Filarmónica União Sardoalense
Músicos do Concelho do Sardoal

Projeto em desenvolvimento, o Musorbis aproxima os munícipes e os cidadãos do património musical e dos músicos do Concelho.

Filarmónica União Sardoalense

Em 1862, foi criada a “Sociedade Philarmónica Sardoalense” que teve os estatutos aprovados nesse mesmo ano e se terá mantido durante vários anos. Por volta de 1900 existiam duas bandas no Sardoal. Em 1901, foi fundada a “Sociedade Fraternidade Sardoalense” e ficaram duas Bandas, que ficariam conhecidas, em termos populares, como “Música dos Carapaus” e a “Música dos Ciganos”, que protagonizaram algumas rivalidades.

Em 1911 surge a “Filarmónica União Sardoalense”, junção das duas bandas existentes, não havendo dúvidas que teve origem na “Sociedade Filarmónica Sardoalense”, fundada em 1862. A FUS hoje mantém uma Banda de Música com cerca de 40 músicos executantes e 35 alunos na Escola de Música. Continua a participar em festas religiosas e associativas, atividades concelhias, participa em Encontros de Bandas pelo país e conta com a organização do VII Encontro de Bandas Filarmónicas do Sardoal. É regida pelo Maestro Américo João Beirão Rosado da Costa Lobato.

Filarmónica União Sardoalense

Filarmónica União Sardoalense

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *