Ópera foi um centro de formação e produção de ópera criado em 1963 e extinto em 1975.
compositores
Houve e há numerosos compositores com obras para banda filarmónica, conhecidos  apenas no universo filarmónico. Dos compositores do âmbito mais erudito, "destacaram-se Sousa Morais, Sílvio Pleno, Duarte Pestana, Miguel de Oliveira, Santos Leite, Ilídio Costa e Amílcar Morais". (Paulo Lameiro, EMPXX)
concertina
A concertina é aerofone dotado de fole e palheta livre muito popular em Portugal. Instrumento da família do acordeão, nasceu no século XX.
Concertos Antena 2
Concertos Antena 2 são concertos de música clássica, produzidos e transmitidos pela Antena 2, canal de cultura/música clássica, da rádio pública portuguesa.
conchas
Conchas são formas em pares que envolvem bivalves e são utilizadas como idiofones de fricção em algumas regiões, em especial no Litoral Norte, designadamente em rusgas. Tocam-se raspando uma na outra.
Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa
O Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa é um concurso nacional de jovens cantores líricos portugueses que teve em 2020 a 11ª edição, tendo a primeira ocorrido em 2007.
Concurso de Composição do Sond'Ar-te Electric Ensemble
O Concurso de Composição do Sond'Ar-te Electric Ensemble – nova música de câmara com electrónica, 9ª edição em 2019, pretende incentivar a disseminação de novas obras musicais.
Concurso de Composição para Orquestra de Sopros
O Concurso de Composição para Orquestra de Sopros, 8ª edição em 2020, é um concurso promovido pela Fundação INATEL em parceria com a Banda do Exército.
Concurso de Flauta de Bisel Município de Redondo
O Concurso de Flauta de Bisel Município de Redondo é um concurso em já participaram nas seis primeiras edições cerca de 700 alunos de 25 agrupamentos de escolas de todo o Alentejo, promovido pelo Município, com 7ª edição em 2021.
Concurso de Interpretação do Estoril
Concurso de Interpretação do Estoril / Prémio El Corte Inglés, é com o Festival de Música do Estoril e os Cursos Internacionais de Música do Estoril, uma das componentes das Semanas de Música do Estoril.
Concurso de Piano da Póvoa de Varzim
Concurso de Piano da Póvoa de Varzim (edição XIV em 2019) é uma competição realizada na Póvoa de Varzim e promovida pela Associação Pro-Música e a Escola de Música da Póvoa de Varzim. Destina-se a todos os estudantes de piano residentes em Portugal ou no estrangeiro que preencham os requisitos de idade, programa e/ou habilitações de acordo com o regulamentado.
Concurso de Piano de Oeiras
Concurso de Piano de Oeiras (CPO) é uma iniciativa da Associação CulturXis organizada em parceria com a Câmara de Oeiras. Dedicado aos jovens pianistas de nacionalidade portuguesa ou residentes em Portugal, o CPO assume-se como o palco do trabalho desenvolvido por estes, numa oportunidade de se apresentarem perante um Júri diversificado.
Concurso de Piano Florinda Santos
Concurso de Piano Florinda Santos é uma competição promovida desde 1994 pela Academia de Música de São João da Madeira em honra da pianista e pedagoga Florinda Santos (1907-2015), que fez os estudos musicais no Conservatório Nacional de Lisboa, sob a orientação de Marcos Garin (Piano), Tomás Borba (Composição) e Luís de Freitas Branco (Estética Musical).
Concurso de Trompete da Póvoa de Varzim
O Concurso de Trompete da Póvoa de Varzim é uma competição anual organizada pela Escola de Música da Póvoa de Varzim, destinando-se aos estudantes de trompete, residentes em Portugal ou no Estrangeiro. Pretende proporcionar novas oportunidades; dinamizar a atividade cultural e musical; promover o mérito artístico; cooperar na divulgação dos compositores portugueses; projetar a escola e o concelho.
Concurso Ibérico Adelina Caravana
Concurso Ibérico Adelina Caravana destina-se a estudantes de piano da Península Ibérica com idades entre os 6 e os 23 anos, e decorre no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, homenageando a pedagoga e fundadora do Conservatório. A II edição ocorreu em 2019.
Concurso Internacional Cidade do Fundão
O Concurso Internacional Cidade do Fundão é uma competição promovida pela Academia de Música e Dança do Fundão, com as variantes de Piano, Violino, Violoncelo, Guitarra e, novidade na 19ª edição, em 2018, Música de Câmara na Guitarra. Em 2020, a edição do Concurso foi cancelada por motivos de pandemia.
Concurso Internacional de Composição Electroacústica
O Concurso Internacional de Composição Electroacústica MÚSICA VIVA, promovido pela Miso Music Portugal, 22ª edição em 2021,  visa incentivar a criação e a difusão de novas obras electroacústicas.
Concurso Internacional de Composição GMCL/Jorge Peixinho
O Concurso Internacional de Composição GMCL/Jorge Peixinho é organizado pelo Grupo Música Contemporânea Lisboa e tem como objetivos centrais o incentivo à criação musical e sua divulgação, contribuindo para o incremento do repertório contemporâneo de música de câmara.
Concurso Internacional de Composição para Guitarra
Concurso Internacional de Composição para Guitarra de Portugal foi um evento apresentado como inédito, a nível mundial, realizado no Seixal em janeiro de 2020. Neste festival, guitarristas oriundos de 28 países tiveram a oportunidade de mostrar as suas composições para guitarra solo de 6 cordas, em estilo musical livre.
Concurso Internacional de Guitarra Cidade de Guimarães
Concurso Internacional de Guitarra Cidade de Guimarães é uma das componentes do Festival Internacional de Guitarra de Guimarães que teve em 2019 a sua sexta edição, com concertos de guitarra clássica no Centro Cultural Vila Flor (CCVF), Conservatório de Guimarães e do Paço dos Duques de Bragança. O FIGG é também sinónimo de classes de aperfeiçoamento – aulas para alunos do ensino artístico especializado que podem ser assistidas pelo público. Entre os “professores”, refiram-se Aniello Desiderio e Dejan Ivanovich. O Concurso Internacional de Guitarra Cidade de Guimarães nasceu com o festival, em 2014, com as categorias júnior e seniores. O FIGG é organizado pela Sociedade Musical de Guimarães - Conservatório de Guimarães, com coprodução  "A Oficina" e direção artística de Nuno Cachada. Conta com o apoio do Município de Guimarães, Programa Mostra de Espanha 2019 e Programa Europa Criativada União Europeia.
Concurso Internacional de Guitarra de Viseu
O Concurso Internacional de Guitarra de Viseu, 3ª edição em 2018, é uma competição musical que se realiza de forma bienal, intercalada com Piano.  
Concurso Internacional de Instrumentos de Sopro Terras de La Salette
Concurso Internacional de Instrumentos de Sopro de Terras de La Salette (XIII edição em 2020) realiza-se na cidade de Oliveira de Azeméis. A forte adesão que registou logo na primeira edição, de carácter local e regional, resultou no alargamento do concurso a nível nacional em 2008 e, em 2012, na sua internacionalização. O concurso integra as secções infantil, juvenil, júnior e sénior nos instrumentos de madeiras (flauta transversal, oboé, clarinete, fagote e saxofone) e metais (trompete, trompa, trombone tenor, trombone baixo, tuba e bombardino).
Concurso Internacional de Música Paços' Premium
Concurso Internacional de Música Paços' Premium ocorre anualmente no Auditório da Academia de Música de Paços de Brandão e destina-se aos alunos do ensino artístico especializado da música ao nível da iniciação, básico, secundário e superior. O concurso é organizado pelos departamentos de Cordas, Sopros e Teclas da AMPB.
Concurso Internacional de Música Vianna da Motta
O Concurso Internacional de Música Vianna da Motta foi um concurso concebido pelo pianista Sequeira Costa para homenagear o seu mestre. Teve a primeira edição em 1957.
Concurso Internacional de Percussão - Gondomar
O Concurso Internacional de Percussão - Gondomar, 1ª edição em 2018, destina-se a percussionistas, de qualquer nacionalidade, organizado em quatro categorias divididas em diferentes faixas etárias.
Concurso Internacional de Piano de Viseu
Concurso Internacional de Piano de Viseu é organizado pelo Conservatório Regional de Música de Viseu Dr. José de Azeredo Perdigão – Solar de Prime, Rua dos Andrades 3500-168 Viseu.
Concurso Internacional de Santa Cecília
Concurso Internacional de Santa Cecília é um concurso que se realiza anualmente na cidade do Porto, organizado pelo Curso de Música Silva Monteiro. Reúne, anualmente, perto de 100 músicos entre os 5 e os 32 anos, vindos de todo o mundo.  Os jovens participantes são organizados em duas categorias:  - SCIC Juniores, com pianistas até aos 18 anos - SCIC Principal, até aos 32 anos. Depois de uma semana de eliminatórias, é selecionado o melhor jovem pianista do mundo. A competição oferece em prémios monetários e um conjunto de oportunidades de promoção da carreira dos jovens pianistas, a nível nacional e internacional. O objetivo é precisamente proporcionar uma “rampa” de lançamento de jovens talento além-fronteiras.
Concurso Luso-Espanhol de Fafe
Concurso Luso-Espanhol de Fafe é organizado pela Academia de Música José Atalaya e destina-se a instrumentistas nascidos ou residentes em Portugal e Espanha, com idades até aos 20 anos, desde que não frequentem o Ensino Superior. A XIII edição ocorreu em 2019.
Concurso Margarida Magalhães de Sousa
Concurso de piano solo e música de câmara com piano organizado pelo Conservatório Regional de Ponta Delgada, 1ª edição em 2021, no centenário do nascimento de Margarida Magalhães de Sousa (1921-1993).
Concurso Nacional Cidade de Montijo
O Concurso Nacional Cidade de Montijo, 5ª edição em 2021, é um concurso que inclui Violino, Viola d'Arco e Guitarra Clássica, promovido pelo CRAM - Conservatório Regional Artes do Montijo.
Concurso Nacional de Canto Luísa Todi
Concurso Nacional de Canto Luísa Todi é uma competição de canto lírico idealizada e fundada pelo cantor e professor de canto do Conservatório Nacional, José Carlos Xavier, estando registada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial com o número Nº 451225.
Concurso Nacional de Composição BSP
O Concurso Nacional de Composição Banda Sinfónica Portuguesa, 7ª edição em 2019, tem por objetivo estimular a criação portuguesa de repertório original para banda, sendo exclusivamente destinado a compositores portugueses, sem restrição quanto à idade.
Concurso Nacional de Composição Coral Manuel Emílio Porto
O Concurso Nacional de Composição Coral Manuel Emílio Porto, 2ª edição em 2019, é organizado pelo Município das Lajes do Pico e o Grupo Coral das Lajes do Pico, em parceria com o Centro de Investigação & Informação da Música Portuguesa (MIC.PT) e a Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM), com o objetivo de promover a criação musical de obras para coro, valorizando a literatura portuguesa.
Concurso Nacional de Cordas Vasco Barbosa
O Concurso Nacional de Cordas Vasco Barbosa, criado e apresentado pela Camerata Atlântica e a sua diretora, Ana Beatriz Manzanilla, tem por objetivo fundamental proporcionar aos jovens músicos de cordas do País a oportunidade de prestarem provas de alto nível, tendo como recompensa final, entre outras, a apresentação a solo com uma orquestra.
Concurso Nacional de Interpretação Contemporânea
O Concurso Nacional de Interpretação Contemporânea (CNIC), 4ª edição em 2020, é uma organização do Síntese – Grupo de Música Contemporânea, para promover o recurso ao repertório contemporâneo nos currículos e nas práticas das escolas de ensino especializado e de ensino profissional de música, bem como no ensino superior de música.
Concurso Nacional Paços' Premium
A 1ª edição do Concurso Nacional Paços' Premium, organizado pela Academia de Música de Paços de Brandão, decorreu em 2007, em Paços de Brandão, Portugal, com as categorias de Piano, Violoncelo e Violino.
Confederação Musical Portuguesa
A Confederação Musical Portuguesa (CMP) foi constituída em 6 de Junho de 2001. É uma entidade sem fins lucrativos que tem por objetivo integrar e coordenar todo o movimento filarmónico representado pelas bandas filarmónicas, orquestras ligeiras e suas escolas de música, através das federações distritais a si associadas.  
Confederação Portuguesa das Coletividades
Entidade Pública desde 1978, a Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto (CPCCRD) representa o Movimento Associativo Popular. Com cerca de 38 estruturas descentralizadas por todo o país (Federações Distritais e Concelhias e Coletividades ELO) e mais 4.300 filiadas, a Confederação das Coletividades tem como missão o reconhecimento e a valorização do Movimento Associativo Popular, nomeadamente através da apresentação e discussão de diplomas legais adequados e justos para as coletividades de cultura, recreio e desporto.
Congresso do Bombo
O Congresso do Bombo é um evento organizado anualmente pela Associação dos Amigos do Tocá Rufar com o objetivo de colocar a cultura tradicional portuguesa em posição de destaque e de permanente valorização. Tendo sua primeira edição em 2015, o Congresso do Bombo foi concebido como um lugar de encontro entre diferentes tocadores, projetos e organizações com intervenção no âmbito da percussão tradicional portuguesa.
conjunto
Conjunto é em música um pequeno agrupamento instrumental ou misto.
conocopial
conocopial - arco em forma de ponta, com vértice para cima, com formato semelhante a chave mecanográfica ( { ). Embora de aparência muçulmana, foi um arco muito utilizado na arquitetura dos séculos XIV e XV, no gótico flamejante. [ Arquitetura ]  
Conselho Municipal de Cultura de Coimbra
O Conselho Municipal de Cultura de Coimbra (CMCC) é um órgão consultivo criado em 2020 que reúne representantes de entidades culturais e personalidades de destaque nesta área. A criação deste conselho é um dos objetivos delineados para a candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura 2027.
Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira
Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira Eng.º Luiz Peter Clode é uma escola de artes performativas no Funchal, com onze núcleos espalhados pelo arquipélago da Madeira, dez na ilha da Madeira e um no Porto Santo.
Conservatório de Artes Canto Firme
Conservatório de Artes Canto Firme é uma escola de ensino especializado de música com sede em Tomar que teve a sua oficialização em 1996. Desde essa data os seus projetos educativos visam não só a formação de músicos, como a sensibilização para a música de toda a comunidade tomarense, dando a continuidade a tradição musical existente em Tomar.
Conservatório de Guimarães
Criado pela Sociedade Musical Guimarães no ano letivo de 1992/1993, o Conservatório de Guimarães possui autonomia pedagógica e tem celebrado um contrato de Patrocínio com o Ministério da Educação. É frequentado atualmente por cerca de meio milhar de alunos e meia centena de professores em Guimarães e no Polo de Vieira do Minho.
Conservatório de Música D. Dinis
Em 1991/92, dada a ausência duma escola de música de carácter oficializado, celebrou-se um contrato de comodato com a Câmara Municipal de Loures. Deste modo ficam garantidas as instalações e formalizam-se as diligências necessárias para junto do Ministério da Educação se constituir o Conservatório Regional de Loures. Em 2000, com a criação do Município de Odivelas, a designação inicial foi mudada para Conservatório de Música D. Dinis. Ao tomarmos D. Dinis como patrono, a ideia subjacente foi homenagear esse rei do séc. XIII/XIV que se encontra sepultado no concelho e que ficou conhecido pelo desenvolvimento que proporcionou a Portugal, inclusivamente no incentivo que deu à arte e concretamente à poesia trovadoresca, sendo ele próprio autor de várias obras.
Conservatório de Música da Horta
Criado em 22 de Novembro de 1990 pelo Decreto Regulamentar Regional nº 22/89/A, e integrado na EBI da Horta em 2011, o Conservatório de Música da Horta é uma escola básica e secundária pública especializada no ensino da música, cabendo-lhe proporcionar formação especializada de elevado nível técnico e artístico nessa área.
Conservatório de Música da Jobra
Conservatório de Música da Jobra é uma escola de Ensino Artístico Especializado com Autonomia Pedagógica. Foi fundado a 3 de outubro de 1986 por Filipe Marques, atual Presidente da Direção da Jobra. Nasceu como Escola Particular de Ensino Livre, tendo como missão a sensibilização para a música através da prática de um instrumento, assim como a divulgação e o desenvolvimento do ensino artístico, da cultura e recreio de toda a população, em especial dos jovens.
Conservatório de Música da Metropolitana
O ensino altamente especializado do Conservatório de Música da Metropolitana é reconhecido pela excelência dos alunos, tanto no trabalho individual como nas orquestras de jovens que são uma marca única desta escola. O programa curricular dá respostas aos desafios que se colocam atualmente no ensino artístico, com planos de estudo próprios, adaptados aos diferentes grupos etários: crianças, jovens e adultos. O ensino é eminentemente prático e realizado ao abrigo da modalidade extra-escolar.
Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian
Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian nasceu a 8 de outubro de 1960 por iniciativa de um grupo de aveirenses,  sendo designado então Conservatório Regional de Aveiro. Era uma associação cultural e destinava-se ao ensino da música, dança e artes plásticas. Funcionou, inicialmente, no então Liceu Nacional (atual Escola Secundária José Estêvão) onde permaneceu durante dois anos. Ocupou, posteriormente, o edifício anexo à Igreja da Misericórdia. Em março de 1971, após a conclusão do edifício construído de raiz para o ensino das artes plásticas, da dança e da música e, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, o Conservatório passou a ocupar as atuais instalações.
Conservatório de Música de Cascais
Conservatório de Música de Cascais é uma escola de Ensino Artístico Especializado da Música com financiamento do Ministério da Educação para leccionar Cursos Oficiais de Música (Básico e Secundário) oficialmente reconhecida em Julho de 2008 com a autorização definitiva em 2016. O Conservatório faz parte da Associação Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras e é o sucessor direto da Escola de Música Concertino que funcionava desde 2002, fundada também pela mesma Associação.
Conservatório de Música de Coimbra
Conservatório de Música de Coimbra (CMC) foi criado em 1985. Iniciou a atividade letiva em 1986, no edifício da Cerca de S. Bernardo. A partir de 1987, ocupou o edifício da antiga Maternidade. De 2003 a 2010, instalou-se provisoriamente na Escola Secundária Dom Dinis. Em 2007, passou a designar-se Escola Artística do Conservatório de Música de Coimbra. Em 2010, instalou-se no espaço até então unicamente ocupado pela EBSQF, na Rua Pedro Nunes, em instalações construídas de raiz.
Conservatório de Música de Loulé
O Conservatório recebeu em 2018 a denominação de Conservatório de Música de Loulé Francisco Rosado. Francisco Rosado foi pedagogo e grande impulsionador do Encontro de Música Antiga de Loulé, evento que conta com cerca de duas décadas de existência. Em 2018, foi inaugurado o novo edifício do Conservatório, no Solar da Música Nova renovado.
Conservatório de Música de Paredes
Originalmente com o nome de Academia de Música, o Conservatório de Música de Paredes é uma escola de ensino particular e cooperativo de música pertencente à Associação Cultural José Guilherme Pacheco. Abriu as portas ao público em ano letivo de 1992/1993 com a autorização definitiva de lecionação (Alvará nº/DREN/nº 2014).
Conservatório de Música de Sintra
Conservatório de Música de Sintra é uma associação sem fins lucrativos e de utilidade pública. É uma escola de ensino artístico especializado da Música  e conta com quatro décadas de sucesso na área da educação e cultura. A estrutura pedagógica e organizacional centrada no desenvolvimento e valorização dos alunos constituem a sua (ou a nossa) base de actuação.
Conservatório de Música do Porto
Conservatório de Música do Porto (CMP) é uma escola pública do Ensino Artístico Especializado da Música (EAEM), constituindo um setor específico do nosso sistema educativo. O CMP tem cerca de 1100 alunos, matriculados desde o 1º ano do 1º ciclo, até ao 12º ano, provenientes de uma alargada zona geográfica que inclui mais de 40 municípios
Conservatório de Música Terras de Santa Maria
Conservatório de Música Terras de Santa Maria nasceu em abril de 1973 com a finalidade de promover actividades culturais e recreativas aos seus associados. O CMTSM é uma valência do Centro Cultural e Recreativo de Fornos (CCRF), associação sem fins lucrativos cuja finalidade é promover actividades culturais e recreativas para os seus associados.
Conservatório do Porto
O Conservatório do Porto, nome abreviado de Conservatório de Música do Porto, atualmente na Praça Pedro Nunes, é um estabelecimento de ensino especializado da música onde iniciaram os estudos e lecionaram grandes nomes da música em Portugal.
Conservatório do Vale do Sousa
O Conservatório do Vale do Sousa é uma escola do ensino especializado de música que começou por ter a designação de Academia de Música da Associação de Cultura Musical de Lousada.
Conservatório Municipal de Música e Dança de Bragança
Conservatório Municipal de Música e Dança de Bragança, que leciona desde 2004, permitiu aos alunos da Cidade frequentar o ensino oficial de música através do regime supletivo e articulado com uma escola de ensino regular. Em 2012 ampliou a sua oferta com a valência de dança num edifício novo.
Conservatório Regional de Castelo Branco
Conservatório Regional de Castelo Branco é uma escola do ensino especializado da música que ministra cursos de instrumento em diversos regimes de frequência, dos quais, os que integram mais alunos são os regimes articulado e supletivo, do segundo ciclo ao ensino secundário.
Conservatório Regional de Évora
A autorização de funcionamento do Conservatório Regional de Évora – Eboræ Mvsica foi concedida pelo Ministério da Educação em 2003/2004. A Associação Musical de Évora “Eboræ Mvsica” tem por objetivos a interpretação e divulgação da Música, em especial dos grandes compositores da Escola de Música da de Évora, fomentar a aprendizagem do Canto, a Formação Musical e a formação em vários instrumentos.
Conservatório Regional de Gaia
A missão da Fundação Conservatório Regional de Gaia consiste no ensino específico da Música, da Iniciação Musical aos estudos musicais de nível superior.
Conservatório Regional de Música da Covilhã
O Orfeão da Covilhã, criado em 16 de novembro de 1926, é o promotor do Conservatório Regional de Música da Covilhã. Em 21 de novembro de 1961, na sede do Orfeão da Covilhã, então instalado no nº 111 da Rua Direita / Rua Comendador Campos Melo, nasceu o CRMC, com uma frequência inicial de 86 alunos, sendo o seu primeiro diretor pedagógico, o professor Vírgílio Pereira, que na altura exercia funções de director artístico do Orfeão da Covilhã.
Conservatório Regional de Música de Vila Real
Conservatório Regional de Música de Vila Real é uma escola de ensino vocacional da música com autorização definitiva de funcionamento nº 138, concedida pelo Ministério da Educação. O CRMVR está situado em pleno coração da cidade de Vila Real.
Conservatório Regional de Música de Viseu
Conservatório Regional de Música de Viseu Dr. José de Azeredo Perdigão abriu as suas portas na cidade de Viseu em 1985, na Casa do Miradouro. Em 1992 mudou-se para as suas actuais instalações no Solar  dos Condes de Prime. O Conservatório conta com mais de 500 alunos.
Conservatório Regional de Palmela
Conservatório Regional de Palmela foi inaugurado em 23 de março de 2002 e proporciona o ensino da música e atividades de música e de dança.
Conservatório Regional de Ponta Delgada
Conservatório Regional de Ponta Delgada é a maior escola de música dos Açores, tendo sido fundada a 15 de outubro de 1964. Está sediado num imóvel datado da segunda metade do século XIX, onde durante muitos anos funcionou a Biblioteca Pública e Arquivo de Ponta Delgada, tendo esta saído para o antigo Colégio dos Jesuítas.
Conservatório Regional de Portalegre
Conservatório Regional de Portalegre é a anterior designação da Escola de Artes do Norte Alentejano (EANA), Escola Particular e Cooperativa de Ensino Artístico Especializado da Música, com atividades que se estendem ao ensino do bailado e a outras artes.
Conservatório Regional do Algarve Maria Campina
Conservatório Regional do Algarve Maria Campina é uma escola de música localizada em Faro. Foi fundada pela pianista Maria Campina e seu marido Pedro Ruivo em 1973.
Conservatório Superior de Música de Gaia
Conservatório Superior de Música de Gaia é uma iniciativa da Fundação Conservatório Regional de Gaia inscrita no âmbito dos seus estatutos e pertencente ao plano de atividades com os objetivos de: dar continuidade a nova dimensão e estatuto à formação de nível superior no quadro do modelo consagrado no D.L 18881/30.
conservatórios
Conservatórios, ou conservatórios de música, são hoje estabelecimentos de ensino não superior, público e privado, de frequência não obrigatória, de alcance nacional ou inter-regional, em que se ministra formação musical especializada.
Consistório
consistório - além da reunião de cardeais para dar assistência ao Papa nas suas decisões, designa, em arquitetura religiosa, compartimento ou espaço de reunião e assembleia.  
consola
consola - "área em que surgem os teclados que recebem o nome de “manuais” quando são para tocar com as mãos e “pedaleira” ou “pedal” quando se destinam aos pés. Muitas vezes a mecânica destes teclados pode ser acoplada e assim fazer tocar num só teclado, normalmente do “Grande Órgão” ou “Órgão Maior”, os registos de outros teclados.  A consola pode ser em janela ou independente, podendo depois ser móvel ou fixa, invertida ou acoplada ao móvel do órgão. (José Alberto Rodrigues)
contraforte
contraforte – elemento construtivo adossado a um muro, na sua face exterior, que se destina a reforçar a superfície murária e/ou a suportar o peso de arcos e abóbadas. [ arquitetura ]
cornija
cornija - faixa horizontal que se destaca na parede, com finalidade de acentuar as nervuras nela empregadas, assim como o conjunto de molduras salientes que servem de arremate superior às obras de arquitetura. Serve para proteção contra as águas pluviais. [ Arquitetura ]
coro alto
coro alto - tribuna elevada com visão direta para o altar-mor, localizada geralmente por cima da porta principal da igreja. No coro alto se encontram muitos dos órgãos de tubos existentes em Portugal, históricos ou modernos, muitos deles de armário. [ Arquitetura ]
coroamento
coroamento – elemento que termina ou remata uma estrutura arquitetónica, um retábulo, uma peça de mobiliário. [ Arquitetura ]
Coros Portugal - Associação Portuguesa de Música Coral
A Coros Portugal - Associação Portuguesa de Música Coral nasceu da necessidade de criação de um organismo dedicado em exclusivo à comunidade coral portuguesa. No dia 4 de novembro de 2017, em Lisboa, realizou-se a primeira Assembleia Geral e foram eleitos os corpos gerentes para o primeiro quadriénio (2017/2021).
corpo
corpo – espaço médio de uma estrutura retabular; da igreja – espaço situado entre a zona da cabeceira e a entrada principal. [ Arquitetura ]
corridinho
O corridinho é uma das danças de maior expressão no Algarve (também existente na Estremadura), dançada aos pares.
coruchéu
coruchéu - remate piramidal de torre ou campanário. [ Arquitetura ]
CRAM - Conservatório Regional Artes do Montijo
CRAM - Conservatório Regional Artes do Montijo é uma Escola de ensino especializado de Música e Ballet/Dança localizado na Rua Cidade de Évora nº 48 2870-137 Montijo.
CRIASONS
CRIASONS é um festival dedicado às tendências da música de câmara portuguesa contemporânea, com terceira edição em 2021. Pretende resgatar a música contemporânea portuguesa, trazendo-lhe a fluência discursiva e visibilidade mediática.
cruz grega
cruz grega - cruz com os quatro braços do mesmo tamanho, representando o equilíbrio entre o divino e o terreno, entre a matéria e o espírito. [ Arquitetura ]
cruzaria de ogivas
cruzaria de ogivas – elemento fundamental da abóbada gótica, formado pelo cruzamento em diagonal de dois arcos ou nervuras, que constituem o tramo, sobre a qual assentam as aduelas dos vários panos da abóbada. [ Arquitetura ]
cruzeiro
cruzeiro - espaço situado na interseção da nave central com o transepto nas igrejas ou catedrais cristãs que apresentam uma planta em forma de cruz romana. Segundo a orientação típica da catedral (especialmente de estilo gótico), o cruzeiro dá acesso a Oeste à nave, a Norte ao braço norte do transepto, a Sul ao braço sul do transepto e a Este ao coro. No exterior do edifício esta área é normalmente assinalada por uma torre-lanterna ou uma cúpula. Nas igrejas sem transepto, cruzeiro denomina o espaço situado entre o altar-mor e a nave. [ Arquitetura ]
Culturgest
Culturgest – Fundação Caixa Geral de Depósitos dedica-se à criação contemporânea, apresentando uma programação regular nas áreas das artes performativas, da música, das artes visuais, do cinema e do pensamento contemporâneo. Dirige-se a um público alargado, incluindo o público escolar, as crianças e os jovens.
CulturUbi
O CulturUbi - Núcleo de Ciências e Estudos de Cultura da UBI é um núcleo dos cursos de Ciências da Cultura e Estudos de Cultura da Universidade da Beira Interior
cunhais
cunhal - esquina, ângulo formado por duas paredes de um edifício. [ Arquitetura ]
cúpula
cúpula - abóbada hemisférica ou esferoide. Se a base é obtida paralelamente ao menor diâmetro da elipse, resulta-se em cúpula alta, dando a sensação de um alcance maior da estrutura. Se a secção é feita pelo maior diâmetro o resultado é uma cúpula baixa. [ Arquitetura ]
Cursos Internacionais de Música do Estoril 
Os Cursos Internacionais de Música do Estoril são, com o Concurso de Interpretação do Estoril / Prémio El Corte Inglés e com o Festival de Música do Estoril, uma das componentes das Semanas de Música do Estoril.
dançadores
Dançadores são os indivíduos que dançam em contexto não profissional, designadamente em grupos etnográficos.
De repente canta a gente
De repente canta a gente é um projeto de canto repentista promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho).
desgarrada
A desgarrada, ou canto ao desafio, do Alto Minho é um dos ícones do património cultural imaterial do Alto Minho. A CIM Alto Minho pretende preservá-lo e exibi-lo como ícone diferenciador e identitário do Alto Minho.
Dia Europeu da Criatividade Artística
No dia 21 de março celebra-se o Dia Europeu da Criatividade Artística, iniciativa que surgiu no quadro do projeto CreArt | Rede de Cidades para a Criação Artística [programa Europa Criativa] e que, rapidamente, se vinculou como a celebração da criatividade em vertentes que vão além das artes visuais que presidiram ao conceito original. A confluência da data com a da chegada da primavera, o Dia Mundial da Poesia e o Dia da Floresta e da Árvore orientam-nos sempre num sentido renovação e do surgimento de algo novo e acentua o princípio de ato criativo que está intrínseco à criação, à arte e ao ser artista. 21 de março é também o Dia da Música Antiga.
Dia Mundial do Piano
O Dia Mundial do Piano celebrou-se pela primeira vez em 29 de março de 2015. A ideia partiu do músico alemão Nils Frahm. A escolha do dia, o octogésimo oitavo do ano, inspirou-se no número de teclas do piano.
Dia Nacional das Bandas Filarmónicas
O Dia Nacional das Bandas Filarmónicas celebrou-se pela primeira vez a 01 de setembro de 2013, iniciativa do secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier. Segundo o próprio, "embora simbólica" pretendeu ser uma forma de "reconhecimento" e "validação" do trabalho desenvolvido por bandas filarmónicas de todo o País ao longo de décadas.
Dia Nacional do Folclore
O Dia Nacional do Folclore Português é o último domingo de maio. A data de 29 de maio de 2016 ficou para a história como a primeira comemoração oficial do Dia Nacional do Folclore Português, na sequência da deliberação da Assembleia da República de 22 de julho de 2015, conforme iniciativa dos Grupos Parlamentares do PSD e do CDS, a pedido da Federação do Folclore Português(FFP).
Dias da Música em Belém
Dias da Música em Belém é um festival anual de música erudita realizado e organizado pelo Centro Cultural de Belém, Lisboa, inspirada na Festa da Música tendo cada edição um tema.
Dinarte Machado
Dinarte Machado - organeiro português responsável pelo restauro de mais de sessenta restauros em Portugal (Madeira, Açores e Continente) e em Espanha. No campo da construção tem feito alguns órgãos de pequena dimensão para estudo e construiu nove instrumentos de maior envergadura para escolas de música e igrejas portuguesas. Tem-se dedicado também a inventariar o património organístico português. É o responsável pelo restauro dos seis órgãos da Basílica de Mafra.
Direção de Serviços de Educação Artística
Criada em 2019, a Direção de Serviços de Educação Artística (DSEA) decorre da extinta DSEAM, projeto artístico que nasceu na década de oitenta. Conta com uma larga experiência no processo de implementação das artes no ensino genérico, em regime curricular (expressões musical dramática e a dança), de enriquecimento curricular (com as Modalidades Artísticas de Dança, Canto Coral, Cordofones Tradicionais Madeirenses, Instrumental e Expressão Dramática/Teatro).
Direção Regional da Cultura
A Direção Regional da Cultura (DRC) da Madeira tem por missão dinamizar e coordenar os diferentes projetos que realizam as políticas definidas para a área da cultura, mantendo o diálogo com os criadores no sentido de salvaguardar a identidade cultural da Região Autónoma da Madeira.
Direção Regional da Cultura do Alentejo
A Direção Regional da Cultura do Alentejo (DRCAlentejo), com sede em Évora, é um serviço periférico da administração direta do Estado, dotado de autonomia administrativa. A sua área de atuação circunscreve-se ao Alentejo, ou seja, às NUT III Alto Alentejo, Alentejo Central, Baixo Alentejo e Alentejo Litoral.
Direção Regional de Cultura do Algarve
A Direção Regional de Cultura do Algarve é um serviço periférico da Presidência do Conselho de Ministros na área da cultura, cujo âmbito geográfico de atuação está circunscrito à região do Algarve. O Algarve tem hoje equipamentos culturais de referência - teatros, museus, bibliotecas - e um tecido cultural cada vez mais qualificado e dinâmico, tendo para isso contribuído as autarquias no seu apoio à ação cultural, bem como a criação dos cursos de Artes da Universidade do Algarve.
Direção Regional de Cultura do Centro
A Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC) é um serviço periférico da administração direta do Estado dotado de autonomia administrativa. O seu território de atuação circunscreve-se à área da NUT II Centro, abrangendo 77 municípios dos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Santarém e Viseu.
Direção Regional de Cultura do Norte
A Direção Regional de Cultura do Norte é um organismo desconcentrado do Ministério da Cultura.
Direção-Geral das Artes
A Direção-Geral das Artes é um organismo do Ministério da Cultura da República Portuguesa que tem por missão a coordenação e execução das políticas de apoio às artes em Portugal, com a prioridade de promover e qualificar a criação artística, bem como garantir a universalidade da sua fruição.
disciplinas de conjunto
As disciplinas de conjunto, ou classes de conjunto, vocais ou instrumentais, são uma ferramenta importante para a aprendizagem e performação musical. Proporcionam uma prática profissionalizante e um desenvolvimento da disciplina em grupo. Além disso, são uma das imagens de qualidade da escola, com apresentações anuais em determinadas salas de espetáculo.
dossel
dossel - cobertura ornamental usado em altares e em móveis.
douramento
douramento – na obra da talha consiste na aplicação de folhas de ouro sobre a superfície esculpida e devidamente preparada. [ Arquitetura ]
drapeados
drapeados - decorados com dobras ou ondulações. [ Arquitetura ]
DSCH - Associação Musical
DSCH - Associação Musical é uma coletividade focada na produção e apresentação de concertos de música clássica com piano na qual se integra DSCH - Schostakovich Ensemble, dirigido por Filipe Pinto-Ribeiro.
DSCH - Schostakovich Ensemble
O DSCH - Schostakovich Ensemble é um projeto português de âmbito internacional, sediado em Lisboa desde a fundação em 2006, sob a direção artística do pianista Filipe Pinto-Ribeiro. Agrupamento musical de geometria variável, constitui uma plataforma de encontro e interação de músicos de excelência no panorama internacional.
EIMAD
EIMAD – Encontro de Investigação em Música, Artes e Design é organizado pela ESART, Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco, Portugal. EIMAD pretende ser um espaço para a discussão científica nas áreas do Design e da Música.
Eixo do Jazz
O Eixo do Jazz é uma associação inter-regional abrangendo Portugal (Continental e Ilhas) e a Galiza, sediada em Vila Nova de Famalicão, para a promoção do jazz enquanto estilo musical mas principalmente os seus músicos e das entidades profissionais.
embasamento
embasamento – base que sustenta um edifício, um elemento arquitetónico, um retábulo, uma peça de mobiliário. [ Arquitetura ]
emblema
emblema – imagem composta, por vezes, por vários elementos com um significado simbólico concreto; pode, ou não, ser acompanhado de legenda. [ Arquitetura ]
empena
empena – zona superior ou de topo de uma fachada, onde assenta a estrutura de vigamento do telhado. [ Arquitetura ]
encomendação das almas
A encomendação das almas (cantar às almas, canto das almas ou botar às almas) "é uma tradição popular católica secular, frequente em Portugal e Espanha desde, pelo menos, o século XVII, de onde se propagou ao Brasil. É característico da Quaresma, embora também fosse cantado no dia de finados (pão-por-Deus) e no ano-novo (em combinações diversas com janeiras e reisadas)". [Wikipédia]
Encontróbaixo
O Encontróbaixo, 4ª edição e 2ª edição consecutiva em 2018, é um evento promovido pela Academia de Música de Lagos – Conservatório de Música de Portimão Joly Braga Santos.
encontros de bandas
Os encontros de bandas são um dos contextos de atuação das bandas filarmónicas, o que se verifica um pouco por todo o País, no continente e nas regiões autónomas.
Encontros de Música Antiga de Loulé
Evento nascido em 1999, pelas mãos de Francisco Rosado, cujo principal objetivo é levar às igrejas do concelho grupos e solistas especializados na música entre a Idade Média e o início do período clássico.
ensino articulado
O Ensino Articulado da Música é um regime que permite o aluno frequentar o Curso Básico de Música numa Escola de Música em articulação com a escola de ensino regular. Neste regime, prevê-se um protocolo entre uma escola de ensino básico e uma escola de ensino artístico especializado em que a primeira se responsabiliza pelas disciplinas do currículo geral e a segunda pelas componentes específicas de ensino artístico.
entablamento
entablamento - conjunto de molduras usadas para ornamentar a parte superior das fachadas.
EPABI
A Escola Profissional de Artes da Covilhã foi criada a 3 de setembro de 1992 com o nome de Escola Profissional de Artes da Beira Interior - EPABI, mediante despacho conjunto do Ministério da Educação e do Emprego e Segurança Social, tendo como entidades promotoras o Conservatório da Covilhã e a Câmara Municipal da Covilhã.
EPRIN - Escola Profissional da Raia
A EPRIN - Escola Profissional da Raia, é uma escola sediada em Idanha-a-Nova, que viu aprovados em 2021 três cursos profissionais de Nível 4 (equivalência ao 12º Ano), na área da Música: Técnico de Produção e de Tecnologias da Música; Instrumentista de Sopro e Percussão; Instrumentista de Cordas e Tecla.
ermida
ermida - igreja ou capela de pequena dimensão localizada normalmente fora das povoações, em lugares ermos. [ Arquitetura ]
Escola Artística de Música do Conservatório Nacional
Escola Artística de Música do Conservatório Nacional é uma das escolas que compõem o Conservatório Nacional de Lisboa. A criação de um Conservatório para o ensino da música em Lisboa é fortemente devida ao compositor português João Domingos Bomtempo, que era igualmente um pedagogo de reconhecido mérito.
Escola das Artes
Criada em 1997, a Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa é uma das mais jovens instituições desta instituição, sediada na cidade do Porto. A Escola das Artes oferece uma vasta oferta formativa na área da formação artística e uma programação cultural intensa.
Escola de Artes da Bairrada
Escola de Artes da Bairrada é uma instituição de ensino artístico especializado com paralelismo pedagógico que foi homologada pela Direcção Regional de Educação do Centro em Julho de 2003. A sua criação resulta do mútuo esforço entre a União Filarmónica do Troviscal e a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, que conjuntamente com o Ministério da Educação, foram titulares e colaboradores na manutenção e dinamização da EAB.
Escola de Artes do Norte Alentejano
Escola de Artes do Norte Alentejano (EANA), anteriormente designada por Conservatório Regional de Portalegre, é uma Escola Particular e Cooperativa de Ensino Artístico Especializado da Música, podendo estender a sua atividade ao ensino do bailado e a outras artes.
escola de música da Banda
A escola de música da banda é uma atividade pedagógica e musical que tem por objetivo a formação de músicos para a filarmónica. A associação aposta nela como garantia da sua continuidade. A escola segue um modelo baseado na leitura da notação musical e a prática do instrumento. Enriquece musicalmente indivíduos e comunidades, muitas vezes em meios com escassez de propostas culturais. Contribui para o desabrochar de numerosos talentos musicais, que se desenvolvam posteriormente em  conservatórios e escolas com paralelismo pedagógico, profissionais e superiores.  (António José Ferreira)
Escola de Música Guilhermina Suggia
Situada no centro do Porto, a Escola de Música Guilhermina Suggia (EMGS) é uma escola de Ensino Artístico Especializado da Música fundada em 2002. Funciona num edifício da Rua D. Manuel II, no Porto, cedido em testamento, no ano 2000, pela engenheira Ilda Moura à Fundação Musical dos Amigos das Crianças, denominada atualmente por Academia Musical dos Amigos das Crianças.
Escola de Música Nossa Senhora do Cabo
Escola de Música Nossa Senhora do Cabo, em Linda-a-Velha, Oeiras, promove o ensino das artes educando cada pessoa na sua dignidade plena, promovendo-se a si mesma e aos outros, através do ensino artístico, valorizando todas as dimensões da pessoa humana: espiritual, intelectual, emocional e física.
Escola de Música Óscar da Silva
Escola de Música Óscar da Silva é uma cooperativa de ensino vocacional de música e pertence ao ramo do sector privado e cooperativo. Esta escola foi criada em 8 de outubro de 1986 de forma a possibilitar a viabilização e continuação da Academia de Música de Matosinhos, fundada pela Câmara Municipal de Matosinhos em deliberação camarária de 29 de Agosto de 1969.
Escola Profissional Artística do Alto Minho
Escola Profissional Artística do Alto Minho (ARTEAM), actual designação da Escola Profissional de Música de Viana do Castelo (EPMVC), iniciou a sua atividade em setembro de 1992. Atualmente é tutelada pela Fundação Átrio da Música, criada para esse efeito, em novembro de 1999. Integrada no Ensino Profissional a ARTEAM é uma escola privada que goza de autonomia pedagógica, administrativa e financeira.
Escola Profissional Artística do Alto Minho
A Escola Profissional Artística do Alto Minho (ARTEAM) é uma instituição privada que integra a rede de ensino nacional, goza de autonomia pedagógica, administrativa e financeira. Tutelada pelo Ministério da Educação, tem como entidade proprietária a Fundação Átrio da Música.
Escola Profissional de Arte de Mirandela
ESPROARTEEscola Profissional de Arte de Mirandela é uma escola privada que integra a rede de ensino nacional, na área do ensino profissional, goza de autonomia pedagógica, administrativa e financeira, sendo tutelada pelo Ministério da Educação tem como entidade proprietária a ArteMir – Associação de Ensino Profissional Artístico. Nasceu do Projeto Nacional de lançamento das Escolas Profissionais pelo Ministério da Educação em 1990, e do apoio da Câmara Municipal de Mirandela, a ESPROARTEEscola Profissional de Arte de Mirandela.
Escola Profissional de Artes Performativas da Jobra
Escola Profissional de Artes Performativas da Jobra é uma escola profissional artística gerida pela Associação de Jovens da Branca que tem como missão a promoção do ensino artístico, da cultura, do desporto e recreio dos associados.
Escola Profissional de Música de Espinho
Fundada em 1989, a Escola Profissional de Música de Espinho (EPME) foi criada com o propósito de ministrar formação em duas áreas praticamente inexistentes no panorama do ensino da música em Portugal: a formação de instrumentistas de orquestra e o estudo da percussão. Foi pioneira na implementação do ensino profissional da música em Portugal. Ministra cursos profissionais de música do 7º aos 12º anos de escolaridade.
Escola Profissional de Música de Viana do Castelo
Escola Profissional de Música de Viana do Castelo (EPMVC), que atualmente tem a designação de Escola Profissional Artística do Alto Minho (ARTEAM), iniciou a sua atividade em setembro de 1992. Atualmente é tutelada pela Fundação Átrio da Música, criada para esse efeito, em novembro de 1999. Integrada no Ensino Profissional a ARTEAM é uma escola privada que goza de autonomia pedagógica,
Escola Superior de Artes Aplicadas 
Escola Superior de Artes Aplicadas (ESART) de Castelo Branco foi criada (e integrada no Instituto Politécnico de Castelo Branco) pelo Decreto-Lei nº 264/99 de 14 de Julho. No ano letivo 1999/2000, entraram em funcionamento os bacharelatos em Artes da Imagem e Música (variante de instrumento), formalizados pela Portaria nº 505/99 de 15 de Julho.
Escola Superior de Música de Lisboa
ESML (Escola Superior de Música de Lisboa) foi criada em 1983 na sequência da reconversão do Conservatório Nacional, tendo sido integrada no Instituto Politécnico de Lisboa em 1985. A ESML assume como sua a missão da formação artística, técnica, tecnológica e científica, ao mais alto nível, de profissionais na área da Música.
Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo
ESMAE (Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo) é a unidade orgânica do Politécnico do Porto vocacionada para a formação superior em Música, Teatro e Dança.   Nascida em 1985 como Escola Superior de Música, dando seguimento à tradição secular do ensino de música na cidade do Porto, viu a sua oferta formativa alargada ao Teatro ressurgindo assim enquanto Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo. Constituída pelos departamentos de Música e Teatro, em 2016 é acrescentada ao portfólio formativo da ESMAE a formação em Dança.
esquila
Esquila é o nome dado em Trás-os-Montes e no Alentejo a um chocalho de pequenas dimensões.
ESTA - European String Teachers Association - Portugal
Organização cultural sem fins lucrativos, a ESTA - European String Teachers Association - Portugal é a delegação portuguesa da ESTA (Associação Europeia dos Professores de Instrumentos de Corda).
Estilo Joanino
Estilo Joanino – designação atribuída à talha produzida segundo um risco em que a influência italiana é flagrante, explorando-se ao máximo o efeito cénico da máquina retabular, aspeto conseguido pela eficaz arrumação dos elementos estruturais e decorativos; a origem desta expressão de classificação surge em função da datação aproximada de um conjunto de retábulos de características formais idênticas, coincidente com o reinado de D. João V, os quais apresentam uma linguagem decorativa específica como a utilização da coluna berniniana, as introdução de cortinas, sanefas, baldaquinos, o recurso a festões, grinaldas, querubins alados, atlantes, conchas entre outros elementos. [ Arquitetura ]
Estilo Nacional
Estilo Nacional – expressão pela primeira vez sugerida por Germain Bazin e Robert Smith para classificar retábulos em talha dourada que assumiam características formais semelhantes: recurso a colunas torsas emparelhadas, prolongadas em arquivoltas concêntricas, que envolvem a tribuna e o trono eucarístico – um esquema que, à luz daqueles autores, lembra a organização dos portais românicos; a decoração consiste sobretudo na intensa aplicação de folhagem de acantos, folhas de parreira, meninos e aves a espreitarem por entre cachos de uvas, e alguns querubins, numa lógica iconográfica que remete para o campo da prática litúrgica da Eucaristia. [ Arquitetura ]
estribos
Estribosjoelheiras e pedais "são sistemas mecânicos com diversos usos, desde acionar os registos de palheta, alternar registos (Corneta com Corneta de ecos), abrir e fechar a caixa de ecos, etc. Mais frequente é a presença de pedais, dispostos em pares, e cuja função é alternar o ligar/desligar uma seleção de registos. O mais frequente, neste tipo de dispositivo, é o ligar e desligar os registos de “Cheios” e as palhetas. Na maioria dos órgãos este sistema não é original e surge apenas no final do século XVIII e no século XIX." (José Alberto Rodrigues)
Estúdios Rangel
Estúdio de gravação e produção áudio fundado em 1965.
Etnomusicologia e Estudos em Música Popular
Etnomusicologia e Estudos em Música Popular é o Grupo de Investigação fundacional do INET-md. Dedica-se a consolidar e expandir pesquisas sobre música e som a partir das perspetivas da Etnomusicologia e Estudos da Música Popular, com particular enfoque no Mundo Lusófono. Processos transculturais na música, política cultural, arquivo musical e património são algumas das principais questões de pesquisa. As práticas de responsabilidade social são centrais para toda a investigação desenvolvida por este Grupo coordenado por Salwa El-Shawan Castelo-Branco.
Europarque
Instalado em 4730 m2, com 1408 lugares, o Auditório do Europarque foi desenhado com particularidades específicas para o colhimento de espetáculos ao vivo como óperas, espetáculos de dança e teatro, projeções e reuniões corporativas.
Euterpe
Euterpe (em grego clássico: Ἐυτέρπη; romanizado: Eutérpê; "a Doadora de Prazeres") de εὖ (bom, bem) e τέρπειν (dar prazer) foi uma das nove musas da mitologia grega, as filhas de Zeus e Mnemósine, filha de Oceano e Tétis. É, na mitologia grega, a musa da música. No final do período clássico, foi nomeada a musa da poesia lírica e usava uma flauta. (Wikipédia)
extradorso
extradorso -  parte exterior da abóbada; a interior chama-se intradorso. [ Arquitetura ]
fachada
fachada - uma das faces externas de uma obra arquitetónica; palavra que tem origem no italiano facciata que, por sua vez, deriva de faccia (face). No desenho, arquitetónico, o termo também é usado para se referir à vista ortogonal da própria fachada, mas que também pode ser usado num corte do próprio objeto arquitetónico. Vulgarmente a palavra é usada em referência à vista principal de um edifício, supostamente aquela virada para a rua. Aplica-se também à face do órgão de tubos.
fadinho batido
O fadinho batido é uma dança tradicional popularizado no Ribatejo e Estremadura. Tem um ritmo marcado, fácil de acompanhar. Os bailadores se organizam numa grande roda simples de pares. Numa primeira parte da melodia, cada elemento do par ora se vira para o seu parceiro ora para o parceiro vizinho. Na segunda parte da coreografia, os dois elementos de um mesmo par trocam de lugar entre si quatro vezes rodopiando sobre si mesmos perfazendo uma volta completa. O elemento que se encontra à direita rodopia pela esquerda, e o elemento da esquerda rodopia pela direita. Ao chegar ao lugar do seu parceiro, mas também quando regressam ao seu lugar, os bailadores batem três palmas. (Fonte: A Dança a Gostar Dela Própria)
fandango
Fandango é a dança tradicional com maior difusão no Ribatejo, Portugal, ora dança de sedução em que o homem gira torno da mulher, ora uma espécie de competição em forma de dança com dois homens, frente a frente.
fanfarra
Fanfarra ou charanga é um agrupamento instrumental constituído essencialmente por instrumentos de percussão e alguns de sopro (metais), que executa marchas em festividades religiosas, sobretudo, acompanhando procissões.
fantasias
Fantasias são composições instrumentais para orquestra ou banda com caráter solístico, onde se incluem bandas sonoras de filmes.
farricocos
Os farricocos são encapuzados que na semana santa percorrem descalços o centro histórico de Braga, fazendo soar as «matráculas» (após o silenciamento dos sinos), lembrando aos fiéis a confissão e penitência e chamando para a procissão da noite.
Federação das Bandas Filarmónicas do Distrito de Portalegre
A criação da Federação das Bandas Filarmónicas do Distrito de Portalegre surgiu num quadro da necessidade há sentida por parte dos dirigentes das bandas filarmónicas do Distrito.  
Federação de Associações Musicais do Distrito de Aveiro
A Federação de Associações Musicais do Distrito de Aveiro (FAMDA), anteriormente designada por Associação de Bandas de Música Civis do Distrito de Aveiro, foi fundada em 1993 e iniciou a sua atividade com o propósito de cultivar e divulgar a Música no seio das Bandas Filarmónicas.
Federação de Bandas Filarmónicas do Distrito de Évora
A Federação de Bandas Filarmónicas do Distrito de Évora é uma associação cultural, sediada na Rua Serpa Pinto, nº 6, na freguesia de , no concelho de Évora, constituída a 18 de maio de 1999.
Federação de Bandas Filarmónicas dos Açores
A Federação de Bandas Filarmónicas dos Açores - FBFA - é uma associação de natureza cultural que apoia e promove a atividade das bandas de música na Região Autónoma dos Açores.
Federação de Filarmónicas do Distrito de Beja
A Federação de Filarmónicas do Distrito de Beja é uma associação de natureza cultural que promove a atividade das filarmónicas no Distrito.
Federação de Filarmónicas do Distrito de Coimbra
A Federação de Filarmónicas do Distrito de Coimbra é uma associação de natureza cultural fundada em 1991.
Federação Distrital de Bandas Filarmónicas de Lisboa
Sediada na Avenida 25 de Abril, Lote 304 - Loja esquerda, Mira Sintra, na freguesia de Agualva-Cacém, no concelho de Sintra, a Federação Distrital de Bandas Filarmónicas de Lisboa é uma associação de natureza cultural constituída a 9 de julho de 2001.
Federação do Folclore Português
A Federação do Folclore Português (FFP), fundada em 1977, é uma instituição cultural sem fins lucrativos, com estatuto de utilidade pública, sedeada em Arcozelo (Vila Nova de Caia). Desenvolve uma ação centrada no processo de investigação, defesa, salvaguarda e divulgação da cultura tradicional e popular portuguesa constituindo, esta, uma vertente do património cultural imaterial português. Acompanha técnica e cientificamente quase 600 associados e presta formação e aconselhamento técnico ao restante movimento associativo nacional desta tipologia.  
Federação Regional de Bandas Filarmónicas do Minho
A Federação Regional de Bandas Filarmónicas do Minho - FRBFM - é uma associação de natureza cultural que promove a atividade das bandas de música na região respetiva.
Federação Transmontana e Duriense de Bandas Filarmónica
A Federação Transmontana e Duriense de Bandas Filarmónica (FTDBF) é uma federação de bandas de música que tem por objetivo a promoção da filarmonia nas regiões que abarca designadamente através da organização de festivais.
ferranholas
Ferranholas, carracas ou rascas são idiofones tradicionais de fricção utilizadas em Trás-os-Montes, onde acompanham o pandeiro.
ferrinhos
Ferrinhos, nome popular do triângulo, é um idiofone metálico de percussão direta que possui um som brilhante. Consiste num ferro em forma triangular, aberto, no qual se bate com um pequeno ferro. É suspenso de um pequeno cordel e, enquanto uma mão sustenta o triângulo, a outra faz a percussão.
festão
festão - do francês feston e do latim festo - ornamento esculpido na forma de um arranjo de flores, folhagens ou frutas suspenso por fitas. [ Arquitetura ]
festas religiosas
As festas religiosas foram e são um dos contextos privilegiados de atuação das bandas filarmónicas, que tocam em arruada, em concerto e cedem elementos para a animação da missa da festa.
Festival Acordeões do Mundo
O Festival Acordeões do Mundo (17ª edição em 2020) é um festival que s realiza em Torres Vedras e inclui concertos no Teatro-Cine.
Festival de Acordeão do Porto
O Festival de Acordeão do Porto teve a primeira edição em 2016 tendo alcançado um dos principais objetivos, a promoção e desenvolvimento artístico do acordeão.  
Festival de Bandas de Cascais
O Festival de Bandas de Cascais é um encontro de filarmónicas que resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Cascais e a Sociedade Musical Sportiva Alvidense no qual, ao longo de três dias, atuam as bandas do Concelho.
Festival de Concertinas e Cantares ao Desafio da Trofa
A tradição dos cantares ao desafio é comum a várias regiões e países do mundo. No século XX, no Norte Litoral português, este modo musical e poético de improvisação, começou a ser acompanhado com concertinas, tornando-se um ícone da musicalidade tradicional da região. Integrado na programação das Festas de Santa Eufémia, que decorrem durante todos os fins de semana de setembro, realiza-se o Festival de Concertinas e Cantares ao Desafio da Trofa.
Festival de Folclore
Os festivais de folclore, nacionais ou internacionais, são eventos em que um grupo etnográfico recebe outros grupos, promovendo a divulgação dos usos, costumes, danças e cantares de diferentes regiões e promovendo o intercâmbio cultural.
Festival de Jazz de Valado dos Frades
O Festival de Jazz de Valado dos Frades é um festival de jazz com 24ª edição em 2021, realizado na freguesia de Valado dos Frades, concelho da Nazaré.
Festival de Música de Setúbal
A Associação Festival de Música de Setúbal funciona em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, Helen Hamlyn Trust e Fundação Calouste Gulbenkian.
Festival de Música do Estoril
Festival de Música do Estoril é, com os Cursos Internacionais de Música do Estoril e o Concurso de Interpretação do Estoril / Prémio El Corte Inglés, uma das componentes das Semanas de Música do Estoril.
Festival de Órgão de Braga
O Festival de Órgão de Braga, V edição em 2018, é constituído essencialmente uma série de concertos de órgão de tubos, em diferentes cenários e com diferentes instrumentos, com intérpretes de renome internacional.
Festival de Órgão de Santo André
Festival de Órgão de Santo André - Aproveitando a existência de um moderno instrumento na Igreja de Santo André, em Mafra, o Festival de Órgão de Santo André é uma iniciativa de criar programação em torno do órgão contemporâneo, sincronizando, para tal, artistas portugueses e internacionais.
Festival de Piano Filipe de Sousa
Festival de Piano Filipe de Sousa é um festival organizado pela Câmara Municipal de Mafra, com o apoio da Fundação Jorge Álvares. Projeto iniciado em 2016, ligado à promoção da música, consiste num festival com vários concertos, tendo a participação de orquestra e pianistas, nacionais e estrangeiros, de reconhecido mérito artístico.
Festival DME
O Festival DME, 8ª edição em 2019, é organizado pela AFEA – Associação Fomento do Ensino Artístico / Conservatório de Música de Seia e é um projecto financiado pela DGArtes / Ministério da Cultura, contando também com o apoio da Câmara Municipal de Seia, INET-md/FCSH-UNL (Instituto de Etnomusicologia).
Festival do Crato
Ao ganhar identidade de Festival, o Festival do Crato afirmou-se no panorama dos festivais de verão que acontecem no País, atraindo à histórica vila alentejana novos públicos que fazem deste evento uma referência singular entre os certames do género. Desfilaram pelo palco do Festival, artistas internacionais de enorme prestígio, como os James, Emir Kusturica, Scorpions, Reamonn, Roger Hodgson, VayaconDios, BookaShade, Gilberto Gil, UB40, Gotan Project, Gabriel O Pensador, Nouvelle Vague e Marcelinho da Lua.
Festival Internacional de Acordeão de Torres Vedras
O Festival Acordeões do Mundo - Festival Internacional de Acordeão de Torres Vedras (17ª edição em 2020) é um festival que se realiza em Torres Vedras e inclui concertos no Teatro-Cine.
Festival Internacional de Carrilhão de Mafra
O Festival Internacional de Carrilhão de Mafra é um festival que visa a divulgação do rico património cultural do Concelho de Mafra, nomeadamente os dois carrilhões do Real Edifício de Mafra, Património Mundial da UNESCO, maior conjunto sineiro do mundo. Concluído o restauro, os dois carrilhões do Real Edifício de Mafra voltaram a soar a 2 de fevereiro de 2020.
Festival Internacional de Guitarra de Amarante
Festival Internacional de Guitarra de Amarante, que teve em 2019 a sua 5ª edição, inclui concertos, classes de aperfeiçoamento, estágios e um concurso Internacional.
Festival Internacional de Guitarra de Guimarães
Festival Internacional de Guitarra de Guimarães teve em 2019 a sua sexta edição, com concertos de guitarra clássica no Centro Cultural Vila Flor (CCVF), Conservatório de Guimarães e do Paço dos Duques de Bragança. O FIGG é também sinónimo de classes de aperfeiçoamento – aulas para alunos do ensino artístico especializado que podem ser assistidas pelo público. Entre os “professores”, refiram-se Aniello Desiderio e Dejan Ivanovich.
Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim
Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim – Costa Verde – Portugal (FIMPV) foi criado em Julho de 1979 pela concessionária da zona de jogo local, a empresa SOPETE, S. A., sob proposta do pianista Sequeira Costa datada de 18 de setembro de 1978 e confirmada oficialmente pela administração da empresa em 14 de novembro de 1978.
Festival Internacional de Música da Primavera de Viseu
O Festival Internacional de Música da Primavera de Viseu (FIMPViseu) é um dos eventos de grande relevância cultural da cidade de Viseu e afirma-se como um dos principais festivais de música erudita do país. O Concurso Internacional de Guitarra e Piano de Viseu tornaram o festival verdadeiramente internacional, pois músicos dos 4 cantos do mundo o procuram.
Festival Internacional de Música de Espinho
Festival Internacional de Música de Espinho (FIME) é um dos mais antigos festivais de música em Portugal. Recebe hoje em dia alguns dos melhores intérpretes do mundo nas suas áreas de atividade.
Festival Internacional de Música de Gaia
Festival Internacional de Música de Gaia integra-se no plano de atividades da Fundação Conservatório Regional de Gaia e tem como objetivo a valorização da agenda cultural de Vila Nova de Gaia.
Festival Internacional de Música de Gaia
O Festival Internacional de Música de Gaia (FIMG), 26ª edição em 2019, tem percorrido diversos locais do concelho, desde os auditórios municipais ao Espaço Corpus Christi, passando pelos Mosteiros da Serra do Pilar e de Grijó, pela Casa-Museu Teixeira Lopes e igrejas paroquiais.
Festival Internacional de Música de Marvão
Marvão tem todos os elementos necessários para criar uma atmosfera única, um cenário realmente idílico para um festival de Música Clássica ao ar livre nas suas infraestruturas centenárias. Foi neste local de rara beleza que o maestro Christoph Poppen teve a visão de unir esta terra milenar com o seu amor pela música clássica e proporcionar aos espectadores um festival de música clássica ao mais alto nível artístico, imerso num visual único de beleza natural.
Festival Internacional de Música de Plectro
O Festival Internacional de Música de Plectro é uma das maiores apostas da OPGBAC - Associação Cultural de Plectro no que diz respeito à música de corda beliscada.
Festival Internacional de Música de Portel 
Festival Internacional de Música de Portel é dedicado à música clássica e oferece uma programação multifacetada, constituída por vários concertos com orquestras sinfónicas e grupos de música de câmara, residências artísticas, masterclasses e visitas guiadas.
Festival Internacional de Música Religiosa de Guimarães
O Festival Internacional de Música Religiosa de Guimarães é um festival expressamente dedicado à grande música religiosa, não rigorosamente sacra e litúrgica.
Festival Internacional de Órgão de Lisboa
Festival Internacional de Órgão de Lisboa é um festival de órgão realizado na capital portuguesa que teve início em 1998. Produzido pela Juventude Musical Portuguesa, o festival chegou a ser considerado o segundo maior festival de órgão da Europa e trouxe a Portugal organistas de renome internacional.
Festival Internacional de Órgão de Mafra
Festival Internacional de Órgão de Mafra, que teve início em 2017, caracteriza-se por um conjunto de concertos nas igrejas concelhias com instrumentos históricos.
Festival Internacional de Órgão e Música Sacra
O Festival Internacional de Órgão e Música Sacra (FIOMS) surgiu em linha com os grandes festivais internacionais de órgão realizados no Porto até 2015, com o objetivo de preservar, promover e valorizar o vasto e rico património organístico da Diocese e Área Metropolitana do Porto, estimular o interesse das populações pela Música Sacra vocal e de órgão e incentivar o despertar de novos talentos através da criação e implementação de uma proposta de oferta cultural para a região.
Festival Internacional de Percussão Cidade de Portimão
O Festival Internacional de Percussão Cidade de Portimão (FIntPP), 7ª edição em 2018, é uma iniciativa da Academia de Música de Lagos - Conservatório de Portimão Joly Braga Santos em parceria com o Município de Portimão com os apoios da Junta de Freguesia de Portimão, Direção Regional de Cultura do Algarve e Antena 2.
Festival Internacional de Piano de Oeiras 
Festival Internacional de Piano de Oeiras procura um efeito de vitalização cultural comunitária, para converter Oeiras num Concelho Cultural de Referência e superar a exclusão cultural a que muitos cidadãos continuam a estar sujeitos, proporcionando aos oeirenses, em especial, o acesso à grande música e aos grandes intérpretes e chamando ao Concelho todos os que procuram evento musicais de qualidade em Portugal. Tem em 2020 a III edição.
Festival Internacional de Piano do Algarve
O Festival Internacional de Piano do Algarve - 5ª edição em 2021, integralmente online, por motivos de pandemia - é um evento constituído por uma séria de concertos com pianistas de renome.
Festival Internacional de Polifonia Portuguesa
A Fundação Cupertino de Miranda lançou, em 2011, o Festival Internacional de Polifonia Portuguesa e já faz parte da sua programação anual. Em 2019 decorreu a nona edição do Festival, com objetivos de promoção da música polifónica dos século XVI e XVII, mas também de divulgação da história e arquitetura dos espaços por onde este passa, com ligações intrínsecas ao Barroco.
Festival Internacional do Acordeão
Festival Internacional do Acordeão (Crato) já vai na 5ª edição de Festival, e conta com acordeonistas de várias nacionalidades. No ano de 2018 este teve a presença de 2 campeões do mundo, Jérémy Lafon, de nacionalidade francesa, e o italiano Pietro Adragna.
Festival Internacional dos Açores
O Festival Internacional dos Açores é um festival promovido pela associação cultural CULTURXIS que teve início em 1984, foi interrompido em 2012 e teve em 2021 a 16ª edição.
Festival Musa
Festival Musa é um Festival no Feminino lançado pelo Theatro Circo, de Braga, em 2020, 1ª edição.
Festival Música em Leiria
O Festival Música em Leiria (FML) apresenta-se como o mais antigo festival a decorrer de forma contínua no País, com 39ª edição em 2021, levando o melhor da música erudita à região de Leiria.
Festival Músicas do Mundo
O FMM Sines - Festival Músicas do Mundo é um festival de música realizado no concelho de Sines, Costa Alentejana, Portugal, todos os meses de julho. Organizado pela Câmara Municipal de Sines, é um festival de serviço público cultural povoado por espectadores-descobridores.
Festival Nacional de Folclore
Os festivais nacionais de folclore são espaços privilegiados de representação dos grupos, de intercâmbio e divulgação de tradições, usos e costumes entre diversas regiões etnográficas.
Festival Norte Dança
O Festival de Dança de Viana, hoje chamado Festival Norte Dança, com mais de 1000 inscrições em 2019, é um Concurso Internacional de Dança, uma Mostra de Dança, um workshop, uma feira, num só lugar.
festividades religiosas
As festividades religiosas são, para os coros e especialmente para as bandas filarmónicas sendo, neste caso, oportunidade para apresentações em público, em arruadas, procissões, concertos e animação da missa solene.
Filipe da Cunha
Filipe da Cunha, dito natural de Caminha, é responsável por alguns órgãos na região de Lisboa, como os das igrejas de Belas e São José (1761). Num estudo recente, a hipótese deste organeiro ter também origem galega, ganha solidez. A arte organeira continua nesta família por mais duas gerações, com o filho João da Cunha (1712-1762) e o neto Leandro José da Cunha (1743-1805). A presença em Braga organeiro é sugerida por uma inscrição gravada num dos tubos interiores do órgão da igreja do antigo convento da Conceição, atual Instituto Monsenhor Airosa, onde se lê: “1737 Philipe da Ainea Lx.a”. (José Alberto Rodrigues)
fitomórfico
fitomórfico – ornato ou motivo decorativo em forma vegetal. [ Arquitetura ]
FITU Bracara Avgvsta
FITU Bracara Avgvsta - Festival Internacional de Tunas Universitárias é um festival organizado pela Tuna Universitária do Minho que nasceu em Braga em 1991. Pelo trigésimo ano consecutivo, a TUM apresenta este evento de promoção da cultura académica, minhota e portuguesa que conta com a apresentação de algumas das melhores tunas nacionais e internacionais no palco do Theatro Circo.
Flaut&Arte
Promovido pela Ourearte - Escola de Música e Artes de Ourém, o Flaut&Arte é um festival de flauta transversal com atividades ligadas a este instrumento.
flauta de tamborileiro
A flauta de tamborileiro é um pequeno aerofone do tipo flauta de bisel que forma conjunto com o tamboril e é tocado pelo mesmo tocador.
flauta pastoril
Flauta pastoril é um instrumento de sopro de formato tubular feito de cana, com três orifícios e tocada por uma só mão sendo que a outra mão toca um pequeno membranofone chamado tamboril.
flauta travessa
A flauta travessa é geralmente feita de cana na faixa ocidental do País no Minho, Estremadura e Algarve, e de sabugueiro no interior, nomeadamente na Beira Baixa. Tem seis furos além do insuflador. Em certas regiões serranas aparece com frequência, em mãos de pastores. As flautas travessas são na sua maioria lisas: mas encontram-se também, não raro, exemplares decorados, por vezes profusamente. Flauta travessa é feita de cana brava com um furo de embocadura e seis perfurações digitais (feitas com fogo). A parte fechada coincide com um nó da cana.
Flentrop Orgelbouw
Flentrop Orgelbouw - firma holandesa sediada em Zaandam que começou com uma família de organeiros  (H.W. Flentrop (1866-1950) e Dirk Andries Flentrop (1910-2003), seu filho. Tem um vastíssimo portefólio de órgãos novos e de restauros. Nesta oficina estudou Manuel Costa, organeiro portuense radicado e aposentado na Austrália que para o estudo recebeu uma bolsa da Fundação Calouste GulbenkianFlentrop tem vários órgãos em Portugal, nomeadamente na Patriarcal de Lisboa e na Fundação Calouste Gulbenkian. (António José Ferreira)
florões
florão - também designado crista - pequeno elemento arquitetónico decorativo em pedra difundido em edifícios da Idade Média, presente sobretudo no estilo gótico. [ Arquitetura ]
FNAT
A Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho (FNAT) surgiu a 13 de junho de 1935 com o fim de criar as infraestruturas destinadas às atividades culturais, desportivas e recreativas dos trabalhadores e suas famílias, com vista a “um maior desenvolvimento físico e moral”.
folclorismo
O folclorismo engloba ideias, atitudes e valores que enaltecem a cultura popular e as manifestações nela inspiradas.
folclorista
Folclorista é um indivíduo que se dedica à recolha, investigação e divulgação do folclore, dos seus usos, costumes danças e cantares.
folclorização
Fenómeno cultural moderno, a folclorização é um "processo de construção e de institucionalização de práticas performativas, tidas por tradicionais, constituídas por fragmentos retirados da cultura popular, em regra, rural. O objectivo é representar tradição duma localidade, duma região ou da nação." (Salwa El-Shawan Castelo-Branco e Jorge Freitas Branco).
Fórum Cultural do Seixal
Situado no Fórum Cultural do Seixal, o Auditório Municipal foi inaugurado em novembro de 1993. Com capacidade máxima para 345 espetadores, oferece as melhores condições técnicas para a realização de espetáculos, colóquios e conferências, sendo considerado um dos melhores equipamentos do género da Área Metropolitana de Lisboa.
Fórum Municipal Luísa Todi
O Fórum Municipal Luísa Todi está localizado em Setúbal. Após a concretização de um projeto de requalificação do edifício, a sala de espetáculos, originalmente inaugurada em 1960, reabriu ao público a 15 de setembro de 2012 completamente modernizada e dotada de uma panóplia de valências necessárias para tornar possível o acolhimento de eventos de diferentes estilos artísticos e iniciativas com outras características, tais como congressos e seminários.
fraita
Fraita (o mesmo que frauta ou flauta) é um instrumento de sopro.
Francisco António Solha
Francisco António Solha - organeiro da Galiza (c.1720-1794) participou como ajudante na construção dos grandes órgãos da de Braga. Em 1759, estabeleceu oficina em Guimarães. Construiu os órgãos da de Lamego (1757), São Domingos (Guimarães), São João de Tarouca (1767), Tibães (1785). Solha foi “patrocinado” pelos beneditinos, "pois foram-lhe confiados os trabalhos das mais importantes Casas da Ordem, no Norte de Portugal. (Cf. José Alberto Rodrigues)
Francisco Manuel Ferreira
Francisco Manuel Ferreira - Fabricante de pequenos órgãos, estabelecido em Lisboa entre os anos de 1820 e 1850. Na "Gazeta de Lisboa" de 10 de Março de 1826 publicou este anúncio: "Francisco Manuel Ferreira, Organeiro, conhecido pelas suas obras já vistas e approvadas pelos melhores auctores da mesma arte, aviza a quem quizer utilizar de seu prestimo para qualquer Orgão que seja, seus planos serão preenchidos com as melhores composições, e diversas vozes tudo por preços comodos: he morador na rua dos Calafates, n.º 121. (Ernesto Vieira)
frauta
Frauta (o mesmo que fraita ou flauta) é um instrumento de sopro.
Frei Domingos de São José Varela
Frei Domingos de São José Varela - "Padre beneditino, considerado um verdadeiro musicólogo, autor da obra “Compêndio de Música theorica e prática”, de 1806, Frei Domingos de São José Varela (século XVIII) era natural de Santa Maria de Infias, próximo das Caldas de Vizela. (José Alberto Rodrigues)
Frei José de Santo António Vilaça
Frei José de Santo António Vilaça - monge beneditino que nasceu em Braga em 1731 e morreu em 1809, autor  das caixas dos órgãos dos Mosteiros de Refoios de Basto, Tibães, Alpendurada, Santa Marinha da Costa, Vilar de Frades, São Francisco de Real e da Igreja da Misericórdia de Guimarães, entre outros.
Frei Simão Fontanes
Frei Simão Fontanes - organeiro do século XVIII, natural da Galiza, autor dos grandes órgãos da de Braga.
fresta
fresta - pequena abertura em parede, estreita e alta, destinada à entrada de ar e luz. [ Arquitetura ]
friso
friso – na arquitetura refere-se a parte constituinte do entablamento, entre a arquitrave e a cornija; faixa horizontal decorativa podendo apresentar o interior esculpido ou pintado. [ Arquitetura ]
frontão
frontãoremate ou coroamento de uma estrutura arquitetónica ou decorativa, porta, janela ou nicho; pode assumir diferentes formas; tem a sua raiz na arquitetura clássica. [ Arquitetura ]
frontispício
frontispício - elemento arquitetónico constituído, genericamente, pelos elementos decorativos da parte frontal de uma construção, sobretudo na área da fachada. Sua composição reflete o período histórico da obra arquitetónica, sendo característico de uma escola. [ Arquitetura ]
Fundação Amália Rodrigues
A Fundação Amália Rodrigues, instituída por testamento em 1997 e fundada em 1999, com sede na Rua de São Bento, nº 193, pretende afirmar-se como uma instituição cultural e social, reconhecida a nível nacional e internacional pelo trabalho desenvolvido em termos de preservação, estudo e divulgação da vida e obra de Amália Rodrigues.
Fundação Átrio da Música
A Fundação Átrio da Música foi criada para em 1999 para tutelar a Escola Profissional de Música de Viana do Castelo (EPMVC), que iniciou a sua atividade em 1992, e hoje se designa Escola Profissional Artística do Alto Minho (ARTEAM).
Fundação Calouste Gulbenkian
Fundação Calouste Gulbenkian é uma instituição cujos fins são a Educação, a Ciência, a Beneficência e as Artes. Criada por disposição testamentária de Calouste Sarkis Gulbenkian, os seus estatutos foram aprovados em 1956. Com sede em Lisboa, as suas instalações, edifício-sede e museu, projetadas pelos arqs. Ruy Athouguia, Pedro Cid e Alberto Pessoa, foram inauguradas em 1969.
Fundação de Serralves
Fundação de Serralves é uma instituição cultural de âmbito internacional ao serviço da comunidade nacional, que tem como missão estimular o interesse e o conhecimento de públicos de diferentes origens e idades pela Arte Contemporânea, pela Arquitetura, pela Paisagem e por temas críticos para a sociedade e seu futuro.
fuste
fuste – peça vertical de uma coluna, geralmente circular ou poligonal, entre a base e o capitel. [ Arquitetura ]
gaita de beiços
A gaita de beiços, harmónica, harmónica de boca (também conhecida popularmente como realejo é um instrumento musical de sopro cujos sons são produzidos por um conjunto de palhetas livres em vibração. Possui na embocadura um conjunto de furos por onde o instrumentista sopra ou suga o ar. Devido ao seu pequeno tamanho, a gaita não tem caixa de ressonância. O tocador usa as mãos em concha para amplificar o som e produzir efeitos, como variações de afinação e intensidade ou vibrato. Quando executada em conjunto com outros instrumentos, é comum que ela seja amplificada eletronicamente. A gaita é bastante usada no blues, rock, jazz, música clássica e folclore. Acompanha frequentemente os bailadores de fandango ribatejano. Inventada na Alemanha, a harmónica é um pequeno instrumento de sopro que cabe num bolso. Existem agrupamentos de harmónicas, eruditos ou tradicionais.
gaita de fole
A gaita de fole é um aerofone tradicional em algumas regiões de Portugal, composto de dois tubos, um insuflador e um fole. Com o braço, o ar é empurrado através de um tubo para as gaitas, produzindo o som.
Galandum Galundaina
Galandum Galundaina é um grupo de música tradicional mirandesa criado em 1996. É formado por Paulo Meirinhos, Alexandre Meirinhos, João Pratas e Paulo Preto. Tem por objetivo de recolher, investigar e divulgar o património musical, as danças e a língua das terras de Miranda (mirandês). O grupo faz a ligação entre a antiga geração de músicos e a geração mais jovem, assegurando a continuidade da rica tradição cultural desta região, que durante anos correu o risco de se perder.
galilé
galilécorpo avançado, em relação à fachada principal ou às fachadas laterais de um edifício, que o antecede em jeito de galeria; normalmente está apoiado em elementos de sustentação arquitetónica, como colunas ou pilares, embora possa constituir um espaço fechado ao qual se acede por um portal. [ Arquitetura ]
gárgula
gárgula - desaguadouro, ou seja, são a parte saliente de calha de telhado que se destina a escoar águas pluviais a certa distância da parede. Especialmente na Idade Média, as gárgulas eram ornadas com figuras monstruosas, humanas ou animalescas, muito comuns na arquitetura gótica. [ Arquitetura ]
genebres
A genebres é um instrumento de percussão tradicional da freguesia de Lousa, concelho de Castelo Branco. É utilizada especialmente na "Dança dos Homens",  designada "Dança da Genebres". Nesta dança, tem um carácter cerimonial. Pertence à comissão de festas e passa anualmente dos velhos festeiros para os novos. Às genebres os antigos da Lousa chamam, por terem também ouvido chamar, «naves ou geneves». Consta de catorze pauzinhos de pau-ferro, redondos, de tamanhos diferentes, enfiados, nas extremidades, em uma correia de couro. Crescendo em extensão, do primeiro ao último, por forma regular e progressiva, o maior deve ter de comprimento, pouco mais ou menos, o dobro do primeiro.
Gente que Canta e Balha
Projeto de divulgação etnográfica presente no Instagram e no Facebook, desenvolvido por Francisco Machaz e Francisco Pardal, oriundos das áreas da Educação e da História.
Georg Jann
Georg Jann - organeiro que nasceu na Alemanha, em 1934 e faleceu no Brasil, em 2019 e foi o autor dos órgãos da do Porto, da Igreja da Lapa e da Igreja Matriz de Espinho. Foi na Baviera que o Cónego Ferreira dos Santos, na década de 1980 o descobriu e o contratou para a construção na catedral do Porto de um grande órgão de tubos. A atividade de Georg Jann levou-o a fixar-se em Portugal, onde fundou com o seu filho a firma Orguian, na região de Famalicão, orientada para a construção e restauro de órgãos de tubos históricos.
Georges Heintz
Georges Heintz - organeiro nascido na Alemanha a 24 de agosto de 1938. Construiu vários órgãos em Portugal sendo o grande órgão da Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Porto) e o da de Leiria as suas obras mais emblemáticas no País. (António José Ferreira)
Geraldo Vieira
Geraldo Vieira -  organeiro do século XVII que construiu o órgão da concatedral de Miranda do Douro, reparou em 1701 o órgão da de Viana do Castelo, e terá realizado em Braga trabalhos para a Irmandade de Santa Cruz, em 1692, e para a Ordem 3.ª de São Francisco. No Porto, conhece-se a reparação, em 1709, do órgão da capela do Espírito Santo, em Miragaia. (Cf. José Alberto Rodrigues)
Gerhard Grenzing
Gerhard Grenzing - firma de organaria espanhola constituída por cerca de 20 profissionais, dedicada à construção e restauro de órgãos de tubos. Construiu órgãos para vários países e deu formação a futuros organeiros de vários países, especialmente da área do Mediterrâneo, incluindo portugueses. Tem uma grande oficina de dimensões que permite fazer a construção e pré-montagem de grandes instrumentos, poupando dinheiro nas montagens que destina à investigação. Gerhard Grenzing construiu órgãos para Portugal, nomeadamente para o Santuário de Fátima.
Gráfica - Centro de Criação Artística
Localizada em Setúbal, a Gráfica - Centro de Criação Artística é um espaço onde todas as formas de pesquisa e expressão artística contemporânea se fundem: artes visuais, performativas, design, literatura, cultura digital, arquitetura, entre outras.
grilinho
Grilinho é um idiofone madeirense utilizado por grupos folclóricos ou outros grupos musicais. É constituído por um bocado de tronco de canavieira onde foi feita uma abertura e se fixou, de forma flexível, uma palheta do mesmo material. Carregando e largando em seguida uma extremidade, a oposta choca com o corpo do grilinho e produz o som.
Grupo de Bombos
A importância da prática dos bombos, em Portugal, vai além da sua vertente cultural, integrando uma componente social muito forte que se manifestou ao longo de séculos de história e através da sua capacidade de transmissão geracional e que une cidadãos das mais diversas faixas etárias, tornando-o um veículo dinamizador de muitas comunidades.
Grupo de Folclore
Grupo de Folclore, Grupo Folclórico, Grupo de Danças e Cantares, Grupo Etnográfico são expressões equivalentes. Folclore, palavra com  origem no inglês, folk, «povo», e lore, «conhecimento», designa  o «conjunto das tradições, lendas ou crenças populares de um país ou de uma região expressas em danças, provérbios, contos ou canções» (Priberam).
Grupo de Percussão
Grupo de Percussão é um agrupamento musical constituído por instrumentos do tipo idiofone e interpreta sobretudo música contemporânea. Pode ser uma classe de conjunto escola de música, com o objetivo melhorar as capacidades técnicas e cognitivas dos alunos e a dinâmica de grupo.
grupo etnográfico
Grupo etnográfico é um grupo de danças e cantares que recolhe, preserva e divulga os usos, costumes e tradições musicais de uma região etnográfica, em apresentações nacionais e/ou internacionais.
Guitarras ao Alto
Guitarras ao Alto é um evento inédito em Portugal e exclusivo do Alentejo, inspirado na música, no vinho, na gastronomia, na paisagem e no património. Um regressar às origens e uma valorização do interior do país, levando para além dos grandes centros urbanos música de qualidade acessível a todos.
guitarro
Guitarro é uma uma espécie de guitarra construída por Paulo Meirinhos (do grupo Galandum Galundaina) a partir de latas antigas de óleo de carros. Teve como base as construções do Tiu Lérias de Paradela, na década de 1950. Este mirandês, Francisco dos Reis Domingues, fazia guitarros a partir de latas de café, muitas vezes com paus a servir de braço.
guitolão
Guitolão é um cordofone português apresentado pela primeira vez ao público a 18 de Junho de 2005. Foi idealizado por Carlos Paredes e construído por Gilberto Grácio e apenas dois exemplares foram construídos.
harmónica
A harmónica, gaita de beiços, harmónica de boca (também conhecida popularmente como realejo é um instrumento musical de sopro cujos sons são produzidos por um conjunto de palhetas livres em vibração. Possui na embocadura um conjunto de furos por onde o instrumentista sopra ou suga o ar. Devido ao seu pequeno tamanho, a gaita não tem caixa de ressonância. O tocador usa as mãos em concha para amplificar o som e produzir efeitos, como variações de afinação e intensidade ou vibrato. Quando executada em conjunto com outros instrumentos, é comum que ela seja amplificada eletronicamente. A gaita é bastante usada no blues, rock, jazz, música clássica e folclore. Acompanha frequentemente os bailadores de fandango ribatejano. Inventada na Alemanha, a harmónica é um pequeno instrumento de sopro que cabe num bolso. Existem agrupamentos de harmónicas, eruditos ou tradicionais.
Heitor Lobo
Heitor Lobo - Organeiro que vivia nos meados do século XVI. Dá notícia dele o padre Nicolau de Santa Maria, na "Chronica dos Conegos Regrantes", tratando do mosteiro de Santa Cruz de Coimbra: "Tambem no mesmo anno (1559) mandou o P. Prior geral concertar o orgão grande, par Heitor Lobo famoso organista, que lhe acrescentou registos, e o fez como de novo, e fez o orgão pequeno, e tambem o Realeijo com doçainas, e charamelas, que se levava antigamente nas procissões pela Claustro". (Ernesto Vieira)
Herdade Amália
A Herdade Amália, com acesso privativo à praia, no Brejão, Odemira, foi durante cerca de 30 anos um refúgio de férias da célebre cantora. Amália cedeu através da sua propriedade acesso público à praia, que tem agora o nome de Praia Amália.
Hot Clube de Portugal
Hot Clube de Portugal (HCP) é o mais antigo clube de jazz de Portugal e da Europa e desenvolve a sua atividade desde 1948. Começou por ter lugar numa cave situada em Lisboa, na Praça da Alegria (nº 39) que ardeu a 22 de dezembro de 2009, estando a atual sede instalada na mesma praça, no nº48.
Iconografia
Iconografia – disciplina dedicada ao estudo sistemático das representações imagéticas que ilustram um tema artístico específico. [ Artes ]
Igreja da Misericórdia
Igreja da Misericórdia - igreja pertencente a uma Santa Casa da Misericórdia. A primeira Misericórdia em Portugal, a de Lisboa, foi fundada pela rainha D. Leonor, viúva de D. João II, em 1498, que passou a dedicar-se aos doentes, pobres, órfãos, prisioneiros e artistas. Foi replicada em Portugal e nas antigas colónias e persiste em mais 10 países além de Portugal como uma espécie de ONG. Há em Portugal 388 Misericórdias: várias delas têm órgão de tubos histórico, como as de Aveiro, Barcelos, Porto, Alter do Chão. (António José Ferreira)
Igreja da Ordem Terceira
Igreja da Ordem Terceira - igreja pertencente a uma Ordem Terceira, associação de leigos católicos (não padres nem freiras) ligada a ordens religiosas que remontam à Idade Medieval (Franciscanos, Dominicanos e Carmelitas) e é devota de um padroeiro. Em igrejas de várias das cidades mais importantes, igrejas dessas antigas associações têm órgãos de tubos históricos - caso das Ordens Terceiras do Carmo (Porto, Viseu...); e de São Francisco (Porto, Viseu, Elvas...). (António José Ferreira)
Igreja do Convento
Igreja do Convento - igreja de um edifício em que historicamente vivia e rezava uma comunidade de religiosos dentro da área urbana, ao contrário dos mosteiros que ficavam fora. Valorizavam especialmente o canto, especialmente na missa e no chamado Ofício Divino ou Liturgia das Horas. Pelo número de membros e a influência no meio envolvente, alguns conventos monumentais tinham igreja imponente com órgão de tubos. (António José Ferreira)
Igreja do Mosteiro
Um mosteiro é um edifício em que vivem, rezam e trabalham, ou trabalharam membros de uma comunidade de monges ou monjas, historicamente localizado fora da malha urbana. (Com o crescimento das cidades, muitos mosteiros acabam por ficar dentro da área urbana). Pela importância religiosa, cultural e social que alguns mosteiros tiveram numa vasta área envolvente, a sua igreja era muitas um edifício imponente e chegavam a ter um ou mais órgãos de tubos, por vezes órgãos gémeos em que um deles era mudo (como é o caso de Pombeiro ou Refojos de Basto). Houve mosteiros que chegaram a ter oficina e escola de organaria. (António José Ferreira)
Igreja Matriz
Igreja Matriz - na paróquia a igreja matriz ou igreja paroquial é a mais importante. Nela se ministra a principal missa dominical e tem preponderância a celebração de outros sacramentos (batismo, penitência, unção dos doentes, matrimónio). Destaca-se também da capela por ser normalmente um edifício de maiores dimensões. A maior parte dos órgãos existentes em Portugal estão situados em igrejas matrizes ou paroquiais. (António José Ferreira)
Igreja Paroquial
igreja paroquial ou matriz é a mais importante da paróquia em termos de culto. Nela se ministra a principal missa dominical e tem preponderância a celebração de outros sacramentos (batismo, penitência, unção dos doentes, matrimónio). Destaca-se também da capela por ser normalmente um edifício de maiores dimensões. A maior parte dos órgãos existentes em Portugal estão situados em igrejas matrizes ou paroquiais. (António José Ferreira)
imaginária
imaginária - conjunto de imagens [ Artes ]
In'Musica
In'Musica é a Temporada de música barroca de Mafra, organizada pela Câmara Municipal de Mafra e Cultur'canto - Associação Cultural sob a direção artística do organista Daniel Oliveira.
INATEL
Criada em 1935 como Fundação Nacional para Alegria no Trabalho (FNAT), a Fundação INATEL, hoje tutelada pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, desenvolve atividades de valorização dos tempos livres nas áreas do turismo social, da cultura popular e do desporto amador, com profundas preocupações de humanismo e elevados padrões de qualidade.
Inspeção-geral das Atividades Culturais
Em Portugal, a IGAC é a entidade especializada na proteção do direito de autor e dos direitos conexos, a qual concorre com várias outras atribuições no domínio das atividades culturais.
Instituto Gregoriano de Lisboa
Instituto Gregoriano de Lisboa teve como antecedente o Centro de Estudos Gregorianos, instituição criada em 1953 como uma estrutura de investigação do Instituto de Alta Cultura, e que se destinava a formar investigadores, cantores, organistas e chefes de coro. O Centro foi pioneiro em Portugal na leccionação, a nível superior, de matérias como História da Música, Paleografia e Órgão.
intradorso
intradorso - parte interior da abóbada. [ Arquitetura ]
jacarandá
jacarandá - rosewood, em Inglês - madeira que possui uma coloração profunda que fica entre o vermelho e o castanho e ocasionalmente possui listas pretas e/ou roxas. É uma madeira de alta densidade, alta reflexibilidade, muito estável, sendo uma das madeiras mais cobiçadas em instrumentos musicais.
JACC – Jazz ao Centro Clube
O JACC – Jazz ao Centro Clube é uma associação cultural sem fins lucrativos constituída em 2003. Fruto da dinâmica resultante do evento “Jazz ao Centro – Encontros Internacionais de Coimbra” e dos esforços de um conjunto alargado de sócios fundadores, tem por objetivos a promoção, divulgação e ensino do Jazz.
JACC Series
A JACC Series é uma coleção de discos em parceria entre o JACC - Jazz ao Centro Clube e a editora portuguesa especializada em Jazz, a lisboeta “Clean Feed”, que reúne gravações de atuações ao vivo organizadas pelo Clube nos "Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra". Os CD, com comercialização mundial, têm contribuído para a promoção e notoriedade internacionais do evento e de Coimbra.
Janeiras
Cantar as janeiras é uma prática tradicional a seguir ao Natal e no mês de janeiro, que leva grupos de janeireiros a ir de casa em casa, ou a cantar num lugar público, canções tradicionais a desejar um bom ano e pedir a janeira.
janeireiros
Janeireiros são indivíduos que cantam as janeiras, em grupo, para desejar bom ano a familiares e conterrâneos e pedir, em certos casos, géneros ou dinheiro para apoiar certas causas ou projetos.
Jazz ao Centro
O Jazz ao Centro - Entrontros Internacionais de Jazz de Coimbra é um festival de jazz que nasceu em 2003, no âmbito de Coimbra, Capital Nacional da Cultura. Da dinâmica gerada por esta iniciativa nasceu a Associação Jazz ao Centro Clube (JACC).
Jazz aos Jardins
Jazz aos Jardins é um evento de verão realizado em Braga sob a direção artística de Ana Leite de Faria, com concertos, workshops, palestras e jam sessions.
Jazz às 5as
Jazz às 5as é um evento de entrada gratuita que, no CCB, Cafetaria Quadrante, pelo quarto ano consecutivo em 2020 reuniu nos meses de verão algumas das melhores formações nacionais e internacionais.
Jazz em Agosto
Jazz em Agosto é um evento que apresenta na Fundação Gulbenkian, Lisboa, desde 1984, as propostas mais criativas e inovadoras do jazz e da música improvisada.
Jazz H'all Church
Jazz H'all Church é um projeto musical da autoria da saxofonista Ana Leite de Faria que pretende o dinamismo através de concertos à imagem do Gospel, pelas mais emblemáticas igrejas da cidade de Braga.
jazz.pt
A jazz.pt – revista bimestral de Jazz é uma revista lançada pelo JACC - Jaz ao Centro Clube, em 2005. O seu mérito foi reconhecido oficialmente pelo Ministério da Cultura que lhe atribuiu, em 2006, o estatuto de Superior Interesse Cultural.
João da Cunha
João da Cunha - "Fabricante de órgãos que havia em Lisboa pouco antes do terramoto. O cataclismo poucas lembranças deixou subsistir do seu trabalho; apenas conheço autenticamente dele o órgão de S. Paulo em Almada, que tem esta inscrição: "João da Cunha o fez. 1748." É um pequeno mas bom instrumento. Sei que ainda existem outros insignificantes em Lisboa e seus arredores. Na mesma época havia outro organeiro, Filippe da Cunha, talvez irmão, do qual há memória no órgão da Igreja paroquial de Belas, o qual tem inscrito: "Phelipe da Cunha o fez em Lisboa no anno de 1744." (Ernesto Vieira)
João Fontanes de Maqueixa
João Fontanes de Maqueixa - organeiro que construiu o órgão do Seminário de Coimbra, em 1763. Ernesto Vieira desconhece se seria parente de Frei Simão Fontanes.
Joaquim António Peres Fontanes
Joaquim António Peres Fontanes - Organeiro estabelecido em Lisboa durante os fins do século XVIII e principios do XIX. Construiu três dos seis órgãos da Basílica de Mafra. Também são de Joaquim Peres Fontanes os órgãos da , Madalena e Loreto, semelhantes na fábrica aos de Mafra mas um pouco maiores. Terá falecido antes de 1820. (Cf. Ernesto Vieira)
Joaquim Benite
Joaquim Benite foi um dos grandes encenadores e dinamizadores de Teatro em Portugal. Encenou "La clemenza di Tito", ópera de Wolfgang Amadeus Mozart, para a Temporada Lírica 2007/08 do Teatro Nacional de São Carlos. Fundou, em 1970, o Grupo de Campolide. Ao longo da sua atividade como encenador, Joaquim Benite deu a conhecer, em estreia, autores portugueses. Encenou diversas obras e foi autor de numerosos textos.
Joaquim Lourenço Ciais Ferraz d’Acunha
Joaquim Lourenço Ciais Ferraz d’Acunha - organeiro de origem espanhola do século XVIII), "responsável pela construção do órgão da igreja do convento do Carmo (Braga), em 1790. Em 1779, um organeiro com o mesmo apelido, Sebastião Ciais Ferraz da Cunha, constrói os dois órgãos da igreja dos Clérigos, no Porto. Em Gaia, Manuel Valença, encontrou num dos livros de assento das sepulturas o nome de Sebastião Ciais - “Nesta sepultura 17ª se sepultou D. Sebastião Me [mestre] que fez o nosso Orgão aos 18 de Mayo de 1787”. (José Alberto Rodrigues)
Joaquim Silvestre Serrão
Em colaboração com João Nicolau Ferreira, Joaquim Silvestre Serrão (Setúbal, 16 de Agosto de 1801 — Ponta Delgada, 20 de Fevereiro de 1877) reparou e construiu um número significativo de órgãos das ilhas açorianas: Convento de São Francisco (Ilha de Santa Maria); Igreja de São Pedro, Ponta Delgada, 1858) (Ilha de São Miguel); Igreja das Feteiras (1860), Igreja da Misericórdia, Ribeira Grande, (1863), Igreja de Santo António, Capelas, (1875), Igreja Nossa Senhora da Ajuda, Bretanha, (1877), de Angra do Heroísmo, destruído, (1850) (Ilha Terceira).
joelheiras
joelheiras - sistemas mecânicos "com diversos usos, desde acionar os registos de palheta, alternar registos (Corneta com Corneta de ecos), abrir e fechar a caixa de ecos, etc. Mais frequente é a presença de pedais, dispostos em pares, e cuja função é alternar o ligar/desligar uma seleção de registos. O mais frequente, neste tipo de dispositivo, é o ligar e desligar os registos de “Cheios” e as palhetas. Na maioria dos órgãos este sistema não é original e surge apenas no final do século XVIII e no século XIX. (José Alberto Rodrigues)
Jornadas Nova Música
Jornadas Nova Música (JNM) designa um evento no domínio da divulgação cultural promovido pela Arte no Tempo, organizado por Diana Ferreira com João Pais e Luís Pena, entre 1997-2001. A V edição realizou-se em Aveiro em 2001.
José António de Sousa
José António de Sousa - organeiro de Braga do século XVIII "que, em 1774, aquando do contrato com a Irmandade da Senhora à Branca se indica “Joze Antonio de Sousa da rua dos Chãos de Baixo desta cidade”. Contudo, em 1782, residia na rua do Alcaide, segundo refere o contrato notarial  para a construção do órgão para a igreja da Ordem Terceira de S. Francisco (Terceiros). Em 1778, celebra contrato de um novo órgão para a matriz de Torre de Moncorvo, localidade que à época pertencia à Arquidiocese de Braga. (José Alberto Rodrigues)
José Carlos de Sousa
José Carlos de Sousa - organeiro do século XVIII de quem apenas se conhece uma obra. "Trata-se do órgão positivo (de armário) da de Braga, construído em 1799, e que esteve em uso até aos anos 50, do século XX, na capela de Nossa Senhora da Piedade. No interior consta a inscrição: “Para honra e gloria de Deos e de Sua May Santissima mandou fazer este órgão o ill.mo e Rev.mo Manoel de Lima e Abreu Tezoureiro Mor da Primaz e Joze Carlos de Sousa professor de órgão e fez no anno de 1799”. (José Alberto Rodrigues)
José Joaquim da Fonseca
José Joaquim da Fonseca - organeiro português do séc. XIX que teve a sua oficina no Porto. Dele são conhecidos os seguintes órgãos: 1871 – igreja de Santa Maria da Vitória (Porto); 1878 – Igreja Paroquial de Oliveira do Douro (Gaia); 1863 – Igreja Paroquial da Foz do Sousa; 1863 – igreja de São João de Souto (Braga); 1868 – Igreja São Domingos (Amarante) 1885 – Igreja da Maiorca (Figueira a Foz); Séc. XIX – Capela das Almas (Porto).
Kuhn
Kuhn - Orgelbau Kuhn AG, grande firma de organaria sediada na Suíça com mais de 1700 trabalhos na Suíça, Áustria, Alemanha, Noruega, Reino Unido, França, Finlândia, Portugal, Coreia do Sul, Itália. Em Portugal, construiu o grande órgão da igreja paroquial de São Martinho de Cedofeita (Porto). (António José Ferreira)
lado da Epístola
lado da Epístola – expressão utilizada para designar o lado (nave, absidíolo) direito de um templo, quando observado da entrada principal. [ arquitetura ]
lado do Evangelho
lado do Evangelho – expressão utilizada para indicar o lado (nave, absidíolo) esquerdo de um templo, quando observado da entrada principal. [ Religião ] [ Arquitetura ]
Lagonsinha
Lagonsinha - Manuel de Sá [ Couto ], "organeiro que trabalhou nos princípios do século XIX, produzindo uma grande parte dos órgãos existentes na Província do Minho, especialmente em Braga. Era natural da Freguesia de onde tirou o apelido, próximo de Santo Tirso, tendo tido por mestre na fabricação de órgãos um frade do Convento de Tibães. Faleceu cerca de 1846. Atribui-se-lhe a construção do grande órgão que está hoje no Santuário do Bom Jesus, transferido do convento dos frades bernardos de Bouro, Amares. (Cf. Ernesto Vieira)
lambrim
lambrim – revestimento cerâmico, de madeira, de pedra ou de estuque aplicado em paredes interiores a uma determinada altura. [ arquitetura ]
lápide
lápide – pedra com inscrição destinada a honrar e/ou celebrar a memória de alguém ou a comemorar um facto. [ Arquitetura ]
lhama
lhama - tecido brilhante de fio de ouro ou de prata. [ Artes ]
Limina
Limina é um núcleo cultural e artístico que privilegia a interação e cooperação disciplinares, promotor da criação, produção, ensino e difusão artísticos. É dirigido por Gisela Rebelo de Faria e Nuno Aroso e está sediada na Rua Júlio Dinis, 103. Fração X24  4050 - 323 Porto
lintel
lintel - peça dura de materiais diversos (madeira, pedra, ferro, betão) que assenta nas ombreiras ou jambas e constitui o acabamento da parte superior de portas e janelas; sendo também chamado de dintel ou padieira. [ Arquitetura ]
Lisboa Incomum
Lisboa Incomum, fundado em 2017 pelo compositor Jaime Reis, opera como plataforma transdisciplinar para experimentalismo e criações musicais, investigação e educação, acolhendo regularmente o Festival DME – Dias de Música Electroacústica. O cerne da sua produção prende-se com práticas artísticas e musicais incomuns, abertas à comunidade.
Luís António de Carvalho
Luís António de Carvalho - organeiro de Guimarães, do séc. XIX, que trabalhou com Francisco António Solha, com quem terá aprendido a arte. Montou a sua oficina em Guimarães onde deixou o órgão da colegiada da Senhora da Oliveira (1838). Construiu os órgãos da capela da Ordem Terceira de S. Francisco (Guimarães), da igreja de São Pedro de Rates (Póvoa de Varzim). da igreja paroquial de Lamaçães e da capela de Santa Maria Madalena (Convertidas), estes em Braga. Também reparou órgãos, designadamente em Lamego. (AJF)
Luís de Sousa
Luís de Sousa - organeiro do séc. XVIII, morador em Miragaia, Porto, " faz contrato com a Santa Casa da Misericórdia de Braga, em 1768, para a construção de um novo órgão. Em 1769, constrói para a igreja de São Vicente (Braga) um novo órgão, por solicitação da Irmandade do Mártir São Vicente. Também de sua autoria é a construção do órgão da igreja do Mosteiro de Landim, em Famalicão, em 1765. É-lhe atribuída a construção do órgão da igreja matriz de Chaves, em 1763, e um conserto do órgão do Convento de Santo António de Ferreirim (Lamego), em 1777. (José Alberto Rodrigues)
maestro
Maestro é um termo que designa o diretor artístico de uma banda filarmónica, orquestra ou coro. Na orquestra, também se chama diretor de orquestra; na banda musical o cargo é também conhecido por regente ou mestre da banda.
mainel
mainel - coluna de pedra que divide em duas partes um vão ou uma concavidade, às separações intermédias de um caixilho de uma janela com várias vidraças ou ao parapeito das escadas ou pontes. O emprego do mainel é comum em construções em estilo gótico e estilo manuelino observando-se também em certas janelas de estilo mudéjar. [ Arquitetura ]
malhão
Originária da região etnográfica do Douro Litoral, o malhão é uma dança tradicional em destaque no folclore do Minho, sobretudo no Alto Minho, em que sobressaem os trajes coloridos e os acessórios das mulheres.  
mandador
Mandador é o indivíduo que, no baile mandado - género coreográfico existente um pouco por todo o país - declama orientando os bailadores na forma de dançar. (AJF)
maneirista
maneirista – relativo a Maneirismo, tendência ou estilo artístico de raiz italiana correspondente, em Portugal, de uma maneira geral, à segunda metade do Século XVI e primeira metade da centúria seguinte; com raízes no Renascimento é visto como uma transgressão aos ideais clássicos para a arte, transpondo-os de maneira a que resultem obras ambíguas, despreocupadas com a rigidez clássica e que explorem efeitos inesperados. [ Artes ]
manúbrios
manúbrios - ou puxadores - mecanismo para ativar ou desativar registos de um órgão de tubos. [ Organologia ]
Manuel Benito Gómez
Manuel Benito Gómez (de Herrera) - organeiro natural de Valladolid (Espanha) que construiu o órgão do Mosteiro de Arouca e o órgão da igreja de São Pedro de Tordesilhas (Espanha), em 1714.
Manuel Cecílio
Manuel Cecílio - chocalheiro que tinha a oficina na Asseiceira, Tomar. Falecido aos 83 anos, a 27 de janeiro de 2020, foi descrito pelo Tomar TV como o último chocalheiro de Tomar.
Manuel de São Bento
Frei Manuel de São Bento - organeiro português (1683-1757) que "foi irmão donato beneditino, natural de Fermelo (Arouca) e veio a falecer no mosteiro de Paço de Sousa (Penafiel), em 1757. Entrou para a Ordem de São Bento pela “prenda de fazer órgãos”, como consta a sua memória necrológica." (José Alberto Rodrigues). Trabalhou no órgão do Mosteiro de São Bento da Vitória, reparou, afinou e construiu órgãos, sendo-lhe atribuídos os do Mosteiro de Rendufe e da Colegiada de Barcelos.  
Manuel Machado Teixeira
Manuel Machado Teixeira - organeiro de Miranda, século XVIII, "natural de Braga, filho de um alfaiate, tendo aprendido a arte de organeiro na cidade natal. De um primeiro casamento, com Teresa Angélica Taborda, nascerá em 1731, aquele que viria a ser o notável escultor Joaquim Machado de Castro. Mais tarde, em segundas núpcias com Josefa Cerveira, após a morte da primeira esposa, nasce António Xavier que seguirá o ofício de organeiro, tornando-se um dos mais importantes, com cerca de cem instrumentos construídos, entre eles três dos órgãos da Basílica de Mafra." (José Alberto Rodrigues)
manuelino
manuelino - estilo por vezes também chamado de gótico português tardio ou flamejante, é um estilo decorativo, escultórico e de arte móvel que se desenvolveu no reinado de D. Manuel I e prosseguiu até e após a sua morte, embora já existisse desde o reinado de D. João II. [ Arquitetura ]
manuscrito iluminado
manuscrito iluminado - tal como iluminura, a palavra iluminar provém do latim illuminare e significa não só dar claridade como ornar, enriquecer. A época áurea dos manuscritos iluminados no Ocidente foi a Idade Média, devido à atividade dos mosteiros, que continham na sua maioria um scriptorium ("sítio de escrever") onde os monges copiavam à mão as mais diversas obras e iluminavam os manuscritos segundo a sua inspiração artística.[ Artes ]
maracas
Maraca é um idiofone de agitamento, constituído por um recipiente de formato variável que pode ser de cartão, plástico ou cabaça, contendo sementes secas, grãos, arroz, areia ou outro material.
marchas
Marchas são um dos géneros mais importantes no repertório das bandas filarmónicas, havendo grande número destas cobras compostas por regentes de bandas.
marchas de rua
Marchas de rua são peças instrumentais executadas pelas bandas filarmónicas em arruadas, percorrendo, na abertura solene da festa, as artérias da localidade. Terminam habitualmente em frente da igreja ou capela, "com a banda virada para a entrada do templo" (José Cidade).
Maré de Fado
Com direção artística de Carlos Soares da Silva, a iniciativa “Maré de Fado” foi criada pela Câmara Municipal de Sines em 2017 e tem como objetivo recuperar o legado das noites e encontros de fado, onde amadores e profissionais se juntavam pelo prazer de cantar.
matracas
As matracas são um idiofone constituído por uma pequena tábua retangular com uma pega no topo onde estão pregadas três pegadeiras de ferro. São usadas no Minho na Semana Santa (anterior à Páscoa), nas “algazarras” do Carnaval, nas “serrações da velha” e nas “troças”.
matráculas
As matráculas, ou matracas, são um instrumento do tipo idiofone usado em Braga pelos farricocos na Semana Santa (anterior à Páscoa), após o silenciamento dos sinos. Encapuzados, os farricocos percorrem descalços o centro histórico, fazendo soar as matráculas, lembrando aos fiéis o sofrimento de Cristo, a confissão e penitência.
meios-registos
meios-registos - "invenção hispano-portuguesa veio possibilitar que um só instrumentista, o organista, resolvesse a questão da dispensabilidade de outros instrumentistas. Os registos inteiros não ofereciam a possibilidade de diferenciação que agora estavam disponíveis com os meios registos. Com estes era possível tocar o solo na metade direita do teclado com um efeito tímbrico diferente do acompanhamento que se executa em simultâneo na parte mais grave. Note-se que o solo podia ser feito também na parte esquerda ou mesmo transitar entre as partes durante a mesma peça." (José Alberto Rodrigues)
Meloteca
A Meloteca é uma plataforma dedicada à divulgação musical (que inclui uma loja de recursos musicais para a infância). Lançada por António José Ferreira em 2003, é testemunhado por numerosas personalidades da cultura como um projeto ímpar.
mesquita
mesquita - local de culto onde os seguidores da fé islâmica se reúnem para orar, aprender sobre o Islão e contactar com outros fiéis. As mesquitas também são conhecidas em todo o mundo como mostras da arquitetura islâmica. As mesquitas evoluíram significativamente desde os espaços ao ar livre, como foram numa altura as de Quba e a Mesquita do Profeta no século VII. Nos dias de hoje a maioria das mesquitas têm cúpulas elaboradas, minaretes e salas para orar. [ Arquitetura ]    
mestre da banda
Mestre da Banda é um dos termos que designa o cargo de diretor artístico de uma banda filarmónica (o mesmo que maestro ou diretor artístico).
Miguel de Mosqueira
Miguel de Mosqueira - organeiro natural de Santiago de Compostela, do século XVIII, que instalou em 1740, dois órgãos no santuário da Senhora do Porto d’Ave (Póvoa de Lanhoso). "Dois anos depois, contratou com a irmandade de Santa Cruz de Braga, em 27 de junho, a execução de um novo órgão para a igreja." (José Alberto Rodrigues)
Miguel Hensbergh
Miguel Hensbergh - organeiro natural de Bruxelas que se fixou no Porto no final do século XVII e teve intervenções em órgãos da de Braga, Igreja do Convento dos Remédios, em Lamego, Santa Cruz de Coimbra, e Santa Marinha, em Gaia.
Mirandrum
Mirandrum é uma oficina que constrói, restaura e repara instrumentos tradicionais de percussão, na envolvência da música tradicional em terras mirandesas.
missas
A missa solene é um momento alto da festa religiosa e com frequência a banda de música cede um grupo instrumental e reforça o grupo de cantores, em colaboração com o coro da igreja, capela ou santuário. No fim da missa, a banda toca por vezes uma marcha de concerto, no coreto.
missas do parto
As missas do parto são uma tradicional novena de missas celebradas antes do Natal pelas 6:oo da manhã, um pouco por toda a Região Autónoma da Madeira. Primando pelos seus cânticos católicos característicos, entoados por coros locais, anunciam o nascimento de Jesus. No final das missas, há animação nos adros das igrejas, onde a população se reúne e oferece “comes e bebes” aos fiéis e visitantes.
mísula
mísula - ornato que ressai de uma superfície, geralmente vertical, e serve para sustentar um arco de abóbada, cornija, figura, busto ou vaso. [ Arquitetura ]
MOB
O MOB - Festa da Música e dos Músicos de Oliveira do Bairro é um festival que se realiza no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol.
mor
capela-mor - capela principal de uma igreja, onde se encontra o altar-mor. É uma das localizações onde se encontram órgãos de tubos históricos, em tribuna, ora do lado do Evangelho, ora do lado da Epístola, ora em ambos os lados. [ Arquitetura ]
Museu da Música Portuguesa
Museu da Música Portuguesa - Casa Verdades de Faria reúne os espólios de duas grandes figuras da cultura portuguesa: Michel Giacometti e Fernando Lopes-Graça. Mais recentemente integrou também o acervo adquirido ao maestro Álvaro Cassuto pela Câmara Municipal de Cascais.
Museu da Terra de Miranda
O Museu da Terra de Miranda possui e continua a adquirir novas peças para integrar, ampliar, diversificar e atualizar a coleção de instrumentos musicais. Recentemente, foram integradas mais peças: uma charamela, uma caixa e duas ponteiras (estas feitas em madeira de buxo). As aquisições foram concretizadas através do projeto Termus – Territórios Musicais, um projeto europeu de cooperação transfronteiriça desenvolvido pelo Museu da Terra de Miranda e pelo Museo Etnográfico de Castilla y León.
Museu do Fado
Museu do Fado foi inaugurado a 25 de Setembro de 1998 e é um museu consagrado ao universo do fado e da guitarra. O museu localiza-se no bairro de Alfama em Lisboa, Portugal.
Museu Nacional da Música
Museu Nacional da Música possui uma das mais ricas coleções da Europa de instrumentos musicais dos séculos XVI a XX, de tradição erudita e popular. Destacam-se instrumentos manufaturados em Portugal, como o cravo de Joaquim José Antunes (1758), os violinos e violoncelos de Joaquim J. Galrão, as guitarras de D. J. Araújo e as flautas da família Haupt.
Música nos Museus
Música nos Museus é um projeto que se desenvolve na cidade do Funchal. Nas duas edições anteriores contou com 1.500 espetadores nos 26 concertos de 70 artistas diferentes. Para 2020 foram previstos 14 concertos com artistas locais, à semelhança nos anos anteriores, com um concerto intimista por mês, alternadamente em ambos os museus, normalmente na última sexta-feira de cada mês, pelas 19 horas, mais dois concertos à segunda-feira, um por ocasião do Dia Internacional dos Museus, a 18 de maio, e outro no Dia Internacional do Turismo, a 28 de setembro.
Música nos Museus
Música nos Museus é um projeto que se desenvolve na cidade do Funchal. Para 2020 foram previstos 14 concertos com artistas locais, à semelhança nos anos anteriores, com um concerto intimista por mês, alternadamente em ambos os museus.
Música para todos
Música para todos é uma iniciativa foi lançada em 2010 pelo Município do Porto, através da Fundação Porto Social, em parceria com o Curso de Música Silva Monteiro e o Agrupamentos de Escolas do Cerco do Porto e do Viso. O principal objetivo do projeto é a promoção do ensino articulado da música a alunos dos 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico, de Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP) da cidade do Porto, de forma a combater o insucesso e o abandono escolar.
Músicas da Raya
Músicas da Raya é um projeto musical do qual faz parte Paulo Meirinhos, com um repertório ligado à tradição da fronteira, em Miranda do Douro.
Musorbis
Criado em 2020 por António José Ferreira, o Musorbis é a plataforma  que, fazendo parte do projeto Meloteca, se dedica à divulgação do património musical de todos os concelhos portugueses.
nave
nave – espaço ou área longitudinal de uma igreja ou capela, situado entre a entrada principal e a cabeceira, delimitado por elementos arquitetónicos de sustentação como paredes, muros, colunas, pilares, arcos. [ Arquitetura ]
Neoclássico
Neoclássico – Neoclassicismo - corrente artística desenvolvida a partir da última década do século XVIII, vingando sobretudo nas primeiras do século seguinte, caracterizada pela inspiração no rigor das formas clássicas greco-romanas, principalmente na utilização da sua característica gramática decorativa; aplicada à arquitetura e às restantes artes resulta em obras singelas e elementares, de decoração contida, assumindo, por exemplo, a arquitetura uma grande monumentalidade. [ Artes ]
nervura
nervura – moldura que pode ser decorativa ou funcional, formando aresta saliente na parte interior das abóbadas de cruzaria de ogivas ou das cúpulas. [ Arquitetura ]
nicho
nicho - reentrância curva nos limites da espessura da parede e que não se projeta para o exterior do edifício, utilizado para a colocação de estátuas ou imagens. [ Arquitetura ]
Novos Horizontes – A OCP Solidária no Bairro dos Navegadores
Novos Horizontes – A OCP Solidária no Bairro dos Navegadores é um projeto da Orquestra de Câmara Portuguesa no âmbito dos Contratos Locais de Segurança de Oeiras. O projeto engloba um conjunto de workshops que decorrem nas escolas do Agrupamento de Escolas Aquilino Ribeiro, bem como no centro de convívio do Bairro dos Navegadores.
num-num
Num-num é um instrumento madeirense tradicionalmente feito com um pedaço de tronco de canavieira de uns 10 cm de comprimento. Perto de uma das extremidades, retirava-se parte da casca, deixando apenas uma fina película interior com uns 2 cm de comprimento, que iria produzir o som. Este resultava da própria voz do executante, que encostava a boca a esta película, fazendo-a vibrar. (Rui Camacho)
O Concelho de Braga e o seu Património Musical
"O Concelho de Braga e o seu Património Musical" visa levar a cultura musical aos munícipes de Braga envolvendo as freguesias da cidade e que se situam fora do tecido urbano. É um projeto da Câmara de Braga, através do Pelouro da Cultura e a Associação Cultural Suonart, que acordaram entre si a realização de um projecto de investigação sobre o património musical do concelho.
óculo
óculo - abertura na fachada ou no interior que pode ser redonda ou de outras formas, localizada geralmente acima de uma abertura principal ou em frontões e frontispícios. [ Arquitetura ]
Oficina de Música
Oficina de Música é sessão musical participativa sobre temas diversos que pode ser destinada a diferentes públicos (crianças, jovens ou adultos, e familiares, para professores e educadores). (AJF)
Oficina de Música Antiga
A Oficina de Música Antiga, dirigida por um mestre na sua arte, designa um agrupamento instrumental e vocal ou um curso prático de Música Antiga, com os objetivos centrais de desenvolver o interesse pela interpretação histórica, proporcionando aos participantes uma abordagem prática das técnicas de execução da música até finais do século dezoito.
Oficina e Escola de Organaria
Oficina e Escola de Organaria - oficina criada em 1992 pelo mestre organeiro formado na Alemanha Pedro Guimarães, com os mestres organeiros Georg Jann e Franz Thalhammer. Instalada em Esmoriz desde 2006, é dirigida por Pedro Guimarães e a sua esposa, a organeira, Beate von Rohden. Construiu alguns órgãos positivos mas intervém sobretudo na manutenção e salvaguarda de vários instrumentos de Norte a Sul, especialmente no restauro de órgãos históricos.
oitava curta
oitava curta - característica de certos órgãos até à primeira metade do século XVIII, sobretudo, que, para poupar em tubos grandes e caros omitia "na oitava mais grave as notas dos primeiros acidentes54 (Dó#, Ré#, Fá# e Sol#) e, nas teclas existentes, as notas possuem uma distribuição diferente, como por exemplo a nota Dó, que é tocada na tecla correspondente ao Mi, ou o Ré que é tocado na tecla do Fá#, e o Mi, tocada na tecla do Sol#. (José Alberto Rodrigues)
onservatório Regional de Setúbal
Conservatório Regional de Setúbal foi fundado em 1988. De entre os seus impulsionadores, destaca-se a ilustre figura da pedagoga professora Maria Adelaide Rosado Pinto, que muito contribuiu para o enriquecimento patrimonial, artístico e cultural da cidade de Setúbal.
Operatória
Operatória é um ensemble português destinado à produção e realização de concertos de música erudita.
opus
opus - opus, operis, termo latino que significa obra e é usado na composição musical, podendo também designar construção, restauro, reparação, inventariação no que se refere a órgãos de tubos. (AJF)
orago
orago – evocação do santo ao qual é dedicada uma igreja ou capela. [ Religião ]
Orfeão
Orfeão, do francês "Orphéon", é um coro a capella -  também coletividade ou escola - dedicado ao canto coral que, originariamente, era constituído por homens.
órgão de tubos
órgão de tubos - instrumento musical do tipo aerofone, de tecla, cujo som é produzido pela passagem de ar por um ou vários tubos em simultâneo. (AJF)
órgão histórico
órgão histórico - órgão de tubos cuja antiguidade e outras características estéticas fazem dele um instrumento musical único.
órgão ibérico
órgão ibérico - órgão com características específicas no contexto organístico internacional como os registos divididos e as trombetas em chamada.
Orquestra Académica Metropolitana
Orquestra Académica Metropolitana (OAM) estreou-se em 1993, na sequência da criação da Academia Nacional Superior de Orquestra (ANSO) – uma instituição única no país, destinada a formar músicos profissionais nas áreas de Instrumento e Direção de Orquestra. Desde o seu início, a OAM é orientada por Jean-Marc Burfin, seu maestro titular.
Orquestra Clássica da Madeira
Com mais de 50 anos de história, a Orquestra Clássica da Madeira é atualmente constituída por 52 músicos. Fruto do esforço conjunto de muitas pessoas, a Orquestra tem vindo a tornar-se uma referência a nível regional e nacional pela sua reconhecida competência artística. Teve a sua génese na Orquestra de Câmara da Madeira, fundada por Jorge Madeira Carneiro.
Orquestra Clássica de Espinho
Orquestra Clássica de Espinho (OCE) constituiu-se assim como formação de carácter semi-profissional, embora de génese académica, sendo preferencialmente integrada por alunos e ex-alunos da Escola Profissional de Música de Espinho (EPME), sem dispensar, no entanto, o concurso de jovens músicos empenhados em solidificarem a sua formação.
Orquestra Clássica do Centro
Orquestra Clássica do Centro (OCC) apresentou­-se pela primeira vez, enquanto orquestra profissional, em dezembro de 2001, na altura com 25 elementos e com a denominação de Orquestra de Câmara de Coimbra. Em 2002, a Orquestra passou a ser composta por 32 elementos, sua atual constituição. Em 2004 alterou a sua designação para Orquestra Clássica do Centro.
Orquestra Clássica do Sul
Orquestra Clássica do Sul (OCS) inaugurou a atividade artística em 2013, tendo Cesário Costa como Maestro Titular e Diretor Artístico. Sucedeu à Orquestra do Algarve, fundada em 2002. Tem-se apresentado um pouco por toda a sua área de abrangência, em  palcos do Algarve, Alentejo e Andaluzia (Espanha).
Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras
Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras (OCCO) é uma formação apoiada pelas Câmaras Municipais de Cascais e de Oeiras, e pela Direção Geral das Artes / Ministério da Cultura. Considerada por muitos uma das melhores formações deste género em Portugal, a OCCO é atualmente um elemento fundamental da vida cultural dos Concelhos de Oeiras e de Cascais.
Orquestra de Câmara Portuguesa
Orquestra de Câmara Portuguesa é uma orquestra fundada em 2007 por Pedro Carneiro, Director Artístico e Maestro Titular, Teresa Simas Gestora de Coordenação Artística, José Augusto de Sousa Martins Carneiro, Direcção Artística, e Alexandre Dias, Director Executivo. Estreou-se em 13 de setembro de 2007, no CCB. Internacionalizou-se no City of London Festival (junho 2010).
Orquestra de Cordas Dedilhadas do Minho
A criação da “Orquestra de Cordas Dedilhadas do Minho”, da Suonart, com direção artística de Rui Gama, surge com base na ideia de associar instrumentos da mesma família dos cordofones, alguns dos quais têm raízes ancestrais e culturais sumamente acentuados e reconhecidos em Braga: a guitarra, a viola braguesa, o cavaquinho, a guitarra portuguesa.
Orquestra de Cordofones Tradicionais de Braga
A Orquestra de Cordofones Tradicionais de Braga é um projeto da Associaçao Projet'arte na Tradição que existe na Academia Tradicional do Minho-Sond'art.
Orquestra do Norte
Orquestra do Norte (ON) concretiza, desde 1992, um projecto de descentralização da cultura musical que tem vindo a ser desenvolvido pela Associação Norte Cultural. Com a direcção artística de José Ferreira Lobo, a ON foi iniciadora de um trabalho pioneiro e inédito que se afirmou no panorama da música erudita.
Orquestra Filarmonia das Beiras
Orquestra Filarmonia das Beiras (OFB) deu o seu primeiro concerto no dia 15 de Dezembro de 1997, sob a direção de Fernando Eldoro, seu primeiro diretor artístico. Criada no âmbito de um programa governamental para a constituição de uma rede de orquestras regionais, tem como fundadores diversas instituições e municípios da região das beiras, associados da Associação Musical das Beiras, que tutela a orquestra.
Orquestra Filarmónica Portuguesa
Fundada em 2016 por Osvaldo Ferreira e Augusto Trindade, a Orquestra Filarmónica Portuguesa é formada por um conjunto de músicos de elevado padrão artístico, artistas premiados em concursos nacionais e internacionais, ex-integrantes da Orquestra Jovem da União Europeia e ainda músicos estrangeiros residentes em Portugal.
Orquestra Gulbenkian
Orquestra Gulbenkian começou por se designar Orquestra de Câmara Gulbenkian, com doze elementos, após a decisão da Fundação Calouste Gulbenkian de estabelecer um agrupamento orquestral permanente, em 1962. Ao longo de mais de cinquenta anos de atividade, a Orquestra Gulbenkian (denominação adotada desde 1971) foi sendo progressivamente alargada, contando hoje com um efetivo de sessenta instrumentistas que pode ser pontualmente expandido de acordo com as exigências de cada programa de concerto.
Orquestra Metropolitana de Lisboa
A Orquestra Metropolitana de Lisboa estreou-se em 10 de junho de 1992. Desde então, os seus músicos asseguram uma intensa actividade na qual a qualidade e a versatilidade têm presença constante.  Tem gravados onze CD – um dos quais disco de platina – para diferentes editoras, incluindo a EMI Classics, a Naxos e a RCA Classics.
Orquestra Nacional de Jovens
A Orquestra Nacional de Jovens é a orquestra residente do Festival ONj na Figueira da Foz em parceria com a Câmara Municipal e com o CAE.
Orquestra Nacional Moderna
A Orquestra Nacional Moderna é um recente projeto de música orquestral, constituído por vinte e um jovens músicos, licenciados, com experiências orquestrais, centrando os seus pilares de funcionamento, nos territórios de baixa densidade.
Orquestra no Património
Orquestra no Património é um ciclo de concertos em forma de viagem pelo património português. A bordo de uma orquestra (Orquestra Barroca Casa da Música), os ouvintes de algumas cidades portuguesas são lançados em viagens inesquecíveis a locais de visita obrigatória que, tal como a música, contam também parte da história do mundo. A música funde-se aqui com o carácter único e insubstituível de monumentos e locais singulares que testemunham a passagem do tempo e nos transportam para lugares de sonho e fruição. Obras-primas intemporais da criatividade humana, plenas de valor simbólico, música e património de mãos dadas, servem de inspiração a uma série de grandes concertos que nos transportam por entre tempos e apontam a caminhos de descoberta. Em 2019, envolveu as cidades de Évora, Porto, Mafra, Braga, Faro Viana, Castelo Branco.
Orquestra Sinfónica APROARTE
Orquestra Sinfónica APROARTE surgiu em 1999, como consequência natural da criação desta Associação Nacional, que pretende promover e dignificar e ensino da música, artístico e profissional, valorizando a comunicação e troca de experiências, nomeadamente no sentido da formação e consolidação do corpo técnico, docente e discente.
Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto
Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto é o agrupamento que está na origem da atual Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música. Foi criada em 1947. Após a extinção das Orquestras da Radiodifusão Portuguesa, foi fundada a Régie Cooperativa Sinfonia (1989-1992), vindo posteriormente a ser criada a Orquestra Clássica do Porto e, mais tarde, a Orquestra Nacional do Porto (1997), alcançando a formação sinfónica com um quadro de 94 instrumentistas em 2000. A Orquestra foi integrada na Fundação Casa da Música em 2006. Adotou a designação de Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música em 2010.
Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música
A origem da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música remonta a 1947, ano em que foi constituída a Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto, que desde então passou por diversas designações. Após a extinção das Orquestras da Radiodifusão Portuguesa, foi fundada a Régie Cooperativa Sinfonia (1989-1992), vindo posteriormente a ser criada a Orquestra Clássica do Porto e, mais tarde, a Orquestra Nacional do Porto (1997), alcançando a formação sinfónica com um quadro de 94 instrumentistas em 2000. A Orquestra foi integrada na Fundação Casa da Música em 2006, vindo a adoptar a actual designação em 2010.
Orquestra Sinfónica Portuguesa
Criada em 1993, a Orquestra Sinfónica Portuguesa (OSP) é um dos corpos artísticos do Teatro Nacional de São Carlos e tem vindo a desenvolver uma actividade sinfónica própria, incluindo uma programação regular de concertos, participações em festivais de música nacionais e internacionais.
Os Melhores Coros Amadores
Os Melhores Coros Amadores da Região é uma coleção de discos editada pela Publicart com registos de coros das diversas regiões de Portugal.
Ourearte
Ourearte - Escola de Música e Artes de Ourém é uma escola escola de música sediada em Vila Nova de Ourém que conta com o apoio do Ministério de Educação.
OuTonalidades
OuTonalidades é um projeto da d'Orfeu Associação Cultural, um circuito nacional de música ao vivo que se tem realizado ininterruptamente desde a criação da associação. Iniciado em 1997, começou por ser um pequeno roteiro musical nos bares de Águeda, mas a sua vocação de promoção de redes atraiu cada vez mais grupos e espaços, expandindo-se a toda a geografia nacional.
Ouvir Vozes
"Ouvir Vozes" é uma desafiante oportunidade de formação vocal e musical criada pelo Serviço Educativo da Associação Ecos do Passado, que integra ensaios participados e participativos.
Padre Lourenço da Conceição
Padre Lourenço da Conceição (de Sousa) - organeiro do século XVIII "que professou na Congregação de São João Evangelista (Lóios) e que residiu na rua do Paraíso, no Porto. Em 1721, contratualizou os órgãos da igreja da Misericórdia de Viana e, em 1736, encontra-se em Braga, a construir o órgão da igreja do convento do Salvador. Entre 1717 e 1733, existem referências ao mesmo na do Porto, na construção de três órgãos, um à entrada do templo e dois na capela-mor. Na mesma cidade irá construir um órgão para a Ordem Terceira de São Francisco, cerca de 1731. Em 1730, ajusta um novo órgão para a de Viana." (Cf. José Alberto Rodrigues)
Palácio da Bolsa
Palácio da Bolsa, no Porto, começou a ser construído em outubro de 1842. O Salão Árabe detém o maior destaque de todas as salas do palácio devido, como o nome indica, a estuques do século XIX legendados a ouro com caracteres arábicos que preenchem as paredes e tecto da sala. Neste salão têm lugar concertos e homenagens a chefes-de-estado que visitam a cidade.
Palácio Foz
O Palácio Foz, conhecido como Palácio Castelo Melhor, situado na Praça dos Restauradores em Lisboa, foi projetado no século XVIII. Com o Terramoto de 1755, o antigo Palácio do Conde de Castelo Melhor D. José Vasconcelos Sousa Câmara Faro e Veiga, ficou arrasado e tornou-se necessário proceder a nova construção.
palheta
Palheta é um aerofone tipo charamela, de madeira de buxo com furos melódicos e palheta dupla de cana. Corresponde à “dulçaínha” medieval. É um instrumento pastoril, hoje em desuso, que se encontrava na Beira Baixa (Monsanto, Idanha-a-Nova).
palhetas horizontais
palhetas horizontais  - tubos de palheta em chamada, "não só são a peculiaridade mais espetacular dos órgãos do período barroco ibérico, como aquela que mais impressiona pela sonoridade, com timbres majestosos e brilhantes. (José Alberto Rodrigues)
palmeta
palmeta – elemento decorativo de origem clássica que utiliza uma folha de palma. [ Arquitetura ]
pandeireta
A pandeireta é instrumento de percussão formado por armação cilíndrica com fendas atravessadas por eixos e discos metálicos na ilharga.
pandeiro
O pandeiro é um instrumento de percussão híbrido formado por uma pele sobre armação cilíndrica com fendas atravessadas por eixos e discos metálicos na ilharga. No Algarve é muito usado por grupos de janeireiros.
Pascoal Caetano Oldovino
Pascoal Caetano Oldovino - organeiro genovês do século XVIII que fixou residência em Évora onde montou oficina de organaria, tendo construído por todo o Alentejo mais de 30 órgãos a que imprimiu a sua marca pessoal. (AJF)
passarinho
Passarinho, também chamado rouxinol, é um brinquedo musical de cerâmica em forma de pássaro com um bocal de insuflação que produz um som característico pelo borbulhar da água colocada no recipiente. Vende-se com frequência em feiras de artesanato e feiras ditas medievais.
pauliteiros de Miranda
Pauliteiros de Miranda designa um grupo ou uma ginga representativa da região, executada por homens com o seu traje típico que se enfrentam com palotes.
paulitos
Os paulitos são um idiofone percussivo constituído por dois paus em forma cilíndrica com cerca de 30-40 cm de comprimento e 3 cm de espessura, de madeira de carvalho ou freixo. A decoração consiste em gravações a ferro quente. Os paulitos são usados nas danças dos pauliteiros de Miranda do Douro e Mogadouro (Trás-os-Montes e Alto Douro).
pedaleira
pedaleira - teclado feito de peças de madeira dispostas à semelhança do teclado manual, concebido para ser tocado pelos pés do organista, seja para tocar um baixo harmónico seja para passagens de verdadeiro virtuosismo. (AJF)
pedestal
Pedestal - suporte prismático destinado a suster outro suporte maior, formando a parte inferior de uma coluna.
PédeXumbo
A PédeXumbo (PX) é uma associação portuguesa que trabalha desde 1998 a promoção da música e dança tradicional, através de festivais, publicações, criação artística e iniciativas pedagógicas.
pedras
Pedras são um instrumento natural de percussão direta constituído por duas pedras que entrechocam nas mãos do executante. O uso destas pedras (devidamente selecionadas pelo som e a forma) acontece em vários países, incluindo Portugal e Espanha.
Pedro Homem de Melo
Pedro Homem de Melo (Porto, 6 de setembro de 1904 - Porto, 5 de março de 1984) foi um folclorista, professor e poeta português. Entre 1934 e 1983 publicou 29 livros de poesia e três obras sobre danças e cantares populares (principalmente do Noroeste de Portugal). Alguns dos seus poemas foram adaptados para fados cantados por Amália Rodrigues. Conduziu programas televisivos entre finais dos anos 60 e inícios da década de 1970.
pife
Pife é um instrumento tradicional da Madeira constituído por "um pedaço de canavieira de 20 a 25 cm de comprimento e cerca de 1,5 cm de diâmetro. Corta-se junto a um nó, de modo a ficar a extremidade tapada. A cerca de 1 cm desta, perfura-se a embocadura, com um ferro em brasa. O mesmo ferro serve para fazer os dois ou três furos próximo da outra extremidade, de onde sairão as diferentes notas entoadas. É o único aerofone de bisel tradicional na Madeira, usado em exclusivo na Primeira Lombada da Ponta Delgada, associado aos festejos do Natal. Durante o percurso para as Missas do Parto, grupos de rapazes iam executando uma melodia simples, destinada a chamar os moradores para se juntarem ao grupo na deslocação até à igreja. O seu uso tem perdurado ao longo dos anos em diversos eventos do ciclo do Natal daquele lugar. (Aprender a Madeira)
pilão
Pilão, ou almofariz, é um objeto de cozinha utilizada também como instrumento de percussão direta, de madeira.
pilar
pilar – elemento vertical de função tectónica, de secção retangular, cruciforme ou poligonal. [ Arquitetura ]
pilastra
pilastra – elemento vertical de sustentação ou de função decorativa, de secção quadrangular ou poligonal, adossado a um muro. [ Arquitetura ]
pilastras
pilastra - pilar fundido numa parede, com as mesmas divisões de uma coluna, por vezes canelada e ornada, com a função de dar estrutura às paredes, sustentar entablamentos, cornijas de portais. [ Arquitetura ]
pináculo
pináculo - ponto mais alto de um lugar, edifício ou torre, por exemplo, podendo ser coberto por um coruchéu; alvenaria empregue como peso no cume de um contraforte ou em forma decorativa como remate. [ Arquitetura ]
pinhas
Pinhas são um idiofone de raspagem utilizado na Madeira e outras regiões de pinhal. Por vezes a produção dos ritmos e dos sons é feita com recurso a materiais disponíveis no meio ambiente que, pelas suas características, não necessitam de qualquer trabalho de adaptação ou construção. Esta tradição de aproveitar os recursos disponíveis nasceu de uma opção muito frequente em situações como a deslocação para arraiais que, sendo a pé, não convidava ao transporte de muito peso. Desse modo, aproveitar duas pinhas para, raspando-as, produzir o ritmo de acompanhamento dos cantos era uma solução fácil e cómoda. (Aprender a Madeira)
pinhocras
Pinhocras (pinhocas ou pinhas) é idiofone de friccão utilizado em algumas regiões de Portugal composto por duas pinhas abertas. O executante segura cada uma em sua mão e raspa uma na outra ao ritmo da música tradicional, em geral música bailada.
pisantes
pisantes - pedais, geralmente de madeira, que permitem ao organista ativar ou desativar rapidamente determinados registos do órgão de tubos.
Plataforma de Professores do Ensino Artístico Especializado
A Plataforma de Professores do Ensino Artístico Especializado é um grupo de professores em representação do Ensino Artístico Especializado (EAE) do Ensino Particular e Cooperativo (EPC), comprometidos em valorizar e dignificar o sector de uma forma mais plural e construtiva.
Plataformadança - Associação Nacional de Dança
Fundada em 2020, a Plataformadança - Associação Nacional de Dança foi formalmente constituída a 29 de Setembro de 2020 e pretende ser uma associação que congrega profissionais e instituições de dança.
Plateia
Fundada em 2004, no Porto, a Plateia é uma associação privada que agrega cerca de 100 profissionais e 30 estruturas, das áreas do teatro e dança, e que se afirma como uma plataforma para a transformação positiva do setor das artes performativas aos níveis local, regional, nacional e europeu.
plinto
plinto – elemento quadrangular no qual se apoia a base de uma coluna ou de um pedestal. [ Arquitetura ]
portal
portal - também chamado de pórtico - a entrada principal de uma igreja, catedral ou grande edifício. Geralmente, se apresenta de forma ornamentada. [ Arquitetura ]
pórtico
pórtico - local coberto à entrada de um edifício, templo ou palácio. Pode estender-se ao longo de uma colunata. A ideia apareceu na Grécia antiga e influenciou diversas culturas, incluindo a maioria das ocidentais. [ Arquitetura ]
Portingaloise
Portingaloise é uma associação cultural para a divulgação das danças antigas em Portugal, através da formação, performance e investigação científica, com o objetivo de trocar experiências, informações e refletir sobre a interpretação historicamente informada.
positivo
positivo - órgão de tubos de dimensões entre o grande órgão e o portativo, criado essencialmente para acompanhar vozes ou instrumentos embora também possa ser solista.  
positivo de armário
positivo de armário - órgão de dimensão reduzida entre o grande órgão e o portativo, criado como instrumento acompanhador, essencialmente, com portadas e formato de armário que protege os tubos. [ Organologia ]
Praia da Amália
A Praia da Amália, ou Praia Amália, é uma praia do Concelho de Odemira, que tinha acesso privativo através da Herdade Amália, que foi durante três décadas refúgio de férias da cantora. Amália cederia através da sua propriedade acesso público à praia.
Prémio de Composição Francisco Martins
O Prémio de Composição Francisco Martins, 2ª edição em 2018, é um concurso promovido pela Associação Orquestra Clássica do Centro, com o apoio da Livraria Almedina, da AVA – Musical Editions, da DGArtes, e da RTP – Antena 2, destinado aos compositores de nacionalidade portuguesa e aos estrangeiros residentes em Portugal, sem limite de idade.
Prémio de Composição Peças Frescas Açores
O Prémio de Composição Peças Frescas Açores, 1ª edição em 2018, é promovido pelo Festival Peças Frescas Açores, com o apoio da editora Scherzo Editions, com o objetivo de valorizar o repertório coral português. Destina-se aos compositores de nacionalidade portuguesa residentes em Portugal ou no estrangeiro, sem limite de idade.
Prémio de Composição Séc. XXI
O Prémio de Composição Séc. XXI, 10ª edição em 2019, é um concurso organizado pela Academia de Música de Viana do Castelo (AMVC) e pela Fundação Átrio da Música, destinado aos alunos dos Cursos Secundários de Música e dos Cursos Profissionais de Música (nível IV) ministrados em Portugal.
Prémio de Composição SPA/Antena 2
O Prémio de Composição SPA/Antena 2, 10ª edição em 2021, tem por objetivo promover e incentivar a criação musical erudita contemporânea e divulgar o trabalho dos jovens compositores. Destina-se a compositores de nacionalidade portuguesa ou estrangeiros residentes em Portugal há mais de quatro anos, nascidos a partir de 1 de janeiro de 1986.
Prémio Ilda Moura
Prémio Ilda Moura, criado pela Escola de Música Guilhermina Suggia decorre no Porto, em homenagem à engenheira Ilda Moura, a quem a Escola de Música Guilhermina Suggia deve a sua existência: admirando e reconhecendo a importância do trabalho da Fundação Musical dos Amigos das Crianças (hoje, AMAC) que muito se empenhou para que fosse criada uma escola semelhante na cidade do Porto.
Prémio Internacional de Composição para Clarinete e Big Band 
Prémio Internacional de Composição para Clarinete e Big Band foi criado pelo Município de Loures com o intuito de promover e incentivar a criação, assim como distinguir o desenvolvimento e a excelência na área da composição, premiando obras inéditas de autores nacionais ou estrangeiros. A primeira edição teve como objetivos específicos a divulgação do clarinete e o desenvolvimento da escrita musical para a formação de Big Band, que inclua o clarinete como solista.
Prémio Internacional de Composição para Órgão – Pedro de Araújo
O Prémio Internacional de Composição para Órgão – Pedro de Araújo é organizado em parceria pela Arquidiocese de Braga/Cabido da de Braga, Município de Braga, Irmandade de Santa Cruz e Santa Casa da Misericórdia de Braga, com periodicidade anual, tendo-se iniciado em 2018 a título experimental e ocorrendo em 2019 a sua 2.ª edição.
Prémio José Afonso
O Prémio José Afonso é promovido pela Câmara Municipal da Amadora desde 1988 e tem como objetivo homenagear o cantor e compositor português José Afonso e incentivar a criação musical de raiz portuguesa, ao premiar um álbum inédito, editado no ano anterior ao da edição do Prémio, cujo tema tenha como referência a Cultura e a História portuguesas.
Prémio José Augusto Alegria
Prémio José Augusto Alegria é um concurso anual para jovens intérpretes promovido pela Associação Musical de Évora “Eboræ Mvsica” que tem como referência e patrono o Cónego Dr. José Augusto Alegria que legou ao País uma importante obra musical centrada no estudo e investigação das várias vertentes da “Escola de Música da de Évora” nos séculos XVI e XVII.
Prémio Jovens Músicos
Prémio Jovens Músicos é um concurso promovido anualmente pela RTP através da Antena 2 com o objetivo de descobrir novos talentos e promover os jovens intérpretes nacionais (ou residentes em Portugal) na área da música erudita. Este prémio é atribuído no âmbito do Festival Jovens Músicos, uma iniciativa organizada pela Antena 2 e pelo Serviço de Música da Fundação Calouste Gulbenkian.
Prémio Novos Talentos Ageas
Prémio Novos Talentos Ageas é uma parceria da seguradora Ageas com a Fundação Casa da Música e tem como objetivo distinguir e incentivar o trabalho de jovens músicos com idade até 35 anos, em todos os géneros musicais, nas áreas da criação, interpretação e/ou desempenho em palco, e promover projetos artísticos. Ao vencedor do Prémio Novos Talentos AGEAS são atribuídos 5000 euros e um troféu em prata.
Prémio Pequenos Músicos
O Prémio Pequenos Músicos é uma competição instrumental dedicada aos músicos mais jovens, com idades compreendidas entre os 4 e os 12 anos, promovido pelo Conservatório de Música de Vila do Conde.
Primavera Jazz
Primavera Jazz é um evento musical dirigido pela saxofonista Ana Leite de Faria que procura envolver o público com diversos artistas, professores e jovens músicos, em Braga, na Primavera.
procissões
A procissão da festa é um dos momentos em que as bandas filarmónicas se apresentam desempenhando um papel fundamental, uma um dois alternadamente. "Liderada pelo porta estandarte e pelo maestro, a banda, em formatura, executa, "Marchas de Procissão" (ou marchas graves), cujos títulos invocam Nossa Senhora, a Santíssima Trindade ou os Santos". (José Cidade)
Proença a Nova Rock Fest
Proença a Nova Rock Fest é um festival de música rock realizado em Proença a Nova.
Projet'Arte na Tradição
Projet'Arte na Tradição é uma associação cultural que se dedica à promoção, pesquisa e ensino das Artes Tradicionais do Minho, criada em 2015.
púlpito
púlpitotribuna destinada antigamente à pregação no interior das igrejas. [ Arquitetura ]
putti
putto - do latim putus ou do italiano puttus, menino - pintura ou escultura de menino nu, geralmente gordinho e representado frequentemente com asas. Derivado da figura do Cupido jovem, simboliza o amor e pureza. No plural: "putti". [ Artes ]
puxadores
puxadores - ou manúbrios - mecanismo para ativar ou desativar registos de um órgão de tubos. [ Organologia ]
Quartel das Artes Dr. Alípio Sol
O Quartel das Artes Dr. Alípio Sol é um equipamento cultural preparado para a apresentação de espetáculos de índole cultural (concertos, teatro, bailado, ópera), em Oliveira do Bairro.
Que Jazz é Este
Que Jazz é Este? é o Festival de Jazz de Viseu, que desde 2013 procura afirmar-se como um projeto de relevo e prestígio na região centro, destacando-se pelos concertos que organiza, mas também pelas diversas atividades que promove desde formação de jazz, música pela rua ou cinema musicado. É organizado pela Associação Cultural Gira Sol Azul.
Quorum Ballet
Quorum Ballet® é uma companhia de dança contemporânea de repertório fundada em 2005 pelo seu director artístico, coreógrafo residente e bailarino Daniel Cardoso. Em outubro de 2007, em parceria com a associação sem fins lucrativos AQK - Associação Quorum Cultural e a Câmara Municipal de Amadora, abriu a Quorum Academy com aulas abertas a crianças, jovens e adultos, de onde derivou a jovem companhia de dança “Projecto Quorum”.
rabeca
Rabeca é o nome popular de violino ou de um instrumento similar.
rabeca chuleira
Rabeca chuleira é um cordofone de arco tradicional português, uma espécie de violino de braço mais curto que afina uma oitava acima.
rabel
Rabel é um instrumento de corda friccionada que remonta à Idade Média, frequente no Norte da Península Ibérica.
rajão
O rajão é um popular instrumento do folclore madeirense. Com 70 cm de comprimento, tem 5 ordens de cordas, tem uma afinação que se assemelha ao esquema de afinação de uma guitarra clássica nas suas primeiras 5 cordas (de baixo para cima). Foi levado pelos madeirenses para o Hawai, dando origem ao ukulele.
Rancho Folclórico
Rancho folclórico, ou grupo folclórico, ou etnográfico, é um grupo de danças e cantares de música tradicional. Apresenta tradições, trajes típicos e elementos decorativos, representativos de uma região etnográfica. Cada rancho tem a sua tocata tradicional (instrumentos musicais que acompanham as suas danças e cantares).
rapsódias
Rapsódias são compilações de melodias estrangeiras ou portuguesas que podem incluir diversos géneros musicais e danças (fado, fandango, vira, chula), dispostos em diferentes andamentos, apresentadas por bandas filarmónicas em concerto, em coreto ou auditório fechado.
rascas
Rascas, carracas ou ferranholas são idiofones tradicionais de fricção utilizadas em Trás-os-Montes, onde acompanham o pandeiro.
realejo
Realejo (o mesmo que gaita de beiços, harmónica, harmónica de boca) é uma designação popular de um instrumento musical de sopro cujos sons são produzidos por um conjunto de palhetas livres em vibração. Possui na embocadura um conjunto de furos por onde o instrumentista sopra ou suga o ar. Devido ao seu pequeno tamanho - cabe normalmente num bolso-, a gaita não tem caixa de ressonância. O termo pode designar também um instrumento de música mecânica que toca música predefinida, por meio de uma manivela; ou um tipo de órgão de tubos.
reclamo
Reclamo é um instrumento de madeira constituído por dois paus, sendo um deles, com furos, friccionado pelo outro.
reco-reco
Reco-reco, também chamado reque, ou reque-reque, é um idiofone de raspagem constituído por uma cana de bambú ou um pau de madeira em forma de cilindro. Uma vara de madeira mais fina raspa a parte que tem saliências, produzindo-se um timbre característico.
regente
Regente, o que rege ou dirige, é um dos termos que designa o cargo de diretor artístico de uma banda filarmónica. É o mesmo que maestro ou mestre da banda.
regime supletivo
O regime supletivo consiste em o aluno frequentar o Ensino Especializado da Música mediante pagamento de propina, sem articulação com a escola de ensino regular, sendo o plano de estudos o mesmo do ensino articulado.
registo
registo – área em que se posicionam os elementos ou figuras em diferentes níveis dentro da mesma composição, dizendo-se que estão em registos diferentes. [ Arquitetura ]
registos de palheta
registos de palheta - registos do órgão de tubos cujo som é produzido pela vibração de uma palheta, podendo estar na horizontal ou na vertical.
registos divididos
registos divididos - ou “partidos” - característica dos órgãos ibéricos em que um só teclado manual toca meio registo na mão esquerda e meio registo na mão direita, o que permite grandes contrastes sonoros.
registos ornamentais
registos ornamentais - ou de adorno - "são pormenores inventivos que, não constituindo uma parte essencial dos instrumentos, são jogos alegres com efeitos diferentes e divertidos: tambores acústicos, cascavéis, passarinhos ou rouxinóis, carrancas, guizos, precursões, figuras que se movimentam, que se acionam por meio de pedais (pisantes) ou manípulos. O seu sucesso era tal, que passou a incorporar mesmo pequenos instrumentos. Trata-se efetivamente de elementos da teatralidade do Barroco e que foram adicionadas aos órgãos, algumas com efeitos sonoros curiosos e alegres. (José Alberto Rodrigues)
Reisadas
Reisadas, ou cantar dos Reis, é uma secular tradição portuguesa que acontece entre o Natal (25 de dezembro) e o dia de Reis (6 de janeiro), assumindo características diferenciadoras em certas regiões.
rela
Rela, o mesmo que cega-rega, é um idiofone de madeira de percussão indireta tradicional de Portugal, constituído por um pequeno corpo ortoédrico com roda dentada.
remate
remate – elemento que encima ou coroa uma estrutura arquitetónica, retábulo, ou peça de mobiliário. [ Arquitetura ]
Remix Ensemble
Remix Ensemble é o agrupamento de música contemporânea da Casa da Música. Desde a sua formação em 2000, já apresentou em estreia absoluta mais de noventa obras. Tem dezassete discos editados com obras de Pauset, Azguime, Côrte-Real, Peixinho, Dillon, Jorgensen, Staud, Nunes, Bernhard Lang, Pinho Vargas, Mitterer, Karin Rehnqvist, Dusapin, Francesconi, Unsuk Chin, Schöllhorn e Aperghis.
repertório
Repertório é o conjunto de obras musicais e géneros tocados por um músico, banda filarmónica ou outro agrupamento musical. No caso das filarmónicas, o repertório é constituído especialmente por marchas, rapsódias, hinos, fantasias e aberturas.
repertório ligeiro
O repertório ligeiro é, nas bandas filarmónicas, constituído por arranjos, compilações e transcrições de peças de música rock ou pop, nacional ou estrangeira, apresentado em concerto, geralmente à tarde ou à noite, ao sábado ou domingo.
Restart - Instituto de Criatividade Artes e Novas Tecnologias
A Restart - Instituto de Criatividade Artes e Novas Tecnologias é um Instituto de Criatividade, Artes e Novas Tecnologias que disponibiliza cursos de especialização profissional, classes de aperfeiçoamento e oficinas nas áreas Som & Música, Audiovisuais, Artes Visuais, Comunicação, Eventos e Digital.
retábulo
retábulo - estrutura retabular, máquina retabular – estrutura pintada ou entalhada, de caráter devocional, colocada no espaço sacro ao modo de altar, para colocação de objetos e alfaias litúrgicas; habitualmente apresenta-se encostado a uma parede; pode representar um episódio do foro do sagrado ou acolher várias representações relacionadas com esse campo. [ Arquitetura ]
Rocaille
Rocaille - estilo francês de decoração exuberante, com uma abundância de curvas, contracurvas, ondulações e elementos modelados na natureza, que apareceram em móveis e decoração de interiores durante o reinado de Luís XV da França, em reação contra o peso e a formalidade do estilo Louis XIV. [ Artes ]
Rococó
Rococó - Rocaille – termo indicado para designar a fase tardia do Barroco, constituindo uma reação às suas formas classicizantes; atinge sobretudo a linguagem decorativa que enriquece habitualmente os interiores, transformando-os, através da sua grande liberdade compositiva, em espaços extremamente requintados, recorrendo a uma linguagem formal assente em motivos exóticos e, de certo modo, bizarros; os motivos concheados ou em «asa de morcego», colocados de forma assimétrica, combinados com elementos vegetalistas são-lhe preferencialmente típicos; na arquitetura explora de maneira sublime os valores da luz, o papel dos revestimentos artísticos e os jogos cromáticos. [ Arquitetura ]
romarias
Romarias são peregrinações religiosas a uma igreja, ermida ou outro lugar sagrado, designando também, em sentido figurado, o respetivo aglomerado de pessoas.
ronca
ronca é o instrumento musical que acompanha os cantos de Natal em Elvas. Membranofone de fricção constituído por uma estrutura cilíndrica com uma pele esticada numa das aberturas. É friccionado por uma cana fixada no centro da membrana. O executante, com a mão molhada, fricciona a cana fazendo vibrar a pele e produzir um ronco. Apresenta-se em outras regiões com designações (ronca, zamburra, zambomba).
rosácea
rosácea – vão de iluminação circular, habitualmente com grelhagem pétrea. [ Arquitetura ]
rouxinol
Rouxinol, também chamado passarinho, é um brinquedo musical de cerâmica em forma de pássaro com um bocal de insuflação que produz um som característico pelo borbulhar da água colocada no recipiente. Vende-se com frequência em feiras de artesanato e feiras ditas medievais.
rusga
Rusga é uma dança tradicional portuguesa originária da região etnográfica do Douro Litoral.
Sala do Capítulo
Sala do Capítulo - salão existente em mosteiros, conventos, colegiadas ou catedrais onde eram realizados os capítulos, ou seja, as reuniões entre os monges ou cónegos e seus superiores, como abades, priores ou deões.
Salão Nobre
Salão Nobre é um espaço amplo existente em muitas instituições (universidades, fundações, palácios) para acontecimentos especiais, exposições, espetáculos e receção de personalidades. Em grandes mansões europeias, foi historicamente um grande aposento, projetado e decorado para impressionar hóspedes distintos. (AJF)
sanca
sanca – moldura ou elemento linear, decorado ou liso, com alguma saliência e com desenvolvimento horizontal, que estabelece a ligação entre os planos das paredes e do teto. [ Arquitetura ]
Santa Casa Alfama
Nascido em 2013, o Santa Casa Alfama é um festival de fado no bairro mais antigo de Lisboa, repleto de arquitetura magnífica e numa grande variedade de espaços.
Santuário
Santuário - lugar consagrado pela religião. Pode ser uma capela, uma igreja, ou um espaço que engloba várias construções, para adoração, reunião, formação e culto. Há em Portugal diversos santuários com órgãos históricos ou modernos. O mais emblemático é o de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, um dos maiores lugares de peregrinação católica onde é possível escutar órgãos de diferentes dimensões, incluindo um grande órgão na basílica. (António José Ferreira)
São Luiz Teatro Municipal 
São Luiz Teatro Municipal é um teatro localizado na Rua António Maria Cardoso, em Lisboa, Portugal, sendo considerado uma das mais importantes salas de espectáculos da cidade.
sarronca
sarronca é um instrumento musical tradicional, do tipo membranofone de fricção. É constituído por um cântaro de barro que funciona como caixa de ressonância, uma pele que tapa a boca do vaso e um elemento fricativo que consiste numa haste em cana ou madeira.
- ou catedral - o templo cristão mais importante de uma diocese, onde o bispo preside à eucaristia e outras celebrações como a ordenação sacerdotal. Destaca-se também pela grandiosidade arquitetónica e artística e pela sua história. Quase todos as catedrais portuguesas têm grande órgão e há catedrais com dois, três e quatro órgãos de tubos. (António José Ferreira)
Sebastião Fernandes
Sebastião Fernandes - organeiro do século XVII, "pouco conhecido da organaria, surge numa ata da Câmara de Viana do Castelo, como mestre organeiro de Braga, responsável pela reparação em 1638, do órgão da [ Catedral ]e Viana, pelo valor de 40 000 réis, pelo qual coloca tubos em falta e acrescenta um novo registo. Poderá ser o mesmo que em 1677, com o nome Sebastião de Araújo, faz uma reparação no órgão de Santa Cruz e que, antes, em 1656 e 1661, consertava o órgão da igreja da Misericórdia de Braga. (José Alberto Rodrigues)
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura
O Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura (SNPC) é um órgão da Conferência Episcopal Portuguesa (Igreja Católica). Está integrado na Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais. Publica o "Observatório da Cultura" e atribui anualmente o prémio "Árvore da Vida - Padre Manuel Antunes".
Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja
O Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja (SNBCI) é um órgão executivo da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais da Igreja e Comunicações
Seminário Diocesano
Seminário - instituição educacional para a formação de padres ou presbíteros. No século XXI, é comum haver em cada diocese ou ordem religiosa, na Europa, um número reduzido de candidatos ao sacerdócio. Mesmo assim, há diversos seminários diocesanos cuja capela (onde se celebra a eucaristia e a liturgia das horas) dispõe de órgão de tubos, histórico ou moderno.
Sentir Cultura
Sentir Cultura é um programa de intervenção cultural que pretende contribuir para a resiliência cultural e artística em contexto de pandemia. Assente na efetivação de medidas diretas de apoio, o programa inclui a apresentação de uma seleção de conteúdos online de qualidade artística e relevância cultural.
Serviço de Música Sacra da Igreja de São Roque
O Serviço de Música Sacra da Igreja de São Roque tem como missões a recuperação da prática musical regular nessa igreja, a investigação académica sobre Música Sacra e a execução em contexto litúrgico de obras esquecidas ou menos executadas.
sigla
sigla – marca de canteiro gravada nos silhares ou outras peças da construção, destinada a assinalar a autoria, quando o trabalho era pago à jorna; marca de posição que se destinava à colocação das peças na construção. [ Arquitetura ]
Simão Fernandes Coutinho
Simão Fernandes Coutinho - organeiro galego do século XVIII que fixou residência na cidade do Porto, na rua do Bonjardim e, mais tarde, em Braga. Terá sido autor de um órgão para o convento dos Agostinhos, atual Colégio de Ermesinde.
Sintoma Records
Sintoma Records é uma editora independente de jazz, sediada em Lisboa, Portugal.
Soam As Guitarras
Soam As Guitarras 2020 é um festival em 4ª edição que decorreu de 28 de março a 25 de abril em Oeiras, Évora, Póvoa de Varzim e Setúbal - o mais recente município a integrar o programa. A edição de 2020 do Soam As Guitarras recebeu 19 espetáculos de 12 artistas que, motivados pelo espírito de experimentação transversal ao projeto, estreiam novos formatos ou promovem encontros únicos, celebrando a arte da guitarra nos seus múltiplos formatos e abordagens em concertos intimistas, no ambiente acolhedor de teatros, igrejas ou auditórios.
Sociedade Filarmónica
Sociedade Filarmónica é uma coletividade musical que pode incluir uma banda musical e uma escola de música, mas também coro e orquestra ligeira.
Sociedade Musical
Sociedade Musical é uma coletividade cuja atividade se relaciona especialmente com bandas de música, e respetiva escola de música, orquestra ligeira ou outro agrupamento.
Sociedade Portuguesa de Investigação Musical
A Sociedade Portuguesa de Investigação Musical (SPIM) é uma organização que sucede à antiga Associação Portuguesa de Ciências Musicais e congrega a nível nacional os musicólogos e investigadores em todos os domínios dos estudos musicais, como a história, a teoria, a análise, a iconografia, a psicologia, a pedagogia, a informática, a sociologia, a filosofia da música, a performance e a etnomusicologia.
Sons de Vez
Com 18 edições realizadas em 2019, o festival Sons de Vez apresenta-se anualmente no Auditório da Casa das Artes de Arcos de Valdevez como o primeiro do ano. A pandemia levou ao cancelamento das edições de 2020 e 2021.
Sons do Mira
Sons do Mira é um projeto de música tradicional alentejana que, em formato de arruada ou concerto, recria momentos de convívio típicos das planícies alentejanas. Num passado não muito distante, no dia a dia das famílias alentejanas, a música acompanha as atividades diárias no campo e os serões em família. Estes os momento de partilha de histórias e tradições, nos quais os mais novos recebiam os sábios ensinamentos dos seus pais e avós. A música tradicional alentejana, sob a forma de modas, contem em si estas histórias e estas lições. De pais para filhos, chegam até aos dias de hoje as tradições de um povo, de uma terra e de vidas inteiras. Esta é uma viagem musical pelas planícies alentejanas, onde o visitante pode ser espectador ou interprete. Poderá cantar, tocar, dançar, apreciando a simplicidade da música tradicional alentejana.
Sons pela Cidade
Sons pela Cidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa e da Orquestra Metropolitana que anima as tardes de fevereiro e março. O programa de concertos de entrada livre com músicos da Orquestra Metropolitana de Lisboa (OML), que se estende ao longo de boa parte do ano – com excepção de uma pausa nos meses da canícula – é reforçado em fevereiro e março com a iniciativa Sons pela Cidade.
SPIM
A SPIM é uma organização que sucede à antiga Associação Portuguesa de Ciências Musicais e congrega a nível nacional os musicólogos e investigadores em todos os domínios dos estudos musicais, como a história, a teoria, a análise, a iconografia, a psicologia, a pedagogia, a informática, a sociologia, a filosofia da música, a performance e a etnomusicologia.
Spring On!
Spring On! é um festival focado nas novas tendências do jazz e jovens artistas europeus, com 7ª edição em 2018, na Casa da Música, Porto.
subina
Subina designa um aerofone de palheta livre de cana encaixada no tubo melódico. Tem furos melódicos de tipo quadrangular que produz sons de timbre semelhante ao da charamela. Era um instrumento rudimentar de passatempo individual entre pastores na Estremadura.
tabuinhas
Tabuinhas é o nome dado em Barcelos às tréculas, termo português que designa um pequeno idiofone tradicional constituído por cerca de 10 a 20 pequenas placas retangulares de madeira com o espaço adequado entre elas.  É muito utilizado por grupos folclóricos  portugueses. Ligadas por cordéis, as tabuinhas batem umas nas outras com os movimentos das mãos do executante que seguram as extremidades.
talha
talha – tipo de revestimento em madeira esculpida por meio de cinzel e goiva que pode ou não receber acabamento posterior por douramento ou pintura. [ Arquitetura ]
tamboril
Tamboril designa um membranofone com fuste metálico que aparece em Trás-os-Montes e Alentejo, feito artesanalmente pelos tocadores. O tamboril é tocado juntamente com a flauta, sendo um dos conjuntos instrumentais mais arcaicos.
tangedor
Tangedor é aquele que tange ou toca, em especial, um instrumento de corda.
Teatro Académico de Gil Vicente
Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) é uma estrutura da Universidade de Coimbra. Remodelado em 2003, o TAGV é um polo de conhecimento e formação artística.
Teatro Aveirense
Teatro Aveirense reabriu a 23 de outubro de 2003 após três anos de obras de remodelação. A Câmara Municipal de Aveiro iniciou, assim, uma nova fase em matéria de política cultural, na medida em que a cidade passou a ter um espaço municipal com condições técnicas de excelência e um quadro de pessoal profissional com competências nas áreas das artes do espectáculo.
Teatro Camões
Teatro Camões é um espaço cultural de Lisboa, Portugal, localizado no Parque das Nações, junto ao Oceanário, construído nos anos de 1997-1998, englobado no projecto Expo 98. Integrou a EXPO'98, hoje "Parque das Nações", e confronta-se com dois edifícios de forte volumetria: o Pavilhão do Conhecimento e o Oceanário de Lisboa.
Teatro das Figuras
Teatro das Figuras é uma sala de espectáculos e sede da superestrutura Teatro Municipal de Faro, inaugurado em 1 de julho de 2005. Localiza-se na Horta das Figuras, na Estrada Nacional 125. Foi construído, pelo arquitecto Gonçalo Byrne, no âmbito da iniciativa Faro Capital Nacional de Cultura 2005.
Teatro de Vila Real
Teatro de Vila Real é um teatro municipal localizado na Alameda de Grasse, em Vila Real, Trás-os-Montes, Portugal. O edifício foi inaugurado em 2004 pelo então Primeiro-ministro português Durão Barroso. Foi projetado pelo arquiteto português Filipe Oliveira Dias no ano de 2000.
Teatro Garcia de Resende
Teatro Garcia de Resende em Évora é um dos mais representativos "teatros à italiana" existentes em Portugal.
Teatro Ibérico
Teatro Ibérico - Centro Cultural Pesquisa Arte é um teatro situado em Lisboa, na Rua de Xabregas, onde se situava o antigo convento de São Francisco de Xabregas. Neste teatro, além da representação de peças também é promovida a aprendizagem da arte teatral.
Teatro José Lúcio da Silva
Teatro José Lúcio da Silva é a principal sala de espetáculos do concelho de Leiria.
Teatro Lethes
Teatro Lethes ou Colégio de Santiago Maior, é um edifício notável, situado em Faro. Originalmente construído, em 1605, como Colégio de São Tiago Maior da Companhia de Jesus, foi fundado pelo então Bispo do Algarve D. Fernando Martins Mascarenhas.
Teatro Micaelense
Descendente da tradição dos cineteatros que animaram a vida cultural do País desde meados do século XX, o Teatro Micaelense assume-se como depositário de uma história com mais de 60 anos. Inaugurado em 31 de março de 1951, foi projetado pelo arquiteto Raul Rodrigues de Lima, especialista em salas de cinema e de teatro.
Teatro Municipal Baltazar Dias
Teatro Municipal Baltazar Dias é o principal teatro da cidade do Funchal, na Madeira, Portugal. Construído no final do século XIX, está localizado na baixa do Funchal, na Avenida Arriaga. O teatro, projeto do arquiteto portuense Tomás Augusto Soler, segue o modelo tipicamente italiano, seguindo o protótipo do Teatro de São Carlos em Lisboa e do Teatro Alla Scala em Milão.
Teatro Municipal da Guarda
Teatro Municipal da Guarda (TMG) é um conjunto de edifícios da autoria do arquiteto Carlos Veloso que inclui grande auditório, pequeno auditório, sala de ensaios, café concerto e galeria de arte. Inaugurado em abril de 2005, é um dos teatros nascidos o programa do Estado Português que recuperou e reconstruiu diversos teatros  designadamente em capitais de distrito.
Teatro Municipal de Bragança
Teatro Municipal de Bragança é o principal teatro da cidade portuguesa de Bragança, no nordeste do país. O edifício foi inaugurado em 2004 pelo então primeiro-ministro português Durão Barroso. A estrutura foi projetada pelo arquiteto português Filipe Oliveira Dias no ano de 2001.
Teatro Municipal de Faro
Teatro Municipal de Faro é uma super-estrutura que engloba vários espaços destinados à apresentação pública de espetáculos, gerida pela Câmara Municipal de Faro. Integram esta organização o Teatro das Figuras, o Teatro Lethes e o Solar do Capitão Mor.
Teatro Municipal de Portimão
TEMPO - Teatro Municipal de Portimão inscreve-se numa estratégia de revitalização da zona histórica da cidade, em que a cultura participa como vector complementar de desenvolvimento social e económico, contribuindo ao mesmo tempo como um fórum de apresentação e promoção de uma imagem viva da cidade.
Teatro Municipal Joaquim Benite
Teatro Municipal Joaquim Benite, também conhecido por Teatro Municipal de Almada, foi projetado pelo arquiteto Manuel Graça Dias em 2005, arquiteto que também fez os projetos da Escola de Música, Artes e Ofícios de Chaves (2004-2008) e a requalificação do Teatro Lu.Ca (2018), em Lisboa, entre muitas outras obras.
Teatro Municipal Pax Julia
Teatro Municipal Pax Julia é um teatro localizado em Beja, Portugal. Foi inaugurado em 28 de dezembro de 1928. Em 1952, depois de uma grande remodelação, passou a chamar-se Cine-Teatro. Em 1990 fechou portas. Foi inaugurado como Teatro Municipal em 17 de junho de 2005 num espectáculo com Sérgio Godinho, Rão Kyao, Vitorino, Janita Salomé
Teatro Municipal Rivoli
O Teatro Municipal Rivoli, pertença da Câmara Municipal do Porto, é um dos dois pólos do chamado Teatro Municipal do Porto, sendo o outro polo o também Municipal Teatro do Campo Alegre. Fica situado na Praça D. João I e apresenta programação própria e regular sob a alçada do Pelouro da Cultura da autarquia.
Teatro Nacional de São Carlos
Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) é a principal casa de ópera em Portugal. Foi inaugurado em 1793 pelo Príncipe Regente D. João para substituir o Teatro Ópera do Tejo, destruído no terramoto de 1755, segundo projeto do arquiteto José da Costa e Silva. O teatro está localizado no centro histórico de Lisboa, na zona do Chiado.
Teatro Ribeiro Conceição
Em 1924, o edifício foi comprado por José Ribeiro Conceição, que ergueu então o Teatro que hoje tem o seu nome, mantendo a fachada setecentista original. A partir da inauguração, a 02 de fevereiro de 1929, o TRC acolhe espetáculos de teatro, ópera, circo, cinema, dança e música, tornando Lamego uma referência na vida cultural do interior do País.
Teatro Sá de Miranda
Teatro Sá de Miranda foi inaugurado a 29 de abril de 1885. A sua construção deveu-se ao esforço de um grupo de personalidades vianenses que constituiu, em 1879, a Companhia Fomentadora Vianense. É um teatro à italiana projectado por José Geraldo da Silva Sardinha com a plateia em forma de ferradura e três ordens de camarotes, com capacidade de 400 lugares.
Teatro Thalia
Teatro Thalia, situado nas Laranjeiras, em Lisboa, foi construído em 1820.  É uma das casas da Metropolitana desde 2013, ano em que se tornou “sede” da Temporada Clássica da Orquestra Metropolitana de Lisboa. O nascimento do Thalia, nome da musa da comédia da mitologia grega, aconteceu graças do Conde de Farrobo, um entusiasta das artes cénicas, que decidiu construir um teatro junto ao Palácio das Laranjeiras.
Teatro Viriato
Inaugurado nos finais do século XIX com o nome de Theatro Boa União, encerrou as portas, como Teatro Viriato, no ano de 1960.  Reabriu a 8 de maio de 1998, após 38 anos de inatividade, inaugurado com um concerto pela Orquestra Filarmonia das Beiras.
teclado manual
teclado manual - aquele que é dedilhado, diversamente do teclado pedal (ou pedaleira), tocado com os pés. [ Organologia ]
templo
templo - do latim templum, "local sagrado" -  é uma estrutura arquitetónica dedicada ao serviço religioso, como culto. [ Arquitetura ]
Temporada de Música de Câmara - Braga
A Temporada de Música de Câmara - Braga (1ª edição em 2020) é uma iniciativa da Suonart - Associação Cultural, em parceria com a Câmara Municipal de Braga, com o apoio da Basílica dos Congregados e Antena 2 e a colaboração do Departamento de Música da Universidade do Minho.
Temporada Música em São Roque
Considerada uma das melhores e mais antigas temporadas de música erudita de Lisboa, a Temporada Música em São Roque inclui no seu programa anual algumas das orquestras e coros mais importantes do panorama de música clássica portuguesa. Esta iniciativa surgiu em 1988 e reforça a política da instituição de apoiar a cultura musical de matriz portuguesa, divulgando, em simultâneo, o seu património histórico e artístico.
Termus – Territórios Musicais
Termus – Territórios Musicais é um projeto europeu de cooperação transfronteiriça desenvolvido pelo Museu da Terra de Miranda e pelo Museo Etnográfico de Castilla y León, que visa a recuperação, conservação e valorização do Património Material e Imaterial relacionado com a música tradicional e popular na Terra de Miranda (Portugal) e na província castelhano e leonesa de Zamora (Espanha).
testos
Testos designa um instrumento musical do tipo idiofone constituído por pequenos pratos metálicos em tamanhos diversos, utilizado nas ilhas de Santa Maria e Flores (Açores) usado, entre outras ocasiões, nas celebrações do Espírito Santo.
Theatro Circo
Theatro Circo localiza-se na Avenida da Liberdade n.º 697, na freguesia de São Lázaro, cidade e concelho de Braga, distrito de mesmo nome, em Portugal. É considerado o mais prestigiado teatro bracarense. Encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1983.
timbalão
Timbalão designa um bimembranofone de percussão que aparece em grande parte dos conjuntos das várias regiões de Portugal, nas rusgas, chulas, tocado por zés-pereiras e gaiteiros.
tímpano
tímpano – elemento que fecha a parte semicircular de um vão, originado pela construção de um arco. Nos portais recebe, habitualmente, escultura. [ Arquitetura ]
tirana
Embora melodicamente a tirana seja do Sul, baila-se do Minho à Beira Litoral.
Tocá Rufar
O Tocá Rufar é um projeto modelo de formação artística e cultural para a afirmação e promoção da percussão tradicional portuguesa e do instrumento bombo.
tocadores
O termo tocadores designa um grupo de executantes amadores de instrumentos tradicionais, designadamente em grupos etnográficos.
tocata
Tocata é o conjunto de instrumentos musicais que acompanham as danças e cantares de um grupo etnográfico.
torre sineira
torre sineira - torre desenhada para conter sinos. É comum em edifícios religiosos mas também pode ocorrer na arquitetura civil. A utilização do termo campanário é predominante na arquitetura de edifícios religiosos; "torre sineira" predomina na arquitetura civil, mas também é utilizada na arquitetura religiosa. [ Arquitetura ]
touradas
As touradas, nas localidades onde são prática, são um dos contextos de atuação para as bandas filarmónicas.
Tradisom
Tradisom Produções Culturais Lda. é a editora das tradições musicais em Portugal. Tem como principal objetivo a divulgação da música tradicional portuguesa e de gravações portuguesas das primeiras décadas do século XX, com incidência no período de 1900 a 1940.
tramo
tramo – porção de abóbada compreendida entre dois suportes (pilares ou colunas). [ Arquitetura ]
trancanholas
Trancanholas é um idiofone de tradicional de Amarante e Baixo Douro, Portugal. Consiste em duas lâminas simétricas de madeira com 40 a 50 mm de largura e 115 mm de comprimento. São utilizadas de uma forma semelhantes às castanholas habituais e são tocadas normalmente pelos homens que dançam, em algumas festas do Norte de Portugal.
transepto
transeptocorpo transversal, de uma ou mais naves, construído perpendicularmente à nave (ou naves) de um templo. [ Arquitetura ]
tréculas
Tréculas designa um idiofone composto por dez ou mais tábuas retangulares de madeira, enfiadas e ligadas por um cordel, com duas pegas nas extremidades. Quando se manipula o instrumento com ambas as mãos, as pequenas tábuas batem umas nas outras produzindo o seu som característico. As tréculas são usadas no Minho nas festividades devocionais da Semana Santa (semana anterior ao dia de Páscoa).
tribuna
tribuna – plataforma em lugar elevado acima da plateia ou assembleia; estrutura frequente para a colocação de órgão de tubos, à entrada, na nave, na capela-mor, do lado do Evangelho ou do lado da Epístola. (AJF)
tric-lic-trac
Tric-lic-trac designa um idiofone tradicional composto de uma tábua de madeira em forma retangular com três fiadas de pequenos martelos de madeira. O som é produzido por sacudidelas regulares e fortes do instrumento que levam os martelos a baterem todos ao mesmo tempo. É usado no Minho, por grupos de rapazes, em brincadeiras carnavalescas e na Semana Santa.
trompe-l'oeil
trompe-l'oeil - técnica artística que, com truques de perspetiva, cria uma ilusão ótica que faz com que formas de duas dimensões aparentem possuir três dimensões. Provém de uma expressão em língua francesa que significa "engana o olho" e é usada principalmente em pintura ou arquitetura. [ Arquitetura ]
trono eucarístico
trono eucarístico – estrutura de madeira, situada no interior da tribuna do retábulo-mor, organizada em degraus sucessivos que gradualmente vão diminuindo em tamanho, destinada à exposição do Santíssimo Sacramento. [ Arquitetura ]
Tuna
Tuna é um agrupamento musical constituído por instrumentos de corda, incluindo geralmente canto na atualidade.  As tunas podem ser masculinas, femininas ou mistas, de acordo com os elementos que as constituem. Podem ser de natureza popular ou de natureza estudantil; e as de natureza estudantil podem ser académicas ou universitárias (compostas, neste caso, por estudantes universitários).
turíbulo
turíbulo – objeto litúrgico em metal, com forma variada, suspenso por correntes e destinado a conter incenso ardente durante as cerimónias sacras. [ Religião ]
uditório Municipal de Olhão
Auditório Municipal de Olhão é uma sala de espetáculos na Avenida 16 de Junho em Olhão (Algarve).
Universidade de Aveiro
No DeCA estão sediadas as competências em Estudos de Arte e Música, que se organizam transversalmente. Oferece 3 cursos de licenciatura (Design, Música e NTC), 5 cursos de Mestrado (Música, Ensino de Música, Design, Criação Artística Contemporânea e Comunicação Multimédia) e 4 cursos de doutoramento (Música, Design, ICPD e Multimédia em Educação).
valsa de dois passos
Valsa de dois passos é uma dança conhecida em certas regiões por moda a dois passos. É popular na Estremadura, Ribatejo, Alentejo, Beira Baixa e Beira Litoral. Começa com dois passos para o interior da roda, logo voltando à posição inicial com dois passos de retorno, seguindo-se depois dois passos para fora e o respetivo regresso à mesma posição. Em seguida, os pares, sempre agarrados, “valseiam”, bailam girando sobre si próprios, ao mesmo tempo que a roda grande gira no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, até atingir o final do trecho musical, altura em que tudo volta ao princípio.
varandim
varandim - varanda estreita limitada por grade ou balaustres. [ Arquitetura ]
ventana
ventana – janela ou arco da torre sineira, ou campanário, que recebe o sino. [ Arquitetura ]
Verão Clássico
O Festival e Academia Verão Clássico é uma iniciativa de formato inovador, criada em 2015, que inclui um eixo performativo e um eixo educativo, nomeadamente o Festival Verão Clássico, com concertos diários, e classes magistrais de vários instrumentos e de Música de Câmara. A sétima edição decorre em 2021 em Lisboa.
verde-gaio
Verde-gaio é uma dança tradicional muito popular no Norte de Portugal, sendo também uma das mais típicas danças do Ribatejo e da Estremadura.  
viola amarantina
A viola amarantina, também designada de viola de Amarante e viola de dois corações, é típica da região do Douro Litoral. É tocada de rasgado, com todos os dedos percorrendo as cordas.
viola beiroa
Também chamada bandurra ou viola de Castelo branco, a viola beiroa é um cordofone da região da Beira Baixa, pertencente à família das violas de Arame portuguesas. A atual afinação, definida pelo mestre Alísio Saraiva, foi convencionada em MI RÉ LÁ MI SI + RÉ (requintas). As requintas são duas cordas agudas e curtas que não são pisadas, sendo tocadas quase sempre soltas.  
viola braguesa
A viola braguesa, ou viola de Braga, surge documentada desde o séc. XVII e é o instrumento mais popular do Noroeste Português entre o Douro e Minho. É tocada  solo ou no acompanhamento do canto em rusgas, chulas e desafios. Como todas as violas portuguesas, a viola braguesa pertence a um género musical exclusivamente lúdico e festivo e integra o mesmo tipo fundamental comum a todos os cordofones da família das guitarras espanholas e europeias, a que pertence. Têm a abertura central em “boca de raia”, mas os modelos e representações antigas mostram exclusivamente bocas redondas ou ovais. Tem 10 cordas, armadas em cinco ordens duplas e possui essencialmente dois tipos de afinação: Lá Mi Si Lá Ré, do agudo para o grave, e a “Mouraria Velha” Sol Ré Lá Sol Dó.
viola campaniça
A viola campaniça é uma das violas típicas de Portugal, sendo o instrumento de eleição da tradição musical alentejana, acompanhando o cantar ao desafio, as modas campaniças ou os passos simples de uma dança.
viola da terra
Viola da terra designa uma viola de arame das Ilhas Terceira e São Miguel sendo, neste caso, chamada viola de arame micaelense.
viola de arame
A viola de arame é o nome dado a três violas típicas dos Açores e da Madeira, bastante similares entre si, com  pequenas diferenças conforme a ilha em que são construídas.
viola de arame
Viola de arame designa violas típicas da ilha da Madeira e das ilhas Terceira e São Miguel (Açores), onde também é designada por viola da terra.
viola toeira
A viola toeira, também designada de viola de Coimbra, é uma viola típica da região da Beira Litoral.
violista
Violista é o indivíduo que toca viola, enquanto violetista é o que toca violeta ou viola d'arco.
vira
Vira é uma dança tradicional portuguesa originária da região etnográfica do Douro Litoral.
vira
Vira é uma dança tradicional em destaque no folclore do Minho, sobretudo no Alto Minho, em que sobressaem os trajes coloridos e os acessórios das mulheres.
vitral
vitralconjunto de painéis compostos por pequenas peças de vidros de cor, dispostas como num mosaico e montados numa armação de ferro, unidos por calha de chumbo que guarnecem e fecham um vão (janela, rosácea, bandeira). [ Arquitetura ]
ViVAMUS
ViVAMUS é um programa no qual Ana Leite de Faria dirige uma equipa de profissionais da música e docentes de várias escolas, instituições e associações artísticas no norte do país. Sediado em Braga desde 2016, pretende um desenvolvimento do senso criativo nos mais jovens, bem como uma maior predisposição para aspetos musicais como a improvisação e a partilha de ideias musicais dentro e fora da sala de aula.
Vivarium Festival
Vivarium Festival é um festival que se realiza no Porto e que reflete sobre o impacto da tecnologia nas artes e na sociedade. O tema da segunda edição, em 2019, foi “Natural Intelligence, What AI still can’t do?” em referência ao livro de 1972 de Hubert L. Dreyfus, “What Computers Still Can’t Do, A Critique Of Artificial Reason”. “Inteligência Natural, o que as Inteligências Artificiais (IA) ainda não podem fazer?”, a segunda edição do Vivarium Festival pretende questionar as convergências e divergências entre Inteligência Natural e Inteligência Artificial.
Vocare
Vocare - Conservatório de Voz, Comunicação e Artes Performativas do Porto é uma escola que ministra formação formação especializada no estudo da voz e das artes performativas do espetáculo.
voluta
voluta – Elemento decorativo imitando um couro enrolado que descreve, em secção, um movimento espiralado. [ Arquitetura ]
volutas
voluta - ornamento em espiral e em forma de pergaminho característico da Ordem Jónica que se encontra na arquitetura e em instrumentos musicais. [ Arquitetura ]
xotiça
Xotiça, xotiça, chotice, chotiça é um género coreográfico que resulta da adaptação da scottiche, dança originária da Baviera, Alemanha, na primeira metade do século XIX e espalhada por vários países.
xotice
Xotice, chotice, chotiça, xotiça é um género coreográfico que resulta da adaptação da scottiche, dança originária da Baviera, Alemanha, na primeira metade do século XIX e espalhada por vários países.
zaclitrac
Zaclitrac é um instrumento musical de percussão, que consiste numa matraca de martelos, em madeira. Encontra-se a norte de Viana do Castelo, usado nas cerimónias da Semana Santa e Carnaval.
Zés Pereiras
Os Zés Pereiras são grupos de percussionistas, geralmente homens, que se fazem acompanhar de caixas e bombos, martelando batidas marciais que se escutam ao longe.
ZêzereArts
O ZêzereArts é um festival de verão anual que decorre ao longo de 2 a 3 semanas nos fins Julho/inícios de agosto, na região do Médio Tejo, em Portugal.
zimbório
zimbório - parte mais alta e exterior da cúpula, em forma de torre, em geral circular ou octogonal, das igrejas e edifícios de grande dimensão. [ Arquitetura ]
zuca-truca
Zuca-truca designa um idiofone constituído por uma cana de bambu, com um boneco no topo e dois bonecos paralelos à cana vestidos com trajes regionais. Um arame no interior da cana provoca, com o movimento da mão do executante, o bater de castanholas pendentes das costas do boneco masculino. É utilizado no Minho, na região de Guimarães.