Património musical dos concelhos. Encontre rapidamente o que procura, digitando, por exemplo, “Lisboa e os seus órgãos de tubos”.

Festival Intercéltico de Sendim

Festivais e outros eventos de música e dança no Concelho

Festival Intercéltico de Sendim

O Festival Intercéltico de Sendim, em Miranda do Douro, regressa em 2022 na 21ª edição, nos dias 5 e 6 de agosto, após dois anos de interregno devido às restrições da pandemia de covid-19, com entrada grátis.

“Regressamos sem bilheteira e todos os concertos e as habituais atividades paralelas e eventos serão gratuitos, de portas abertas para todos quantos queiram usufruir das músicas com as quais costumamos fazer a festa intercéltica”, disse à Lusa o diretor do festival, Mário Correia.

A programação do festival, que vai já na sua 21ª edição, começa na noite do dia 5 de agosto, no palco Inatel, ao som das arruadas de gaiteiros mirandeses. O evento conta ainda com os galegos Parbo, o espetáculo 3×4, com La Musgaña e Vanessa Muela e o grupo mirandês Trasga. No dia 6 de agosto à tarde, na Casa da Cultura, atuam Manuel Guimarães e Carlos Zíngaro, num regresso a Sendim. À noite, de novo no palco Inatel (de novo trazidos para o recinto ao som das arruadas de gaiteiros mirandeses), o espetáculo está a cargo do grupo Cataventos.

Festival Intercéltico de Sendim

Festival Intercéltico de Sendim

Jorge Lima Barreto Bienal, Vinhais
Festivais em Vinhais

Ciclos, encontros e bienais de música e dança no Concelho

Jorge Lima Barreto Bienal

A Bienal Jorge Lima Barreto, 4ª edição em 2022, é um evento organizado pela Câmara Municipal de Vinhais.

Em 2014, concertos, workshops e uma exposição compuseram a 1ª Bienal “Jorge Lima Barreto – Arte é Vida e Vida é Arte”, no Centro Cultural Solar dos Condes de Vinhais. Organizada pela Câmara Municipal de Vinhais, a iniciativa tinha como objetivo homenagear o musicólogo e ativista Jorge Lima Barreto, natural da cidade. Músicos e intérpretes nacionais e internacionais que acompanharam a carreira daquele criador musical prestaram a sua homenagem através da participação na Bienal. Vítor Rua, Luís San Payo, Manoel Barbosa, Chris Cutler, Jonas Runa, Ilsa D’Orzac, Zul Telectu e Ana Borralho foram alguns dos nomes que protagonizaram concertos e performances durante os três dias da Bienal. Na exposição esteve “Piano Dentelle #2”, obra de Joana Vasconcelos inspirada no “Piano Dentelle” realizado pela artista em 2008, utilizado num concerto de JLB.

Jorge Lima Barreto Bienal, Vinhais

Jorge Lima Barreto Bienal, Vinhais

Jorge Lima Barreto Bienal, Vinhais

Jorge Lima Barreto Bienal, Vinhais

Festival de Música Terra dos Barcos
Festivais em São Roque do Pico

Ciclos, festivais, jornadas e encontros de música e dança no Concelho

Festival de Música Terra dos Barcos

Festival de Música Terra dos Barcos, 4ª edição em 2022, é organizado pela Associação Cultural de Amigos de Santo Amaro do Pico.

Santo Amaro é uma freguesia portuguesa do concelho de São Roque do Pico, com 12,70 km² de área e 288 habitantes. A sua densidade populacional é 22,7 hab/km².

Ao longo dos séculos esta freguesia foi, por tradição, o principal estaleiro naval dos Açores. De disformes e retorcidas peças de madeira, usando ancestrais técnicas de construção, artífices experientes fazem nascer elegantes botes, lanchas, traineiras e outras embarcações de pescas e transporte de passageiros.

Festival de Música Terra dos Barcos

Festival de Música Terra dos Barcos

Projeto do órgão da Sé da Guarda (Desmottes)
Órgãos de tubos da Guarda

Guarda

A 3 de junho de 2022, o Jornal Terras da Beira noticiou que a Catedral da Guarda deixará de ser a única do país sem órgão de tubos.

O órgão de tubos vai ser construído pelo organeiro Frederico Desmottes (Espanha), no fundo da nave central do templo religioso, e a estimativa de construção aponta para novembro de 2023.

«Em causa está um investimento global superior a 930 mil euros, dos quais cerca de 750 mil apoiados no âmbito do Centro 2020 e o restante valor, com orçamento próprio da Direção Regional de Cultura [DRC], da Diocese da Guarda (…) e, neste momento, com o apoio dos municípios, nomeadamente do município da Guarda», disse hoje a directora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes.

A responsável falava na cerimónia protocolar que assinalou a assinatura do contrato de adjudicação da empreitada de recuperação do órgão de tubos da da Guarda, financiado no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro – Centro 2020.

Lembrou que a construção do órgão é uma antiga pretensão da Diocese e que no novo instrumento serão inseridos «elementos decorativos e mecânicos» do órgão de talha dourada que existiu na Catedral da cidade mais alta do país e que foi desmantelado no início do século passado, durante a realização de obras de restauro.

«Do nosso ponto de vista, da DRC, mais do que um instrumento musical que damos à Diocese (…) estamos a falar de um novo ativo cultural que se integra, em toda a sua extensão, naquela que é a estratégia da DRC para a próxima década, no que diz respeito à promoção e divulgação cultural», disse. Suzana Menezes relatou que o processo foi concluído após a elaboração de «três complexas candidaturas” e da realização de “quatro exigentes concursos internacionais».

O bispo da Guarda, Manuel Felício, disse, por sua vez, que a da Guarda é a única do território nacional que não possui órgão de tubos e a sua construção será importante não só para o culto religioso, como também para o panorama cultural da região.

Segundo o prelado diocesano, para a execução do investimento «são bem-vindas todas as colaborações» de particulares e das instituições. «Confiamos no compromisso das instituições, na generosidade das pessoas e na bênção de Deus, para termos de regresso à Catedral da Guarda este instrumento que tanta falta lhe faz”, rematou.

O presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, admitiu que o futuro órgão de tubos será «mais um fator de atração cultural» para a cidade. «Este investimento vai marcar e contribuir para a dinamização cultural de toda a região», disse o autarca, que deu conta da disponibilidade do município «para ajudar ao seu financiamento».

Guarda

Projeto do órgão da Sé da Guarda (Desmottes)

Projeto do órgão da da Guarda (Desmottes)

Enleio - Festival de Danças do Mundo
Festivais em Vila Franca de Xira

Ciclos, festivais, encontros, cursos e jornadas de música e dança no Concelho

Enleio – Festival de Danças do Mundo

A primeira edição do Enleio – Festival de Danças do Mundo, pela Inestética no Palácio, decorre no Palácio do Sobralinho, em Vila Franca de Xira, de 3 a 5 de Junho de 2022. Destinado a quem gosta de dançar e a todas as faixas etárias, pretende cruzar formas de dança tradicionais, enraizadas na região, com expressões contemporâneas e sonoridades de outras partes do mundo, numa perspetiva de valorizar a cultura regional já existente, abrindo, ao mesmo tempo, espaço para outras linguagens.

Enleio - Festival de Danças do Mundo

Enleio – Festival de Danças do Mundo

Festival Entre Quintas
Festivais em Salvaterra de Magos

Ciclos, festivais, temporadas e encontros de música e dança no Concelho

Festival Entre Quintas

Falar do Festival Entre Quintas é fazer memória de duas quintas com história secular – Casa Cadaval e Quinta do Casal Branco – que assumiram a realização de uma experiência de diálogo entre a música, a arte e a enologia, com eventos que proporcionam a todos a possibilidade de aliar o prazer musical com a experiência vitícola, emoldurados pela elegância e pela beleza dos espaços envolventes. ‘Entre Quintas’ apresenta concertos e recitais entre os dias 1 e 10 de Julho, em diferentes espaços destas propriedades, usufruindo de cenários naturais que unem estas facetas da arte portuguesa de bem receber, enaltecida pela música. Dois fins-de-semana passados em harmonia, entre a arte e a natureza, que tornam a Quinta do Casal Branco e a Casa Cadaval, locais de atração turística e cultural. O Festival inclui ainda em 2022 concertos na Igreja de Muge e Casa do Povo de Muge.

Festival Entre Quintas

Festival Entre Quintas, Ribatejo 2022

Hortênsia Music Festival
Festivais em Angra do Heroísmo

Ciclos e festivais de música e dança no Concelho

Hortênsia Music Festival

O Hortênsia Music Festival é um festival de música clássica que decorre anualmente na cidade de Angra do Heroísmo, cidade património mundial da UNESCO, situada na ilha Terceira, Açores. Desde 2017 Angra do Heroísmo tem sido o ponto de encontro para um grupo de inspirados intérpretes portugueses e estrangeiros.

Ao longo do festival os músicos apresentam uma série de concertos de música de câmara e orientam uma classe de aperfeiçoamento com aulas diárias abertas a alunos de todas as idades. Este ambiente de partilha de conhecimentos e de experiências artísticas oferece uma oportunidade aos jovens estudantes de música de desenvolverem as suas capacidades sob orientação profissional. Através de concertos e aulas abertas ao público, o Hortênsia Music Festival pretende promover a interacção artística dentro da comunidade ao reunir crianças, jovens e adultos em redor do gosto comum e da apreciação pela música clássica.

O Hortênsia Music Festival realiza-se graças ao generoso e contínuo apoio da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo e da Escola Básica e Secundária Tomás de Borba de Angra do Heroísmo.

Hortênsia Music Festival

Hortênsia Music Festival

Festival de Piano
Festivais em Vila Nova de Foz Côa

Ciclos, cursos, concursos, classes de aperfeiçoamento e festivais de música no Concelho

Festival de Piano

O I Festival de Piano de Vila Nova de Foz Côa, que inclui concertos e classes de aperfeiçoamento, é organizado pela Coartes, e decorre no Centro Cultural de Foz Côa entre 20 e 22 de maio de 2022.

Festival de Piano

Festival de Piano

Estágio Orquestra de Saxofones, Minde, Alcanena
Festivais em Alcanena

Cursos, concursos, estágios, ciclos e festivais de música e dança no Concelho

Estágio Orquestra de Saxofones

O Estágio Orquestra de Saxofones Minde 2022 (EOS – MINDE 2022), uma organização do Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro (CAORG)/Conservatório de Música Jaime Chavinha (CMJC) e direção artística do saxofonista e professor Hélio Ramalho.

Estágio Orquestra de Saxofones, Minde, Alcanena

Estágio Orquestra de Saxofones, Minde, Alcanena

Fórum da Formação Musical
Festivais em Esposende

Festivais, ciclos, cursos, concursos, encontros sobre música e dança no Concelho

Fórum da Formação Musical

O 1.º Fórum da Formação Musical vai acontecer em Esposende no dia 28 de maio.

As práticas pedagógicas são instrumentos que auxiliam as diferentes instituições musicais a concretizar os seus principais objetivos. Estas, devem ser compreendidas como um conjunto de ações que facilitam e estimulam o interesse e a consequente aprendizagem, tendo em conta sempre o seu contexto social, cultural e necessidades específicas. Não obstante, os principais organismos internacionais, como a UNESCO e a União Europeia, assinalam a cooperação como uma das competências fundamentais que os estudantes devem adquirir. Esta ferramenta é indispensável para o exercício de uma cidadania plena, ativa e interventiva na sociedade atual.

Paralelamente, a disciplina de Formação Musical apresenta-se, historicamente, com a plástica e maleável função de desenvolver competências auditivas, de leitura e de escrita que se podem tornar complexas até para um professor com ampla experiência. Assim, assinalando a importância das práticas pedagógicas e da cooperação explanadas do pretérito parágrafo, este Fórum pretende ser um espaço onde os participantes poderão expor as suas ideias, problemas e encontrar possíveis soluções.

Com uma frequência anual e próxima do final do ano letivo, a 1ª edição deste Fórum, decorrerá no dia 28 de Maio de 2022 e contará com um Workshop da parte da manhã, ministrado pelo professor Joaquim Branco, onde irá definir dos problemas do ensino da Formação Musical e fundamentar uma proposta para alternativas e sessões de apresentação e debate com os convidados: Joaquim Branco, Jorge Alexandre Costa, César Freitas e Hermano Carneiro.

O Fórum constitui-se como uma excelente oportunidade de formação, sendo uma Formação de Curta Duração acreditada pelo Centro de Formação de Barcelos e Esposende.

Fórum da Formação Musical

Fórum da Formação Musical